Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Estados brasileiros negociam tecnologia de segurança e de água com Israel

Wilson Witzel (PSC) faz visita a Israel em dezembro. (Foto: Ricardo Minussi/Divulgação)
Ainda durante a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro anunciou que buscaria aproximação com Israel, apontado por ele como um exemplo para o Brasil. Independentemente dos programas federais com uso de tecnologia israelense que devem ser anunciados no ano que vem, alguns governos estaduais já articulam contratos para a compra de tecnologia do Estado judeu.

As primeiras negociações incluem a aquisição de dessalinizadores a equipamentos de segurança, como armas e drones. No momento, Bahia, Maranhão e Rio de Janeiro já tem conversas bem encaminhadas para negociações com o Israel.

Bahia
O governador reeleito da Bahia, Rui Costa (PT) visitou em Israel em novembro, onde foi buscar parcerias na área de segurança pública. O petista participou de uma feira de cibersegurança e também visitou parques de dessalinização da Mekorot — empresa nacional de água de Israel e referência no setor. Meses antes, o embaixador israelense no Brasil, Yossi Shelley, esteve no estado e se reuniu com representantes de diversas secretarias.

Maranhão
Por duas vezes, comitivas maranhenses estiveram na Terra Santa este ano, avaliando a compra de dessalinizadores de água e tecnologia de segurança para o estado governado por Flávio Dino, do PCdoB, que também negocia acordos com a Mekorot.

Atualmente, trabalham com a possibilidade de realizar um projeto-piloto de dessalinização das águas salobras dos lençóis freáticos de Santo Amaro, cidade litorânea a 200 km de São Luís.

Rio de Janeiro
A viagem mais recente – e ruidosa – foi do governador eleito do Rio, Wilson Witzel (PSC), que esteve em Israel na semana passada negociando a compra de drones equipados com armas. O ex-juiz disse que pretende adquirir 50 unidades de um modelo que atira com grosso calibre para monitorar o crime organizado no Rio.

Witzel se reuniu com representantes das empresas de tecnologia Elbit Systems, cujos drones são usados pelo Exército israelense. Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o governador eleito destacou que foi a Israel para conhecer “técnicas contra o terrorismo e, no caso do Rio de Janeiro, contra o crime organizado”.

Anunciou ainda que os dois governos irão promover um intercâmbio, enviando policiais cariocas a Israel para treinamento.

Gospel Prime

Postar um comentário

[blogger][disqus][facebook][spotim]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget