Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Outubro 2019
'Momo' "Eu quero ir" “Aguardo o Dia” “Casa na Rocha” “Em Casa” “Mais Alto” “Quem é esse?” “Quero Te Adorar” “We magnify his name” 10 Mandamentos 19ª edição do Grammy Latino 2018 2019 22 anos 3 Palavrinhas 360 Wayup 6 milhões 60 Minutes A Bíblia Kingstone Abaixo-assinado abandona Abílio Santana Abin abortistas aborto abortos abrigo para dependentes químicos Absolvida abusador abusar dos membros abuso infantil abuso sexual abusos sexuais Academia Acadêmicos do Sossego acampamento evangélico ação judicial Ação popular Ação social aceitaram a Jesus Acertou Mizerávi Achado Arqueológico ACI Digital acidente acidente de trânsito Acioli acordo de paz Acre acusação ad belenzinho ADAI Music Adão e Eva Adaulto Lourenço Adauto Lourenço Adilson Gigante ADO 26 adolescente adolescentes Adolf Hitler Adolf Hittler adventistas do Sétimo Dia advogados Afeganistão Africa África Africa do Sul Agenda Lgbt Airbnb Al-haram Al-sharif Al-qaeda Al-Rashid Aladdin Alagoas Alan Rick Albert Einstein Alcoolismo aldeia Kamayurá Alemanha Alerta aos pais Alex Passos Alexandra Abrantes alexandre frota Alexandre Isquierdo Aline Barros Alison Redmond-Bate alma Alphaville altares Amazon ambulância América América Latina Amor Amor de Deus Amor e Sexo amor incondicional Ana Paula Ana Paula Valadão Anápolis Anayle Sullivan Anderson Freire André Aquino André Balada Andre Fernandes André Valadão Andrea Long Chu Andrew Brunson Anel Pilatos anencefalia Anglicana Angola Anitta aniversário de casamento Anjo Anne Graham Anne Graham Lotz Anny Theyler Anti-Balaka anti-Israel anti-judaico anticristãs Anticristo Antigo Testamento Antissemitismo AoVivoPelaVida apanhar aplicativo Apocalipse apóstolo apóstolo Paulo App apresentador apresentadora Angélica Árabe Araguaína Arca da Aliança Arca de Noé Argentina Argentinos arma arma de fogo Armas Armênia armênios Arqueologia arqueólogia arqueologia bíblica Arqueologia na Bíblia arqueólogo Arquidiocese da Paraíba Arrebatamento arrecadar alimentos arrependimento Artistas Asia Asia Bibi Ásia Central AsiaNews asilo assalto assassinada assassinado assassinato do pastor assassino assédio sexual Assembleia de Deus Assembléia de Deus Assembleia de Deus no Brasil Assembleia de Deus Vitória em Cristo ataque ataque cardíaco Ataque Contra Cristãos ataque de ódio Ataque no Egito Ateísmo Atentado Atentado Terrorista Atentados Ateu Ateus Ativismo Ativismo Gay Ativismo Lgbt ativista gay Ativistas ato profético Ator Atos dos Apóstolos atriz atriz Chrissy Metz audiência Augusto Cury Augusto Heleno Ribeiro Pereira Augustus Nicodemus Augustus Nicodemus Gomes Lopes Austrália Autoajuda automutilação Autoridade Palestina auxílio-mudança avivamento Azerbaijão azul e rosa babalorixá Baby do Brasil Bahia Baleado baleou Bancada Evangélica Band Band News Banda 4Life banda Livres Banda novo som Banda Resgate banda Rosa de Saron banda Voz da Verdade Bangladesh Banheiro Transgêneros banheiros únicos barragem Barroso bate boca bateria de escola de samba Batismo batismo infantil Batismo nas Águas Batista Peniel Batista Soul batistas do Sétimo Dia batistas independentes batizado bbb bebê Bebê é abandonado bebê Jesus bebês bebida alcoólica Beit Chabad Beka Belém Belford Roxo Bélgica Belíssima Belo Horizonte Benjamin Netanyahu Bernardino Bertioga Beth Moore Bethel Bibi Bíblia Bíblia Antiga Bíblia e Ciência Bíblia Mais Antiga bíblia sagrada Bíblias. África bicicleta Big Apple Big Brother Brasil Bill Johnson Billy Graham Bird Box Bispo Bispo Edir Macedo Bispo Julian Henderson bispos Blasfêmia blasfêmia. Cristão Boas Notícias Boko Haram Bola de Neve Bolsa do Samaritano Bolsonaro bombeiros boneco Ken Sereia brad dacus Brad Hoylman Brasil Brasil Sem Aborto Brasil Urgente Brasil x Israel brasileiros Brasília Brian Houston briga de casal Britney Spears Brittni De La Mora Brumadinho Bruna Drews Bruna Karla Bruna Marquezine Bruxa bruxaria bruxos cristãos Budismo Bulgária Bunda Mole buscar a Deus Butão cabo Daciolo Cabo de Santo Agostinho Cabul caçadores de cabeça CADETINS café da manhã de oração por Jerusalém Caio Fábio calçados Hello Kitty. calçados Ipanema calçados Melissa Califórnia caloteira Câmara de Vereadores de Porto Alegre câmara dos Deputados Camarões câmera câmeras de vigilância Caminhada Caminho da Graça Campanha Campinas Canadá canal Metaforando câncer Candomblé cantor Anderson Freire cantor Eli Soares cantor gospel cantor Juliano Son Cantor Leonardo Gonçalves Cantor Robério Lima e Silva Cantor Samuel Mariano cantor Wellington Camargo Cantora Cantora Anitta cantora Daniela Araújo cantora Eyshila cantora Flordelis Cantora Gospel cantora Léa Mendonça cantora Lydia Moisés capeta escondido Caridade Carlito Paes Carlos Apolinário Carlos Bolsonaro Carlos Moisés Carlos Nadalim carnaval cartão de crédito Casa Branca Casa Civil casal gay casal pastoral casamento Casamento de Célia Sakamoto casamento gay casamentos cristãos Casos de Milagre Cassiane cassino Castidade Catedral da Fé Cativeiro Catolicismo católicos Cazaquistão CBN News Ceará Ceia de Natal celebridades Célia Soul Céline Dion celular celulares censura Centro Nacional de Exploração Sexual Centro Pentecostal Jovem Resgate Cepal cerveja Cesare Battisti céu Chance The Rapper Charles Darwin Chico Wehmuth chifres Chile China chineses Chris Pratt Christ Christian Bale Christyan Leão Cia Nissi Ciclone Cid Moreira Cidade bíblica ciência Cindy Jacobs Cinema Circulo de oração Cisjordânia Ciúmes clamor Claudia Raia Clínica Abortista clinica de aborto Clínica de Aborto clip CNBB CNN cnpj Coaching Coaf cobertura espiritual Coletes Amarelos Colômbia coluna Comandante Moisés comando vermelho Combate à Corrupção combate à pedofilia combater Comercial Comerj Comics comodoro MT comunismo Condenada conectados a Cristo Conectando Gerações Conexão Repórter Confiabilidade da Bíblia Confiança na Bíblia Conflito Congo Congrega Church congregação congregar congresso internacional de arqueologia bíblica Congresso Nacional consagração Conselho Apostólico Brasileiro Conselho Mundial de Igrejas Conselho Tutelar Conselhos de Psicologia Conservadorismo Consumo de Maconha Contra Ideologia Contra Ideologia de Gênero Convenção Batista do Sul Conversa Com Bial Conversão Coordenação de Assuntos Religiosos COORPIN Coptas coral Coral Kemuel Coreia do Norte Coréia do Norte Coreia do Sul corinthianismo Corinthians coronavírus Corrupção cova Covid-19 CPAD CPI crê em Deus Crente Bom de Bíblia 2018 Crescimento das Igrejas Criacionismo crianças Crime crime organizado Crimeia Crimes criminalidade criminalização da homofobia Cris Cyborg cristã cristã perseguida cristão cristão homofóbico Cristão Perseguido Cristão Perseguidos Cristão. Lista Mundial da Perseguição 2019 cristãos Cristãos Copta Cristãos de Jos Cristãos no Egito Cristãos no Trabalho cristãos perseguidos Cristianismo Cristo para Todas as Nações Cristóvão Colombo criticada críticas Crocodilo crucificado Crueldade Animal cruz Cruz das Almas-AL cruzada Cuba cuide de sua família culto culto ao ar livre Culto na Rua cultos Cultura de Estupro Cúpula Conservadora das Américas cura Cura de Doenças Cura de Tumor Cerebral Cura do Câncer cura gay Cura Milagrosa curadas curandeiro Cursos Cybercensura Daciolo Damares Alves dança Daniel e Samuel daniela mercury Danielle Favattoigreja Danilo Gentili Darlene Zschech Darwinismo Datafolha Datena Dave Williams. microchips Davi Davi se escondeu David Cerqueira David Owuor Dc Comics Deadpool Debate Deborah Secco decote Decreto Defesa dos Animais Deise Cipriano Deise Jacinto Delegacia de Investigações Gerais delegada Luciane Bachir Delino Marçal Deltan Dallagnol Demolidor demônio Demônios Denis Mukwege Denise cerqueira Dennis Christensen dependência quíimica ex-bruxo ex-ocultista libertação do ocultismo libertação espiritual ocultismo sair do ocultismo testemunho de conversão testemunho de fé vício em drogas deportação depressão deputada federal Flordelis Deputada Lauriete deputado federal deputado Hidekazu Takayama deputado Silas Câmara deputado Sóstenes Cavalcante Descoberta Arqueológica Descobertas Científicas Desconfinados Descriminalização da Maconha Desigrejados Deus Deus capacita os escolhidos Deus Criador Deus é Mais Deus é Mulher Deus Não Está Morto Deus Salvador deusa robô Devocional Dez Mandamentos DHPP Dia da Bíblia diabo Diante do trono Diário Oficial dicas de suicídio dicas no casamento Dilma Rousseff dilúvio Dinheiro diploma de mestre diplomação no TSE Diplomacia Direitos Humanos Disforia de Gênero Disney disparo distanciamento Distrito Federal Ditadura Dívida Divisão Divórcio dízimo DJ DJ PV DNA Doação doação de imóvel Dom Orani Tempesta Domingão do Faustão domingo Donad Trump Donald Trump Douglas Gonçalves Doutor Estranho doutrinação Dr. Milagre drag queen drag queens drive-in drogas Dudu Camargo Dupla Dupla Alisson e Neide DVD comemorativo eclipse Ecologia Edificante Edir Macedo Editora de quadrinhos Edson Celulari Eduardo Bolsonaro Eduardo Costa Eduardo Paes Eduardo Sterblitch Educação educação domiciliar Efatá Egito El Chapo Elaine Martins Eleições 2018 Eleitoras eletrocutado Eli Soares Ellen Page Elson de Assis embaixada Embaixada Brasileira Embaixador de Israel Emerson Orofino Emerson Pinheiro Emirados Árabes Unidos Emmanuel Macron empresas encontros religiosos Enem enredo ensinamentos budistas Ensino Religioso Entrevista com Deus entubada equipe de transição Erich von Däniken eritreia Ernesto Araújo erotização precoce escândalo Baby Squillo Escatologia Escavação Escócia Escola Cristã Iraque escola de samba Escola Dominical escola sem partido escolas Escolas de elite Escolas de Samba escravas sexuais escravizar fiéis esfaqueador esfaqueia espetáculo Espirito Santo Espírito Santo esposa esposa de bolsonaro esposa do presidente esquerda Esquerdismo Estadão Estado Islâmico Estado laico Estados Unidos Estatísticas esterilizações Estrada Estrela de Belém estudo estupro Etiópia Eu Não Estou Só EUA Eunício Oliveira evangelho evangélica Evangelicaorto Evangélicas evangélico Evangelicos evangélicos evangelismo Evangelismo na Rua Evangelismo Urbano evangelista Evangelização Evangéllicos Evento evento evangelístico Evidências do Cristiainsmo Evo Morales ex-atriz porno Ex-bruxa ex-cantor ex-feminista Ex-gay Ex-governador Ex-homossexual Ex-islâmico ex-líder ex-marido ex-Miss Pensilvânia Ex-muçulmano ex-muçulmanos ex-ocultista Ex-padre ex-padre Wagner Augusto Portugal Ex-pastor ex-pastor evangélico Ex-presidente Lula ex-satanista ex-vocalista da Banda IdeALL excesso de barulho Êxodo exploração sexual extraterrestre extremismo Extremismo Religioso extremistas Extremistas Islâmicos Extremistas Muçulmanos Eyshila Fabio Faria Fábio Pannunzio fábrica de tortura Fabrício da Silva Pimentel Facebook Faixa de Gaza Fake News FakeNews Fala Que Eu Te Escuto falar em público falsa igreja Falso Falso Milagre Falso pastor família Família e Direitos Humanos famílias Fantástico Fat Family Fausto Silva favorecimento Fazer Aborto Fé cristã Fé Irresistível Feira de Santana feitiços felicidade Felipe Moura Brasil feliz FM Feminismo Fenômeno fenômeno da natureza fenômeno evangélico Fernanda Brum Fernanda Lima Fernandinho Fernando Haddad Fernando Pesão Fernando Pessoa Festival The Send feto FIACONA Fica Tranquilo fichas escolares fiéis Filadélfia Filho filhos filhos são herança do Senhor Filipinas Filme Filme Cristão Filmes Filmes adultos Filosofia de Vida filósofo Fim dos Tempos financiamento Finlândia fiscalização igrejas físico brasileiro Flávia Alessandra Flávio Bolsonaro Flordelis Floresta Amazônica fofoca Fofocalizando Folha de São Paulo fome Forças Armadas Fórmula 1 Fortaleza Fórum Desembargador Mendes Wanderley Fórum Econômico Mundial Foundation França Francis Chan Francisco Razzo Frank Aguiar Frank Houston Franklin Graham Fred Instagram Frederico Figueiredo Freedom Freiras frente parlamentar evangélica From Religion Funai Fundação Bill e Melinda Gates funk funkeira Ludmilla Futebol Gabinete de Segurança Institucional Gabriel Guedes Gabriel Medina Gabriela Gomes Gabriela Hardt Gabriela Rocha gafanhotos Game of Thrones Gana Gaviões da fiel General Heleno Gênero nas Escolas gênero neutro genética Geografia Bíblica Ghar Wapsi Gideões Missionários Gideoes Missionários da Última Hora Gideões Missionários da Última Hora Gilberto Carvalho Gisele Bündchen Gislaine e Mylena Gleisi Hoffmann global Globo Globo News Globo Rural GloboNews Glória a Deus Gogue e Magogue Goiânia Google gospel Gospel for Asia governador governador do Distrito Federal governadores governo Governo Bolsonaro Governo do DF governo do Egito Grã-Bretanha Grammy Latino gravadora Musile Records grazi massafera Gregório Duvivier Grendene Gretta Vosper Greves Grupo de Lima Grupo dos 77 Grupo Especial do Rio de Janeiro Grupo Lgbt Grupo pró-aborto Grupo Record Grupos religioso Guanambi guerra Guerra interna Guerras Guilherme de Sá guitarrista Haia Hailey Hailey Baldwin Haiti Hamas Hamilton Mourão Hank Hanegraaff Harpa Cristã HB Hebrom Heidi Baker Heidi Crowter Henrique Fogaça heresia Hernandes Dias Lopes hidroxicloroquina Hillsong Hinduísmo Hino História do Cristianismo Hitler Holanda Hollywood Holocausto homem Homem de Ferro Homem-Aranha homeschooling Homicídio homofobia homoparentalidade homossexuais homossexual Homossexualidade Hong Kong horóscopo hospital hospital de Brejo Santo Hulk humor Humorista Ibaneis Rocha Ibope Idai identidade de gênero ideologia Ideologia de Espécie ideologia de esquerda ideologia de gênero IEQ igreja Igreja Adventista Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia Igreja Anglicana igreja anti-LGBT igreja Apostólica Acolhidos por Cristo Igreja Assembleia de Deus Igreja Batista Igreja Batista da Lagoinha Igreja Batista Getsêmani igreja Bethel Igreja Brasil para Cristo Igreja Catedral do Avivamento Igreja Católica Igreja Católica Apostólica Romana (icar) Igreja Cidade de Refúgio Igreja Comunidade das Nações Igreja Contra o Aborto Igreja da Cientologia Igreja da Graça Igreja da Inglaterra Igreja de Bethel igreja destruída igreja do distrito de Iara Igreja do Evangelho Quadrangular Igreja Episcopal Igreja Evangélica igreja Hillsong Igreja holandesa Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Luterana Igreja Mananciais da Barra Igreja Metodista Igreja Metodista Unida Igreja Mundial Igreja Mundial do Poder de Deus Igreja Ortodoxa Igreja Ortodoxa Ucraniana Igreja Pentecostal Tempo de Milagres igreja perseguida Igreja Presbiteriana Igreja Presbiteriana de Cruzeiro do Sul Igreja Profetizando as Nações Igreja Quadrangular Igreja Renascer Igreja Rocha Eterna Igreja São Thomas Igreja Universal Igreja Universal do Reino de Deus igrejas Igrejas alemãs Igrejas domésticas igrejas evangelica Igrejas Evangélicas Igrejas evangélicas Alemanha igrejas licença Igualdade Racial ilegais ilustrações do reino de Deus imã Ahmed al-Tayeb Imagem de Cristo imagem de Jesus imbecil IMPD impostos Imran Khan Incêndio incesto indenização Índia indígenas índios Indonésia infância Inglaterra Insetos Instagram instituto Barna Instituto de Templo Instituto do Templo Inteligência e Fé intercessão Internacional International Christian Concern internet intolerância religiosa investigação Irã Iranianos Iraque Irlanda Irmandade Muçulmana Isabella Chow Isadora Pompeo Isaias Jr Isis Valverde Islã Islâmicos islamismo Islamização Israel Israel Salazar Israel x Palestina Italia Itália Itamaraty IURD Ivanir dos Santos ivermctina J.d. Greear Já Ouço o Rugido Jacarezinho Jacira Cabral Jair Bolsonaro Jair Bolsonro Jair Messias Bolsonaro James Cowan James Faulkner Jamie Shupe jandira feghali Japão Jay Santana Jean Wyllys jejum islâmico Jenna Presley Jerry Falwell Jr. Jersualém Jerusalém Jesus Jesus Copy Jesus Cristo Jezabel Jihad Jim Caviezel Jim Howard Jimmy Evans Jó – Midian Lima João Campos João de Deus Joaquim Alves joel dahl Johan Huibers John Allen Chau John Bevere John Bolton John Chau Joice Hasselmann Jojo Todynho Jonathan Nemer Jordânia Jorge Viana Jornada Mundial da Juventude jornal Jornal Nacional jornalista Milly Lacombe José de Abreu Josimar Salum Josué Valandro Josué Valandro Jr. Jovem jovem cristã Jovem Pan Jovens Jovens Cristãos Joyce Meyer Juan Guaidó juanribe pagliarim Judaismo Judaísmo Judeus Judith Butler Juiz Juiz Marcelo Bretas Juiz Sérgio Moro Juíza juíza Diana Brunstein juíza Maria Lucinda da Costa juízes Julgo Juliana Paes Junior Trovão Juristas Justiça Justiça do Trabalho justiça federal Justin Bieber Justin Welby Kamille Ribeiro Kantar Ibope Kanye West Kauã Salles Kemilly Santos ken hickam Kevin Sorbo Kim jong un Kim Yo-Jong Kingstone kit gay Kleber Lucas lacração ladrões Lady Gaga Lagoinha Lana Del Rey Lançamentos Lanna Holder laos Las Vegas Latino Lauriete Lauriete Leonel Ximenez Lava Jato Léa Mendonça Leandro Karnal Legalização da Maconha Legalização do Aborto Lei Lei Civil Lei Rouanet lenços verdes Léo Áqulia Leo Dias leões Leonardo Gonçalves LGBT LGBTI LGBTI+ LGBTQ LGBTs libanês Líbano Liberação da Maconha Liberalismo Teológico Liberdade de Expressão Liberdade religiosa libertação Líbia Líder de seita líder do islã Líder Evangélico liderança Líderes Evangélicos Líderes Religiosos Liga Árabe Lindbergh Farias Língua Portuguesa linguagem corporal de Flordelis linguagens de sinais Línguas Estranhas Linhares lista de livros evangélicos 2018 Lista Mundial da Perseguição Lista Mundial da Perseguição 2019 Lito Atalaia livramento Livro Livros Liz Lane Loja Londres Lotz Louie Giglio Louvor e Adoração lua de sangue Luã Freitas Luanda Luca Martini Lucas Lucas Santos Luciana Gimenzes Luciano Huck LUCIANO SUBIRÁ Lúcifer Ludmila Ferber Lugar Secreto Luiz Hermínio Luiz Inácio Luiz Inácio Lula da Silva Luiz Sayão Lula Luma Elpidio luteranos Mackenzie Maçonaria Maconha Maconha Não macumba Maduro mãe Mãe de El Chapo Magno Malta Magno Malta e Lauriete Maioridade Penal mais lido 2018 Mais médicos Malásia Malhação mandato mandato ilegal mansão Manuela D'ávila Manuscritos do Mar Morto Maomé Mar Morto Mara Maravilha Maranhão marcelo calero Marcelo Crivella Marcelo Freixo Marcelo Gleiser Marcha Marcha na Argentina Marcha para Jesus Marcha pela Vida marchas Marco Feliciano Marcos Freire Marcos Madaleno Marcos Mion Marechal Cândido Rondon Mariana Valadão Maricá marido Mario Bramnick Mario de Oliveira Marisa Lobo Marisa Lobo Psicóloga Marisa Papen Marrocos marroquino Marvel Marxismo Cultural marxistas máscara MasterChef Mauricio de Souza Maurício de Souza Mauro Souza maus tratos Max Lucado MBL MC Pocahontas McDonald’s MEC meca medicina médicos Mediunidade medo megaigreja meio cristão Melhor Álbum de Música Cristã Melissa Joan Hart membro Menina rosa Menino azul menores menores de 14 anos mensagem mercado de streaming mesquita mesquitas Messias Mianmar Michel Temer Michele do Carmo de Souza michelle bolsonaro michelle de paula bolsonaro Migração Mike Pence Mike Vieira Mikkelson milagre Milagres ministério “Underground Resistance” Ministério da Cidadania Ministério da Justiça Ministério da Mulher Ministério das Relações Exteriores ministério de louvor da Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (SP) Ministério dos Direitos Humanos ministério Dunamis Ministério Mananciais Ministério Nova Jerusalém Ministério Portas Abertas Ministério Público Ministério Público Federal ministérios. ministra da Mulher Família e Direitos Humanos Ministra Damares Ministra Damares Alves Ministro ministro Augusto Heleno Ministro Dias Toffoli ministro evangélico Ministro Marco Aurélio Mello ministro Marcos Pontes Ministros Mirele Peixoto Souza Teodoro Missão Portas Abertas missas Missionária Missionária Camila Barros Missionário Missionários Missões Missouri miticismo Mitologia MK Music Mobile Moçambique Mogi das Cruzes Moisés Mongólia monte Monte do Templo Moradores de rua Moro Morreu morte morte de pastor mortos Moscou Movimento Lgbt MPES muçulmano muçulmanos Mudança da Embaixada Mudança de sexo Mulher mulher cega Mulheres mulheres cristãs Música Musica Gospel Música Gospel Musical Musile Records Nações Unidas Namibe não se meta com meus filhos Nascimento de Jesus Nasrat Mohamed Jamil Natal Natália Araújo National Geographic Native Tongue naxalitas Nazaré NCOSE Neal McDonough Neemias Nego do Borel neopentecostais NetFlix neto de Billy Graham Nevada Neymar Nicolás Maduro Nicole Kidman Níger Nigéria Nigeriano Nívea Soares Nobel da Paz nota oficial Nova Friburgo Nova York novela Novelas Novo Testamento O Milagre da Fé o outro lado do paraíso O Seredo dos Deuses Oakland obras ou pela graça Obreiro obrigações fiscais de igrejas ocorrência policial ofensa oferta Oklahoma Ong Cristã Ongs ONU ONU Mulheres Onxy Lorenzoni Onyx Lorenzoni OPBB-SP Operação Lava Jato opositora oração orações Ordem dos Pastores Batistas Organização das Nações Unidas Oriente Médio Os Incríveis os Pingos nos Is Ousado Amor – Isaías Saad outros deuses Pabllo Vittar Paciência pacific justice institute Pacto de Migração pacto diabo padre Padre Alessandro Campos Padre católico gay padre Marcelo Rossi Padre Quevedo padres Paganismo páginas da vida pai pai de vítima pais biológicos Palácio da Alvorada Palácio do Planalto Palavra de Deus Palestina palestinos Panamá pandemia Pânico panos ungidos Pantera Negra pão diário Papa Francisco Papai Noel Paquistão Paquistãom Suprema Corte do Paquistão Parada do Orgulho LGBT Parada Gay parada LGBTQ Paraíba paralisia facial Paranoá paris parlamento britânico Parlamento e Fé Partido Comunista Partido Comunista Chinês Partido Comunista da China Partido dos trabalhadores partidos de esquerda Páscoa passaporte diplomático Passion Pastor Pastor Adir Neto Teodoro pastor Alph Lukau pastor Anderson do Carmo pastor Anderson do Carmo de Souza Pastor Antonio Rocquemore pastor Carlos Moyses pastor e advogado Adir Neto Teodoro pastor Felippe Valadão Pastor George Pastor Geraldo Mangela pastor Hueslen Santos pastor isidório pastor Jim Jones Pastor Joaquim Barbosa pastor Leonardo Sale Pastor Lucas Pastor Manuel Marcos Pastor Marco Feliciano pastor Melqui Gomes pastor Odilon Santos Pastor Reuel pastor Rinaldi Digílio pastor Robert Hood pastor Rusty George Pastor Samuel Mariano Pastor Samuel Olson Pastor Silas Malafaia pastor Takayama Pastor Tiago Brunet pastora Pastores pastores de cabra fulanis Pat Allerton Paternidade Patriarca Kirill Patricia Lelis patrimônio da humanidade Paula Fernandes Paulo Freire Paulo Guedes pauta de costumes paz e vida Pcdob PEC pecado pecados pediatra pedido de desculpas pedofilia Pedra Beka pensamento Pensão alimentícia Pentateuco Pentecostes Pequim perda do filho perdão perguntas ofensivas Perlla Pernambuco Perseguição perseguição religiosa personagem gay pesquisa Pesquisas Petista Petrobrás Petrolão Pew Research Center Phatrícia Carvalho Philip Metschan Phillip Blair Piauí Pilar do Sul Pilatos pintor preso piscina Pixar Animation Studios Plano de Governo Plano do diabo Plano do diábo PM Pobreza extrema Pode Voar Polêmicas Polícia Polícia Civil Polícia Civil do Rio Polícia Federal Polícia Militar Policiais militares poligamia politica política políticos Pôncio Pilatos Pônico Pilatos população condena pornografia pornografia infantil Porta das Ovelhas porta de igreja Porta dos Fundos Portas Abertas portas dos fundos pós-morte pós-quarentena Posse do Presidente Posse Presidencial Pr Luan Santos praças Prb prefeito prefeitura prefeituras Pregação Pregação Contra Aborto pregador de internet pregador voador Pregadores pregadores modinha Prem Baba Prêmio Nobel Presbiteriana presépio Presépio Satanista Satanismo Presidência presidência no Congresso Presidente presidente da Rússia presidente jair bolsonaro presidente Jovenel Moise presidente Michel Temer presidente norte-americano Preso presos primeira filha Primeira-dama prisão Priscilla Alcantara prisões iranianas pró-vida processo processo judicial Processos judiciais procuradoria geral da república profecia Profecias professor professores Programa Fantástico Progressismo proibir Projeto de Lei Propaganda propina Proposta de Emenda à Constituição prostituição protestantes Protestantismo protestos Provérbio X psicóloga evangélica PSL PT Punjab Pure Flix Puritanismo Pyong Lee quarentena queda de helicóptero Quem é Você? Quênia Qumran R. R. Soares R.R. Soares R$ 28 Rabinos racismo radicais rádio Rádio Estadão FM rádio evangélica Rádio Gospel Rádio Jovem Pan Rádio Vida radios gospel Rafael Novarine Rafael Octavio Rafael Octávio Ramadã Rap Rap Gospel do Brasil ratinho Real Life Church Rebeca Nemer receita federal Recep Tayyip Erdogan Recife record Record News Record TV Rede Bandeirantes rede globo Rede Record Rede TV Redes Sociais reencarnação reforma da previdência reforma tributária refugiados Regensburger Domspatzen regularização rei da matemática Rei Davi Reinhard Bonnke Reino Unido Reis Magos Relacionados Relações exteriores religião religião islâmica religião no futebol religiões religiões de origem africana Religiosidade religiosos Religiosos palestinos Renan Calheiros Renascer Praise Renato Cardoso repartições públicas réplica república centro-africa República Centro-Africana ressucita Ressurreição restaurar Reuel Bernardino Revista Época RFID Ricardo Boechat Ricardo Lewandowski Ricardo Vélez Rodriguez Rio de Janeiro Rio Jordão Riqueza rituais rituais religiosos Roberta Miranda Roberto Requião Rock Cristão Rock in Rio 2019 Rodolfo Abrantes rodovia Castelo Branco Rodrigo Duterte Rodrigo Maia rodrigo silva Roma Romualdo Panceiro Ronald McDonald’s Ronaldo Caiado Ronaldo Ésper Rosa de Saron Rosânia Rocha Roubo Rua Azusa Rumores de Guerras Russia Rússia ryan coleman Sabrina Bittencourt Salmo 91 Salmos Salvador Sam Henrique Samuel Malafaia Sandra Terena Sandro Frederico da Silva Sandy Santa Catarina Santiago Chile Santo São Paulo Sarah Farias Sarah Sheeva Satanás satanismo filosófico satanistas Saul SBT SBT Silvio Santos Schumacher Se Eu Me Humilhar – Discopraise sê tu uma bênção Secularismo Secularismo na Igreja seguidores de Cristo Segunda Instância segundo casamento segundo sol Segurança pública Sei Que Estás Comigo seita seita Cientologia seminários Senado Senado Federal senador estadual Senegal sente as pessoas Separação sequestrado Sérgio Cabral Sergio Knust Sergio Moro Sérgio Moro Séries de Tv Sermão sertanejo Sertãozinho Sharran Sheikh Hasina signos Silas Câmara Silas Malafaia Silvio Santos símbolos nazistas símbolos religiosos Simone Simone e Samaria Sindicalistas síndrome de down sinos Sionismo Síria Smartphones sobrenatural socialismo Sociedade Bíblica do Brasil Sodoma e Gomorra Solstício de Inverno Som da Minha Vida Sony Music Gospel Sorocaba Southern Baptist Convention Stan Lee startup DVFLIX Steve Campbell STF sucesso Suicídio Suicído Super Drags Super Interessante Super-herói Superação Supernatural Superpop suplica Suprema Corte Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal (STF) Surdos Surf Suzano Switchfoot Talita Cipriano Tamrazyan tanque de Betesda Tatá Werneck tatuagem Teatro Teleton Templo de Salomão Templo dos Anjos Téo Hayashi Teocracia teólogas feministas Teologia teologia da prosperidade teólogo Ricardo Velez Rodriguez Teoria da Conspiração Teoria da Evolução Terceiro Gênero Terceiro Templo Teresinha Neves Teresópolis Terra Santa Terrorismo Terrorismo Islâmico Terrorista Terroristas Testemunha de Jeová testemunhar Testemunhas de Jeová Testemunho Testemunho Cristão Testemunho de Fé Testemunhos Tetelestai Thaila Ayala Thalles Roberto Thammy Gretchen The Noite The noite. SBT The send The Send Brasil Theodore McCarrick Theresa Thor Tijuca timidez tipos de testemunhas tiririca Tiroteio no Templo TJ-SP Tocantins Tom Cruise Tony Ramos Top trabalho trabalho escravo Tradição tradução Tradução da Bíblia tragédia Trans especie Transexuais Transexual Transexualidade transfusão de sangue Transgênero transgêneros Transição de Gênero Transplante de útero Tribo queniana Tribunal de Justiça Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tristeza Trump Tubarão tumor Turismo turistas Turma da Mônica Turquia Tv Bandeirantes TV Gazeta TV Globo TVI Twitter Ucrânia Ufc UFO Uganda última tribo Umbandistas unasp Unção Unesco União das Igrejas Cristãs da Venezuela União Europeia Universal Universidade de Liverpool Universidade de Sheffield universidades Uzbequistão Valdemiro Santiago Valdomiro Santiago Vale Valerie Gatto vandalização Vanessa Grazziotin Vanilda Bordieri Vasco da Gama Vasos Quebrados Vaticano Veganismo Veganos velho testamento vendedor Thiego Amorim Venezuela verdades secretas Vereador Vermelho versículo Veruska Seibel Viagem Missionária vice-presidente vice-presidente dos EUA vício vida Vídeos Viktor Orban Violência violência contra cristãos violência sexual Viral Virgindade visão limitada visita histórica Visões Vissarion Vítima vítimas vítimas de tragédia Vitor Santos Viva de Aline Barros Vladimir Brichta Vladimir Putin voador voto aberto Walter Hoye whastapp Whindersson Nunes White Magazine Wilian Nascimento Wilson Witzel X-Men Xi Jinping Xuxa Ygor Siqueira Yitzel Roman Yoga Yossi Shelley Youseff Youtube Youtube Kids Youtuber Zezé de Camargo e Luciano Zona Norte do Rio

Cruz fica de pé após furacão atingir igreja: "A Deus seja a glória"

A cruz de uma mega-igreja no norte de Dallas (EUA) ainda está de pé depois que um tornado atingiu o local no último domingo (20).

Embora ninguém tenha sido ferido durante o furacão, o pastor principal da Igreja Northway, Shea Sumlin, disse que os danos foram “catastróficos”, mas está grato pela tempestade não ter atingido a igreja durante os cultos poucas horas antes.

O pastor e toda a igreja têm sido consolados por um sinal: a cruz dentro da igreja ainda permanece de pé.

“Essa cruz é um belo lembrete de que a igreja não é um edifício”, disse Sumlin à Faithwire. “Somos pessoas que firmadas sobre a rocha da nossa confissão, de que Jesus Cristo é o Messias que veio para salvar e redimir, e contra o qual nem mesmo as portas do inferno prevalecerão”.

O pastor também expressou uma mensagem fé no dia seguinte ao incidente, nas redes sociais: “Nosso prédio pode estar destruído, mas nossa igreja está tão completa e viva como sempre esteve. A Deus seja a glória!”.

Apesar dos danos provocados no edifício da igreja, a congregação disse que seu foco principal é cuidar das “necessidades de nossos vizinhos”, incluindo as escolas Thomas Jefferson High School, Cary Middle School e Walnut Hill Elementary; a Primera Iglesia Dallas; e as inúmeras casas danificadas.

Até agora, a Northway continua fiel à sua promessa. O pastor Sumlin convidou seus seguidores do Facebook para se juntar à igreja, ajudando a alimentar as pessoas da comunidade cujas casas foram destruídas como resultado do tornado.

“É uma ótima imagem da promessa de Cristo, que prometeu estar com Seu povo em meio a provações e sofrimentos”, disse Sumlin.

Fonte: Guia-Me

Selena Gomez diz que oração a ajudou nos piores momentos: "Nunca parei de me ajoelhar"

A cantora americana Selena Gomez contou a seus fãs como ela se apoiou em Deus durante os tempos difíceis da sua vida.

Ela escreveu no Twitter: "Estou literalmente deitando e agradecendo a Jesus... Onde meu Pai me levou e me colocou é exatamente onde eu deveria estar.”

"Ele me disse: 'Selena, espere, eu me machuco quando você se machuca. Eu choro quando você chora, mas NUNCA, NUNCA vou sair do seu lado. Trabalhe comigo, caminhe comigo e observe como eu faço'.", escreveu a cantora sobre Jesus.

"Ele sempre me surpreende e eu me apaixono por Ele todas as vezes”, disse Selena.

"Nos meus piores momentos, como momentos terríveis e mais dolorosos - nunca parei de me ajoelhar querendo e precisando apenas do Seu amor”, confessou.

A cantora ainda falou sobre coisas que acontecem para prejudicá-la, deixando claro que se trata de uma ação espiritual: "Veja que o inimigo continua tentando me derrubar e isso simplesmente não vai acontecer. Hoje não..."

O comunicado foi divulgado na quarta-feira (22) logo após o lançamento de uma nova música.

A nova faixa da popstar, “Lose You To Love Me”, detalha o efeito que um relacionamento destrutivo teve nela e o quanto ‘doeu ver uma antiga chama se mover tão rapidamente’ após o rompimento.

Embora Selena não tenha revelado a inspiração específica para a música, os fãs especularam que é sobre seu ex-namorado Justin Bieber, de quem ela teria se separado em março de 2018.

Em um vídeo em preto e branco da música, filmado em um iPhone, a cantora olha diretamente para a câmera enquanto canta: "Eu precisava te perder para me encontrar, a dança estava me matando suavemente. Eu precisava te perder para me amar."

Ela continua: "Em dois meses você nos substituiu, como se fosse fácil. Me fez pensar que eu merecia, no meio da cura".

Ela conclui a música com: "E agora o capítulo está fechado, e agora é adeus, é adeus para nós".

Recentemente, Selena disse que “sempre me sinto à vontade falando sobre meus valores e crenças.”

Fonte: Guia-Me

Médico testemunha sobre extração forçada de órgãos na China: 'Algo selvagem'

Por mais de uma década, a República Popular da China (RPC) foi acusada de "atos de crueldade e maldade" que correspondem aos de "torturadores e executores medievais".

As vítimas supostamente tiveram seus corpos abertos - alguns ainda vivos - para que seus rins, fígado, coração, pulmão, córnea e pele sejam removidos e transformados em mercadorias para venda.

Em 2019, pela primeira vez, um tribunal independente concluiu que a China é um “estado criminal” que, “além de qualquer dúvida”, cometeu crimes contra a humanidade, atos de tortura e que os inimigos do estado continuam sendo clinicamente testados e mortos por seus órgãos.

O Tribunal Independente para a Coleta Forçada de Prisioneiros de Consciência na China, conhecido como Tribunal da China, ouviu evidências de especialistas médicos, investigadores de direitos humanos e supostas vítimas durante um período de seis meses, informa o jornal inglês Telegraph.

De acordo com um relatório de quase 700 páginas publicado no ano passado, a China está realizando entre “60.000 a 100.000 transplantes de órgãos por ano”, com muitos órgãos removidos à força de prisioneiros religiosos.

O médico chinês Enver Tohti testemunhou publicamente sobre a prática. Ele fazia parte de uma equipe de extração de órgãos que pensava estar cumprindo seu dever de "eliminar o inimigo do estado".

"Vi que havia sangue saindo do corte, o que significa que o coração ainda está bombeando", acrescentou. Ele recebeu ordem de remover o fígado e os dois rins, costurar o corpo novamente e "lembrar que hoje nada aconteceu".

Dr. Tothi, que agora trabalha como motorista da Uber no Reino Unido, sofreu flashbacks e pesadelos após o incidente e agora dedica sua vida a fazer campanhas para conscientizar sobre a prática.

Evidências

O número de transplantes na China pode ser mais que o triplo, em comparação com os EUA, onde 36.528 pacientes receberam transplantes de órgãos em 2018.

As evidências no relatório foram coletadas por especialistas em extração de órgãos, incluindo David Matas e Ethan Gutmann, ambos indicados ao Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho de investigação na China, segundo o Epoch Times.

Como não existe um sistema de doação voluntária de órgãos na China, a principal fonte de vítimas vivas para os transplantes é de praticantes do Falun Gong - um movimento religioso minoritário. O Partido Comunista Chinês (PCC) lançou uma perseguição cruel contra seus seguidores em 1999, que não desistiu.

“A extração de órgãos como forma de eliminar a população do Falun Gong parece ter começado no ano seguinte (2000)”, segundo o The Times.

Centenas de milhares de Falun Gong estão em uma enorme rede de campos de trabalho em toda a China e são suscetíveis de serem colocados em listas para extração de órgãos. Também se suspeita que até um milhão de uigures mantidos em campos de trabalho chineses também tenham sido alvos de transplantes de órgãos.

Na maioria dos países, quando um paciente é colocado em uma lista de transplantes de órgãos, o tempo de espera pode ser de meses ou anos, dependendo do órgão. Porém, para pacientes que viajam para a China, um órgão pode ser obtido em dias ou semanas, o que aumenta a suspeita de especialistas.

Turismo de órgãos

Como resultado dos curtos tempos de espera, a China é uma meca para o turismo de órgãos. Os sites chineses de transplante citam um "suprimento ilimitado" e a capacidade de "anteceder o transplante de coração".

O Dr. Enver Tohti, 57, estava entre os que deram provas ao Tribunal. Ele estava trabalhando como cirurgião em Urumqi, no noroeste da China, em 1995, quando seus chefes lhe perguntaram: "Você quer fazer algo selvagem?".

Como jovem médico, ele disse que sim e, no dia seguinte, foi levado para o Western Mountain Execution Grounds, onde viu cerca de 15 corpos no lado da montanha. Todos eles foram baleados na cabeça.

No entanto, ele foi ordenado a "ir fundo e trabalhar rápido" em uma vítima que ele alegou não ter sido anestesiada e que havia sido baleada no peito.

"Comecei a cortar no meio e então ele começou a lutar e soube então que ele ainda estava vivo", disse o pai de três filhos ao The Telegraph, "mas ele era fraco demais para resistir a mim".

Tohti acredita que os uigures são agora uma fonte de órgãos. Ele observou relatos recentes de exames de saúde gratuitos na região de Xinjiang para "melhorar a qualidade de vida dos uigures".

"Suspeitamos que o PCC [Partido Comunista Chinês] esteja construindo um banco de dados nacional para o comércio de órgãos", disse ele.

Trabalho diuturno

Alguns cirurgiões de transplante se queixam de trabalhar em turnos de 24 horas, realizando cirurgias de transplante consecutivas. Centenas de hospitais com capacidade de transplante operam na China desde 2000, de acordo com o The Times.

"A conclusão final desta atualização, e de fato nosso trabalho anterior, é que a China se envolveu no assassinato em massa de inocentes", disse David Matas ao National Press Club.

O relatório analisa 700 centros de transplante de órgãos conhecidos na China.

Os órgãos para transplante precisam ser recuperados antes ou logo após a morte e depois rapidamente implantados em um novo corpo.

No período de uma semana, o hospital de Changzheng realizou 16 transplantes de fígado e 15 de rim. Isso seria difícil, se não impossível, em um hospital dos EUA. Ele sugere que uma população de doadores em cativeiro esteja pronta na China para que seus órgãos sejam colhidos.

"É difícil pensar em outra explicação plausível, além de matar sob demanda", disse um médico ao The Times.

No relatório, um ex-policial chinês disse que testemunhou uma operação de colheita ao vivo realizada sem anestesia.

Nos últimos anos, alguns pensaram que a escala de extração de órgãos havia recuado, ou pelo menos que os adeptos do Falun Gong e outros prisioneiros de consciência não eram mais alvos.

Os autores discordam. "Eles construíram uma grande força", disse Gutmann. "Estamos olhando para um volante gigantesco, que eles parecem não conseguir parar. Não acredito que seja apenas lucro, acredito que é ideologia, assassinato em massa e encobrimento de um crime terrível, onde a única maneira de encobrir esse crime é continuar matando pessoas que o conhecem.”

Fonte: Guia-Me

Atirador diz que Jesus o impediu de cometer massacre: "A cruz confrontou meu pecado"

Em 10 de novembro de 1982, James Quentin Stevens, aos 18 anos, entrou no colégio Braddock Lake em Burke, na Virgínia (EUA), com a intenção de matar os outros alunos e depois se suicidar. Ele começou a atirar aleatoriamente, mas não atingiu ninguém.

“Quando cheguei à escola, não vi seres humanos. Vi presas. O louco é que, quando atirei, atirei acima de suas cabeças. Não sei por que”, disse Stevens ao site Christianity Today.

Ele levou 10 reféns, atirando no teto para provar que não era brincadeira. A polícia chegou e se passaram 21 horas de negociações.

Na noite anterior ao tiroteio, Stevens quase tentou se suicidar em sua casa. Ele disse que foi interrompido por “vozes” — não eram audíveis, mas sim pensamentos que diziam que, para encontrar a paz, ele deveria ir até a escola para matar os outros primeiro.

Na escola, os reféns viram Stevens colocar o cano de um rifle em sua boca. Até que uma das reféns, uma mulher, começou a gritar e chorar. “Ela disse: ‘Não faça isso, você não precisa fazer isso — você não machucou ninguém’”, ele conta.

Mas o colar daquela mulher, mais do que suas palavras, chamou a atenção de Stevens. Enquanto gritava, a cruz dourada em seu pescoço brilhava sob a luz do teto, chamando sua atenção.

“Assim que essa cruz encontrou meus olhos, ela confrontou meu pecado”, disse Stevens, hoje com 55 anos. Naquele instante, ele gritou para a mulher sair.

“Alguns segundos depois daquele momento, eu me converti das trevas para a luz”, embora ainda não para Cristo, disse. Ele teve a visão de um braço revestido alcançando sua escuridão, lhe oferecendo a mão.

“Peguei esta mão e meu coração se tornou humano novamente”, disse Stevens. “Não havia mais vozes. Eu tinha empatia pelas pessoas ao meu redor, eu podia sentir a dor delas. Até os reféns podiam ver a mudança”.

Stevens começou a libertar gradualmente o resto dos reféns até a polícia o prender. Ele enfrentou 144 anos de prisão, mas só foi condenado a 20 anos.

A jornada de três conversões

Dois anos depois de sua prisão em Boydton, Virgínia, ele novamente quis morrer. Mas, em vez de se desesperar, Stevens clamou a Deus por sua “segunda conversão — a mais importante”, confessando seus pecados no travesseiro.

“Senhor, eu mostrei ao mundo e a Ti o que posso fazer com esta vida”, ele orou. “Agora mostre ao mundo o que o Senhor pode fazer com ela”. Lá, na cadeia, ele se arrependeu e recebeu a salvação.

Logo depois, o diretor da prisão o confrontou. “Você acredita em Deus?”, ele perguntou a Stevens. “Porque você vai sair em seis meses”.

Stevens ficou incrédulo a princípio. Stevens foi escolhido para um programa de pessoas que tentaram um crime hediondo, sem ferir ninguém. Ele foi libertado após concluir o programa, quatro anos e meio depois de sua prisão.

Então ele começou sua terceira conversão, de volta à sociedade. Hoje, ele é marido, pai e membro da igreja What's New Worship, onde serve como técnico de som e músico. Mas sua fé cristã nem sempre foi tão forte quanto parece hoje.

“Por 30 anos, perguntei a Deus por que Ele me deixou viver”, disse Stevens. Nestes 30 anos, ele não conversou com repórteres nem compartilhou sua história com muitas pessoas. Ele lutou com um profundo sentimento de vergonha e buscava proteger seu emprego e sua família.

Hoje Stevens compartilha sua história para alcançar pessoas com problemas semelhantes. Ele tem contado seu testemunho em igrejas e centros e de reabilitação.

“Meu objetivo é amar as pessoas”, disse Stevens. “Eu nunca soube que Ele usaria minha vida dessa maneira. Quando fiz a escolha de permitir o mal em minha vida, eu já estava morto. Todo dia de vida é um presente, porque eu era um homem morto”.

Fonte: Guia-Me

876 Clínicas pró-aborto perderam financiamento federal sob governo Trump

Quase 900 clínicas que realizam abortos nos EUA perderam financiamento federal sob uma nova regra do governo Trump que impede que clínicas de planejamento familiar que recebem dinheiro dos contribuintes promovam ou se refiram ao aborto, de acordo com um novo relatório.

O que está em questão é dinheiro sob o Título X, um programa federal de planejamento familiar que financia exames de câncer, contraceptivos e testes de gravidez para pessoas de baixa renda.

A Power to Decide, uma organização pró-escolha que trabalha para evitar gravidez não planejada, diz em um novo relatório que 876 clínicas em todo o país perderam recursos públicos. Entre elas, estão as clínicas vinculadas à Planned Parenthood, que anunciaram em agosto que abririam mão do financiamento federal em vez de cumprir a regra.

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos do governo Trump este ano começou a aplicar a nova regra, que "proíbe o uso dos fundos do Título X para realizar, promover, solicitar ou apoiar o aborto como um método de planejamento familiar".

Grupos pró-escolha chamam isso de “regra da mordaça”, enquanto organizações pró-vida a rotulam como regra da vida protegida.

O programa Título X vale quase US$ 300 milhões.

"Agora, esses centros devem decidir entre duas opções: aceitar fundos para apoiar seus pacientes que, de outra forma, não seriam capazes de pagar pelos serviços de planejamento familiar ou reter informações dos pacientes sobre os serviços de aborto", disse Power to Decide em seu relatório.

A lei federal proíbe o financiamento dos contribuintes para a maioria dos abortos. O HHS diz que a nova regra reduz "qualquer confusão" por parte das "clínicas do Título X e do público" sobre o que é "permitido".

Não são permitidas referências ao aborto "porque o estatuto escrito pelo Congresso proíbe o financiamento de programas em que o aborto é um problema" e método de planejamento familiar”, afirmou o HHS anteriormente.

Os tribunais federais mantiveram a regra.

Uma parte separada da regra exige que os destinatários separem física e financeiramente seus serviços de aborto dos serviços que não são de aborto. Essa parte da regra não entrará em vigor até março.

Mas o Departamento de Saúde e Serviços Humanos disse que as clínicas que optaram por não receber verbas optaram por “priorizar mais a capacidade de se referir ao aborto, em vez de continuar recebendo fundos federais para fornecer uma ampla variedade de métodos de planejamento familiar aceitáveis e eficazes."

Fonte: Guia-Me

TobyMac fala sobre a morte trágica do filho mais velho: 'A Bíblia o comovia'

Ex-integrante da banda cristã DC Talk, TobyMac está vivendo uma tragédia pessoa com a morte prematura de seu filho mais velho, Truett Foster McKeehan, que tinha apenas 21 anos de idade.

O jovem foi encontrado sem vida em seu quarto, na manhã de quarta-feira (23), em Nashville, EUA. O motivo da morte ainda não foi divulgado.

Em carreira solo, o artista de hip-hop cristão TobyMac falou na noite de quinta-feira (24) sobre a morte do filho.

"Truett Foster McKeehan teve uma alegria que tomou conta do quarto quando ele entrou", escreveu TobyMac em um comunicado compartilhado em sua página no Facebook.

“Ele era um filho magnético, irmão e amigo. Se você o conheceu, você o conheceu, lembrou-se dele”, escreveu o pai.

TobyMac elogiou seu falecido filho, que buscava uma carreira artística, elogiando-o por não seguir o "caminho mais fácil" e produzir música quando criança ou adolescente.

Em vez disso, escreveu TobyMac, McKeehan "queria viver um pouco da vida" e "queria ser um homem com cicatrizes e uma história para contar" - uma aspiração que TobyMac disse que "sempre admirava, respeitava e incentivava".

Sobre a fé

Quanto à fé de seu filho mais velho, TobyMac disse que McKeehan sempre teve um "fraquinho" em seu coração por Deus, observando que a Bíblia o "comoveu", embora ele não fosse um "cristão corajoso".

"Mas me mostre um crente que luta para continuar acreditando", escreveu o artista de 55 anos sobre seu filho. “Mostre-me um homem quebrado que reconheça sua necessidade de um Salvador todas as vezes. É quem Truett era e como ele deveria ser lembrado."

A última vez que TobyMac viu o filho foi no primeiro show do jovem em Franklin, Tennessee, pouco antes de partir para sua turnê canadense, que acabou sendo adiada pela morte prematura de seu filho.

TobyMac também compartilhou a troca final de mensagens de texto que teve com McKeehan, elogiando seu filho por seu show "incrível" no Tennessee.

Ele disse ao filho que tinha alegria "contagiosa", acrescentando que está "muito, muito, muito orgulhoso" dele.

Em resposta, o filho escreveu: “Te amo, pai. Muito obrigado. Você sempre acreditou em mim, me fez sentir como um super-herói.”

McKeehan deixa seu pai Toby "TobyMac" McKeehan, a mãe Amanda McKeehan e quatro irmãos, gêmeos Moses e Marlee (21), Leo (14) e Judá (13).

Fonte: Guia-Me

Cristãos sírios temem ser exterminados com invasão turca em seu país

Um porta-voz das Forças de Defesa da Síria (SDF), lideradas pelos curdos, diz que evacuaram completamente combatentes de uma cidade fronteiriça síria, sitiada pelos EUA e pelo cessar-fogo turco.

"Como parte do acordo para interromper as operações [militares] com a Turquia com a [mediação] americana. Hoje, evacuamos a cidade de Ras Al-Ain de todos os combatentes do SDF. Não temos mais combatentes na cidade ”, disse o porta-voz da SDF Kino Gabriel no domingo.

O cessar-fogo termina na terça-feira, mas se a SDF não tiver deixado suas áreas designadas até então, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan prometeu "esmagar as cabeças curdas".

À medida que continua a invasão turca, iniciada há quase duas semanas, crescem as evidências nas mídias sociais e nos relatórios regionais de que os cristãos são um alvo.

Ao longo da fronteira turco-síria, estão surgindo relatórios de cristãos vivendo, morrendo e fugindo diante de um ataque turco auxiliado por tropas jihadistas. Eles esperam que seus pedidos cheguem aos cristãos ocidentais.

Em janeiro deste ano, em Kobane, a agência cristã de notícias CBN News entrevistou o pastor Zani e sua esposa Chinar, depois que o presidente Donald Trump disse que retiraria as tropas americanas. Na época, eles fizeram um pedido ao presidente.

"Por que o presidente Trump fez isso e imediatamente quis retirar as forças daqui? É possível que ele não esteja considerando a Igreja ou que não saiba que há crentes aqui?", Disse Zani.

Cerca de 10 meses depois, a CBN New recebeu uma mensagem de Chinar por meio de um aplicativo criptografado.

"Temos medo de uma coisa, [se] Kobane entrar no cerco, e o gás, combustível, alimentos e suprimentos médicos e os meios de aquecimento forem cortados, isso se tornará um verdadeiro desastre. Não sabemos o que acontecerá a seguir", dizia a mensagem.

A quilômetros de Kobane, em Sari Kani, a Rohani TV entrevistou Ziad Mussa, o único cristão que restou na cidade.

Mussa disse que o Estado turco "está mirando os cristãos" e que a Turquia "visa aniquilar as pessoas da região e impor uma mudança demográfica".

Mussa também afirmou que a Turquia está "destruindo as igrejas e a herança cristã e tentando aniquilar os cristãos desta região".

Um relatório da Rudaw24 documentou os medos dos cristãos em Qamishli.

Um cristão chamado Sawmi disse à organização de notícias que se milícias apoiadas pela Turquia entrarem na cidade, os cristãos não serão poupados.

"Vocês, povo da América: o cristianismo está em perigo. Se o cristianismo morrer no leste, também morrerá como um todo, porque nós, os siríacos, falamos a língua de Jesus. A língua siríaca é a língua aramaica. Se nós morrermos, não restará mais cristãos", disse.

O rabino Abraham Cooper, do Centro Simon Wiesenthal, em Jerusalém, disse que os EUA devem proteger a liberdade religiosa.

"Nossas liberdades religiosas estão em nosso cerne como povo americano e tenho vergonha de ver isso acontecer. Não deveria ter acontecido. Se isso acontecer em tempo real, os Estados Unidos terão de desempenhar um papel para impedí-lo", disse ele.

O rabino Cooper destacou mais dados sobre a situação dos cristãos após a invasão turca.

“A CBN teve a gentileza de me fornecer um e-mail muito longo, literalmente da linha de frente. Tão perturbador que enviei o fato ao Secretário de Estado e ao vice-presidente, duas pessoas no governo, pessoas importantes do governo, comprometidas com a questão de proteger as minorias religiosas", explicou Cooper.

Cooper, como muitos outros líderes, espera que o presidente Trump revire o curso.

"É um desastre. Sabe-se que o presidente muda de rumo rapidamente. Eu me juntaria àqueles que esperam e oram para que ele imponha mais força, tanto em termos das sanções que afetam Erdogan, quanto, se necessário, usando o poder aéreo americano, que ainda é massivo para impor uma linha vermelha", afirmou.

Antes da invasão turca, estimava-se que 100.000 cristãos vivessem no nordeste da Síria, que ainda permanecem no berço do cristianismo após a invasão de Erdogan, mas ainda há muitos que esperam ajuda do Presidente dos Estados Unidos e da Igreja nos Estados Unidos.

Fonte: Guia-Me

Restaurante cristão fecha a primeira filial do Reino Unido após protestos de ativistas LGBT

A rede de fast food de propriedade cristã Chick-fil-A está encerrando sua primeira filial no Reino Unido depois de sofrer pressão de ativistas dos direitos LGBT.

O novo ponto de venda da popular rede de fast food dos EUA, em Reading, deve cessar o comércio apenas algumas semanas depois de aberto por causa de reclamações de grupos LGBT sobre suas doações para organizações que têm uma visão tradicional do casamento.

O Chick-fil-A abriu sua primeira filial no Reino Unido no shopping Oracle, em Reading, em 10 de outubro. Um porta-voz do centro disse que o contrato-piloto de seis meses da cadeia não seria estendido.

“Sempre procuramos introduzir novos conceitos para nossos clientes, no entanto, decidimos nesta ocasião que a coisa certa a fazer é permitir apenas que o Chick-Fil-A negocie conosco pelo período piloto inicial de seis meses, e não estender o contrato ainda mais”, disse o porta-voz.

No passado, o Chick-fil-A doou para organizações como o Exército de Salvação e a Irmandade de Atletas Cristãos, mas disse que o foco dessas doações estava na juventude e na educação.

A Reading Pride organiza protestos regulares fora do shopping Oracle e prometeu continuar os protestos até a saída de Chick-fil-A.

Ele disse que a decisão do centro comercial de não renovar o contrato foi “boas notícias”.

O primeiro Chick-fil-A foi aberto em 1967 em Atlanta, Geórgia, por S Truett Cathy, um devoto batista do sul, mas manteve um forte comportamento cristão, sendo um dos poucos estabelecimentos de fast food que fica fechado aos domingos.

Esse espírito está no centro de seu status de propósito corporativo, que diz que o negócio existe “Para glorificar a Deus por ser um mordomo fiel de tudo o que nos é confiado. Ter uma influência positiva em todos os que entram em contato com o Chick-fil”.

A cadeia de fast food também foi alvo de protestos LGBT nos EUA.

Em junho, sua loja em Manhattan foi vandalizada durante a Parada do Orgulho LGBT na cidade de Nova York.

Em 2016, o prefeito de Nova York Bill de Blasio pediu aos nova-iorquinos que boicotassem os restaurantes.

Em maio deste ano, o governo estudantil da Universidade Trinity, no Texas, votou pela proibição de alimentos Chick-fil-A em seu campus por causa de seu histórico em questões LGBT.

“O Chick-fil-A doou US $ 1,8 milhão para organizações anti-LGBT + em 2017, como a Casa da Juventude Paul Anderson, o Exército de Salvação e a Sociedade de Atletas Cristãos, de acordo com a declaração de imposto disponível mais recente”, a resolução foi aprovada pelo governo estudantil, disse a Universidade Trinity.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Today

Satanistas da Academia Naval dos EUA ganham espaço para 'compartilhar crenças'

Um grupo de estudantes “com crenças alinhadas às praticadas pelo Templo Satânico”, uma organização oficialmente reconhecida como religião nos Estados Unidos, solicitou que a Academia Naval dos EUA, sediada em Annapolis, Maryland, lhes fornecesse um local “onde pudessem se reunir para discutir e compartilhar suas crenças comuns”, explicou uma porta-voz da academia, comandante Alana Garas.

No início de outubro, a administração permitiu reuniões satânicas e divulgou um aviso via e-mail que acabou vazando para a Internet e logo viralizou.

Especificamente, o e-mail afirma que “a partir de quinta-feira [10 de outubro]”, aos estudantes “serão oferecidos serviços satânicos”, ou seja, “serviços religiosos satânicos, discussões de filosofia satânica e a história literária de Satanás, todas as quintas-feiras às 19h00”.

A porta-voz da academia disse à mídia que o pedido dos aspirantes da Marinha se dirigia a ter “um espaço de ‘grupo de estudo'”, em nenhum caso com a intenção de “manter ‘serviços satânicos'”.

Alana Garas também explica que os alunos “têm o direito de se encontrar para discutir suas crenças como quiserem”, e que dar-lhes essa oportunidade “é uma responsabilidade descrita pelas instruções da Marinha”.

Fonte: Sputnik News

Grupo católico é investigado por abuso psicológico e humilhações em SP

Uma reportagem do Fantástico deste domingo (20) denunciou o grupo católico Arautos do Evangelho que mantém um internato na região da Serra da Cantareira, em São Paulo.

Fundado em 1999 após a saída do monsenhor João Clá Dias da TFP (grupo conservador católico que defende a tradição, família e propriedade), os Arautos foram reconhecidos pelo Vaticano em 2001 como associação religiosa.

As denúncias contra o grupo vem de famílias de ex-internos que relatam casos de abuso psicológico, humilhações, assédio e até estupro. No total, 40 pessoas fizeram denúncias ao Ministério Público de São Paulo.

As mães falaram ao Fantástico que seus filhos mudaram de comportamento e foi assim que elas identificaram que algo estava errado.

“Meu filho tinha medo de vim pra casa, meu filho achava realmente que o mundo ia acabar. E que a única salvação dele era dentro dos Arautos do Evangelho”, revelou uma mãe.

Ex-alunos declararam que o internato colocava os jovens contra suas famílias. “Eles ensinavam que a gente não tinha que amar nossos pais, como se eles tivessem ensinado tudo que é de ruim que a gente aprendeu no mundo foi eles que ensinaram”, disse uma jovem que estudou no internato.

Os Arautos do Evangelho pregam sobre a “Bagarre”, uma espécie de castigo universal. Uma ex-interna explicou que a crença difundida pelo grupo é que Deus irá punir a humanidade por conta de seus pecados, com a natureza se revoltando contra o homem e demônios apareceriam para confrontar os filhos da Luz.

“Os filhos de luz são os Arautos e os filhos de trevas somos todos nós, todo o resto. Inclusive, lá dentro, eles têm treinamento pra preparar essas pessoas pro momento da bagarre”, esclareceu a ex-aluna.

Outros denunciantes ainda alegam que sofreram abuso sexual e estupros. Uma moça revelou que, quando tinha 13 anos, foi acordada pela encarregada do alojamento para tomar banho e então percebeu que estava com sangramento e tinha a região íntima inchada e irritada. A jovem acredita que foi dopada.

Outra menina, hoje morando no Canadá, denunciou o próprio João Clá por fazer carícias em seus seios e nádegas, os abusos aconteceram dos 12 aos 16 anos. Uma terceira menina também relatou abusos.

“Ele me chamou depois da missa, entramos na sacristia e aí, quando tava sacristia, vi que ele deu um beijo em uma menina. Eu fiquei pensativa: será que esse beijo é na boca ou na bochecha? Então quando ele me deu um beijo na boca, eu fiquei pensando: ‘Deus o que é isso?’ Uma menina que vivia na Colômbia comigo também me contou que ele deu um beijo na boca. Então eu perguntei e ela disse que bom, então recebeu a graça”.

Em resposta ao Fantástico, os Arautos do Evangelho declarou que a denúncia dos beijos é mentira e fala até em transformar o processo em “denunciação caluniosa” após a conclusão das investigações.

João Clá não é mais presidente do grupo, ele teve um acidente vascular cerebral e em 2017 renunciou ao cargo. A delegacia que investiga o caso já ouviu os representantes do grupo.

Fonte: Gospel Prime

Pai de santo é preso suspeito de abusar de mulheres que eram suas clientes

Um pai de santo foi preso em Biguaçu, no litoral de Santa Catarina, suspeito de abusar sexualmente de mulheres que o procuravam para tratamento espiritual.

A investigação começou há um mês após seis vítimas procurarem a delegacia. Ele nega as acusações e só admite ter tido relações com duas mulheres consensualmente.

“Elas narram que ele falava que iria fazer uma lavagem espiritual, uma limpeza espiritual, mas que ele acabava se aproveitando, passando as mãos nelas e acariciando. Teve um caso inclusive que aconteceu com o marido de uma delas dentro da sala com os olhos fechados”, afirma a delegada Marcela Sanae França Goto, responsável pela investigação. O suspeito, que não teve a identidade revelada, negou as acusações.

Segundo o depoimento das vítimas, o homem utilizava uma solução, que aparentemente parecia ser uma mistura de cachaça com ervas para massagear o corpo das vítimas.

A justificativa do homem é que, desta forma, conseguiria liberar os pontos de energias das vítimas. Além de acariciá-las, ele roubava beijos e tentava fazer sexo com as mulheres, de acordo com a investigação.

Ainda de acordo com os relatos, o pai de santo também mandava mensagens por rede social para assediar as vítimas. Ele pedia fotos e perguntava sobre as intimidades das mulheres. Segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), algumas das vítimas revelaram até que tentaram o suicídio.

Os atendimentos ocorriam nos fundos de sua casa, onde ele acabou preso. Além das seis vítimas iniciais, outras três mulheres procuraram a polícia nesta semana, relatando os abusos. Após colher os depoimentos, a polícia pediu a prisão do pai de santo.

O Ministério Público (MP) foi favorável à medida, mas a prisão foi negada pela Justiça em Biguaçu. O MP recorreu e o pedido foi aceito pelo TJ-SC, que decretou a prisão preventiva.

Na análise ao pedido de prisão, a desembargadora Salete Silva Sommariva considerou a “gravidade das condutas praticadas” e o “risco de reiteração delitiva”.

“Tendo em vista a manipulação praticada contra diversas vítimas para que elas se submetessem aos abusos sexuais sem resistência, acreditando na sua autoridade como guia espiritual, são aspectos suficientes para que se determine sua prisão como garantia da ordem pública”, disse a desembargadora, relatora do processo, em seu voto.

Após a prisão, o homem foi levado para a delegacia onde negou os abusos. Agora, a polícia tem dez dias para concluir a investigação e enviar os autos à Justiça. Segundo a delegada, o crime investigado é o de violação sexual mediante fraude. O nome dele não foi divulgado porque a investigação corre em sigilo.

Outro lado

O advogado do pai de santo, Raul Eduardo Alves de Oliveira Pinto, disse ao UOL que vai ingressar com um pedido de revogação da prisão preventiva. “Meu cliente nega todas as acusações.”

Entretanto, a defesa afirma que o pai de santo teve relacionamento com duas dessas mulheres que, segundo Oliveira, teriam se unido para denegrir a imagem do religioso.

O advogado observa que, antes de ser preso, seu cliente estava contribuindo com as investigações e entende que a prisão é um equívoco. “Ele estava contribuindo muito mais fora da prisão do que agora preso”, disse o advogado.

Fonte: Universa – UOL

Brasil abrirá escritório de negócios em Jerusalém até dezembro, diz governo

O governo brasileiro informou que vai abrir o escritório de negócios em Jerusalém, em Israel, até dezembro deste ano. A intenção é que o escritório da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) seja inaugurado em novembro.

"A decisão de abrir um escritório de negócios sem status diplomático é resultante de uma discussão de governo, onde há interesses nem sempre absolutamente convergentes. Há interesses ligados ao agronegócio e a uma perspectiva mais religiosa e histórica”, disse o secretário de Negociações Bilaterais no Oriente Médio, Europa e África, embaixador Kenneth Félix Haczynski da Nóbrega.

Inicialmente, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pretendia transferir a embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém para atender grupos evangélicos, aos quais é ligado.

A iniciativa inclusive foi promessa de campanha do então candidato na eleição presidencial de 2018.

No entanto, o presidente recuou da medida após a ameaça de países do Oriente Médio de limitar as importações do agronegócio brasileiro e após reclamações de empresários sobre o impacto que isso poderia ter na economia do país.

Na tentativa de resolver o impasse, como um meio-termo, o governo federal resolveu abrir um escritório comercial da Apex sem envolvimento direto com a diplomacia.

Ainda assim, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, teve de rodar por países árabes na tentativa de se apaziguar o mal-estar causado pela possibilidade. A partir de 26 de outubro, será a vez de Bolsonaro tentar acabar com qualquer atrito em viagem ao Oriente Médio.

Segundo Nóbrega, a resposta vai ser o que está no comunicado conjunto da visita do presidente a Israel.

“O comunicado conjunto deixa muito claro a decisão do governo brasileiro, de abrir um escritório voltado para negócios, ciência, tecnologia e inovações, em Jerusalém, a ser gerido pela Apex. Israel é uma potência na área de inovação. A decisão foi essa”, afirmou Nóbrega, durante exposição para a imprensa sobre a viagem. 

Bolsonaro irá visitar Emirados Árabes Unidos, Qatar e Arábia Saudita entre os entre os dias 26 e 30 de outubro. Antes, passará por Japão e China.

Fonte: Guia-Me

Menino é atropelado por SUV de duas toneladas e sobrevive orando: "Deus estava comigo"

Um acidente que poderia ser fatal para a vida do pequeno Titus agora é motivo de testemunho para todos da sua família, graças ao livramento que Deus lhe concedeu, após ser atropelado por um carro SUV e ficar embaixo de duas toneladas do veículo, enquanto sua mãe e ele oravam juntos.

Titus é um menino de apenas 6 anos. Ele estava com os seus pais em Arkansas, nos Estados Unidos, almoçando em um restaurante após o culto de domingo pela manhã, poucos minutos antes de ser atropelado.

Ao sair para o estacionamento do estabelecimento, um veículo modelo SUV atropelou o garoto. “Me lembro de olhar por baixo sem saber o que veria. Eu corri e lá estava ele, estava conversando, enrolado em uma bola e sendo esmagado pelo veículo”, disse à Fox Nation a mãe, Sarah Everett, que também possui outros seis filhos.

Como um ato de desespero para tentar salvar a vida do filho, o pai de Titus tentou levantar o carro de duas toneladas sozinho, mas sem sucesso. Cada segundo que se passava parecia uma eternidade, até que a mãe do menino resolveu louvar e orar com ele, enquanto esperavam por socorro.

“Eu simplesmente me deitei no chão, segurando a mão dele, dizendo ‘Deus está com você, Titus, Deus está com você’, e continuamos cantando ‘Quando estiver com medo, confiarei em Ti’”, lembrou Sarah, segundo informações da Fox News.

Um grupo de pessoas se formou para levantar o veículo, já que o motorista não poderia sair com o carro por conta própria, visto que o movimento do veículo poderia agravar ainda mais a situação da criança esmagada embaixo dele.

Foi nesse momento, com a SUV levantada, que Sarah e uma garçonete do restaurante conseguiram retirar Titus do local. Levado rapidamente para o hospital por uma equipe de resgate, os médicos se surpreenderam pelo fato da criança não ter sido gravemente ferida.

“Suas costas estavam gravemente queimadas… ele tem cicatrizes lá, mas eles continuaram fazendo todos os exames”, disse a mãe, lembrando que a certeza de que a vida de Titus havia sido preservada por um “milagre” só ficou clara com o passar do tempo.

“Nós fomos ao hospital e foi só no dia seguinte que eu realmente percebi que ficamos calmos durante tudo isso. É porque você cresce conhecendo a Verdade e tem o Espírito Santo constantemente lembrando que Ele está no controle”, disse Jason, o pai do menino.

“E se Deus é por nós, quem será contra nós?”, continuou Jason. “Então esse foi o lembrete. Servimos a um Deus bom e Ele permite que situações como essa aconteçam, mas acho que é porque isso nos dá uma oportunidade de ajudar os outros”, destacou.

Ao lembrar do momento traumático do atropelamento, Titus disse o que passou por sua mente naquele instante: “Deus estava comigo, porque Ele está sempre ao nosso lado”.

Fonte: Gospel+

Mais de 170 milhões de Bíblias foram produzidas no Brasil pela SBB

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) alcançou em outubro a marca de 170 milhões de Bíblias e Novos Testamentos, contabilizada desde a inauguração da Gráfica da Bíblia, em 1995.

“Com o coração cheio de esperança, agradecemos a Deus por mais esta conquista e também às igrejas cristãs, que compartilham conosco esta tarefa de fazer com que o Livro Sagrado tenha ampla distribuição tanto no Brasil como no mundo”, afirma Erní Seibert, diretor-executivo da SBB.

Na opinião de Seibert, mesmo com o crescimento da Bíblia em formato digital, verificado nos últimos anos, o exemplar impresso comprova que tem seu espaço preservado.

“Há muitos fatores que contribuem para esta longevidade, entre eles o fato de ser utilizada em celebrações cristãs e distribuída em campanhas de evangelização”, argumenta ele, complementando que para a leitura devocional em casa, as pessoas preferem ter sua Bíblia impressa.

Com uma produção atual de 23 mil exemplares por dia, a Gráfica da Bíblia, localizada em Barueri (SP), no mesmo local da Sede Nacional da SBB, tornou-se, nesses 24 anos, um dos mais credenciados centros de produção de Bíblias do mundo. “A Gráfica da Bíblia é a única, no mundo, dedicada exclusivamente à produção da Bíblia”, observa Luiz Forlim, gerente-geral da Gráfica da Bíblia.

Parte de uma aliança mundial, as Sociedades Bíblicas Unidas, presentes em mais de 200 países e territórios, a SBB coopera com outras Sociedades Bíblicas, desenvolvendo edições da Bíblia em diferentes idiomas. De suas impressoras já saíram exemplares em mais de 30 idiomas, como, por exemplo, português, espanhol, inglês, francês, árabe e até em ioruba, idioma falado em países africanos.

Para o diretor-executivo, o alcance da marca dos 170 milhões de Bíblias e Novos Testamentos revela que a SBB segue firme no cumprimento de sua missão de semear a mensagem bíblica.

“Cada Bíblia impressa chega às mãos de ao menos uma pessoa. Temos certeza de que o acesso facilitado aos ensinamentos e valores bíblicos vem possibilitando que muitas pessoas resgatem a esperança e a autoestima, além de encontrarem orientação e conforto para enfrentarem diferentes situações e problemas da vida”, pondera ele.

Outro fator de destaque é a diversidade de publicações oferecidas pela SBB. “Em sua trajetória, a SBB empenha-se por tornar a Bíblia disponível em linguagem acessível, seja por meio de novas traduções ou da revisão das traduções existentes. “Além disso, buscamos publicar a mensagem bíblica de maneira a chamar a atenção dos mais diferentes públicos”, observa Paulo Teixeira, secretário de Tradução e Publicações da SBB.

Entre os públicos contemplados estão cegos, surdos, crianças e jovens, além de enfermos, encarcerados, imigrantes, famílias, estudantes, pastores e líderes. “Para cada grupo, a SBB procura desenvolver literatura bíblica em formato e linguagem adequados”, ressalta Teixeira.

Conheça de perto

Para os interessados em conhecer como uma Bíblia é produzida, a SBB mantém o programa “Você é o Nosso Convidado”. Milhares de pessoas já visitaram as suas instalações. Por meio desta iniciativa, é possível acompanhar todo o processo de produção de Escrituras, fazendo um tour monitorado pela Gráfica da Bíblia. Para participar, basta entrar em contato por meio do telefone (11) 3474-5845 e agendar a visita.

Fonte: Guia-Me

Idosa de 88 anos cozinha para necessitados: "Para ser uma benção, precisa se envolver"

Aos 88 anos, Phyllis Harper dá uma lição sobre o real significado de “servir” ao próximo. Nos últimos 32 anos, ela ajudou a alimentar moradores de rua e pessoas marginalizadas de Rapid City, uma cidade em Dakota do Sul, nos EUA.

A idosa estava à frente da Missão de Resgate Cornerstone, vinculada à igreja Bethel, fundada por seus pais há 70 anos. Em agosto, ela decidiu se aposentar da liderança do ministério, mas continua ajudando a fornecer refeições para pessoas necessitadas.

Por mais de três décadas, Phyllis raramente perdeu o compromisso de ligar para os voluntários, coordenar as doações de alimentos e liderar a equipe que prepara e serve a refeição.

“Fui abençoada por quase nunca estar doente”, disse Phyllis à AG News. Uma de suas poucas ausências ocorreu quando seu marido, Jack Harper, passou por uma cirurgia devido ao câncer. Ele morreu em 2002.

“Há um senso de comprometimento na idade de Phyllis que você não vê mais”, afirma Deb Berg, coordenadora voluntária da Cornerstone.

O trabalho é grande: a equipe da Bethel diariamente prepara lanches, saladas, legumes e sobremesas. “Temos uma média de 150 pessoas na fila todos os dias”, disse Berg. “São milhares de pessoas que Phyllis ajudou a experimentar o amor de Deus”.

Phyllis quer passar mais tempo sua família, mas não pretende parar de servir. Ela frequenta as reuniões de oração das mulheres e os estudos bíblicos, visita os membros da igreja que estão com problemas de saúde e assa seus brownies para a Cornerstone a cada dois meses.

“Se você quer ser uma bênção e ser abençoado, precisa se envolver”, destaca Phyllis.

Ela pensou em se aposentar um ano atrás, mas não conseguiu encontrar uma substituta. “As famílias estão tão ocupados hoje em dia, e mais mulheres trabalham”, observa. Então Angie Langstaff concordou em liderar a equipe da Cornerstone.

Langstaff, de 40 anos, uma mãe e terapeuta de radiação em tempo integral, queria encontrar uma maneira de sua família ministrar junta. Agora todos ajudam: o marido Shawn e as filhas Hadli, 17, Gracee, 16 e Marcela, 5.

Langstaff afirma que a fidelidade de Phyllis é inspiradora. “As mulheres da idade dela oferecem muita sabedoria ao orientar mulheres mais jovens”, disse. “Phyllis é uma pessoa quieta, mas quando ela fala, vale a pena ouvir”.

O pastor Gerad Strong diz que Phyllis é um lembrete da perspectiva correta sobre a vida. “Toda vez que a vejo, pergunto: ‘Como você está?’ Independentemente de suas circunstâncias no momento, sua resposta é simplesmente: ‘Estou bem e abençoada!’”, ele conta.

Fonte: Guia-Me

"Jesus de Nazaré não era na verdade um Deus", diz papa Francisco

O pontificado de Mario Jorge Bergoglio vem sendo marcado por muitas declarações heterodoxas a respeito do cristianismo como um todo, e principalmente sobre os dogmas católicos. A mais recente envolve a divindade de Jesus de Nazaré, o Cristo.

O jornalista italiano Eugenio Scalfari, reconhecido por seu vasto conhecimento dos bastidores do Vaticano, afirmou que ouviu o papa Francisco dizer que não crê que Jesus fosse a encarnação de Deus.

“Quem teve, como tocou a mim em muitas ocasiões, a sorte de encontrá-lo e falar com ele com a máxima confiança, sabe que o papa Francisco concebe Cristo como Jesus de Nazaré, homem, não Deus encarnado”, declarou Scalfari.

“Quando me coube discutir estas frases, o papa Francisco me disse: ‘São a prova provada que Jesus de Nazaré, uma vez tornado homem, mesmo sendo um homem de virtude excepcional, não era na verdade um Deus’”, acrescentou o “vaticanista” do jornal La Repubblica.

A frase atribuída a Francisco evidencia que o mais progressista dos pontífices que estiveram à frente da Igreja Católica nas últimas décadas não vê Jesus como Deus, e nesse raciocínio, é possível depreender que o líder católico não acredita no sacrifício de cruz como um ato de redenção.

“A ala conservadora da Igreja Católica tem lá suas razões para não gostar do papa Francisco. […] Do ponto de vista teológico, portanto, Francisco pensa como um herege do século V. […] Irmã Dulce precisa interceder pela salvação do papa”, escreveu o portal O Antagonista.

Inferno

Em março de 2018, Scalfari revelou que o papa Francisco dava indícios de crer no aniquilacionismo, que é uma das principais polêmicas teológicas no cristianismo, pois sugere que a alma do pecador simplesmente “deixa de existir” após a morte.

Algumas denominações cristãs adotam essa interpretação para negar a existência do inferno, embora a maioria das igrejas, incluindo a Católica, se opõe a essa interpretação bíblica.

O jornalista relatou que durante um encontro com Francisco, ouviu uma opinião que seria alinhada ao aniquilacionismo: ele teria dito que as pessoas que se arrependem “obtêm o perdão de Deus”, enquanto as que não se arrependem, “desaparecem”: “Não existe um inferno, existe o desaparecimento das almas pecaminosas”, acrescentou Scalfari.

No entanto, com a polêmica instalada, o Vaticano se pronunciou para negar as afirmações do jornalista, dizendo que a “reconstrução” da fala de Francisco desvirtuou a conversa em uma reunião privada. “Nenhuma citação do artigo mencionado deve ser considerada como uma transcrição fiel das palavras do Santo Padre”, dizia o texto da nota.

Scalfari – que já teve outras matérias sobre o papa Francisco questionadas pelo Vaticano – defendeu-se dizendo que, embora não tenha uma gravação que comprove a declaração do pontífice, sempre usa o texto para traduzir o sentido da conversa que manteve com o entrevistado.

“Tento entender a pessoa que estou entrevistando, para depois escrever suas respostas com minhas próprias palavras”, argumentou Scalfari, abrindo a possibilidade para uma distorção causada por sua interpretação pessoal.

Em 2014, Scalfari divulgou que o papa havia abolido o pecado, o que motivou um desmentido do Vaticano. Em outra ocasião, a Sala de Imprensa da Santa Sé se viu obrigada a negar que o papa tivesse afirmado que Adão e Eva são mitos.

Fonte: Gospel+

Gerente oferece Bíblia, bandeira e fuzil de brinde para quem comprar carro 0KM

O gerente de uma concessionária decidiu fazer uma promoção inusitada para atrair compradores: ofereceu de brinde uma bandeira dos Estados Unidos, um fuzil AR-15 e um exemplar da Bíblia Sagrada.

Nos Estados Unidos, a posse e o porte de arma são uma garantia legal embasada na Constituição do país. Dessa forma, a promoção feita pelo gerente Derrick Hughes, que comanda uma concessionária da Ford na cidade de Honea Path, Carolina do Sul, não enfrentou muita burocracia para ser realizada.

De acordo com informações do portal Yahoo!, o gerente negou que sua motivação para dar um fuzil semiautomático, uma bandeira norte-americana e uma Bíblia Sagrada a quem comprar um carro seja política.

A cidade onde a loja está é um centro de caçadores, e por isso, o gerente optou por oferecer um fuzil como brinde, já que o modelo AR-15 é um dos mais indicados, segundo Hughes, para caçar coiotes e porcos selvagens. Para retirar a arma, o comprador de um carro 0 KM recebe um cupom, que deve ser levado a uma loja credenciada na cidade vizinha chamada Abbeville.

A promoção dividiu opiniões nas redes sociais, com pessoas lembrando que ultimamente os Estados Unidos têm visto ataques a tiros em diversos locais públicos. Por outro lado, houve quem elogiasse a iniciativa: “Deus abençoe a América! Pena eu não morar perto”, escreveu uma pessoa.

Pastor armado

Em junho último, um pastor armado conseguiu impedir que um ataque a tiros no Walmart em Washington, DC.

O atirador, identificado como Tim O. Day, 44 anos, abriu fogo contra duas pessoas desarmadas durante um roubo de veículo. Na fuga, trafegou pela contramão de uma rodovia e parou em um estacionamento do hipermercado, e quando tentou roubar outro carro, abriu fogo contra pessoas que passavam pelo local.

A essa altura, o pastor – que é tenente do Corpo de Bombeiros e também atua como voluntário de emergências médicas – percebeu que tratava-se de uma situação de descontrole e tomou a iniciativa de impedir um massacre. A polícia recebeu diversos chamados e quando as viaturas chegaram ao local o criminoso já estava morto.

“Agradeci-lhe por salvar minha vida. Ele [atirador] não parecia se arrepender”, afirmou a testemunha Robert Berwick sobre o incidente e a postura do pastor.

“Não houvesse ninguém armado e disposto ao combate, poderíamos estar diante de um massacre onde, atiçados pelo cheiro de sangue inocente escorrendo, os detratores do direito de defesa do cidadão estariam gritando histericamente todos os males das armas de fogo”, comentou o especialista em segurança Bene Barbosa.

Fonte: Gospel+

Mais de 50.000 cristãos estão definhando em prisões da Coreia do Norte, diz relatório

Na última quarta-feira (9), a Coreia do Norte celebrou o Dia da Fundação do Partido (comemorando a fundação do Comitê Organizador Central do Partido Comunista da Coreia do Norte). O feriado anual inclui grandes paradas militares e apresentações públicas e para celebrar o comumismo no país, os cidadãos recebem rações alimentares e têm direito à mais energia elétrica neste dia. No entanto, ao mesmo tempo, enquanto essas festividades acontecem, estima-se que 50.000 cristãos estejam definhando dentro de uma das prisões desumanas da Coreia do Norte que o Estado usa como tática de controle e terror.

A missão Portas Abertas (EUA) já havia relatado a vida dentro das prisões norte-coreanas, compartilhando conversas com ex-prisioneiros que escaparam da ditadura comunista do país. Porém, uma reportagem recente revela uma necessidade urgente de mobilizar fervorosas orações mundiais pelos crentes presos na Coreia do Norte - prisões que foram relatadas e equiparadas a atrocidades históricas, como o campo nazista de concentração, em Auschwitz (Alemanha), durante a Segunda Guerra Mundial.

Estima-se que 200.000 pessoas estejam presas em uma rede de desfiladeiros e campos na Coreia do Norte. Entre elas, a Portas Abertas estima que 50.000 sejam prisioneiros cristãos; cerca de 75% deles não sobrevivem. Uma vez que os crentes são descobertos (os cristãos são inaceitáveis ​​para o regime de Kim, que exige lealdade total à sua ideologia), suas famílias inteiras são enviadas para um campo de prisões.

Em publicação recente, a organização missionária divulgou relatos verídicos - usando nomes fictícios e imagens editadas - de pessoas que têm sofrido com a intensa perseguição religiosa norte-coreana.

Histórias como essas surgem como um apelo a cristãos de todo o mundo, para que cumpram a ordenança exposta na carta aos Hebreus, capítulo 13, versículo 3, que diz: "Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo".

Um "processo de tortura, espancamento e insônia"

O refugiado norte-coreano John Cho escapou de seu país de origem, mas foi pego na China e repatriado de volta à Coreia do Norte. Ele tinha 15 anos quando foi preso no Centro de Inteligência Nacional da Coreia do Norte. Ele descreve sua experiência como um "processo de tortura, espancamento e insônia".

"Havia mais de 50 pessoas em uma cela. O espaço era tão pequeno que tínhamos de nos apoiarmos nas costas uns dos outros. Recebemos uma pequena quantidade de sopa de macarrão para cada refeição - não precisava de colher nem garfo. Um guarda me disse: 'Você pode entrar neste lugar por conta própria. Mas se você permanecer vivo, no caminho de volta, precisará de uma carona de alguém", contou Cho.

"Na minha primeira noite, notei que o homem encostado nas minhas costas tossia muito. De manhã, ele foi encontrado morto. Tortura e insônia lhe causaram febre alta. Os guardas ordenaram que dois homens o arrastassem para fora - era como se ele fosse um animal morto. Naquele momento, pensei: 'Vou morrer neste lugar", acrescentou.

Cho, que mora hoje no Reino Unido, diz que seu coração ainda mora com seu povo na Coreia do Norte. A aldeia onde ele nasceu fica a cerca de 320 quilômetros do Campo de Concentração de Yodok (Kwan-li-so, nº 15). O regime aprisiona as pessoas neste campo por "crimes políticos", pois ser cristão no país é considerado um crime contra a nação. Mas a maioria das famílias desses prisioneiros não têm ideia de por que ou como eles acabaram nesta prisão - muitas vezes chamadas de "inferno na terra".

O mundo sabe?

Para a maioria das pessoas, as histórias dentro desses campos de prisão continuam sem ser contadas. Mas como esse período trágico da história na Coreia do Norte chegará ao fim?

Cho, que costuma compartilhar sua história de ter crescido na Coreia do Norte, diz que muitas pessoas fizeram essa pergunta a ele. Ele reflete sobre seu êxodo de sua terra natal para a China e para o Reino Unido.

"Ao longo do tempo, vi que existem fortes raízes cristãs em Pyongyang [a capital da Coreia do Norte], e acredito que isso indica que haverá um tempo de reavivamento, como ocorreu na cidade em 1907. Mas os planos e a preparação estão nas mãos de Deus", afirmou.

Cho nos traz de volta à história do Êxodo hebreu com Moisés e sobre como, com o poder de Deus, aquele homem levou os hebreus para fora das trevas da escravidão do Egito.

"O povo norte-coreano vive na opressão e na escuridão", diz Cho. "Mas um dia Deus os levará à luz e à liberdade".

* nomes e imagens representativos usados ​​por razões de segurança.

Fonte: Guia-Me

95 presos entregam suas vidas a Cristo em Uganda: 'Melhor dia'

A sociedade pode pretender que a prisão seja um lugar de retaliação e correção, mas muito mais que isso, Deus pode usar essa situação como um lugar de refinamento e transformação.

Os presos da prisão de Murchison Bay, Luzira, subúrbio de Kampala, capital de Uganda, encontram Cristo atrás das grades.

Dezenas deles receberam a salvação e mudaram suas vidas, durante o programa de evangelização organizado por uma estação de rádio cristã.

A iniciativa foi realizada em parceria com a Wells of Hope, uma organização sem fins lucrativos que atende às necessidades dos presos e de suas famílias, com grande atenção sendo dada às crianças com pais na prisão.

A prisão Murchison Bay abriga detentos condenados e sentenciados, além de suspeitos que aguardam julgamento.

Apesar do passado, o chefe de vendas e marketing da 104.1 Power FM, Henry Katongole, que proferiu um sermão durante a visita, acredita que os 95 presos que deram suas vidas a Cristo têm uma nova identidade e um novo relacionamento com o Salvador.

Segundo Wells of Hope, as visitas anuais buscam dar esperança e oportunidade para a transformação dos reclusos - e os incentivam a dar suas vidas a Deus.

Eles também visam garantir que os crentes na prisão se tornem discípulos da igreja e levam os não crentes a terem fé em Jesus como Senhor e Salvador.

Vidas transformadas apontam a atenção de todos para Deus. Essa é uma das maiores motivações que a 104.1 Power FM tem quando envolvida no ministério de prisão.

Eles compartilham a Bíblia em um formato que os presos podem entender facilmente, e chega aos detidos alfabetizados e analfabetos.

Juntaram-se à estação de rádio artistas do Evangelho, incluindo John Marie Ssengendo, que se juntou ao coral de Murchison Bay durante louvor e adoração.

"Ninguém mais, exceto Deus, é responsável pela reviravolta milagrosa na vida dos reclusos", afirmou o grupo.

Futuro com Jesus

“Deus não desiste dos que estão na prisão, mas os persegue em amor. O passado de uma pessoa não precisa ditar seu futuro. Mesmo um ex-criminoso, se ele aprendeu com seus erros e renunciou a seus pecados, pode se tornar um grande líder nas mãos de Deus", disse o pastor.

Durante a visita da delegacia à prisão de Kigo em 2011, o então vice-oficial encarregado, Bosco Oburu, admitiu: “Este é o melhor dia como oficial encarregado; ver esses prisioneiros aceitarem Jesus e desejarem se tornar pessoas melhores é um sinal de que estamos progredindo.”

Os presos podem vir para a prisão como criminosos, ele disse, mas ele viu muitos deles deixarem o estudo da Bíblia como homens livres.

"Vítimas esquecidas" do crime

Antes de falar com o Uganda Christian News, Kyomuhendo Ssuubi, diretora do Wells of Hope, disse que as crianças têm reações piores à prisão dos pais se seus cuidadores ficarem presos por longos períodos de tempo ou em contextos sociais mais punitivos.

“Estamos tentando garantir que os filhos de prisioneiros sejam considerados como tribunais e estabeleçam a penalidade máxima para os pais condenados. Depois que essa mãe ou pai foi preso, o tribunal não se preocupa com quem vai cuidar dos filhos”, disse.

“Eles nem perguntam quantos filhos essa pessoa tem ou quem é o próximo a gostar. Então, estamos tentando advogar essas mudanças”, declarou Kyomuhendo.

O Wells of Hope Ministries foi fundado em 2002 na Prisão Luzira, na baía de Murchison, pelo marido da Sra. Kyomuhendo, Francis Ssuubi, onde foi preso por um período de 68 dias. Mais tarde, ele foi absolvido depois que as acusações foram retiradas.

Enquanto estava na prisão, ele escreveu o conceito Wells of Hope. Ele descobriu que a maior preocupação dos presos é a situação de suas famílias que eles deixaram para trás, especialmente os filhos.

Fonte: Guia-Me

Professor admite que fraudou estudos para promover ideologia de gênero: "Eu inventei"

Christopher Dummitt é um historiador de gênero no Canadá e autor de “O homem moderno: masculinidade nos anos do pós-guerra”. Nos últimos 20 anos, ele tentou provar que não havia sexo, que a identidade sexual era apenas uma construção social baseada no poder, levando à opressão e à desigualdade. Hoje ele admite: “Estava errado e que houve fraude em seus ensinamentos”.

"Se eu soubesse, há 20 anos, que meu lado nas guerras ideológicas sobre gênero e sexo venceria tão decisivamente, eu ficaria em êxtase", escreve Christopher Dummitt no site Quillette.

Atualmente, ele é presidente do Departamento de Estudos Canadenses da Universidade de Trent, em Peterborough, Ontário.

Ele descreve como os estudos de gênero assumiram os departamentos de história da América do Norte nos anos 90. “Cada um desses campos compartilhava a mesma visão de mundo que eu - que praticamente toda identidade era uma construção social. E essa identidade era toda sobre poder”, observa ele.

Seu zelo por sua posição era incomparável. "Não há nada tão certo como um estudante de pós-graduação armado com uma preciosa experiência de vida e uma grande ideia", confessa.

Dummitt percebeu que pessoas fora do mundo acadêmico discordavam dele. "Quase ninguém que não havia sido exposto a tais teorias em uma universidade conseguiu acreditar que o sexo era uma construção social, porque essas crenças eram contrárias ao senso comum".

Mas mesmo ele está surpreso com a velocidade impressionante da reviravolta cultural, usando essa lógica defeituosa.

“Agora minha grande ideia está em todo lugar. Isso aparece especialmente nos pontos de discussão sobre direitos de trans e políticas relacionadas a atletas trans no esporte. Está sendo escrito em leis que ameaçam essencialmente repercussões para quem sugere que o sexo pode ser uma realidade biológica”, observa ele.

Agora ele oferece um "mea culpa" por seu papel nisso, "uma crítica detalhada sobre por que eu estava errado na época e por que os construcionistas sociais radicais estão errados agora. Certa vez, argumentei os mesmos argumentos que eles agora apresentam e, portanto, sei como eles estão enganados.”

Discípulos do engano

Depois que Dummitt terminou seu doutorado em história de gênero, ele publicou um livro sobre o assunto, The Manly Modern, em 2007. Cinco estudos de caso de meados do século XX sobre os aspectos masculinos da sociedade formam o coração do livro.

Agora ele diz que tem vergonha de alguns conteúdos, especialmente dois de seus estudos de caso.

Embora o livro não tenha ganhado nenhum prêmio, logo foi citado por outros estudiosos que escreveram sobre a história da masculinidade.

Ele escreveu outro artigo influente sobre a conexão entre homens e churrasco - também citado por acadêmicos. “Muitos jovens estudantes universitários, primeiro aprendendo sobre a história do Canadá, foram forçados a ler esse artigo para aprender sobre a história de gênero - e a construção social de gênero.

“O problema é: eu estava errado. Ou, para ser um pouco mais preciso, entendi as coisas parcialmente. Mas então, para o resto, eu basicamente inventei”, confessa Dummit.

Mas Dummit não foi o único fraudador nos estudos de gênero. “Todo mundo estava inventando (e está). É assim que o campo dos estudos de gênero funciona", observa ele.

Em sua postura pública, ele estava zangado e assertivo sobre o que achava que sabia. "Era para esconder o fato de que, em um nível muito básico, eu não tinha provas de parte do que estava dizendo. E é isso que torna tão decepcionante ver que os pontos de vista que eu costumava argumentar com tanto fervor - e com tanta base - agora são aceitos por muitos na sociedade em geral".

Na pesquisa de Dummitt, ele procurou encontrar uma explicação para a maneira como os canadenses do pós-guerra falavam sobre homens e mulheres. "Eu tinha respostas, mas não as encontrei na minha pesquisa primária. Eles vieram de minhas crenças ideológicas”, observa ele.

Ele diz que seus colegas estudiosos adotaram a mesma abordagem - e ainda o fazem. "Isso é o que era e é: um conjunto de crenças pré-formadas que são incorporadas à penumbra disciplinar dos estudos de gênero."

"Minha pesquisa não provou nada de qualquer maneira. Apenas assumi que o gênero era uma construção social e procedi nessa base”, conta.

Ele se refere ao mundo isolado da academia como um silo. “Eu nunca me envolvi, pelo menos não seriamente, com alguém que sugerisse o contrário. E ninguém, em nenhum momento dos meus estudos de pós-graduação, ou na revisão por pares, sugeriu o contrário - exceto em conversas, geralmente fora da academia. E, portanto, nunca fui forçado a enfrentar explicações alternativas, de orientação biológica, que eram pelo menos tão plausíveis quanto a hipótese de que eu me vestia com o ar da certeza", declara.

A certa altura, começaram a surgir dúvidas em seu pensamento. Por quanto tempo a profissão poderia continuar se expandindo simplesmente adicionando mais e mais tipos de opressão? Certamente, em algum momento, a história seria realmente abrangente, ele pensou.

Fraudes

Em 2009, Dummitt publicou um livro com um ensaio intitulado "After Inclusiveness", afirmando esse ponto. Enquanto muitos em sua profissão admitiram em particular que ele estava certo, ninguém diria isso publicamente.

“Para reiterar: o problema era e é que eu estava inventando tudo. Essas eram suposições educadas que eu estava oferecendo. Eles eram hipóteses. Talvez eu estivesse certo. Mas nem eu, nem qualquer outra pessoa, jamais pensamos em examinar o que escrevi.

Gênero era realmente sobre poder? Para provar seus argumentos em seus escritos, ele citou outros estudiosos que disseram que sim. “Ajudou [o fato de] os nomes deles serem franceses e eles fossem filósofos. O trabalho de um sociólogo australiano, R. W. Connell, também ajudou. Ele argumentou que a masculinidade era principalmente sobre poder... Na realidade, seu trabalho não provou isso; extrapolou plausivelmente a partir de pequenos estudos de caso, como eu havia feito. Então eu citei Connell. E outros me citaram. E é assim que você ‘prova’ que o gênero é uma construção social e tudo sobre poder."

A bolsa de estudos fraudulenta desenvolvida no ambiente acadêmico e promovida por Hollywood agora está encontrando seu caminho na estrutura política e legal. “Meu raciocínio falho e outras bolsas de estudos que usam o mesmo pensamento defeituoso agora estão sendo adotadas por ativistas e governos para legislar um novo código moral de conduta’, diz.

“Uma coisa era quando eu estava bebendo com colegas de pós-graduação e brigando no mundo inconsequente de nossos próprios egos. Mas agora muito mais está em jogo. Eu gostaria de poder dizer que a bolsa de estudos se tornou melhor - as regras de evidência e a revisão por pares mais exigentes. Mas a realidade é que a atual aceitação quase total do construtivismo social em certos círculos parece mais o resultado de mudanças demográficas na academia, com certos pontos de vista dominando ainda mais do que no meu auge da graduação”, declara.

“Até que tenhamos estudos seriamente críticos e ideologicamente divergentes sobre sexo e gênero - até que a revisão por pares possa ser algo mais do que uma forma de triagem ideológica em grupo -, deveremos ser muito céticos de fato sobre muito do que conta como ‘experiência’ em construção social de sexo e gênero", defende.

Disforia de gênero

Segundo a psicóloga cristã Marisa Lobo, a confissão de Christopher Dummit não é novidade, pois “a ideologia de gênero é mentira, e aqueles que a defendem inventam e militam social e culturalmente para promover o tema”. Autora de livros que falam sobre o assunto, Marisa diz que é “por isso a que gente vive descontruindo a ideologia de gênero.”

Marisa Lobo diz ainda que eles querem quebrar o paradigma de que homem nasce homem e mulher nasce mulher para contestar religiões e a sociedade, pois querem ter o direito de viver como querem, mas que isso não pode afetar as crianças.

A psicóloga diz que as crianças acabam sofrendo assédio moral, psicológico e acabam sofrendo com doenças mentais. “As pessoas têm o direito de fazer o que quiserem, mas essa interferência na infância está causando uma patologia chamada disforia de gênero. É contra isso que a gente luta”, explicou.

Fonte: Guia-Me

Mais de 5.000 cristãos chegam a Jerusalém para a Festa dos Tabernáculos

Na próxima semana, mais de 5.000 cristãos de quase 100 países chegarão a Jerusalém para participar da 40ª festa anual da Festa dos Tabernáculos, patrocinada pela Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém.

As festividades de uma semana acontecerão de 13 a 18 de outubro e constituirão mais uma vez a maior reunião cristã em Israel este ano e a maior missão de solidariedade a Israel em 2019.

“Nos últimos quarenta anos, testemunhamos milhares de cristãos de países próximos e distantes que vêm a Jerusalém para a Festa dos Tabernáculos todos os anos, nos bons e nos tempos difíceis”, disse o presidente do ICEJ, Dr. Jürgen Bühler.

“Com esse registro de sucesso sustentado, parece claro que a antiga tradição dos gentios se unindo ao povo judeu em Jerusalém para Succot foi revivida nos tempos modernos. Estamos realmente empolgados em receber os coloridos grupos de peregrinos deste ano de todo o mundo”, declarou.

O 40º encontro anual da Festa começará na noite de domingo, 13 de outubro, com uma refeição e concerto ao ar livre no oásis de Ein Gedi, ao longo das margens do mar Morto.

O festival se muda para Jerusalém pelo resto da semana de Succot, com a maioria dos eventos realizados na Arena Pais de Jerusalém. Outros destaques incluem a popular Marcha de Jerusalém pelas ruas da capital na quinta-feira à tarde (17/10), a tradicional Noite de Convidados Israelenses naquela mesma noite e uma Vigília de Oração final na histórica Torre de Davi, dentro da cidade velha murada (18/10).

O evento anual mais popular para visitantes cristãos em Israel, a Festa do ICEJ deve injetar cerca de US$ 18 a US$ 20 milhões na economia local de Israel.

Nas últimas quatro décadas, a celebração cristã de Succot reuniu literalmente milhões de cristãos e judeus durante este festival bíblico único de gratidão e alegria.

Dezenas de peregrinos da festa de todos os cantos do globo foram muito enriquecidos pela experiência dinâmica de adoração e seus encontros diretos com o povo e a Terra de Israel.

O programa da Festa deste ano apresentará uma apresentação especial sobre o ICEJ, alcançando um marco em ajudar mais de 150.000 judeus a fazer a Aliá em Israel desde a sua fundação em 1980.

A Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém foi estabelecida durante a primeira celebração cristã da Festa dos Tabernáculos, em setembro de 1980, numa época em que as últimas treze embaixadas nacionais haviam acabado de sair de Jerusalém para Tel Aviv.

Em resposta, mais de 1.000 cristãos de 32 nações que participaram do primeiro encontro da festa decidiram abrir a Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém como um ato de solidariedade com o apego judeu de 3000 anos de idade a esta cidade. Desde então, o ICEJ tornou-se o maior ministério sionista cristão do mundo, com filiais em mais de 90 países e alcançando mais de 170 nações em todo o mundo.

Fonte: Guia-Me

Atleta é multado por usar faixa na cabeça com a inscrição "Homem de Deus"

Um jogador do time New Orleans Saints, de futebol americano, foi multado em cerca de 7.000 dólares por usar uma faixa na cabeça durante o jogo de domingo passado, com a inscrição "Homem de Deus".

Demario Davis, de 30 anos, capitão do Saints, escolhido pela terceira rodada pelo New York Jets no draft de 2012, comunicou em seu perfil do Instagram que foi multado em 7.017 dólares pela Liga de Futebol Americano por uma "infração de uniforme".

A "infração" ocorreu na vitória do Saints sobre o Seattle Seahawks por 33 a 27 no dia 22 de setembro. Davis usava uma faixa dourada com a inscrição "Homem de Deus" em letras pretas na frente, embaixo do capacete.

A faixa da cabeça ficou visível nos momentos em que Davis tirou o capacete.

Davis e sua faixa de cabeça também foram destaque em um vídeo que o Saints publicou no YouTube antes do jogo em Seattle, mostrando Davis celebrando com seus companheiros de equipe durante uma conversa antes do jogo.

A liga tem sido historicamente rigorosa quando se trata de policiar o que os jogadores podem usar com seus uniformes do dia do jogo.

De acordo com o código de vestimenta da liga, os jogadores não estão autorizados a usar bandanas ou bonés não aprovados em campo, mesmo que estejam sob o capacete.

Além disso, os jogadores são impedidos de usar ou exibir "mensagens pessoais", a menos que as mensagens tenham sido previamente aprovadas pelo escritório da liga.

"Então, eu fui multado em US $ 7 mil pela minha faixa na cabeça. Devo continuar usando ou não?", Davis perguntou a seus seguidores do Instagram, adicionando a hashtag "#LetThePeopleDecide" ("#DeixeOPovoDecidir").

Em conflito

Davis disse à Fox Business nesta semana que ficou surpreso com a multa, porque já havia usado outras vezes antes e não havia sido notificado.

"Eu não esperava a multa porque já havia usado a faixa para a cabeça antes, mas depois que percebi que era contra as regras, fiquei em uma posição conflitante", explicou Davis. "Devo continuar a usá-la por causa das mensagens ou devo seguir a regra? O que traria a glória suprema a Deus?".

Uma multa mínima para uma segunda ofensa é superior a US $ 14.000. De acordo com o site Nola.com, Davis não usou a faixa para a cabeça no jogo de domingo à noite, contra o Dallas Cowboys, posteriormente à multa.

Davis disse ao Nola.com que não estava "totalmente ciente" da política de códigos de vestimenta da NFL que proíbe mensagens pessoais não aprovadas. Sua intenção, disse ele, era "ajudar os fãs que se preocupam com o jogo a entender uma parte mais complexa do jogo".

Davis é casado e pai de quatro filhos, é um dos jogadores mais abertos da liga quando se trata de sua fé cristã. Em sua conta no Instagram, ele diz acima de tudo em sua vida que ele é um "servo de Deus!".

A Associated Press informou em 2014 que Davis "estuda a Bíblia e a tem como seu manual".

Em uma entrevista à AP sobre sua liderança em campo em 2014, Davis enfatizou que sua fé sempre será a parte mais importante de sua liderança em campo.

"Eu era um líder fora de campo nessa equipe, antes de ser um líder em campo. Eu queria que meu caráter falasse por mim antes mesmo de pisar em campo", disse Davis na época. "Eu queria que os caras soubessem que coloquei Deus em primeiro lugar, coloquei minha família em segundo e coloquei o futebol em terceiro".

Davis é conhecido como um dos linebackers mais confiáveis ​​da Liga de Futebol Americano.

Fonte: Guia-Me

Milhões de judeus no mundo oram por perdão no Yom Kipur

Milhões de judeus ao redor do mundo estão preparando seus corações e mentes para o dia mais sagrado do calendário judaico, o Yom Kipur, ou o Dia da Expiação.

O Yom Kipur começa na noite desta terça-feira, 8 de outubro e termina na quarta-feira à noite, 9 de outubro. O Yom Kipur é um dia solene de oração e jejum.

Em Israel, o país inteiro para por 25 horas enquanto os judeus vão às sinagogas com suas famílias para pedir a Deus que os perdoe e a todo o povo judeu por seus pecados.

As estradas se fecham e as rodovias ficam silenciosas em observação deste dia sagrado. O Aeroporto Internacional Ben Gurion sofre um hiato de um dia, juntamente com televisão e rádio.

Enquanto o país ora e jejua, a polícia e os paramédicos estarão atentos para responder a quaisquer chamadas de emergência.

O Yom Kipur está marcado para começar às 17h40 da terça-feira em Jerusalém e 17:55 em Tel Aviv. Terminará na quarta-feira às 18h51 e 18:53 respectivamente.

Durante esse período, os judeus oram o "Viddui", uma oração de arrependimento e um pedido de perdão.

Mais de 1,5 milhão de pessoas se reuniram no Muro das Lamentações em Jerusalém no último mês para se preparar para o Yom Kipur e os outros feriados judaicos.

Na segunda-feira, mais de 100.000 pessoas foram à praça do Muro das Lamentações para um Slichot Service tarde da noite. O slichot são orações penitenciais judaicas e poemas recitados antes do Yom Kipur.

"Foi uma experiência emocionante ver os fiéis chegando aqui, a todas as horas do dia e da noite, juntando-se a dezenas de milhares de estrangeiros, juntos em uma oração unificadora que pode quebrar todas as barreiras - e não há nada mais judeu do que isso, Yachad Shivtei Israel, todas as tribos de Israel juntas - possível apenas no Muro das Lamentações", disse o rabino do Muro das Lamentações, Shmuel Rabinowitz.

O Rev. David Pileggi, que serve como Reitor da Igreja de Cristo em Jerusalém, disse à CBN News que os cristãos têm algo a aprender com Yom Kippur.

"Agora temos um ditado de Jesus, não é? Diz que, se você trouxer seu presente para o altar e seu irmão tiver algo contra você, deixe seu presente no altar e vá se reconciliar com seu irmão", disse Pileggi.

“A tradição judaica diz: vá e conserte seu relacionamento com seu vizinho, com seu irmão, com seu membro da família, perdoe e depois seja reconciliado e, no dia da expiação, quando você começar a jejuar, orar e confessar, Deus ouvirá ore e perdoe você como perdoou aos outros. O ensino de Jesus e também é algo que faz parte da tradição judaica e aqui os dois se alinham muito bem", acrescentou.

Fonte: Guia-Me

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *