Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Lideranças evangélicas denunciam Airbnb por “antissemitismo”

Divulgação
Alguns dos principais líderes evangélicos dos Estados Unidos enviam uma “carta aberta” ao Airbnb condenando veementemente a decisão de discriminar o Estado de Israel, removendo propriedade de judeus na Judeia e Samaria do seu sistema de compartilhamento.

Segundo explica o pastor Mario Bramnick, presidente da Coalizão de Latinos para Israel,  a decisão do Airbnb não é apenas discriminatória, mas revela-se antissemita por natureza. O líder evangélico, que também é advogado, lembra que “o Airbnb continua listando propriedades em outros territórios disputados e áreas de conflito em todo o mundo. Além disso, manteve no sistema propriedades de palestinos na Judeia e Samaria; retirou apenas as que pertencem a judeus”.

Dr. Jim Garlow, fundador do ministério Well Versed, assegura que  “trata-se de uma intolerância flagrante e  Israelofobia demonstrada pela empresa que deixa transparecer uma postura antissemita”.

A carta assinada pelos 38 líderes afirma que “Os evangélicos apoiam fortemente a nação de Israel, o berço de nossa herança cristã. Essa ação discriminatória do Airbnb não tem lugar na nossa comunidade. Como líderes de organizações e comunidades evangélicas nacionais e internacionais, pedimos que o Airbnb volte atrás em sua decisão de discriminar listas de propriedade de judeus na Judeia e Samaria.”

Para os pastores, o Airbnb é mais uma empresa a adotar o BDS – Boicote, Desinvestimento e Sanções — uma campanha global de boicote ao Estado de Israel visando a questão econômica.

Pressionado também pelo governo de Israel, o Airbnb considera rever o posicionamento e disse que não era uma decisão meramente política.

Postar um comentário

[blogger][disqus][facebook][spotim]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget