Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Novembro 2018
'Momo' "Eu quero ir" “Aguardo o Dia” “Casa na Rocha” “Em Casa” “Mais Alto” “Quem é esse?” “Quero Te Adorar” “We magnify his name” 10 Mandamentos 19ª edição do Grammy Latino 2018 2019 22 anos 3 Palavrinhas 360 Wayup 6 milhões 60 Minutes A Bíblia Kingstone Abaixo-assinado abandona Abílio Santana Abin abortistas aborto abortos abrigo para dependentes químicos Absolvida abusador abusar dos membros abuso infantil abuso sexual abusos sexuais Academia Acadêmicos do Sossego acampamento evangélico ação judicial Ação popular Ação social Acertou Mizerávi Achado Arqueológico ACI Digital acidente acidente de trânsito Acioli acordo de paz Acre acusação ad belenzinho ADAI Music Adão e Eva Adaulto Lourenço Adauto Lourenço Adilson Gigante ADO 26 adolescente adolescentes Adolf Hitler Adolf Hittler adventistas do Sétimo Dia advogados Afeganistão Africa África Africa do Sul Agenda Lgbt Airbnb Al-haram Al-sharif Al-qaeda Al-Rashid Aladdin Alagoas Alan Rick Albert Einstein Alcoolismo aldeia Kamayurá Alemanha Alerta aos pais Alex Passos Alexandra Abrantes alexandre frota Alexandre Isquierdo Aline Barros Alison Redmond-Bate alma altares Amazon ambulância América América Latina Amor Amor de Deus Amor e Sexo amor incondicional Ana Paula Ana Paula Valadão Anápolis Anayle Sullivan Anderson Freire André Aquino André Balada Andre Fernandes André Valadão Andrea Long Chu Andrew Brunson Anel Pilatos anencefalia Anglicana Angola Anitta aniversário de casamento Anjo Anne Graham Anne Graham Lotz Anny Theyler Anti-Balaka anti-Israel anti-judaico anticristãs Anticristo Antigo Testamento Antissemitismo apanhar aplicativo Apocalipse apóstolo apóstolo Paulo App apresentador Árabe Araguaína Arca da Aliança Arca de Noé Argentina Argentinos arma arma de fogo Armas Armênia armênios Arqueologia arqueólogia arqueologia bíblica Arqueologia na Bíblia arqueólogo Arquidiocese da Paraíba Arrebatamento arrependimento Artistas Asia Asia Bibi AsiaNews asilo assalto assassinada assassinado assassinato do pastor assassino assédio sexual Assembleia de Deus Assembléia de Deus Assembleia de Deus no Brasil Assembleia de Deus Vitória em Cristo ataque ataque cardíaco Ataque Contra Cristãos ataque de ódio Ataque no Egito Ateísmo Atentado Atentado Terrorista Atentados Ateu Ateus Ativismo Ativismo Gay Ativismo Lgbt ativista gay Ativistas ato profético Ator Atos dos Apóstolos atriz atriz Chrissy Metz audiência Augusto Cury Augusto Heleno Ribeiro Pereira Augustus Nicodemus Augustus Nicodemus Gomes Lopes Austrália Autoajuda automutilação Autoridade Palestina auxílio-mudança avivamento Azerbaijão azul e rosa babalorixá Baby do Brasil Bahia Baleado baleou Bancada Evangélica Band Band News Banda 4Life banda Livres Banda novo som Banda Resgate banda Rosa de Saron Bangladesh Banheiro Transgêneros banheiros únicos barragem Barroso bate boca bateria de escola de samba Batismo batismo infantil Batismo nas Águas Batista Peniel Batista Soul batistas do Sétimo Dia batistas independentes batizado bbb Bebê é abandonado bebê Jesus bebês bebida alcoólica Beit Chabad Beka Belém Belford Roxo Bélgica Belíssima Belo Horizonte Benjamin Netanyahu Bernardino Beth Moore Bethel Bibi Bíblia Bíblia Antiga Bíblia e Ciência Bíblia Mais Antiga bíblia sagrada Bíblias. África bicicleta Big Brother Brasil Billy Graham Bird Box Bispo Bispo Edir Macedo Bispo Julian Henderson bispos Blasfêmia blasfêmia. Cristão Boas Notícias Boko Haram Bola de Neve Bolsa do Samaritano Bolsonaro bombeiros boneco Ken Sereia brad dacus Brad Hoylman Brasil Brasil Sem Aborto Brasil Urgente Brasil x Israel Brasília Brian Houston briga de casal Britney Spears Brittni De La Mora Brumadinho Bruna Drews Bruna Marquezine Bruxa bruxaria bruxos cristãos Budismo Bulgária Bunda Mole buscar a Deus Butão cabo Daciolo Cabo de Santo Agostinho Cabul caçadores de cabeça CADETINS café da manhã de oração por Jerusalém Caio Fábio calçados Hello Kitty. calçados Ipanema calçados Melissa Califórnia caloteira Câmara de Vereadores de Porto Alegre câmara dos Deputados Camarões câmera câmeras de vigilância Caminhada Caminho da Graça Campanha Campinas Canadá canal Metaforando câncer Candomblé cantor Anderson Freire cantor Eli Soares cantor gospel cantor Juliano Son Cantor Leonardo Gonçalves Cantor Robério Lima e Silva Cantor Samuel Mariano cantor Wellington Camargo Cantora cantora Daniela Araújo cantora Flordelis Cantora Gospel capeta escondido Caridade Carlos Apolinário Carlos Bolsonaro Carlos Nadalim carnaval cartão de crédito Casa Branca Casa Civil casal gay casal pastoral casamento Casamento de Célia Sakamoto casamento gay casamentos cristãos Casos de Milagre Cassiane cassino Castidade Catedral da Fé Cativeiro Catolicismo católicos Cazaquistão Ceará Ceia de Natal celebridades Célia Soul Céline Dion celular celulares censura Centro Nacional de Exploração Sexual Centro Pentecostal Jovem Resgate Cepal cerveja Cesare Battisti céu Chance The Rapper Charles Darwin Chico Wehmuth chifres Chile China chineses Chris Pratt Christian Bale Christyan Leão Cia Nissi Ciclone Cid Moreira Cidade bíblica ciência Cinema Circulo de oração Cisjordânia Ciúmes clamor Clínica Abortista clinica de aborto Clínica de Aborto clip CNBB CNN cnpj Coaching Coaf cobertura espiritual Coletes Amarelos Colômbia coluna Comandante Moisés comando vermelho Combate à Corrupção combate à pedofilia combater Comercial Comerj Comics comodoro MT comunismo Condenada conectados a Cristo Conectando Gerações Conexão Repórter Confiabilidade da Bíblia Confiança na Bíblia Conflito Congo Congrega Church congregar congresso internacional de arqueologia bíblica Congresso Nacional consagração Conselho Apostólico Brasileiro Conselho Mundial de Igrejas Conselho Tutelar Conselhos de Psicologia Conservadorismo Consumo de Maconha Contra Ideologia Contra Ideologia de Gênero Convenção Batista do Sul Conversa Com Bial Conversão Coordenação de Assuntos Religiosos COORPIN Coptas coral Coral Kemuel Coreia do Norte Coréia do Norte Coreia do Sul corinthianismo Corinthians Corrupção cova CPAD CPI crê em Deus Crente Bom de Bíblia 2018 Crescimento das Igrejas Criacionismo crianças Crime crime organizado Crimeia Crimes criminalidade criminalização da homofobia Cris Cyborg cristã perseguida cristão cristão homofóbico Cristão Perseguido Cristão Perseguidos Cristão. Lista Mundial da Perseguição 2019 cristãos Cristãos Copta Cristãos de Jos Cristãos no Egito Cristãos no Trabalho cristãos perseguidos Cristianismo Cristo para Todas as Nações Cristóvão Colombo criticada críticas Crocodilo crucificado Crueldade Animal cruz Cruz das Almas-AL cruzada Cuba cuide de sua família culto culto ao ar livre Culto na Rua cultos Cultura de Estupro Cúpula Conservadora das Américas cura Cura de Doenças Cura de Tumor Cerebral Cura do Câncer cura gay Cura Milagrosa curandeiro Cursos Cybercensura Daciolo Damares Alves dança Daniel e Samuel daniela mercury Danielle Favattoigreja Danilo Gentili Darlene Zschech Darwinismo Datafolha Datena Dave Williams. microchips Davi Davi se escondeu David Cerqueira David Owuor Dc Comics Deadpool Debate Deborah Secco decote Decreto Defesa dos Animais Deise Cipriano Deise Jacinto Delegacia de Investigações Gerais delegada Luciane Bachir Deltan Dallagnol Demolidor demônio Demônios Denis Mukwege Denise cerqueira Dennis Christensen dependência quíimica ex-bruxo ex-ocultista libertação do ocultismo libertação espiritual ocultismo sair do ocultismo testemunho de conversão testemunho de fé vício em drogas deportação depressão deputada federal Flordelis Deputada Lauriete deputado federal deputado Hidekazu Takayama deputado Sóstenes Cavalcante Descoberta Arqueológica Descobertas Científicas Desconfinados Descriminalização da Maconha Desigrejados Deus Deus capacita os escolhidos Deus Criador Deus é Mais Deus é Mulher Deus Não Está Morto Deus Salvador deusa robô Devocional Dez Mandamentos DHPP Dia da Bíblia diabo Diante do trono dicas de suicídio dicas no casamento Dilma Rousseff dilúvio Dinheiro diploma de mestre diplomação no TSE Diplomacia Direitos Humanos Disforia de Gênero Disney disparo Distrito Federal Ditadura Dívida Divisão Divórcio dízimo DJ DJ PV DNA Doação doação de imóvel Dom Orani Tempesta Domingão do Faustão domingo Donad Trump Donald Trump Douglas Gonçalves Doutor Estranho doutrinação Dr. Milagre drag queens drogas Dudu Camargo Dupla Dupla Alisson e Neide DVD comemorativo eclipse Ecologia Edificante Edir Macedo Editora de quadrinhos Eduardo Bolsonaro Eduardo Costa Eduardo Paes Eduardo Sterblitch Educação educação domiciliar Efatá Egito El Chapo Elaine Martins Eleições 2018 Eleitoras eletrocutado Eli Soares Ellen Page Elson de Assis embaixada Embaixada Brasileira Embaixador de Israel Emerson Orofino Emerson Pinheiro Emirados Árabes Unidos Emmanuel Macron empresas encontros religiosos Enem enredo ensinamentos budistas Ensino Religioso Entrevista com Deus equipe de transição Erich von Däniken eritreia Ernesto Araújo erotização precoce escândalo Baby Squillo Escatologia Escavação Escócia Escola Cristã Iraque escola de samba Escola Dominical escola sem partido escolas Escolas de elite Escolas de Samba escravas sexuais escravizar fiéis esfaqueador esfaqueia espetáculo Espirito Santo Espírito Santo esposa esposa de bolsonaro esposa do presidente esquerda Esquerdismo Estadão Estado Islâmico Estado laico Estados Unidos Estatísticas esterilizações Estrada Estrela de Belém estudo estupro Etiópia Eu Não Estou Só EUA Eunício Oliveira evangelho evangélica Evangelicaorto Evangélicas evangélico Evangelicos evangélicos evangelismo Evangelismo na Rua Evangelismo Urbano evangelista Evangelização Evangéllicos Evento evento evangelístico Evidências do Cristiainsmo Evo Morales ex-atriz porno Ex-bruxa ex-cantor ex-feminista Ex-gay Ex-governador Ex-homossexual Ex-islâmico ex-líder ex-marido ex-Miss Pensilvânia Ex-muçulmano ex-muçulmanos ex-ocultista Ex-padre ex-padre Wagner Augusto Portugal Ex-pastor ex-pastor evangélico Ex-presidente Lula ex-satanista ex-vocalista da Banda IdeALL excesso de barulho Êxodo exploração sexual extraterrestre extremismo Extremismo Religioso extremistas Extremistas Islâmicos Extremistas Muçulmanos Eyshila Fabio Faria Fábio Pannunzio fábrica de tortura Fabrício da Silva Pimentel Facebook Faixa de Gaza Fake News FakeNews Fala Que Eu Te Escuto falar em público falsa igreja Falso Falso Milagre Falso pastor família Família e Direitos Humanos Fantástico Fat Family Fausto Silva favorecimento Fazer Aborto Fé cristã Fé Irresistível Feira de Santana feitiços felicidade Felipe Moura Brasil feliz FM Feminismo Fenômeno fenômeno da natureza fenômeno evangélico Fernanda Brum Fernanda Lima Fernandinho Fernando Haddad Fernando Pesão Fernando Pessoa feto Fica Tranquilo fichas escolares fiéis Filadélfia Filho filhos Filipinas Filme Filme Cristão Filmes Filmes adultos Filosofia de Vida filósofo Fim dos Tempos financiamento Finlândia fiscalização igrejas físico brasileiro Flávia Alessandra Flávio Bolsonaro Flordelis Floresta Amazônica fofoca Fofocalizando Folha de São Paulo Forças Armadas Fórmula 1 Fortaleza Fórum Desembargador Mendes Wanderley Fórum Econômico Mundial Foundation França Francis Chan Francisco Razzo Frank Aguiar Frank Houston Franklin Graham Fred Instagram Freedom Freiras frente parlamentar evangélica From Religion Funai funk funkeira Ludmilla Futebol Gabinete de Segurança Institucional Gabriel Guedes Gabriel Medina Gabriela Gomes Gabriela Hardt Gabriela Rocha gafanhotos Game of Thrones Gana Gaviões da fiel General Heleno Gênero nas Escolas gênero neutro genética Geografia Bíblica Ghar Wapsi Gideões Missionários Gideoes Missionários da Última Hora Gideões Missionários da Última Hora Gilberto Carvalho Gisele Bündchen Gleisi Hoffmann global Globo Globo News Globo Rural GloboNews Glória a Deus Gogue e Magogue Goiânia Google gospel Gospel for Asia governador do Distrito Federal governadores governo Governo Bolsonaro Governo do DF governo do Egito Grã-Bretanha Grammy Latino gravadora Musile Records grazi massafera Gregório Duvivier Grendene Gretta Vosper Greves Grupo de Lima Grupo dos 77 Grupo Especial do Rio de Janeiro Grupo Lgbt Grupo pró-aborto Grupo Record Grupos religioso Guanambi guerra Guerra interna Guerras Guilherme de Sá guitarrista Haia Hailey Hailey Baldwin Haiti Hamas Hamilton Mourão Hank Hanegraaff Harpa Cristã HB Hebrom Heidi Crowter Henrique Fogaça heresia Hillsong Hinduísmo Hino História do Cristianismo Hitler Holanda Hollywood Holocausto homem Homem de Ferro Homem-Aranha homeschooling Homicídio homofobia homoparentalidade homossexuais homossexual Homossexualidade Hong Kong horóscopo hospital de Brejo Santo Hulk humor Humorista Ibaneis Rocha Ibope Idai identidade de gênero ideologia Ideologia de Espécie ideologia de esquerda ideologia de gênero IEQ igreja Igreja Adventista Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia Igreja Anglicana igreja anti-LGBT igreja Apostólica Acolhidos por Cristo Igreja Assembleia de Deus Igreja Batista Igreja Batista da Lagoinha Igreja Batista Getsêmani igreja Bethel Igreja Brasil para Cristo Igreja Catedral do Avivamento Igreja Católica Igreja Católica Apostólica Romana (icar) Igreja Cidade de Refúgio Igreja Comunidade das Nações Igreja Contra o Aborto Igreja da Cientologia Igreja da Graça Igreja da Inglaterra Igreja de Bethel igreja destruída igreja do distrito de Iara Igreja do Evangelho Quadrangular Igreja Episcopal Igreja Evangélica igreja Hillsong Igreja holandesa Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Luterana Igreja Mananciais da Barra Igreja Metodista Igreja Metodista Unida Igreja Mundial Igreja Mundial do Poder de Deus Igreja Ortodoxa Igreja Ortodoxa Ucraniana Igreja Pentecostal Tempo de Milagres igreja perseguida Igreja Presbiteriana Igreja Presbiteriana de Cruzeiro do Sul Igreja Profetizando as Nações Igreja Quadrangular Igreja Renascer Igreja São Thomas Igreja Universal Igreja Universal do Reino de Deus igrejas Igrejas alemãs Igrejas domésticas igrejas evangelica Igrejas Evangélicas Igrejas evangélicas Alemanha igrejas licença Igualdade Racial ilegais ilustrações do reino de Deus imã Ahmed al-Tayeb Imagem de Cristo imagem de Jesus imbecil IMPD impostos Imran Khan Incêndio incesto indenização Índia indígenas índios Indonésia infância Inglaterra Insetos instituto Barna Instituto de Templo Instituto do Templo Inteligência e Fé intercessão Internacional International Christian Concern internet intolerância religiosa investigação Irã Iranianos Iraque Irlanda Irmandade Muçulmana Isabella Chow Isadora Pompeo Isaias Jr Islã Islâmicos islamismo Islamização Israel Israel Salazar Israel x Palestina Italia Itália Itamaraty IURD Ivanir dos Santos J.d. Greear Já Ouço o Rugido Jacarezinho Jacira Cabral Jair Bolsonaro Jair Bolsonro Jair Messias Bolsonaro James Cowan James Faulkner Jamie Shupe jandira feghali Japão Jay Santana Jean Wyllys Jenna Presley Jerry Falwell Jr. Jersualém Jerusalém Jesus Jesus Copy Jesus Cristo Jezabel Jihad Jim Caviezel Jim Howard Jimmy Evans Jó – Midian Lima João Campos João de Deus Joaquim Alves joel dahl Johan Huibers John Allen Chau John Bolton John Chau Joice Hasselmann Jojo Todynho Jonathan Nemer Jordânia Jorge Viana Jornada Mundial da Juventude jornal Jornal Nacional jornalista Milly Lacombe José de Abreu Josimar Salum Josué Valandro Jr. Jovem jovem cristã Jovem Pan Jovens Jovens Cristãos Joyce Meyer Juan Guaidó juanribe pagliarim Judaismo Judaísmo Judeus Judith Butler Juiz Juiz Marcelo Bretas Juiz Sérgio Moro Juíza juíza Diana Brunstein juíza Maria Lucinda da Costa juízes Julgo Juliana Paes Junior Trovão Justiça Justiça do Trabalho justiça federal Justin Bieber Justin Welby Kantar Ibope Kanye West Kauã Salles Kemilly Santos ken hickam Kevin Sorbo Kingstone kit gay Kleber Lucas lacração ladrões Lady Gaga Lagoinha Lançamentos Lanna Holder laos Las Vegas Latino Lauriete Lauriete Leonel Ximenez Lava Jato Léa Mendonça Leandro Karnal Legalização da Maconha Legalização do Aborto Lei Lei Civil Lei Rouanet lenços verdes Léo Áqulia Leo Dias leões Leonardo Gonçalves LGBT LGBTI LGBTI+ LGBTQ LGBTs libanês Líbano Liberação da Maconha Liberalismo Teológico Liberdade de Expressão Liberdade religiosa libertação Líbia Líder de seita líder do islã Líder Evangélico liderança Líderes Evangélicos Líderes Religiosos Liga Árabe Lindbergh Farias Língua Portuguesa linguagem corporal de Flordelis linguagens de sinais Línguas Estranhas Linhares lista de livros evangélicos 2018 Lista Mundial da Perseguição Lista Mundial da Perseguição 2019 Lito Atalaia livramento Livro Livros Liz Lane Loja Londres Lotz Louie Giglio Louvor e Adoração lua de sangue Luã Freitas Luanda Lucas Luciana Gimenzes Luciano Huck LUCIANO SUBIRÁ Lúcifer Ludmila Ferber Lugar Secreto Luiz Inácio Luiz Inácio Lula da Silva Luiz Sayão Lula Luma Elpidio luteranos Mackenzie Maçonaria Maconha Maconha Não macumba Maduro mãe Mãe de El Chapo Magno Malta Magno Malta e Lauriete Maioridade Penal mais lido 2018 Mais médicos Malásia Malhação mandato mandato ilegal mansão Manuela D'ávila Manuscritos do Mar Morto Maomé Mar Morto Mara Maravilha Maranhão marcelo calero Marcelo Crivella Marcelo Freixo Marcelo Gleiser Marcha Marcha na Argentina Marcha para Jesus Marcha pela Vida marchas Marco Feliciano Marcos Freire Marcos Madaleno Marcos Mion Marechal Cândido Rondon Mariana Valadão Maricá marido Mario Bramnick Mario de Oliveira Marisa Lobo Marisa Lobo Psicóloga Marisa Papen Marrocos marroquino Marvel Marxismo Cultural marxistas MasterChef Mauricio de Souza Maurício de Souza Mauro Souza maus tratos Max Lucado MBL MC Pocahontas McDonald’s MEC meca medicina Mediunidade medo megaigreja meio cristão Melhor Álbum de Música Cristã Melissa Joan Hart membro Menina rosa Menino azul menores menores de 14 anos mensagem mercado de streaming mesquita Messias Mianmar Michel Temer Michele do Carmo de Souza michelle bolsonaro michelle de paula bolsonaro Migração Mike Pence Mike Vieira Mikkelson milagre Milagres ministério “Underground Resistance” Ministério da Cidadania Ministério da Mulher Ministério das Relações Exteriores ministério de louvor da Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (SP) Ministério dos Direitos Humanos Ministério Mananciais Ministério Nova Jerusalém Ministério Portas Abertas Ministério Público Ministério Público Federal ministérios. ministra da Mulher Família e Direitos Humanos Ministra Damares Ministra Damares Alves Ministro ministro Augusto Heleno Ministro Dias Toffoli ministro evangélico Ministro Marco Aurélio Mello ministro Marcos Pontes Ministros Mirele Peixoto Souza Teodoro Missão Portas Abertas Missionária Missionária Camila Barros Missionário Missionários Missões Missouri miticismo Mitologia MK Music Mobile Moçambique Mogi das Cruzes Moisés Mongólia monte Monte do Templo Moradores de rua Moro Morreu morte morte de pastor mortos Moscou Movimento Lgbt MPES muçulmano muçulmanos Mudança da Embaixada Mudança de sexo Mulher mulher cega Mulheres mulheres cristãs Música Musica Gospel Música Gospel Musical Musile Records Nações Unidas Namibe não se meta com meus filhos Nascimento de Jesus Nasrat Mohamed Jamil Natal Natália Araújo National Geographic Native Tongue naxalitas Nazaré NCOSE Neal McDonough Neemias Nego do Borel neopentecostais NetFlix neto de Billy Graham Nevada Neymar Nicolás Maduro Nicole Kidman Níger Nigéria Nigeriano Nívea Soares Nobel da Paz nota oficial Nova Friburgo Nova York novela Novelas Novo Testamento O Milagre da Fé o outro lado do paraíso O Seredo dos Deuses Oakland obras ou pela graça Obreiro obrigações fiscais de igrejas ocorrência policial ofensa oferta Oklahoma Ong Cristã Ongs ONU ONU Mulheres Onxy Lorenzoni Onyx Lorenzoni OPBB-SP Operação Lava Jato opositora oração orações Ordem dos Pastores Batistas Organização das Nações Unidas Oriente Médio Os Incríveis os Pingos nos Is Ousado Amor – Isaías Saad outros deuses Pabllo Vittar Paciência pacific justice institute Pacto de Migração pacto diabo padre Padre Alessandro Campos Padre católico gay padre Marcelo Rossi Padre Quevedo padres Paganismo páginas da vida pai pai de vítima pais biológicos Palácio da Alvorada Palácio do Planalto Palavra de Deus Palestina palestinos Panamá Pânico panos ungidos Pantera Negra pão diário Papa Francisco Papai Noel Paquistão Paquistãom Suprema Corte do Paquistão Parada do Orgulho LGBT Parada Gay parada LGBTQ Paraíba paralisia facial Paranoá paris parlamento britânico Parlamento e Fé Partido Comunista Partido Comunista Chinês Partido dos trabalhadores partidos de esquerda passaporte diplomático Passion Pastor Pastor Adir Neto Teodoro pastor Alph Lukau pastor Anderson do Carmo pastor Anderson do Carmo de Souza Pastor Antonio Rocquemore pastor e advogado Adir Neto Teodoro pastor Felippe Valadão Pastor George Pastor Geraldo Mangela pastor Hueslen Santos pastor isidório pastor Jim Jones Pastor Joaquim Barbosa pastor Leonardo Sale Pastor Lucas Pastor Manuel Marcos Pastor Marco Feliciano pastor Melqui Gomes Pastor Reuel pastor Rinaldi Digílio pastor Robert Hood pastor Rusty George Pastor Samuel Mariano Pastor Samuel Olson Pastor Silas Malafaia pastor Takayama Pastor Tiago Brunet pastora Pastores pastores de cabra fulanis Paternidade Patriarca Kirill Patricia Lelis patrimônio da humanidade Paula Fernandes Paulo Freire Paulo Guedes pauta de costumes paz e vida Pcdob PEC pecado pecados pediatra pedido de desculpas pedofilia Pedra Beka pensamento Pensão alimentícia Pentateuco Pequim perda do filho perdão perguntas ofensivas Perlla Pernambuco Perseguição perseguição religiosa personagem gay pesquisa Pesquisas Petista Petrobrás Petrolão Pew Research Center Phatrícia Carvalho Philip Metschan Piauí Pilar do Sul Pilatos pintor preso piscina Pixar Animation Studios Plano de Governo Plano do diabo Plano do diábo PM Pobreza extrema Pode Voar Polêmicas Polícia Polícia Civil Polícia Civil do Rio Polícia Federal Polícia Militar Policiais militares poligamia politica política Pôncio Pilatos Pônico Pilatos população condena pornografia pornografia infantil Porta das Ovelhas porta de igreja Porta dos Fundos Portas Abertas portas dos fundos pós-morte Posse do Presidente Posse Presidencial Pr Luan Santos praças Prb prefeito prefeitura Pregação Pregação Contra Aborto pregador de internet pregador voador pregadores modinha Prem Baba Prêmio Nobel presépio Presépio Satanista Satanismo Presidência presidência no Congresso Presidente presidente da Rússia presidente jair bolsonaro presidente Jovenel Moise presidente Michel Temer Preso presos primeira filha Primeira-dama prisão Priscilla Alcantara prisões iranianas pró-vida processo processo judicial Processos judiciais procuradoria geral da república profecia Profecias professor professores Programa Fantástico Progressismo proibir Projeto de Lei Propaganda propina Proposta de Emenda à Constituição prostituição protestantes Protestantismo protestos Provérbio X psicóloga evangélica PSL PT Punjab Pure Flix Puritanismo queda de helicóptero Quem é Você? Quênia Qumran R. R. Soares R.R. Soares R$ 28 Rabinos racismo radicais rádio Rádio Estadão FM rádio evangélica Rádio Gospel Rádio Jovem Pan Rádio Vida radios gospel Rafael Novarine Rafael Octavio Rafael Octávio Rap Rap Gospel do Brasil ratinho Real Life Church Rebeca Nemer receita federal Recep Tayyip Erdogan Recife record Record News Record TV Rede Bandeirantes rede globo Rede Record Rede TV Redes Sociais reencarnação reforma da previdência reforma tributária refugiados Regensburger Domspatzen regularização rei da matemática Rei Davi Reinhard Bonnke Reino Unido Reis Magos Relacionados Relações exteriores religião religião islâmica religião no futebol religiões religiões de origem africana Religiosidade religiosos Religiosos palestinos Renan Calheiros Renascer Praise Renato Cardoso repartições públicas réplica república centro-africa República Centro-Africana ressucita Ressurreição restaurar Reuel Bernardino Revista Época RFID Ricardo Boechat Ricardo Lewandowski Ricardo Vélez Rodriguez Rio de Janeiro Rio Jordão Riqueza rituais rituais religiosos Roberta Miranda Roberto Requião Rock Cristão Rock in Rio 2019 Rodolfo Abrantes rodovia Castelo Branco Rodrigo Duterte Rodrigo Maia rodrigo silva Roma Romualdo Panceiro Ronald McDonald’s Ronaldo Caiado Ronaldo Ésper Rosa de Saron Rosânia Rocha Roubo Rua Azusa Rumores de Guerras Russia Rússia ryan coleman Sabrina Bittencourt Salmo 91 Salmos Salvador Sam Henrique Samuel Malafaia Sandra Terena Sandro Frederico da Silva Sandy Santa Catarina Santiago Chile Santo São Paulo Sarah Farias Sarah Sheeva Satanás satanismo filosófico satanistas Saul SBT SBT Silvio Santos Schumacher Se Eu Me Humilhar – Discopraise sê tu uma bênção Secularismo Secularismo na Igreja Segunda Instância segundo casamento segundo sol Segurança pública Sei Que Estás Comigo seita seita Cientologia seminários Senado Senado Federal senador estadual Senegal sente as pessoas Separação sequestrado Sérgio Cabral Sergio Knust Sergio Moro Sérgio Moro Séries de Tv Sermão sertanejo Sertãozinho Sharran Sheikh Hasina signos Silas Malafaia Silvio Santos símbolos nazistas símbolos religiosos Simone Simone e Samaria Sindicalistas síndrome de down sinos Sionismo Síria Smartphones sobrenatural socialismo Sociedade Bíblica do Brasil Sodoma e Gomorra Solstício de Inverno Som da Minha Vida Sony Music Gospel Sorocaba Southern Baptist Convention Stan Lee startup DVFLIX Steve Campbell STF sucesso Suicídio Suicído Super Drags Super Interessante Super-herói Superação Supernatural Superpop suplica Suprema Corte Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal (STF) Surdos Surf Suzano Switchfoot Talita Cipriano Tamrazyan tanque de Betesda Tatá Werneck tatuagem Teatro Teleton Templo de Salomão Templo dos Anjos Teocracia teólogas feministas Teologia teologia da prosperidade teólogo Ricardo Velez Rodriguez Teoria da Conspiração Teoria da Evolução Terceiro Gênero Terceiro Templo Teresinha Neves Teresópolis Terra Santa Terrorismo Terrorismo Islâmico Terrorista Terroristas Testemunha de Jeová testemunhar Testemunhas de Jeová Testemunho Testemunho Cristão Testemunho de Fé Testemunhos Tetelestai Thaila Ayala Thalles Roberto Thammy Gretchen The Noite The noite. SBT Theodore McCarrick Theresa Thor Tijuca timidez tipos de testemunhas tiririca Tiroteio no Templo TJ-SP Tocantins Tom Cruise Tony Ramos Top trabalho trabalho escravo Tradição tradução Tradução da Bíblia tragédia Trans especie Transexuais Transexual Transexualidade transfusão de sangue Transgênero transgêneros Transição de Gênero Transplante de útero Tribo queniana Tribunal de Justiça Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tristeza Trump Tubarão tumor Turismo turistas Turma da Mônica Turquia Tv Bandeirantes TV Gazeta TV Globo TVI Twitter Ucrânia Ufc UFO Uganda última tribo Umbandistas unasp Unção Unesco União das Igrejas Cristãs da Venezuela União Europeia Universal Universidade de Liverpool Universidade de Sheffield universidades Uzbequistão Valdemiro Santiago Valdomiro Santiago Vale Valerie Gatto vandalização Vanessa Grazziotin Vanilda Bordieri Vasco da Gama Vasos Quebrados Vaticano Veganismo Veganos velho testamento vendedor Thiego Amorim Venezuela verdades secretas Vereador Vermelho versículo Veruska Seibel Viagem Missionária vice-presidente vice-presidente dos EUA vício vida Vídeos Viktor Orban Violência violência contra cristãos violência sexual Viral Virgindade visão limitada visita histórica Visões Vissarion Vítima vítimas vítimas de tragédia Vitor Santos Viva de Aline Barros Vladimir Brichta Vladimir Putin voador voto aberto Walter Hoye whastapp Whindersson Nunes White Magazine Wilian Nascimento Wilson Witzel X-Men Xi Jinping Xuxa Ygor Siqueira Yoga Yossi Shelley Youseff Youtube Youtube Kids Youtuber Zezé de Camargo e Luciano Zona Norte do Rio

Fernanda Lima. (Foto: Reprodução / Rede Globo)
A audiência da TV Globo atualmente é a menor dos últimos três anos. O jornalista especializado Ricardo Feltrin, do UOL, destacou que a média de 12,4 pontos da emissora no Painel Nacional de Televisão (PNT), nas 24 horas do dia, registra o pior ibope desde dezembro de 2015. Os dados são do Kantar Ibope.

Em novembro, o Globo ficará com o menor share (% de participação de todas as TVs ligadas) no PNT do século 21, pelo menos na faixa comercial mais requisitada, das 7h à 0h. Para efeito de comparação, em 2002 a Globo chegava a ter 60% de share.

Ainda que a liderança da Globo em relação aos concorrentes não esteja ameaçada, no ano que vem deverá ocorrer mudanças na grade. Poderá ocorrer uma diferenciação na apresentação dos programas em cada estado.

Nove programas da Globo perderam a liderança para Record e SBT na semana passada. Além de “Amor e Sexo” e “Jornal Hoje”, também naufragaram na audiência “Malhação”, a novela das 18, “Espelho da Vida” e “Conversa com Bial”, entre outros.

Programação local
Um caso sintomático é que ocorre na Rede Bahia, afiliada da Globo naquele estado vai retirar do ar o matutino “Bem Estar” de sua grade. Para competir com os programas regionais das concorrentes locais, em 2019, deve fazer o mesmo com “Encontro com Fátima Bernardes” e “Vídeo Show”.

Na verdade, a Rede Bahia já vinha testando modificações. Há três meses o Encontro passou a ter 15 minutos a menos no estado. Espichando o noticiário local “Bahia Meio-Dia”, conseguiu recuperar parte da audiência.

Gospel Prime

Extremistas fazem protesto violento contra cristãos na Índia. (Foto: asianews.it)

Um pastor indiano que foi severamente espancado junto aos membros de sua congregação no início deste mês no estado de Bihar (Índia), prometeu continuar pregando o Evangelho, apesar da perseguição à sua fé cristã, como as heroicas figuras da Bíblia.

“Como estou trabalhando para o Senhor, sempre me preparei para qualquer tipo de eventualidade, perseguição ou perigo. Me preparei e vou pagar o preço de servir ao meu Deus”, disse o pastor Bangali Das em uma entrevista à International Christian Concern, envolvido em bandagens e respirando ainda com dificuldade, devido a ferimentos que sofreu durante o ataque.

“Grandes homens de Deus na Bíblia, como Sadraque, Mesaque, Abedenego e seu amigo Daniel foram perseguidos. Então eu sinto que é uma ocasião para eu glorificar a Deus, como eles. Vou continuar a trabalhar para o Senhor, apesar de todos esses obstáculos e dor”, acrescentou.

Das, que é pastor há 12 anos, foi acusado por outros na aldeia de Tetua de realizar “conversões forçadas”, o que é uma acusação frequentemente usada contra cristãos em aldeias em todo o país de maioria hindu.

Após sua congregação tenr aumentado para mais de 200 fiéis, por meses ele também enfrentou problemas com a polícia local. Em fevereiro, eles despejaram o pastor e membros da igreja das instalações que que foram alugadas para os cultos, devido a reclamações de “barulho”.

Mas Das recusou-se a desistir de ministrar às pessoas em Tetua e explicou que ele tinha que realizar os cultos em um local aberto.

Ele disse que vários homens e mulheres da casta local Manjhi se entregaram a Jesus e lhe ofereceram um lugar aberto para conduzir os cultos.

Até 150 não-cristãos da casta Manjhi atacaram os que participavam de um culto de adoração em 4 de novembro, acusando o pastor de forçar a conversão de pessoas e exigindo que ele parasse de pregar.

“Quando nossos crentes pediram que eles dessem algum tempo para comprar um lugar e construir um salão de culto, eles nos cercaram e começaram a nos espancar”, explicou Das.

“Dois homens me pegaram e começaram a me golpear com as mãos. Eu me machuquei muito no meu peito e meu braço ficou ferido. Eles me jogaram no chão e me bateram até eu ficar inconsciente”, acrescentou.

Os cristãos sofreram uma onda de perseguição em vários estados indianos este ano, o que resultou em espancamento de pastores e destruição de igrejas.

O pastor Singh, que lidera uma congregação no estado indiano de Madhya Pradesh, compartilhou em setembro como os cristãos estão sendo ameaçados e pressionados a abandonarem sua fé em Jesus.

Radicais hindus ameaçaram espancar e matar cristãos, levando 15 famílias a tornarem-se muito relutantes em ir à igreja.

“A razão para essa queda na frequência nos cultos são as ameaças dos radicais hindus”, disse Singh à organização International Christian Concern na época. “Os radicais dizem que vão espancar e matar os membros das igrejas se continuarem a frequentar os cultos”.

“Antes de maio deste ano, cerca de 200 pessoas costumavam participar regularmente dos cultos em nossa igreja”, acrescentou. “Mas agora apenas cerca de 50 a 60 pessoas participam aos domingos. Eles estão sob enorme pressão dos radicais hindus”.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post

A Frente Parlamentar Evangélica esclareceu não irá ameaçar o futuro governo. (Foto: Jonas Pereira/Agência Senado)
A informação de que a bancada evangélica ficou irritada pela indicação de Osmar Terra para o Ministério da Cidadania, publicada nesta quinta-feira (29) pela Coluna do Estadão, foi desmentida pela Frente Parlamentar.

De acordo com a publicação, um grupo de 180 deputados foi consultado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) sobre nomes para a nova pasta, mas acabou surpreendido com a escolha e ameaçou “se rebelar caso não tenha cargos na Esplanada”.

Em reunião com a equipe de transição, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado federal Hidekazu Takayama (PSC-PR), citou os nomes dos deputados Roberto de Lucena (PODE-SP) e Leonardo Quintão (MDB-MG), além dos já comentados Ronaldo Nogueira (PTB-RS), Marco Feliciano (PODE-SP) e Gilberto Nascimento (PSC-SP) como sugestões.

Nesta quinta, a Frente Parlamentar Evangélica divulgou uma nota repudiando “qualquer tentativa de desestabilização do apoio” do grupo ao governo Bolsonaro. A bancada esclareceu não irá “ameaçar” o futuro governo se não for atendida com cargos.

A nota ainda esclarece que a bancada indicou nomes de possíveis ministros sem “o intuito de obrigar o Presidente a nomeá-los”. “Muito embora entendamos que a composição de um quadro técnico e preparado auxiliará na nova forma de governar, neste sentido estamos unidos e atentos às escolhas do Presidente”, diz Takayama no texto.

Envolvimento da bancada

As especulações também foram desmentidas pelo deputado Roberto de Lucena, um dos líderes da Frente Parlamentar que teve nome cotado pelo governo. “Não existe guerra de bancada evangélica contra Bolsonaro, pelo contrário. A bancada é patriota, nacionalista. Apoiará o governo Bolsonaro porque isso é bom para o Brasil. Apoiará Bolsonaro enquanto ele se mantiver lutando por um País melhor”, disse ele ao Guiame.

Lucena, que já atuou como secretário de Turismo do Estado de São Paulo, acredita que não é papel da bancada evangélica indicar nomes para cargos no governo. “Não se trata apenas de fazer política. Trata-se de posição profética. Se há um movimento para indicação de nomes por parte da bancada evangélica esse movimento está equivocado”, destacou.

Roberto de Lucena na sala da presidência da Câmara, em encontro com líderes evangélicos. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)
O parlamentar observa que a bancada evangélica pode “endossar um nome”, mas isso é diferente de indicar. “Quem indica torna-se base. A bancada evangélica não é base do governo, nem será, ainda que a maioria absoluta dos seus integrantes possam sê-lo. A bancada evangélica é base de sua própria agenda prioritária, que é a defesa da família e de um Brasil mais justo socialmente, mais ético, mais eficiente e desenvolvido”.

Como pastor e um dos líderes da Igreja O Brasil Para Cristo, Lucena afirma que todos os membros que compõem a bancada evangélica devem estar envolvidos na agenda. “É necessário que todos os membros da bancada sejam consultados pelo presidente da Frente Parlamentar Evangélica nos temas que excederem os alcançados pela agenda já pacificada”.

Na fase de transição de governo, Bolsonaro tem dialogado com as bancadas temáticas, ao invés de buscar acordos com partidos. Na opinião de Lucena, o presidente eleito tem “montado um bom time de primeiro escalão e tomado decisões acertadíssimas até o momento”.

“Não sei como será o seu diálogo com o Congresso sem que isso também passe pelos partidos, conforme ele tem feito até agora, pois não vejo muito como isso possa se dar, mas ele sabe o que está fazendo. Bolsonaro é um parlamentar. São sete mandatos como deputado federal e sabe melhor que eu como esse diálogo deve se dar”, afirma.

Fonte: GuiaME

Silas Malafaia. (Foto: Reprodução / Facebook)
O pastor Silas Malafaia deu uma longa entrevista ao programa do jornalista Mario Sérgio Conti, na Globo News nesta quinta-feira (29). O líder do ministério Vitória em Cristo analisou as indicações do presidente eleito Jair Bolsonaro e lamentou que o senador Magno Malta (PR/ES) não tenha sido indicado para um ministério.

Ele acredita que houve “ingratidão” de Bolsonaro (PSL). “Magno Malta foi o primeiro camarada a acreditar em Bolsonaro e viajou o Brasil inteiro para ajudá-lo. Magno foi um guerreiro. Ele que me convenceu a apoiar Bolsonaro”, revelou.

Malafaia também assegurou que não irá poupar críticas ao futuro mandatário da nação, caso julgue ser necessário. “Sou um apoiador intransigente de Bolsonaro, mas não sou subalterno dele. Também não sou obrigado a concordar com tudo o que ele fala. Eu sou um ser inteligente e toda unanimidade é burra”, declarou.

O influente líder religioso também frisou que é independente. “Eu não tenho nada que ver as posições da Frente Parlamentar Evangélica. Eu não sou deputado, lá é outro papo.”

Avaliando o quadro de ministros e as muitas especulações da imprensa sobre o intricado equilíbrio de forças, Malafaia, que é próximo à família Bolsonaro, assegura que “tem uma ala dos evangélicos disputando poder”.

“Eu acredito mais que tem os militares, os filhos e a área econômica [na disputa]. Na equipe dele tem esses três grupos, mas não tem os evangélicos”, explica.

Questionado por Conti sobre a lista tríplice apresentada pela bancada evangélica a Bolsonaro pela Frente Parlamentar Evangélica, o pastor lembra que as sugestões ainda podem ser acatadas pelo próximo presidente. “Ainda não fechou o ministério. Ainda não acabaram as nomeações. Era para o ministério da Cidadania, mas eles não colocaram uma faca no pescoço dele. Foi ele que pediu [os nomes]”, destacou.

Assista!

Gospel Prime


Igreja que virou bar

 As opiniões dos cristãos americanos sobre o consumo de bebidas alcoólicas permaneceram estáveis ​​na última década, de acordo com um novo estudo. Apenas 41% dos fiéis evangélicos admitem beber, aponta uma pesquisa divulgada pelo Instituto de pesquisas LifeWay, voltado para questões religiosas.

Em uma pesquisa similar realizada em 2007, a LifeWay descobriu que 39% dos evangélicos diziam consumir bebidas alcoólicas, enquanto 61% afirmavam que não.

“Enquanto o consumo de álcool continua a ser visto como algo comum na sociedade, as atitudes dos fiéis sobre o uso de álcool não mudaram muito na última década”, avalia Scott McConnell, diretor executivo da LifeWay.

Quase 9 em cada 10 fiéis (87%) concordam que as Escrituras dizem que as pessoas nunca devem ficar bêbadas. Eram 82% em 2007.

Porém, quando se trata de abstinência, menos de um quarto (23%) dos evangélicos acreditam que as Escrituras indicam que as pessoas nunca devem beber álcool. A maioria (71%) discorda.

Quando os cristãos bebem socialmente, muitos fiéis acreditam que isso pode fazer com que outros crentes ‘tropecem’ ou se escandalizem. Segundo a Lifeway, 60% concordam com essa afirmação.

Os pesquisadores também constataram que mais da metade dos fiéis (55%) dizem que as Escrituras não tratam a ingestão de bebidas alcoólicas como pecado.

“As perspectivas das pessoas que frequentam a igreja sobre o álcool não estão mudando muito”, disse McConnell. “A maioria acredita que biblicamente podem beber, mas preferem não fazê-lo”.

Variações
As opiniões relacionadas ao uso de álcool variam de acordo com a idade, grau de instrução afiliação denominacional e outros fatores demográficos.

Por exemplo, luteranos (76%) e metodistas (62%) são mais propensos a dizer que bebem do que os batistas (33%), frequentadores de igrejas não denominacionais (43%) e membros de igrejas Pentecostais/Assembleias de Deus (23%).

Metade dos evangélicos com idades entre 18 e 34 anos dizem beber álcool. O percentual vai caindo nas demais faixas etárias, com o menor índice (32%) entre os que tem 65 anos ou mais.

Evangélicos com educação superior são mais propensos a dizer que bebem do que aqueles com menos tempo de estudo formal. Os que possuem pós-graduação são mais propensos a dizer que bebem álcool (62%), seguido por aqueles com um diploma de bacharel (59%), e os que tem ensino médio ou menos (26%).

Gospel Prime

Marc Lamont Hill. (Foto: Reprodução / Twitter)
A rede CNN, que constantemente diz se opor à “campanha de ódio” do presidente Donald Trump, também faz uma cobertura muito parcial sobre os acontecimentos em Israel. Agora, a presença de um de seus comentaristas políticos mais conhecidos em um evento nas Nações Unidas deixou claro como a empresa tem uma postura hipócrita.

Marc Lamont Hill participou de um evento anual sobre refugiados palestinos na ONU. Quando teve a palavra, o comentarista atacou Israel e pediu uma “Palestina livre, do rio até o mar”.

Muito aplaudido pelos diplomatas, na realidade ele apenas repetiu um dos slogans de grupos terroristas, defendendo a eliminação de Israel. Agora, a emissora está sendo cobrada pela postura e uma campanha já pede a demissão de Hill por conta de seu claro antissemitismo.

O território nas mãos de Israel desde o seu ressurgimento em 1948, após decisão da própria ONU, vai “do rio [Jordão] até o mar [Mediterrâneo]. No passado, Hill, que tem um discurso sempre pró-esquerda, já defendeu líderes islâmicos norte-americanos, conhecidos por seu antagonismo a Israel.

Hipocrisia
Anne Bayefsky,  presidente da ONG Human Rights Voices, disse que o discurso de Hill foi “um momento especialmente obsceno da ONU que revela a verdadeira natureza do animus anti-Israel e anti-judaico das Nações Unidas”.

Jeffrey McCall, professor da Universidade DePauw e analista de mídia, disse à Fox News que a CNN deve ser responsabilizada quando um de seus funcionários toma uma postura pública

“Um dos problemas em empregar comentaristas políticos com esse tipo de visão radical é que eles tendem a fazer comentários altamente polêmicos”, explica o professor.

Nas declarações, Hill acusou o governo israelense de “normalizar o colonialismo” e sugeriu que a violência poderia ser uma “ferramenta” para os palestinos. “Se estamos solidários com o povo palestino, devemos reconhecer o direito de um povo ocupado em se defender. Devemos priorizar a paz, mas não devemos romantizá-la”, disparou.

O vice-presidente do Centro de Pesquisas de Mídia Dan Gainor assegurou à Fox News que os comentários de Hill são um exemplo da “normalização do antissemitismo de esquerda genocida”.

“Agora assista aos programas dessa importante rede de comunicação [CNN] e veja como eles ignoram esta retórica enquanto normalmente criticam qualquer história dos conservadores”, disse Gainor.

Somente após a grande repercussão negativa, a CNN anunciou que demitiu Hill.

Assista (em inglês)!

Gospel Prime

Porão onde pessoas com deficiência foram mantidas em cativeiro na Filadélfia. (Foto: Ron Cortes/The Philadelphia Inquirer/AP/Pool)
Sete anos atrás, a polícia da Filadélfia, nos Estados Unidos, encontrou quatro portadores de deficiências trancados em um porão. Tamara Breeden, 36 anos, e outras três pessoas foram alvo de uma esquema de fraude para roubar sua aposentadoria por invalidez.

Uma das vítimas foi acorrentada à caldeira do porão, outra foi forçada a ficar nos armários sob a pia da cozinha. Breeden lembra que sofreu abusos, era forçada a urinar em um balde e dormia em uma tábua dura.

Em recente entrevista à NBC Philadelphia, Breeden revelou que sofria frequentes agressões de Linda Westin e outros dois homens. No entanto, ela conseguia se manter firme por causa de sua fé.

“Eu continuei orando a Jesus, orando a Deus, esperando voltar para casa e para minha família”, afirmou. Essas orações foram respondidas em outubro de 2011, quando um proprietário de terras soube das reféns escondidas no porão.

Westin fazia amizade com as vítimas com o propósito de receber seus benefícios da Previdência Social. Os promotores federais dos EUA dizem que nunca viram um caso como este.

Por mais de uma década, as autoridades contam que Westin e sua equipe mudaram suas vítimas de estado para estado, forçando-as a viver em condições deploráveis.

“Ela mentiu todos os meses para a Administração da Previdência Social sobre o uso do dinheiro”, disse o promotor norte-americano Richard Barrett. Pelo menos uma dúzia de vítimas foram sequestradas, incluindo algumas que morreram em cativeiro.

Westin está cumprindo uma sentença de prisão perpétua com adição de 80 anos em uma prisão em Virgínia Ocidental. Em setembro, o cúmplice Eddie Wright foi condenado a 27 anos de prisão. Outros dois homens também foram acusados ​​e condenados no caso.

Breeden, que deu à luz filhos em cativeiro, agradece pelo fim do pesadelo que viveu por uma década. “Sou simplesmente livre. Me sinto bem. Me sinto feliz”, disse ela.

GuiaME

Marco Feliciano (Reprodução)
O lamentável episódio do suicídio do pastor Rafael Octávio, ligado à Igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento, liderada pelo pastor, Marco Feliciano, abalou o meio evangélico, e colocou em evidência uma triste realidade que vem acometendo líderes religiosos no Brasil e no mundo.

O pastor Marco Feliciano se manifestou na última quarta-feira(28), salientando seu vínculo pastoral com Rafael Octávio, a quem o chamou de “filho espiritual”.

“Como é grande o peso de cuidar de tantas almas doentes e nem sempre ter alguém para cuidar da nossa própria! Quero pedir a você que nesse momento ore pela família Octávio e por seu líder espiritual, seja ele padre ou pastor”. Declarou o pastor em suas redes sociais.

“Lamento o ocorrido! Como é grande a dor de perder um filho espiritual”,  Disse o pastor ressaltando as dificuldades do ofício pastoral em ter que cuidar de pessoas, e muita das vezes não ter ninguém para compartilhar os seus problemas.

O suicídio entre pastores tem aumentado e preocupado líderes de diferentes denominações. A preocupação é tão grande que na última segunda-feira (26), um dia antes do suicídio do pastor Rafael , a Ordem dos Pastores Batistas do Brasil (OPBB-SP) realizou um simpósio para abordar o tema.

Feliciano recebeu o apoio dos internautas e pediu a todos que orassem pela família do pastor Rafael Octávio, assim também como por todos os pastores e líderes do Brasil.

O suicídio do pastor ainda é um dos assuntos mais comentados da semana, e repercutiu no Brasil e no mundo.

Ofuxico

Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus
Ainda sem ter fechado o tão esperado contrato com a Disney para uma parceria de conteúdo, a Band voltará a locar suas madrugadas para a Igreja Universal do Reino de Deus a partir de dezembro.

Na noite desta quarta-feira (28), a emissora confirmou ao NaTelinha que voltará a exibir a programação da maior Igreja Pentecostal do Brasil por três horas em sua madrugada a partir da próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro.

A faixa vai ser a mesma usada anteriormente pela Igreja, que saiu em outubro após o fim do antigo contrato – das 3h às 6h. Com isso, as reprises dos programas “Jogo Aberto” e “Os Donos da Bola” sairão do ar.

A Igreja Universal do Reino de Deus saiu da grade da Band por conta de negociações duras para a renovação de contrato de locação. A emissora do Morumbi queria um valor maior do que recebia atualmente.

Além disso, executivos da Band davam como certa a assinatura do contrato com a Disney, em uma parceria que renderia milhões de reais aos cofres do canal. No entanto, as negociações esfriaram nas últimas semanas.

O negócio, que era dado como praticamente certo, estagnou. O NaTelinha apurou que os americanos não deram mais nenhum sinal de avanço desde o início deste mês, o que preocupou a direção da casa.

A IURD sempre foi uma das principais clientes da Band. A Igreja vinha reduzindo sua participação em TV ao longo de 2018, mas também desde o início deste mês, voltou a fazer investimentos em canal aberto.

Um exemplo disso foi a retomada da compra de horários na TV Gazeta no início de novembro, de onde havia deixado de ser cliente em agosto. A retomada da IURD ao canal da Fundação Casper Líbero acabou fazendo com que a Gazeta promovesse uma demissão em massa de seu jornalismo.

Fonte: Na Telinha – UOL


Marcelo Freixo. (Foto: Folhapress)
Uma das narrativas que foi forçada durante as eleições deste ano é que Jair Bolsonaro (PSL) teria se beneficiado das “fake news”, notícias falsas criadas para prejudicar seu adversário Fernando Haddad (PT). Hoje, ficou mais uma vez evidenciado que a grande imprensa, quando convém, não tem interesse em averiguar os fatos antes de divulga-los.

Após a prisão do governador do Rio de Janeiro, Fernando Pesão (MDB) na manhã desta quinta-feira (29), o deputado federal eleito pelo PSOL Marcelo Freixo, usou o Twitter para provocar Flávio Bolsonaro.

Freixo divulgou um print de um tweet antigo, atribuindo-o a Jair. Rapidamente a imagem viralizou. Acabou sendo repercutida milhares de vezes na rede social.

A mensagem seria de 2014, quando Bolsonaro teria manifestado apoio a Pezão e a Aécio.  “O Rio de Janeiro deve dar uma chance a Pezão”, diz o tweet, acrescentando que “Aécio representa a honestidade que o Brasil precisa”.

Só que a mensagem é falsa. Além de não apresentar data, ela não consta no histórico do Twitter, rede social preferencial de Bolsonaro. O mais gritante é que o tweet falso tem 254 caracteres. O microblog só permitia 140 caracteres por mensagem em 2014. A mudança para 280 veio em novembro de 2017.

Tuíte de Marcelo Freixo sobre Bolsonaro
Até o momento nenhuma das agências checadoras de notícia desmentiu a mensagem de Freixo. O deputado já apagou o tuíte, mas ele pode ser visto no web archive aqui.

Gospel Prime

Jornal Nacional. (Foto: Reprodução / Rede Globo)
A Rede Globo, através do Jornal Nacional, deverá exibir respostas de psicólogos por “sensacionalismo barato” em notícia que abordava o tema “cura gay”. A decisão é do juiz de Direito, Manuel Eduardo Pedroso Barroso, substituto da 12ª vara Cível de Brasília.

No ano passado, a emissora publicou no jornal uma matéria intitulada “Cura Gay”, na qual afirmou que a decisão liminar de um juiz acarretou na “possibilidade de a homossexualidade ser tratada como doença”, e que a “ação foi movida por um grupo de psicólogos que defendem o uso de terapias de reversão sexual”.

Dias depois, exibiu também no programa Fantástico, outra reportagem que indicava que o nome das terapias que prometem mudar a orientação sexual dos pacientes é chamado de “cura gay”. Acontece que o termo não foi criado pelos psicólogos que atuam na área terapêutica, mas é um nome pejorativo que acabou sendo usado pela própria mídia.

A luta judicial, na verdade, é pela alteração de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que impede os profissionais de oferecerem ajuda aos homossexuais insatisfeitos com sua orientação sexual. Logo, em virtude dessas reportagens e do mal-entendido, os psicólogos autores da ação pediram direito de resposta, que não foi concedido pela emissora.

Processo contra a Rede Globo
Depois de ter o pedido negado, os psicólogos ingressaram na Justiça contra a Globo, manifestando indignação pela parcialidade na reportagem, e solicitando o direito de resposta. A emissora, em sua defesa, afirmou que a reportagem não conferiu valor negativo ou depreciativo em relação aos autores.

Ao analisar o caso, o juiz Barroso ressaltou que “ao ofendido em matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo de comunicação social é assegurado o direito de resposta ou retificação, gratuito e proporcional ao agravo”.

Para o magistrado, as duas partes merecem sua liberdade de imprensa respeitada para dar a versão que entendeu melhor sobre o assunto em questão. O julgador ainda salientou que a ré não oportunizou, dentro da reportagem, adequada manifestação dos propósitos dos autores populares.

Assim, determinou que a Globo exiba durante o Jornal Nacional, em até cinco dias, a leitura da resposta dos psicólogos, sob pena de multa diária de R$ 5 mil, com limite de R$ 500 mil, em caso de descumprimento.

Gospel Prime

Ana Paula Valadão chora ao falar sobre perda de alcance do Diante do Trono no gospel.
A cantora gospel Ana Paula Valadão, líder do Diante do Trono, fez uma live ontem nas redes sociais para anunciar algumas novidades relativas ao novo projeto do ministério gospel em 2019.

Ana Paula Valadão confirmou que o DT19 será gravado durante o Congresso Diante do Trono  em abril, na Igreja Batista da Lagoinha. Para alegria de muitos, ficou decidido também que o álbum conterá, em sua maioria, músicas inéditas compostas pela própria Ana Paula, sem muitas regravações e versões internacionais.

Em um dado momento, a líder gospel se emocionou e chorou, ao afirmar que as vezes ficava tendo pensamentos que ela considera malignos, e a faziam acreditar que ninguém gosta mais das músicas compostas por ela, nem as igrejas cantavam mais seus louvores. Na década passada, as canções do Diante do Trono eram os louvores mais entoados nas igrejas brasileiras, além dos álbuns venderem milhões de cópias físicas, algo impensável para hoje.

“Os recentes projetos do Diante do Trono, o “Tetelestai” e o “Deserto de Revelação”, não tem tido o mesmo alcance que nós já tivemos nos primeiros CDs, nos primeiros projetos. Então, às vezes, vem aquele sussurrinho, né? Tô sendo bem vulnerável aqui, tô me expondo aqui pra vocês. Aquele sussurrinho dizendo ‘olha, suas músicas não são boas o suficiente’, ‘vocês não agradam mais’, ‘as igrejas não estão cantando mais as músicas de vocês como antes’, e por mais que eu saiba que a minha aprovação vem de Deus, vem do Senhor […], os sussurros do inimigo são muito fortes.”, revelou a líder do Diante do Trono.

Ela agradeceu o carinho e o apoio dos fãs, e disse que decidiu confiar nas suas experiências com Deus para determinar que iria voltar a investir nas suas composições autorais, por isso o DT19 poderá ou não ter alguma regravação, mas não é a ideia principal, já que deve ser dado enfoque ao ineditismo tão cobrado pelos seguidores do ministério gospel. Uma música, que deve ser uma das únicas versões no álbum, já foi divulgada na Lagoinha, confira aqui.

Participações especiais também foram confirmadas, mas os nomes não foram divulgados. Ana Paula Valadão disse ainda que irá convidar artistas que irão compor junto com ela as músicas dessas participações, que não deverão ser com  ex-integrantes do Diante do Trono, por ela entender que essa fase gospel do ministério já passou e ficou para trás.

Foi anunciado ainda que todo o áudio do Congresso Diante do Trono será captado, nos 3 dias de evento. E que após ser cortado e editado, se transformará na 4ª edição do projeto “Imersão”, só de cânticos espontâneos de adoração. Ana Paula Valadão disse que o DT deverá lançar os dois projetos no ano que vem, mas em momentos distintos.

Assista abaixo a live na íntegra:


Portal do Trono

Violência contra crianças e adolescentes
Um pai está no meio de uma batalha legal que pode acabar com a perda da guarda do próprio filho. Jeffrey Younger foi acusado de ‘abuso infantil’ por não ter aceito a decisão de sua ex-esposa em criar seu filho James como uma menina.

De acordo com documentos judiciais, a ‘identidade de gênero’ de James poderia mudar, enquanto ele vai para casa da mãe ou do pai. Ele só se veste com roupas de menina quando está com a mãe, que o chama de “Luna”.

No entanto, Jeffrey disse ao jornal ‘The Federalist’ que seu filho não gosta de ser tratado como uma garota e “violentamente se recusa a usar roupas de menina” quando está com ele.

Agora, a mãe acusa Jeffrey de “comportamento emocionalmente abusivo” em relação a James, por recusar-se a “afirmar sua identidade como uma menina”. Documentos judiciais listam pelo menos um exemplo de “abuso”, que inclui cortar o cabelo de James e “outras ações não-afirmativas”.

“Embora não esteja claro se esse comportamento se eleva ao nível da violência familiar neste momento, a agressão do Pai está se tornando mais comum e mais intensa”, dizem os documentos.

O ‘Federalist’ relatou que a mãe quer privar Jeffrey de seus direitos parentais.

“Ela também está procurando exigir que ele pague pelas visitas da criança a um terapeuta que faça a transição de gênero, o que pode incluir o bloqueio da produção hormonal a partir dos oito anos”, continua o relatório.

A mãe de James o levou para ver um terapeuta de transição de gênero que o diagnosticou com disforia de gênero. No entanto, o terapeuta observa que James prefere ser chamado de “Luna” quando está com a mãe, mas prefere ser chamado de “James” quando está com o pai.

Relatos de testemunhas oculares apoiam as observações de Jeffrey sobre James preferir ser um menino.

“Baseado nas três ocasiões em que passei tempo com ele, eu diria que ele age e parece inequivocamente como um menino saudável de seis anos … Eu estou orando por James, um menino comum de seis anos de idade, que é doce, amadurecido, inteligente, amável e, neste momento, particularmente vulnerável garotinho, preso em um confronto titânico de visões de mundo”, disse Bill Lovell, o pastor sênior da Igreja de Cristo, em Carrollton (Texas).

O caso de James não é o primeiro e não será o último. A Academia Americana de Pediatria publicou a descoberta de que mais crianças estão começando a usar “termos de gênero não tradicionais” para se identificarem. Alguns pais até permitem que seus filhos escolham seu próprio gênero.

A Dra. Michelle Cretella, presidente da Faculdade Americana de Pediatria, afirmou que dizer às crianças que elas possivelmente nasceram no corpo errado “perturba a própria base do teste de realidade” durante a infância.

“Se uma criança não pode confiar na realidade de seu corpo físico, em quem ou em quê ela pode confiar?”, ela pergunta em um vídeo publicado pelo Daily Signal.

Enquanto isso, amigos da família Younger iniciaram uma campanha on-line chamada “Save James”. Eles pedem às pessoas para aumentar a conscientização sobre a ideologia de gênero e que as pessoas se unam em oração por James. Eles até criaram um guia de intercessão para liderar as pessoas sobre os pedidos específicos de oração.

Fonte: Guia-me com informações da CBN News

Michael Schumacher, ex-piloto de Fórmula 1
O arcebispo alemão Georg Gänswein contou, em entrevista publicada nesta quarta-feira (28) pela revista alemã Bunte, alguns detalhes do estado de saúde de Michael Schumacher.

Confidente da família, ele relatou que o ex-piloto “sente as pessoas” à sua volta e tem recebido amparo das pessoas mais próximas.

“Ele consegue sentir as pessoas ao redor dele. Sentei na frente dele, segurei as duas mãos e olhei para ele. Seu rosto é, como todos sabemos, o típico rosto de Michael Schumacher, só está um pouco mais cheio. Ele sente que pessoas amorosas estão ao seu redor, cuidando dele e, graças a Deus, afastando o público curioso demais. Uma pessoa doente precisa de discrição e compreensão “, disse o sacerdote, que não pôde dar mais detalhas em respeito à família de Schumacher.

Schumacher sofreu grave acidente de esqui nos Alpes franceses em dezembro de 2013. Desde então, os parentes mantêm sigilo sobre seu estado de saúde.

Gänswein visitou o heptacampeão da Fórmula 1 em 2016 e contou que ainda mantém contato com a esposa do piloto, Corinna Schumacher.

“Sua esposa é a alma da família, que é o ninho protetor de que Michael precisa absolutamente”, afirmou.

Fonte: UOL

Sítio arqueológico Heródio
Uma escavação arqueológica liderada pelo professor Gideon Forster, da Universidade Hebraica de Jerusalém, encontrou milhares de peças no Heródio. O local é uma colina localizada 12 km ao sul de Jerusalém, no deserto da Judeia. Em seu topo havia um palácio fortificado onde foi posteriormente enterrado o governador romano que julgou Jesus.

A maioria dos artefatos estava em um museu desde o final da Guerra dos Seis Dias, em 1969, quando foram iniciadas as escavações como parte dos preparativos para abrir o local aos visitantes.

Somente este ano, através do uso de novas tecnologias, foi possível analisar mais cuidadosamente as inscrições em muitas dessas peças. Os resultados foram divulgados este mês pela equipe que trabalha atualmente no sítio arqueológico, liderada pelo Dr. Roee Porath, também da Universidade Hebraica, reportou o jornal Haaretz.

O nome histórico só foi “lido” em um anel de bronze após ser fotografado com o uso de uma câmera especial nos laboratórios da Autoridade de Antiguidades de Israel. A inscrição no que aparentemente era um anel usado para assinar documentos incluía a imagem de uma taça de vinho com a inscrição em grego “Pilatus”.

Anel de Pôncio Pilatos

O nome obviamente é do governador romano Pôncio Pilatos, mencionado no Novo Testamento. Ele foi o quinto dos governadores romanos sobre Judá e o mais importante deles. Seu governo se estendeu entre os anos 19 a 36, ​​segundo os historiadores.

Este era um nome raro em Israel daquela época, diz o professor Danny Schwartz. “Não conheço nenhum outro Pilatos do período e o anel mostra que ele era uma pessoa de influência e riqueza”, disse Schwartz.

Esse tipo de anel era uma marca registrada da cavalaria na época romana, à qual Pilatos pertencia. O anel é bastante simples, portanto, os pesquisadores acreditam que ele foi usado pelo governador no dia a dia de trabalho, ou pertencia a um de seus funcionários ou alguém em seu tribunal, que o usaria para assinar documentos em seu nome.

A fortaleza de Heródio foi construída por Herodes, daí a origem de seu nome. Após sua morte no primeiro século, tornou-se um enorme cemitério. A parte superior do complexo continuou a ser usada por oficiais romanos que governavam a Judéia naquela época. É provável que Pilatos também tenha usado o Heródio como sede administrativa do governo. Há vestígios que, anos mais tarde, o local abrigou uma grande aldeia cristã.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, ao lado do futuro ministro das Relações Exteriores, Nelson Ernesto Araújo. (Foto: AFP/Sergio Lima)
O ministro das Relações Exteriores anunciado pelo próximo governo, Nelson Ernesto Araújo, afirmou que irá combater políticas que compactuam com “pautas abortistas e anticristãs em foros multilaterais”, em artigo publicado na segunda-feira (26) no jornal Gazeta do Povo, de Curitiba.

Com a missão de “libertar o Itamaraty” que lhe foi confiada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, o futuro chanceler pretende extirpar das relações internacionais brasileiras a “ideologia do PT”, que segundo ele nada mais é do que o “marxismo cultural”, definido como aquele que busca controlar os meios de produção intelectual na imprensa e na academia.

“Quando me posiciono, por exemplo, contra a ideologia de gênero, contra o materialismo, contra o cerceamento da liberdade de pensar e falar, você me chama de maluco. Mas se isso não é o marxismo, com estes e outros de seus muitos desdobramentos, então qual é a ideologia que você quer extirpar da política externa?”, questiona Araújo.

Entre a agenda política que deseja combater, Araújo destaca a descriminalização do aborto, as “pautas anticristãs”, a “transferência brutal de poder econômico em favor de países não democráticos e marxistas” e “a suavização do tratamento dado à ditadura venezuelana”.

O futuro chanceler defende uma política externa que traduza a “sagrada voz do povo”, garantindo uma mudança no posicionamento global do Brasil. Essa voz, segundo Araújo, deve ser autêntica e não “dublada no idioma da ONU”, “pois no idioma da ONU é impossível traduzir palavras como amor, fé e patriotismo”.

“Em uma democracia, a vontade do povo deve penetrar em todas as políticas. Mas as pessoas daquele sistema midiático-burocrático, que gostam tanto de falar em democracia, não sabem disso. Perguntam-se, assustadas: ‘O que vão pensar de mim os funcionários da ONU, o que vai dizer de mim o ‘New York Times’, o que vai dizer ‘The Guardian’, ‘Le Monde?’”, escreveu o embaixador.

Araújo defende que o país precisa de “alguém que entenda de ideologia” para acabar com ela no Itamaraty, conhecendo suas “causas, manifestações, estratégias e disfarces”. “Vencida na economia, a ideologia marxista, nas últimas décadas, penetrou insidiosamente na cultura e no comportamento, nas relações internacionais, na família e em toda parte”, observa.

Nelson Ernesto Araújo foi indicado como ministro das Relações Exteriores em 14 de novembro. Antes disso, era diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos e nunca havia chefiado uma missão no exterior. Ele se aproximou de Bolsonaro por meio do filósofo de direita Olavo de Carvalho, radicado nos EUA.

Fonte: Guia-me



ohn trabalhava como líder de oração congregacional em sua mesquita quando passou a comparar textos da Bíblia e do Alcorão. (Foto: Reprodução)

Um ex-líder muçulmano da Nigéria, que virou pastor, disse que o Alcorão o ajudou a confirmar que Jesus Cristo é de fato o filho de Deus. Ele ainda detalhou a perseguição que sua família sofreu por causa de sua fé.

O pastor, que por questões de segurança será chamado de “John”, falou recentemente com o site The Christian Post sobre o sofrimento de sua família. Um de seus filhos foi assassinado depois que eles foram forçados a se esconder em diferentes estados da Nigéria.

John nasceu em uma família Fulani no estado Kaduna da Nigéria e cresceu para se tornar um líder em sua mesquita. John também conheceu uma mulher cristã que acabou se convertendo ao Islã.

Sua esposa, no entanto, recuperou sua fé cristã depois que teve um encontro com Jesus em um sonho. Sua reconversão ao cristianismo foi condenada pela comunidade e família do esposo, que a considerou apóstata. John enfrentou a pressão de sua família para se divorciar, pois muitos na comunidade a queriam morta.

John estava confiante de que seu deus lhe daria a sabedoria para converter sua esposa de volta ao Islã. Mas em 1995 ele foi presenteado com uma realidade teológica que ele diz estar presente em ambos na Bíblia e no alcorão.

Essa realidade veio a ele quando levou sua esposa para uma cruzada evangelística. John deixou sua esposa e nas duas primeiras noites do evento ele não prestou muita atenção. Na terceira noite, John ouviu do estacionamento mesmo: “Sentei-me no porta-malas do meu carro e estava escutando esse homem pregando sobre Jesus Cristo”, explicou John.

“No meio desta pregação, ele estava dizendo que Jesus foi preso, Jesus foi crucificado, e Jesus morreu e ressuscitou dos mortos e eles mataram o Príncipe da Paz. E o Príncipe da Paz ressuscitou após o terceiro dia e o Príncipe da Paz ascendeu ao Céu”, continuou.

Quando ele ouviu isso, John disse que uma passagem do alcorão veio à sua mente — especificamente Surah 19:33. Naquela passagem, Jesus (que é considerado um profeta no Islã) declarou: “A paz esteja comigo no dia em que nasci e no dia em que morrerei, e no dia em que serei ressuscitado vivo”.

"Sua pregação estava confirmando para mim o que está no alcorão, mas ele estava pregando a partir da Bíblia", lembrou John. “As coisas que ele estava pregando, estas coisas estão escritas no alcorão. Mas os muçulmanos estão traduzindo. Eu sei que no alcorão, Jesus realizou milagres. Mas, os muçulmanos não pregam isso”, finalizou.

GuiaME


Dia 2 de dezembro vai acontecer em São Paulo a “Marcha pela Vida”. O objetivo é  levantar-se contra o ativismo judicial que luta para descriminalizar o aborto no Brasil. O movimento internacional de países latino-americanos visa defender as leis que protegem as duas vidas: gestante e feto.

Os organizadores explicam que, entre as propostas do evento, está pressionar os poderes públicos a respeitarem a vida desde a concepção até a morte natural. Além disso, quer promover a divulgação das associações que oferecem orientação e apoio às gestantes em crise.

“Nós brasileiros realizaremos uma grande concentração para a defesa de propostas, ideias e mensagens em defesa da vida, num ambiente de solidariedade, música e alegria”, escreveram. Conforme assinalam, a convocação desta marcha se dá na sequência de outras grandes manifestações públicas em países da América Latina como Peru, Argentina e Guatemala, que reuniram milhões de pessoas.

Movimento pró-vida no Brasil

O Brasil tem realizado marchas desse caráter há muitos anos, em diversas cidades. Mas esse é um momento crucial, já que existe um grande risco de aprovação do aborto pelo Congresso Nacional.

A urgência dessa manifestação é cada vez mais clara quando se leva em conta o caso da Colômbia, que último dia 17 de outubro aprovou, por uma manobra ativista e antidemocrática do Tribunal Superior daquele país, o aborto até o nono mês.

Teresinha Neves, do Movimento Brasil Sem Aborto e coordenadora do Movimento Evangélicos Pela Vida, lembra que vários atos em favor da vida já foram realizados, incluindo seminários, encontros para debate, caminhadas e, sobretudo, mobilizações no Congresso Nacional.

Ela destaca ainda que o movimento une evangélicos, católicos e pessoas de outras religiões – ou até sem religião – que entendem a importância de “defender a vida”, pois vemos as tentativas de levar essa questão para o STF.

“Tivemos o debate da ADPF 422 e nada impede de a ministra Rosa Weber colocar esse a legalização do aborto de novo em pauta”, alerta. Ainda segundo a ativista, que é jurista, especializada em Direito Constitucional: “O direto à vida é o primeiro direito fundamental constitucional, e o mais importante. Então é sobre isso que queremos dialogar, não se trata de uma questão apenas religiosa”, afirmou.

O deputado federal Gilberto Nascimento (PSC/SP), um dos parlamentares pró-vida mais ativos do Congresso, destaca que não basta a população cobrar os políticos, é preciso fazer sua voz ser ouvida nas ruas.

Sobre a marcha

São convidados a participar todos aqueles que acreditam que a defesa da vida humana não depende de uma crença específica e que faz parte dos direitos humanos fundamentais – o direito de viver. O local de encontro será na Avenida Paulista, com concentração no Museu de Arte de São Paulo (MASP), às 14hs.

Gospel Prime


A Igreja do Evangelho Quadrangular, uma das maiores denominações evangélicas pentecostais do Brasil, fundada aqui em 1951, está passando por um momento de impasse em sua cúpula de líderes, após o Comitê Mundial da Igreja pedir a “renúncia imediata” do presidente nacional, o reverendo Mario de Oliveira.

“O Conselho Global concluiu que não podemos mais apoiar como atual presidente da igreja brasileira e pedimos portanto que o senhor Mário de Oliveira renuncie imediatamente a liderança”, comunicou o Comitê em uma carta dirigida ao Brasil.

Um dos motivos para esse posicionamento foi o “descrédito trazido pelo mau testemunho” de Mario de Oliveira e a “falta de disposição para responder as comunicações” feitas pelo Conselho desde o ano de 2015.

Um dos líderes da Quadrangular no Brasil, o pastor Rinaldi Digílio, gravou um vídeo confirmando a posição do Comitê, dizendo também que a forma como Mario de Oliveira está lidando com o caso tem trazido “humilhação” para a igreja.

“O presidente Mário de Oliveira simplesmente chamou para briga a igreja americana e os conselheiros globais, trazendo uma série de humilhações”, declarou Digílio.

Polêmicas
Mario de Oliveira já foi deputado federal (PSC-MG), quando também já era líder nacional da Igreja Quadrangular. Em 2008 ele chegou a ser suspeito de articular um suposto atentado para matar o colega Carlos Willian (PTC/MG), que também é pastor da igreja. O processo do Conselho de Ética da Câmara foi arquivado por falta de provas.

Em março de 2012, quando Oliveira foi reeleito como presidente da Quadrangular, vídeos e publicações fizeram denúncias contra seu mandato, além das críticas ao seu estilo de administração por parte dos então candidatos Jayme Paliarin e Waldir Agnello.

“Está dividindo a igreja”
Após o pedido do Comitê Mundial da Quadrangular, para que Mario Oliveira renuncie, o mesmo gravou um vídeo questionando o poder de decisão do órgão internacional sobre a igreja no Brasil.

“Nós não temos sob a nossa igreja nenhuma gerência de qualquer outro conselho fora do Brasil. Nós não temos nenhuma submissão a qualquer outra igreja internacional ou conselho global, porque nós temos a nossa estrutura e essa estrutura é de 67 anos”, disse ele na gravação.

O pastor Rinali Digílio, no entanto, explicou que apesar do Comitê Mundial da Quadrangular não poder tomar decisões pela igreja no Brasil, ele atua a nível internacional como uma espécie de guardião da doutrina seguida pela denominação, sendo referência para todas às igrejas da denominação no mundo.

“O Conselho Global ele não manda, aliás em nenhum país porque ele deixa cada país trabalhar livremente. Mas ele cuida sim da sã doutrina do evangelho quadrangular”, frisou o pastor em outra gravação, alertando os membros da Quadrangular sobre o perigo da divisão na igreja, devido à postura de Oliveira.

“A igreja no Brasil está prestes a ser dividida por Mário de Oliveira porque ele simplesmente está tirando a igreja quadrangular da sua raiz, da sua fundação, dos seus valores históricos e espirituais. Está tirando a quadrangular da quadrangular e criando a sua igreja mariana”, disse.

Assista abaixo:



Gospel+


Ao saber que uma família de refugiados estava em risco iminente de ser deportada, uma igreja holandesa entrou em ação, iniciando um culto contínuo que já dura há mais de um mês.

Bethel, uma igreja e centro comunitário em Haia, deu uma série de passos dramáticos para proteger os Tamrazyans, uma família de cinco, originária da Arménia, que vive na Holanda há mais de nove anos.

De acordo com o The Huffington Post, o governo negou o pedido de asilo e aprovou a família para deportação – apesar de existir uma lei que permite que as crianças que moram no país há mais de cinco anos sejam elegíveis para uma autorização de residência, se também preencherem outros requisitos.

Sabendo que a lei holandesa proíbe que a polícia entre em igrejas durante o culto, membros da igreja de Bethel decidiram começar um culto contínuo, que iria permitir que a família se refugiasse na local. Começou a 26 de outubro às 13h30 e ainda não terminou.

O ativismo de Bethel em torno dos refugiados tem o apoio da Igreja Protestante na Holanda. Bethel tem um grupo rotativo de ministros que vai ajudar a conduzir os serviços religiosos. Além disso, membros leigos da comunidade também foram convidados para participar nos serviços e ajudar com mantimentos. A igreja diz que cerca de 3.500 visitantes de toda a Holanda vieram a Bethel para ajudar os Tamrazyans.

Bethel disse que respeita as ordens judiciais, mas encontra-se num “dilema” – “a escolha entre respeitar o governo e proteger os direitos de uma criança”.

Os líderes disseram que queriam dialogar com os políticos sobre o pedido de asilo da família e sobre o tratamento dado pela Holanda aos refugiados que procuravam obter permissão de residência.

Grupos de defesa afirmam que há pelo menos outros 400 casos de crianças que pedem asilo que vivem na Holanda há mais de cinco anos.

“O propósito do asilo da Igreja é criar segurança e oferecer um pouco de descanso à família durante o qual convidamos os políticos a discutir connosco o destino da família e os efeitos do Acordo de Amnistia para Crianças”, escreveu a Igreja num comunicado.

Entretanto, a adoração na igreja continua.

aeiou


Em reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), integrantes da Frente Evangélica indicaram o deputado Marco Feliciano (Podemos) para o Ministério da Cidadania, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo.

O Ministério da Cidadania abraçaria as questões de Direitos Humanos, Cultura, Esportes e Desenvolvimento Social. Bolsonaro e sua equipe ainda não se manifestaram sobre a indicação feita. Na última semana, a Frente Evangélica conseguiu vetar o nome de Mozart Neves Ramos para o Ministério da Educação por, segundo eles, não defender o projeto ‘Escola sem Partido’, assim como o presidente eleito e parte de seus apoiadores.

Istoé



Um obreiro de uma igreja evangélica morreu após ser baleado em Feira de Santana, cidade a cerca de 100km de Salvador, na noite de terça-feira (27). A vítima tinha acabado de sair de um culto.

De acordo com a polícia, João Ferreira Salomão, 37 anos, foi baleado por volta das 21h30, na Rua Farmacêutico José Alves, por dois homens que passaram de moto.


Os homens, que estavam armados, levaram o celular da vítima que, apesar de não resistir à ação, foi baleado em diversas partes do corpo. Ninguém foi preso.

A polícia investiga o crime como latrocínio, já que o aparelho foi roubado. O corpo de João foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Feira de Santana.

G1

Um homem foi assassinado a tiros na noite de terça-feira, 27, por volta das 21h30, após sair de uma igreja evangélica. O caso ocorreu na rua Farmacêutico José Alves, no bairro Tanque da Nação, em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador).
De acordo com as informações do site Acorda Cidade, João Ferreira Salomão Neto, 37 anos, era pastor e comerciante local. Ele foi baleado na cabeça, tórax, nas costas e no braço direito. O homem morreu em frente ao templo, antes mesmo de receber atendimento. 
A vítima morava no condomínio Bela Vista, perto do local onde foi morto. A autoria e a motivação do crime ainda são desconhecidas pela polícia. 
O delgado Fabrício Linar, titular da Delegacia de Homicídios e responsável pelas investigações, fez o levantamento cadavérico com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). 
Até o momento, a polícia tem a informação de que dois homens em uma moto chegaram e anunciaram o assalto. O pastor, segundo testemunhas, não teria reagido, mas foi baleado diversas vezes mesmo assim. 
Uol

Criança envergonhada. (Foto: ThinkStock)
Um pai iniciou uma batalha judicial nos Estados Unidos para impedir que sua ex-mulher mude o sexo do filho James, de seis anos. O processo tramita em Dallas, no Texas. A mãe veste o menino com roupas de menina desde quando ele tinha três anos de idade e o matriculou na escola com nome de “Luna”.

No processo de divórcio, a mãe que é pediatra, acusou o pai de abuso infantil por não “admitir que James era transgênero” e luta para que o ex-marido perca a guarda compartilhada. Ela quer que ele seja condenado a pagar as consultas do filho para a mudança de sexo o que inclui, além de um terapeuta, a esterilização hormonal a partir dos oito anos.

E a mulher já conseguiu algumas vitórias. O pai foi legalmente impedido de falar com seu filho sobre sexualidade e gênero, tanto do ponto de vista científico quanto religioso, e foi obrigado a oferecer roupas unissex para o filho.

Diagnóstico
O menino foi diagnosticado com “disforia de gênero” por especialista escolhido pela mãe. O termo caracteriza um “transtorno psicológico de identidade de gênero” e quer dizer que a criança se sente desconfortável com o sexo de nascimento. Termos como estes vêm sendo muito utilizados pelas militâncias do movimento LGBT.

O terapeuta confirmou que quando James está só com a mãe, prefere roupas de menina e quer ser chamado de Luna, mas quando está com o pai, só atende por James e escolhe roupas de menino.

Processo judicial
O Tribunal decidirá se a mãe poderá seguir com plano de “castração química” a partir dos 8 anos e se o pai terá o direito de continuar a ver o filho. A castração consiste em tentar bloquear a testosterona, diminuindo drasticamente o desejo sexual e até a ereção. É um procedimento que usa métodos hormonais.

O pai reuniu testemunhos de amigos para tentar convencer a justiça que o filho é um menino, e assim, evitar esse procedimento. Pessoas preocupadas com a decisão final e a repercussão do caso, criaram um site para tentar persuadir a corte de que é preciso esperar e não seguir perigosamente o diagnóstico precoce.

Gospel Prime


Pinchas Winston, um rabino muito respeitado que já escreveu nada menos do que 50 livros sobre escatologia, disse que os acontecimentos geopolíticos no Oriente Médio, envolvendo Israel, apontam para o cumprimento das profecias bíblicas acerca da grande batalha de “Gogue e Magoque”.

Winston explicou que o desencadeamento da grande “batalha final”, que antecede a era messiânica, pode ocorrer a qualquer momento através de pequenos incidentes, como os ocorridos recentemente na Faixa de Gaza.

“No momento, você nunca sabe o que pode desencadear uma guerra”, disse ele ao Breaking Israel News. “A Primeira Guerra Mundial foi desencadeada pelo assassinato do arquiduque Ferdinand. A guerra de 2014 em Gaza foi desencadeada pelo assassinato de três jovens rapazes. O mesmo vale para a Guerra de Gogue e Magogue, porém, mais ainda”.

Estratégia de Deus
Um elemento curioso na compreensão de Winston é sobre o motivo pelo qual não temos como saber o dia exato em que esses fatos irão acontecer. O rabino explica que é porque Deus deseja que a humanidade fique em alerta constante, buscando se santificar e permanecer fiel a Ele.

“Ao contrário das guerras convencionais que são o resultado da política, a Guerra de Gogue e Magogue não será o resultado lógico de nossas ações. É o modo de Hashem (Deus) de edificar nossa fé e confiança nele nos últimos dias. Ele quer que estejamos prontos para qualquer coisa”, disse ele.

Pinchas Winston também ressalta que a grande batalha final pode durar apenas 12 minutos e abranger o mundo inteiro. Ele citou outro rabino, do século 18, chamado Elijah ben Solomon Zalman, que já havia previsto essa duração.

“Isso era inconcebível na época, mas agora podemos imaginar isso como sendo realista. Há muitos aspectos descritos na profecia que os céticos dizem que são impossíveis. Tudo faz parte de um plano maior”, disse ele, que por fim conclui: “Gogue e Magogue são inevitáveis”.

Gospel+

Presépio ateu em frente a um tribunal nos EUA
Um grupo em campanha pela remoção do cristianismo das escolas americanas e da praça pública colocou um presépio ateu diante de um tribunal de Illinois.

Em vez das figuras tradicionais de Maria e José cuidando do menino Jesus, o presépio da Fundação Liberdade da Religião (FRFF, sigla em inglês) mostra os recortes dos fundadores americanos Benjamin Franklin, Thomas Jefferson e George Washington olhando para a Declaração de Direitos em uma manjedoura cheia de palha.

A tela foi instalada no gramado da frente do Tribunal do Condado de Grundy, perto de Chicago, e ficará até o final de dezembro.

Ao lado da cena há uma placa que deseja aos visitantes do tribunal um feliz solstício de inverno.

‘Feliz Solstício de Inverno. Nesta temporada do solstício de inverno, honramos a razão e a Declaração de Direitos (adotada em 15 de dezembro de 1791) ”, diz o cartaz.

Na parte inferior, acrescenta: “Mantenha o Estado e a Igreja separados”.

O FFRF disse: “Com a ajuda de seus membros sempre vigilantes, a Fundação Liberdade da Religião está mantendo a bandeira do pensamento livre voando alto em todo o país”.

Um presépio cristão tradicionalmente apareceu fora de Grundy County Courthouse até 2015, quando abriu o espaço para outras religiões. A pressão do FFRF foi parte do motivo da mudança na política.

“Em Illinois, o xerife do condado tem a custódia do tribunal. Em 2013, recebemos uma carta do grupo Freedom From Religion, em Wisconsin, informando que tínhamos uma manjedoura sozinha no gramado”, disse Perry Rudman, advogado assistente do Estado na época, acrescentando que havia a possibilidade de uma ação judicial contra o condado.

“Eles questionaram as leis e citaram vários processos judiciais apoiando a remoção”, acrescentou.

Exibições cristãs nos estados dos EUA e nos municípios estão sob crescente ameaça nos últimos anos.

Em maio, a American Civil Liberties Union entrou com uma ação contra o estado de Arkansas depois de erigir um monumento dos Dez Mandamentos do lado de fora do Capitólio do Estado.

O Templo Satânico protestou contra o monumento dos Dez Mandamentos pedindo que a legislatura do Arkansas permitisse que uma estátua de Baphomet fosse colocada fora do Capitólio também.

Fonte: The Christian Today


No dia 25 de novembro foi celebrado o “Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher”. Para conscientizar as pessoas sobre essa realidade, a ONU preparou uma campanha de 16 dias de ativismo que vai ocorrer até o dia 10 de dezembro.

Para a organização, a violência contra a mulher alcançou o nível de “pandemia global” e abrange a agressão sexual, o estupro no contexto de guerra, a mutilação genital feminina e a violência doméstica. De acordo com a pesquisa “Mulheres, empresas e a lei”, realizada pelo Banco Mundial, em 2017, uma em cada três mulheres já foi vítima de alguma violência.

Durante o período dos 16 dias de campanha haverá vários encontros e ações de conscientização sobre a escala massiva e mundial da violência contra elas. Um dos objetivos é colocar fim à cultura do silêncio que impede a quebra do ciclo de atos violentos e abusivos.

A igreja pode ajudar?
A igreja deveria estar na vanguarda das ações, mas infelizmente, não está imune a essa tendência. Uma pesquisa realizada no início deste ano entre os fiéis de Cúmbria, que fica ao norte da Inglaterra, concluiu que uma em cada quatro frequentadoras da igreja local já havia sofrido violência doméstica dentro de seus relacionamentos atuais.

Mediante esse cenário, a igreja precisa responder de maneira apropriada e eficaz, fornecendo apoio pastoral adequado. É preciso refletir sobre o problema e perguntar “Onde está a igreja nisso tudo?” e ainda “Onde estão os homens?”. Daí a importância do público cristão participar desse tipo de movimento.

E tudo começa a seguinte reflexão “a violência contra as mulheres é muito mais do que uma questão feminina”. Na verdade, segundo o secretário-geral da ONU, António Guterres “é um problema de direitos humanos fundamentais”. Por isso, a igreja deve estar totalmente envolvida na causa, liderando a mudança que todos querem ver.

Gospel Prime

Fiscais fecham igreja em Namibe, província da Angola
As autoridades angolanas fecharam 12 igrejas consideradas ilegais na manhã desta terça-feira, em Namibe, uma província de Angola.

A Igreja Bima, envolvida na disputa entre duas lideranças em Angola e na RDC, localizada no bairro Plató, “cidade Alta” foi a primeira a receber a nota da Operação Resgate, como é chamada a ação das autoridades que está fechando os templos.

Os fiscais descobriram e fecharam santuários de “cura divina” em residências transformadas em locais de culto, alguns deles ligados a Igreja de Coligação Cristã de Angola (ICA).

As sedes de algumas associações transformadas em locais de cultos, tal como da Igreja Quadrangular, também foram fechadas.

A Igreja Jesus Cristo na Cruz, do conhecido “Sotan”, pai da família Francisco Chikuteny, a Global e a Mundial constam da lista das igrejas declaradas ilegais e condenadas ao fechamento.

Maurício Cavel, da delegação do Ministério da Cultura disse aos jornalistas que todas as igrejas ilegais na província do Namibe vão ser encerradas durante a Operação Resgate.

Na semana passada, o comandante da Polícia Nacional (PN) na província angolana do Namibe deu um ultimato de cinco dias para fechar igrejas que funcionam de forma considerada irregular pelas autoridades.

O aviso foi feito numa reunião  com os líderes das denominações religiosas existentes do Namibe.

“Quem não legalizou a sua Igreja durante 43 anos não vai legalizá-la em apenas um mês, acabou a era da desordem, com a segurança não se negocia”, reiterou o comandante.

Alguns pastores reconhecem a legitimidade das autoridades governamentais, mas dizem também que o Governo sabe quem são as igrejas que que não cumprem as normas vigentes no país e lamentam a decisão das autoridades.

Fonte: VOA Portuguesa



Os cristãos que vivem na República de Moçambique, um país localizado no sudeste do Continente Africano, estão enfrentando dias de terror e superação de fé, após uma série de atentados cometidos por grupos terroristas muçulmanos no país.

Os métodos de ataque são brutais, incluindo morte por decapitação. Os terroristas islâmicos utilizam facões e machados, invadindo casas para atacar indiscriminadamente homens, mulheres e crianças.

Na última sexta-feira (23) 12 pessoas foram assassinadas em uma região isolada na área Norte do país, sendo esse mais um episódio responsável por provocar uma fuga em massa de cristãos em direção ao país vizinho, Tanzânia.

“Aconteceu um ataque contra um vilarejo do distrito de Nangane, em uma zona onde as forças de segurança não fazem patrulha. Os agressores mataram 12 pessoas”, declarou uma fonte policial da província de Cabo Delgado, segundo informações da Agência France Press.

Apesar dos métodos primitivos de ataque, onde a selvageria é a marca registrada, a organização dos terroristas é proveniente de treinamento militar. Eles “usam estratégias de guerrilha atacando quase simultaneamente várias localidades distantes. Então é difícil controlar a situação”, informou um policial local.

Os ataques são atribuídos a um grupo identificado como al-Shabab, mas ainda não se sabe se esse é o mesmo Al-Shabaab, também conhecido como “Movimento do Jovem Guerreiro” e que possui sua principal atuação na região Sul da Somália.

O fato é que entre os 200 presos até então, desde o início dos ataques em 2017, estão pessoas da Tanzânia, Somália e República Democrática do Congo. Até o momento cerca de 100 pessoas já foram mortas pelo grupo, segundo informações do Gospel Prime.

Gospel Mais


Um pastor ligado à Igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento, cometeu suicídio. Informações divulgadas nas mídias sociais indicam que o jovem pastor, chamado Rafael Octávio, pulou de uma ponte no município de Orlândia, em São Paulo.

Relatos de pessoas próximas apontam que o pastor já havia dirigido congregações da denominação liderada pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano (PODE-SP) e sofria de uma grave depressão, que estava sendo tratada com medicamentos, mas não ainda havia obtido resultados esperados.

“Nesse momento me falta palavras para expressar a minha gratidão pelo Senhor. A gratidão pelo aprendizado, por participar do ministério infantil e por tudo que foi feito na época! Infelizmente essa doença maldita lhe venceu, que é a depressão… Vá em paz que Deus lhe receba Pastor Rafael Octavio”, publicou uma internauta ligada à denominação em sua página pessoal.

A página da Web Rádio Inove também confirmou a notícia. “Um jovem da cidade de Orlândia, conhecido como Pastor Rafael, acabou de cometer suicídio, pulando de uma ponte da cidade”.

O pastor Rafael Octávio integrava a cúpula da Igreja Catedral do Avivamento, mas devido à doença se encontrava afastado. Uma das unidades dirigidas por ele foi a de Franca, em São Paulo.

Considerado muito querido por seus amigos, parentes e membros da igreja, o pastor Rafael Octávio também era muito próximo do pastor e deputado Marco Feliciano e sua família.

Este é mais um caso de suicídio envolvendo um pastor evangélico, também relacionado à depressão. Essa doença tem como algumas das características a tristeza profunda, ideação suicida, desesperança e isolamento.

Atualizações a qualquer momento

Gospel Mais


Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça." 1 João 1:8-9


Pensamento: Se dissermos que não temos pecados, estaremos mentindo. Porque então não reconhecer as coisas de errado que fazemos e confessar a Deus para que Ele nos perdoe ?!?! Se Deus enviou Jesus para nos purificar de todo pecado, é porque somos pecadores mesmo... O inimigo quer nos trazer culpa e nos afastar de Deus. Mas Jesus levou toda culpa la na cruz, nós fomos purificados por Jesus. Deus odeia o pecado, mas Ele ama o pecador. Podemos pecar, mas devemos odiar o pecado.


Oração: Pai querido me perdoa pelas vezes que eu tenho deixado de confessar meus pecados. Sei que o Senhor me perdoa, e o sangue de Jesus me purificou de todo pecado. Afasta-me de todo pecado, de toda obra da carne, faz com que eu tenha uma vida de santidade. Em nome de Jesus. Amém.

Devocional Diário


O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) está em visita aos EUA, onde se encontrou com autoridades norte-americanas. Nesta terça-feira em Washington, confirmou que a embaixada brasileira em Israel será transferida de Tel Aviv para Jerusalém.

Pela manhã, o filho do presidente eleito Jair Bolsonaro teve uma reunião com Jared Kushner, genro de Donald Trump e conselheiro da Casa Branca, onde abordaram o assunto.

O deputado federal mais votado do Brasil minimiza as eventuais retaliações dos países árabes quando a transferência da embaixada brasileira ocorrer. “Olha, todo mundo conhece Jair Bolsonaro, ele falou bastante isso na campanha. Se isso pode interferir alguma coisa no comércio, a gente tem que ter alguma maneira de tentar suprir caso venha a ocorrer esse tipo de retaliação. E eu acredito que a política no Oriente Médio já mudou bastante também. A maioria ali é sunita. E eles veem com grande perigo o Irã. Quem sabe apoiando políticas para frear o Irã, que quer dominar aquela região, a gente não consiga um apoio desses países árabes”, afirmou, mostrando estar bem ciente da situação política no Oriente Médio.

Eduardo também esclareceu que não houve problemas com o Egito em relação a isso. A imprensa brasileira repercutiu que uma viagem do chanceler brasileiro foi cancelada como represália às declarações de Bolsonaro sobre a transferência da embaixada para Jerusalém. Havia um grupo de empresários no país, que realizaram um evento de negócio que já estava previsto há meses.

“Quem não foi para o Egito foi só o chanceler Aloysio Nunes. Todo o corpo empresarial que estava previsto para ir para o Egito foi, inclusive a pedido das autoridades egípcias. Então, eu não vejo crise nenhuma. Tanto que não cancelaram o evento, apenas adiaram a ida do chanceler (brasileiro) para o próximo ano, o que é até natural, já que o Aloysio Nunes está de saída. Então, o embaixador Ernesto Araújo, que será o próximo chanceler, provavelmente irá ao Egito e com certeza fará bons negócios lá”, assegurou o pesselista.

Além de conversar com Jared Kushner sobre Israel, foi abordada a situação humanitária da Venezuela. É consenso que é necessária uma integração maior na ação do Brasil e dos EUA. “A questão da fome, da falta de medicina, de um governo que por vezes não aceita receber ajuda humanitária, e é isso que a gente tem que mudar. Tem que pensar no próximo como se fosse conosco. Quem sabe amanhã, o Brasil, em algumas décadas, estará em uma situação ruim e nossos vizinhos virando as costas para nós?” questionou Eduardo.

Gospel Prime

Cantora gospel Priscilla Alcantara fala sobre seu novo projeto “Gente”. Foto: Febre Teen.
A cantora gospel Priscilla Alcantara continua expandindo suas fronteiras na música. Após lançar o álbum “Gente”, que bateu recordes de execuções no streaming, ela agora está apostando em informar e educar a respeito do conceito que ela quis transmitir no projeto.

Num editorial exclusivo para a Febre Teen, Priscilla Alcantara falou sobre a música gospel, e como ela tem usado o pop para pregar a palavra que ela acredita: “O gospel vem disso, independente do tema que eu falar, será baseado no cristianismo. O pop é o gênero que sonoramente me atrai. Eu fiz ‘Me Refez’ mais R&B, tem referência do Jazz e do Soul e é menos pop, porque vocalmente são as minhas maiores influências.”, afirmou.

Priscilla Alcantara também chamou a atenção, por falar com mansidão e sabedoria sobre o tema diversidade. Ao contrário de outros cantores e ministérios gospel, que possuem posturas mais distantes e raivosas, Priscilla prefere adotar um tom mais amoroso e humano sobre sua relação com os gays.

Arte visual do disco gospel “Gente”, de Priscilla Alcantara. Divulgação.
“Antes de eu ser evangélica ou antes do fulano ser da comunidade LGBT, a gente é gente. E toda gente carece de amor, e eu acredito que o amor de Deus está disponível sobre toda a gente. Eu sei o quanto Deus é sedento por amar pessoas, são pessoas, e eu fico muito feliz de ter a oportunidade de pregar o amor de Deus para pessoas que muitas vezes foram excluídas desse amor.”, declarou a cantora gospel.

A artista evangélica entende que não é de sua alçada tentar convencer ninguém de que está errado, mas sim pregar que o amor de Deus está disponível a todos: “A compreensão de determinadas coisas não é um ser humano que vai trazer para o outro, isso é de Deus para o ser humano e é isso que eu espero que aconteça. A minha parte é plantar sementes e esperar que o espírito santo regue, então é assim que eu faço com todo mundo, não só com pessoas da comunidade LGBTs, mas com qualquer pessoa, eu tenho um público diversificado de várias religiões, é a minha função é falar o quanto Deus te ama. O que você vai fazer com isso? Eu não sei. Claro que a gente está disposta a cultivar essa semente, que eu ajudo as pessoas a plantarem. Então eu acho isso incrível que eu esteja conseguindo falar do amor de Deus para essas pessoas e que elas estão confiando receber de mim essa mensagem, isso é uma honra.”, revelou Priscilla.

Sobre sua ida ao Lollapalooza 2017, e que acabou sendo criticada por alguns evangélicos mais tradicionais, a cantora gospel disse que, se fosse hoje, evitaria expor tanto a situação, embora entenda que não tenha feito nada de mais. Priscilla Alcantara, no entanto, disse respeitar quem discorda de sua postura.

“[…] Independente do meio em que você estiver, você saiba daquilo que você acredita, e não pode vender isso, nem seja vulnerável em relação àquilo que você crê. A galera acabou interpretando de outra forma, mas tudo bem também, cada um tem sua linha de raciocínio.”, disse ela.

Portal do Trono

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *