Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Novembro 2019
'Momo' "Eu quero ir" “Aguardo o Dia” “Casa na Rocha” “Em Casa” “Mais Alto” “Quem é esse?” “Quero Te Adorar” “We magnify his name” 10 Mandamentos 19ª edição do Grammy Latino 2018 2019 22 anos 3 Palavrinhas 360 Wayup 6 milhões 60 Minutes A Bíblia Kingstone Abaixo-assinado abandona Abílio Santana Abin abortistas aborto abortos abrigo para dependentes químicos Absolvida abusador abusar dos membros abuso infantil abuso sexual abusos sexuais Academia Acadêmicos do Sossego acampamento evangélico ação judicial Ação popular Ação social aceitaram a Jesus Acertou Mizerávi Achado Arqueológico ACI Digital acidente acidente de trânsito Acioli acordo de paz Acre acusação ad belenzinho ADAI Music Adão e Eva Adaulto Lourenço Adauto Lourenço Adilson Gigante ADO 26 adolescente adolescentes Adolf Hitler Adolf Hittler adventistas do Sétimo Dia advogados Afeganistão Africa África Africa do Sul Agenda Lgbt Airbnb Al-haram Al-sharif Al-qaeda Al-Rashid Aladdin Alagoas Alan Rick Albert Einstein Alcoolismo aldeia Kamayurá Alemanha Alerta aos pais Alex Passos Alexandra Abrantes alexandre frota Alexandre Isquierdo Aline Barros Alison Redmond-Bate alma Alphaville altares Amazon ambulância América América Latina Amor Amor de Deus Amor e Sexo amor incondicional Ana Paula Ana Paula Valadão Anápolis Anayle Sullivan Anderson Freire André Aquino André Balada Andre Fernandes André Valadão Andrea Long Chu Andrew Brunson Anel Pilatos anencefalia Anglicana Angola Anitta aniversário de casamento Anjo Anne Graham Anne Graham Lotz Anny Theyler Anti-Balaka anti-Israel anti-judaico anticristãs Anticristo Antigo Testamento Antissemitismo AoVivoPelaVida apanhar aplicativo Apocalipse apóstolo apóstolo Paulo App apresentador apresentadora Angélica Árabe Araguaína Arca da Aliança Arca de Noé Argentina Argentinos arma arma de fogo Armas Armênia armênios Arqueologia arqueólogia arqueologia bíblica Arqueologia na Bíblia arqueólogo Arquidiocese da Paraíba Arrebatamento arrecadar alimentos arrependimento Artistas Asia Asia Bibi Ásia Central AsiaNews asilo assalto assassinada assassinado assassinato do pastor assassino assédio sexual Assembleia de Deus Assembléia de Deus Assembleia de Deus no Brasil Assembleia de Deus Vitória em Cristo ataque ataque cardíaco Ataque Contra Cristãos ataque de ódio Ataque no Egito Ateísmo Atentado Atentado Terrorista Atentados Ateu Ateus Ativismo Ativismo Gay Ativismo Lgbt ativista gay Ativistas ato profético Ator Atos dos Apóstolos atriz atriz Chrissy Metz audiência Augusto Cury Augusto Heleno Ribeiro Pereira Augustus Nicodemus Augustus Nicodemus Gomes Lopes Austrália Autoajuda automutilação Autoridade Palestina auxílio-mudança avivamento Azerbaijão azul e rosa babalorixá Baby do Brasil Bahia Baleado baleou Bancada Evangélica Band Band News Banda 4Life banda Livres Banda novo som Banda Resgate banda Rosa de Saron banda Voz da Verdade Bangladesh Banheiro Transgêneros banheiros únicos barragem Barroso bate boca bateria de escola de samba Batismo batismo infantil Batismo nas Águas Batista Peniel Batista Soul batistas do Sétimo Dia batistas independentes batizado bbb bebê Bebê é abandonado bebê Jesus bebês bebida alcoólica Beit Chabad Beka Belém Belford Roxo Bélgica Belíssima Belo Horizonte Benjamin Netanyahu Bernardino Bertioga Beth Moore Bethel Bibi Bíblia Bíblia Antiga Bíblia e Ciência Bíblia Mais Antiga bíblia sagrada Bíblias. África bicicleta Big Apple Big Brother Brasil Bill Johnson Billy Graham Bird Box Bispo Bispo Edir Macedo Bispo Julian Henderson bispos Blasfêmia blasfêmia. Cristão Boas Notícias Boko Haram Bola de Neve Bolsa do Samaritano Bolsonaro bombeiros boneco Ken Sereia brad dacus Brad Hoylman Brasil Brasil Sem Aborto Brasil Urgente Brasil x Israel brasileiros Brasília Brian Houston briga de casal Britney Spears Brittni De La Mora Brumadinho Bruna Drews Bruna Karla Bruna Marquezine Bruxa bruxaria bruxos cristãos Budismo Bulgária Bunda Mole buscar a Deus Butão cabo Daciolo Cabo de Santo Agostinho Cabul caçadores de cabeça CADETINS café da manhã de oração por Jerusalém Caio Fábio calçados Hello Kitty. calçados Ipanema calçados Melissa Califórnia caloteira Câmara de Vereadores de Porto Alegre câmara dos Deputados Camarões câmera câmeras de vigilância Caminhada Caminho da Graça Campanha Campinas Canadá canal Metaforando câncer Candomblé cantor Anderson Freire cantor Eli Soares cantor gospel cantor Juliano Son Cantor Leonardo Gonçalves Cantor Robério Lima e Silva Cantor Samuel Mariano cantor Wellington Camargo Cantora Cantora Anitta cantora Daniela Araújo cantora Eyshila cantora Flordelis Cantora Gospel cantora Léa Mendonça cantora Lydia Moisés capeta escondido Caridade Carlito Paes Carlos Apolinário Carlos Bolsonaro Carlos Moisés Carlos Nadalim carnaval cartão de crédito Casa Branca Casa Civil casal gay casal pastoral casamento Casamento de Célia Sakamoto casamento gay casamentos cristãos Casos de Milagre Cassiane cassino Castidade Catedral da Fé Cativeiro Catolicismo católicos Cazaquistão CBN News Ceará Ceia de Natal celebridades Célia Soul Céline Dion celular celulares censura Centro Nacional de Exploração Sexual Centro Pentecostal Jovem Resgate Cepal cerveja Cesare Battisti céu Chance The Rapper Charles Darwin Chico Wehmuth chifres Chile China chineses Chris Pratt Christ Christian Bale Christyan Leão Cia Nissi Ciclone Cid Moreira Cidade bíblica ciência Cindy Jacobs Cinema Circulo de oração Cisjordânia Ciúmes clamor Claudia Raia Clínica Abortista clinica de aborto Clínica de Aborto clip CNBB CNN cnpj Coaching Coaf cobertura espiritual Coletes Amarelos Colômbia coluna Comandante Moisés comando vermelho Combate à Corrupção combate à pedofilia combater Comercial Comerj Comics comodoro MT comunismo Condenada conectados a Cristo Conectando Gerações Conexão Repórter Confiabilidade da Bíblia Confiança na Bíblia Conflito Congo Congrega Church congregação congregar congresso internacional de arqueologia bíblica Congresso Nacional consagração Conselho Apostólico Brasileiro Conselho Mundial de Igrejas Conselho Tutelar Conselhos de Psicologia Conservadorismo Consumo de Maconha Contra Ideologia Contra Ideologia de Gênero Convenção Batista do Sul Conversa Com Bial Conversão Coordenação de Assuntos Religiosos COORPIN Coptas coral Coral Kemuel Coreia do Norte Coréia do Norte Coreia do Sul corinthianismo Corinthians coronavírus Corrupção cova Covid-19 CPAD CPI crê em Deus Crente Bom de Bíblia 2018 Crescimento das Igrejas Criacionismo crianças Crime crime organizado Crimeia Crimes criminalidade criminalização da homofobia Cris Cyborg cristã cristã perseguida cristão cristão homofóbico Cristão Perseguido Cristão Perseguidos Cristão. Lista Mundial da Perseguição 2019 cristãos Cristãos Copta Cristãos de Jos Cristãos no Egito Cristãos no Trabalho cristãos perseguidos Cristianismo Cristo para Todas as Nações Cristóvão Colombo criticada críticas Crocodilo crucificado Crueldade Animal cruz Cruz das Almas-AL cruzada Cuba cuide de sua família culto culto ao ar livre Culto na Rua cultos Cultura de Estupro Cúpula Conservadora das Américas cura Cura de Doenças Cura de Tumor Cerebral Cura do Câncer cura gay Cura Milagrosa curadas curandeiro Cursos Cybercensura Daciolo Damares Alves dança Daniel e Samuel daniela mercury Danielle Favattoigreja Danilo Gentili Darlene Zschech Darwinismo Datafolha Datena Dave Williams. microchips Davi Davi se escondeu David Cerqueira David Owuor Dc Comics Deadpool Debate Deborah Secco decote Decreto Defesa dos Animais Deise Cipriano Deise Jacinto Delegacia de Investigações Gerais delegada Luciane Bachir Delino Marçal Deltan Dallagnol Demolidor demônio Demônios Denis Mukwege Denise cerqueira Dennis Christensen dependência quíimica ex-bruxo ex-ocultista libertação do ocultismo libertação espiritual ocultismo sair do ocultismo testemunho de conversão testemunho de fé vício em drogas deportação depressão deputada federal Flordelis Deputada Lauriete deputado federal deputado Hidekazu Takayama deputado Silas Câmara deputado Sóstenes Cavalcante Descoberta Arqueológica Descobertas Científicas Desconfinados Descriminalização da Maconha Desigrejados Deus Deus capacita os escolhidos Deus Criador Deus é Mais Deus é Mulher Deus Não Está Morto Deus Salvador deusa robô Devocional Dez Mandamentos DHPP Dia da Bíblia diabo Diante do trono Diário Oficial dicas de suicídio dicas no casamento Dilma Rousseff dilúvio Dinheiro diploma de mestre diplomação no TSE Diplomacia Direitos Humanos Disforia de Gênero Disney disparo distanciamento Distrito Federal Ditadura Dívida Divisão Divórcio dízimo DJ DJ PV DNA Doação doação de imóvel Dom Orani Tempesta Domingão do Faustão domingo Donad Trump Donald Trump Douglas Gonçalves Doutor Estranho doutrinação Dr. Milagre drag queen drag queens drive-in drogas Dudu Camargo Dupla Dupla Alisson e Neide DVD comemorativo eclipse Ecologia Edificante Edir Macedo Editora de quadrinhos Edson Celulari Eduardo Bolsonaro Eduardo Costa Eduardo Paes Eduardo Sterblitch Educação educação domiciliar Efatá Egito El Chapo Elaine Martins Eleições 2018 Eleitoras eletrocutado Eli Soares Ellen Page Elson de Assis embaixada Embaixada Brasileira Embaixador de Israel Emerson Orofino Emerson Pinheiro Emirados Árabes Unidos Emmanuel Macron empresas encontros religiosos Enem enredo ensinamentos budistas Ensino Religioso Entrevista com Deus entubada equipe de transição Erich von Däniken eritreia Ernesto Araújo erotização precoce escândalo Baby Squillo Escatologia Escavação Escócia Escola Cristã Iraque escola de samba Escola Dominical escola sem partido escolas Escolas de elite Escolas de Samba escravas sexuais escravizar fiéis esfaqueador esfaqueia espetáculo Espirito Santo Espírito Santo esposa esposa de bolsonaro esposa do presidente esquerda Esquerdismo Estadão Estado Islâmico Estado laico Estados Unidos Estatísticas esterilizações Estrada Estrela de Belém estudo estupro Etiópia Eu Não Estou Só EUA Eunício Oliveira evangelho evangélica Evangelicaorto Evangélicas evangélico Evangelicos evangélicos evangelismo Evangelismo na Rua Evangelismo Urbano evangelista Evangelização Evangéllicos Evento evento evangelístico Evidências do Cristiainsmo Evo Morales ex-atriz porno Ex-bruxa ex-cantor ex-feminista Ex-gay Ex-governador Ex-homossexual Ex-islâmico ex-líder ex-marido ex-Miss Pensilvânia Ex-muçulmano ex-muçulmanos ex-ocultista Ex-padre ex-padre Wagner Augusto Portugal Ex-pastor ex-pastor evangélico Ex-presidente Lula ex-satanista ex-vocalista da Banda IdeALL excesso de barulho Êxodo exploração sexual extraterrestre extremismo Extremismo Religioso extremistas Extremistas Islâmicos Extremistas Muçulmanos Eyshila Fabio Faria Fábio Pannunzio fábrica de tortura Fabrício da Silva Pimentel Facebook Faixa de Gaza Fake News FakeNews Fala Que Eu Te Escuto falar em público falsa igreja Falso Falso Milagre Falso pastor família Família e Direitos Humanos famílias Fantástico Fat Family Fausto Silva favorecimento Fazer Aborto Fé cristã Fé Irresistível Feira de Santana feitiços felicidade Felipe Moura Brasil feliz FM Feminismo Fenômeno fenômeno da natureza fenômeno evangélico Fernanda Brum Fernanda Lima Fernandinho Fernando Haddad Fernando Pesão Fernando Pessoa Festival The Send feto FIACONA Fica Tranquilo fichas escolares fiéis Filadélfia Filho filhos filhos são herança do Senhor Filipinas Filme Filme Cristão Filmes Filmes adultos Filosofia de Vida filósofo Fim dos Tempos financiamento Finlândia fiscalização igrejas físico brasileiro Flávia Alessandra Flávio Bolsonaro Flordelis Floresta Amazônica fofoca Fofocalizando Folha de São Paulo fome Forças Armadas Fórmula 1 Fortaleza Fórum Desembargador Mendes Wanderley Fórum Econômico Mundial Foundation França Francis Chan Francisco Razzo Frank Aguiar Frank Houston Franklin Graham Fred Instagram Frederico Figueiredo Freedom Freiras frente parlamentar evangélica From Religion Funai Fundação Bill e Melinda Gates funk funkeira Ludmilla Futebol Gabinete de Segurança Institucional Gabriel Guedes Gabriel Medina Gabriela Gomes Gabriela Hardt Gabriela Rocha gafanhotos Game of Thrones Gana Gaviões da fiel General Heleno Gênero nas Escolas gênero neutro genética Geografia Bíblica Ghar Wapsi Gideões Missionários Gideoes Missionários da Última Hora Gideões Missionários da Última Hora Gilberto Carvalho Gisele Bündchen Gislaine e Mylena Gleisi Hoffmann global Globo Globo News Globo Rural GloboNews Glória a Deus Gogue e Magogue Goiânia Google gospel Gospel for Asia governador governador do Distrito Federal governadores governo Governo Bolsonaro Governo do DF governo do Egito Grã-Bretanha Grammy Latino gravadora Musile Records grazi massafera Gregório Duvivier Grendene Gretta Vosper Greves Grupo de Lima Grupo dos 77 Grupo Especial do Rio de Janeiro Grupo Lgbt Grupo pró-aborto Grupo Record Grupos religioso Guanambi guerra Guerra interna Guerras Guilherme de Sá guitarrista Haia Hailey Hailey Baldwin Haiti Hamas Hamilton Mourão Hank Hanegraaff Harpa Cristã HB Hebrom Heidi Baker Heidi Crowter Henrique Fogaça heresia Hernandes Dias Lopes hidroxicloroquina Hillsong Hinduísmo Hino História do Cristianismo Hitler Holanda Hollywood Holocausto homem Homem de Ferro Homem-Aranha homeschooling Homicídio homofobia homoparentalidade homossexuais homossexual Homossexualidade Hong Kong horóscopo hospital hospital de Brejo Santo Hulk humor Humorista Ibaneis Rocha Ibope Idai identidade de gênero ideologia Ideologia de Espécie ideologia de esquerda ideologia de gênero IEQ igreja Igreja Adventista Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia Igreja Anglicana igreja anti-LGBT igreja Apostólica Acolhidos por Cristo Igreja Assembleia de Deus Igreja Batista Igreja Batista da Lagoinha Igreja Batista Getsêmani igreja Bethel Igreja Brasil para Cristo Igreja Catedral do Avivamento Igreja Católica Igreja Católica Apostólica Romana (icar) Igreja Cidade de Refúgio Igreja Comunidade das Nações Igreja Contra o Aborto Igreja da Cientologia Igreja da Graça Igreja da Inglaterra Igreja de Bethel igreja destruída igreja do distrito de Iara Igreja do Evangelho Quadrangular Igreja Episcopal Igreja Evangélica igreja Hillsong Igreja holandesa Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Luterana Igreja Mananciais da Barra Igreja Metodista Igreja Metodista Unida Igreja Mundial Igreja Mundial do Poder de Deus Igreja Ortodoxa Igreja Ortodoxa Ucraniana Igreja Pentecostal Tempo de Milagres igreja perseguida Igreja Presbiteriana Igreja Presbiteriana de Cruzeiro do Sul Igreja Profetizando as Nações Igreja Quadrangular Igreja Renascer Igreja Rocha Eterna Igreja São Thomas Igreja Universal Igreja Universal do Reino de Deus igrejas Igrejas alemãs Igrejas domésticas igrejas evangelica Igrejas Evangélicas Igrejas evangélicas Alemanha igrejas licença Igualdade Racial ilegais ilustrações do reino de Deus imã Ahmed al-Tayeb Imagem de Cristo imagem de Jesus imbecil IMPD impostos Imran Khan Incêndio incesto indenização Índia indígenas índios Indonésia infância Inglaterra Insetos Instagram instituto Barna Instituto de Templo Instituto do Templo Inteligência e Fé intercessão Internacional International Christian Concern internet intolerância religiosa investigação Irã Iranianos Iraque Irlanda Irmandade Muçulmana Isabella Chow Isadora Pompeo Isaias Jr Isis Valverde Islã Islâmicos islamismo Islamização Israel Israel Salazar Israel x Palestina Italia Itália Itamaraty IURD Ivanir dos Santos ivermctina J.d. Greear Já Ouço o Rugido Jacarezinho Jacira Cabral Jair Bolsonaro Jair Bolsonro Jair Messias Bolsonaro James Cowan James Faulkner Jamie Shupe jandira feghali Japão Jay Santana Jean Wyllys jejum islâmico Jenna Presley Jerry Falwell Jr. Jersualém Jerusalém Jesus Jesus Copy Jesus Cristo Jezabel Jihad Jim Caviezel Jim Howard Jimmy Evans Jó – Midian Lima João Campos João de Deus Joaquim Alves joel dahl Johan Huibers John Allen Chau John Bevere John Bolton John Chau Joice Hasselmann Jojo Todynho Jonathan Nemer Jordânia Jorge Viana Jornada Mundial da Juventude jornal Jornal Nacional jornalista Milly Lacombe José de Abreu Josimar Salum Josué Valandro Josué Valandro Jr. Jovem jovem cristã Jovem Pan Jovens Jovens Cristãos Joyce Meyer Juan Guaidó juanribe pagliarim Judaismo Judaísmo Judeus Judith Butler Juiz Juiz Marcelo Bretas Juiz Sérgio Moro Juíza juíza Diana Brunstein juíza Maria Lucinda da Costa juízes Julgo Juliana Paes Junior Trovão Juristas Justiça Justiça do Trabalho justiça federal Justin Bieber Justin Welby Kamille Ribeiro Kantar Ibope Kanye West Kauã Salles Kemilly Santos ken hickam Kevin Sorbo Kim jong un Kim Yo-Jong Kingstone kit gay Kleber Lucas lacração ladrões Lady Gaga Lagoinha Lana Del Rey Lançamentos Lanna Holder laos Las Vegas Latino Lauriete Lauriete Leonel Ximenez Lava Jato Léa Mendonça Leandro Karnal Legalização da Maconha Legalização do Aborto Lei Lei Civil Lei Rouanet lenços verdes Léo Áqulia Leo Dias leões Leonardo Gonçalves LGBT LGBTI LGBTI+ LGBTQ LGBTs libanês Líbano Liberação da Maconha Liberalismo Teológico Liberdade de Expressão Liberdade religiosa libertação Líbia Líder de seita líder do islã Líder Evangélico liderança Líderes Evangélicos Líderes Religiosos Liga Árabe Lindbergh Farias Língua Portuguesa linguagem corporal de Flordelis linguagens de sinais Línguas Estranhas Linhares lista de livros evangélicos 2018 Lista Mundial da Perseguição Lista Mundial da Perseguição 2019 Lito Atalaia livramento Livro Livros Liz Lane Loja Londres Lotz Louie Giglio Louvor e Adoração lua de sangue Luã Freitas Luanda Luca Martini Lucas Lucas Santos Luciana Gimenzes Luciano Huck LUCIANO SUBIRÁ Lúcifer Ludmila Ferber Lugar Secreto Luiz Hermínio Luiz Inácio Luiz Inácio Lula da Silva Luiz Sayão Lula Luma Elpidio luteranos Mackenzie Maçonaria Maconha Maconha Não macumba Maduro mãe Mãe de El Chapo Magno Malta Magno Malta e Lauriete Maioridade Penal mais lido 2018 Mais médicos Malásia Malhação mandato mandato ilegal mansão Manuela D'ávila Manuscritos do Mar Morto Maomé Mar Morto Mara Maravilha Maranhão marcelo calero Marcelo Crivella Marcelo Freixo Marcelo Gleiser Marcha Marcha na Argentina Marcha para Jesus Marcha pela Vida marchas Marco Feliciano Marcos Freire Marcos Madaleno Marcos Mion Marechal Cândido Rondon Mariana Valadão Maricá marido Mario Bramnick Mario de Oliveira Marisa Lobo Marisa Lobo Psicóloga Marisa Papen Marrocos marroquino Marvel Marxismo Cultural marxistas máscara MasterChef Mauricio de Souza Maurício de Souza Mauro Souza maus tratos Max Lucado MBL MC Pocahontas McDonald’s MEC meca medicina médicos Mediunidade medo megaigreja meio cristão Melhor Álbum de Música Cristã Melissa Joan Hart membro Menina rosa Menino azul menores menores de 14 anos mensagem mercado de streaming mesquita mesquitas Messias Mianmar Michel Temer Michele do Carmo de Souza michelle bolsonaro michelle de paula bolsonaro Migração Mike Pence Mike Vieira Mikkelson milagre Milagres ministério “Underground Resistance” Ministério da Cidadania Ministério da Justiça Ministério da Mulher Ministério das Relações Exteriores ministério de louvor da Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (SP) Ministério dos Direitos Humanos ministério Dunamis Ministério Mananciais Ministério Nova Jerusalém Ministério Portas Abertas Ministério Público Ministério Público Federal ministérios. ministra da Mulher Família e Direitos Humanos Ministra Damares Ministra Damares Alves Ministro ministro Augusto Heleno Ministro Dias Toffoli ministro evangélico Ministro Marco Aurélio Mello ministro Marcos Pontes Ministros Mirele Peixoto Souza Teodoro Missão Portas Abertas missas Missionária Missionária Camila Barros Missionário Missionários Missões Missouri miticismo Mitologia MK Music Mobile Moçambique Mogi das Cruzes Moisés Mongólia monte Monte do Templo Moradores de rua Moro Morreu morte morte de pastor mortos Moscou Movimento Lgbt MPES muçulmano muçulmanos Mudança da Embaixada Mudança de sexo Mulher mulher cega Mulheres mulheres cristãs Música Musica Gospel Música Gospel Musical Musile Records Nações Unidas Namibe não se meta com meus filhos Nascimento de Jesus Nasrat Mohamed Jamil Natal Natália Araújo National Geographic Native Tongue naxalitas Nazaré NCOSE Neal McDonough Neemias Nego do Borel neopentecostais NetFlix neto de Billy Graham Nevada Neymar Nicolás Maduro Nicole Kidman Níger Nigéria Nigeriano Nívea Soares Nobel da Paz nota oficial Nova Friburgo Nova York novela Novelas Novo Testamento O Milagre da Fé o outro lado do paraíso O Seredo dos Deuses Oakland obras ou pela graça Obreiro obrigações fiscais de igrejas ocorrência policial ofensa oferta Oklahoma Ong Cristã Ongs ONU ONU Mulheres Onxy Lorenzoni Onyx Lorenzoni OPBB-SP Operação Lava Jato opositora oração orações Ordem dos Pastores Batistas Organização das Nações Unidas Oriente Médio Os Incríveis os Pingos nos Is Ousado Amor – Isaías Saad outros deuses Pabllo Vittar Paciência pacific justice institute Pacto de Migração pacto diabo padre Padre Alessandro Campos Padre católico gay padre Marcelo Rossi Padre Quevedo padres Paganismo páginas da vida pai pai de vítima pais biológicos Palácio da Alvorada Palácio do Planalto Palavra de Deus Palestina palestinos Panamá pandemia Pânico panos ungidos Pantera Negra pão diário Papa Francisco Papai Noel Paquistão Paquistãom Suprema Corte do Paquistão Parada do Orgulho LGBT Parada Gay parada LGBTQ Paraíba paralisia facial Paranoá paris parlamento britânico Parlamento e Fé Partido Comunista Partido Comunista Chinês Partido Comunista da China Partido dos trabalhadores partidos de esquerda Páscoa passaporte diplomático Passion Pastor Pastor Adir Neto Teodoro pastor Alph Lukau pastor Anderson do Carmo pastor Anderson do Carmo de Souza Pastor Antonio Rocquemore pastor Carlos Moyses pastor e advogado Adir Neto Teodoro pastor Felippe Valadão Pastor George Pastor Geraldo Mangela pastor Hueslen Santos pastor isidório pastor Jim Jones Pastor Joaquim Barbosa pastor Leonardo Sale Pastor Lucas Pastor Manuel Marcos Pastor Marco Feliciano pastor Melqui Gomes pastor Odilon Santos Pastor Reuel pastor Rinaldi Digílio pastor Robert Hood pastor Rusty George Pastor Samuel Mariano Pastor Samuel Olson Pastor Silas Malafaia pastor Takayama Pastor Tiago Brunet pastora Pastores pastores de cabra fulanis Pat Allerton Paternidade Patriarca Kirill Patricia Lelis patrimônio da humanidade Paula Fernandes Paulo Freire Paulo Guedes pauta de costumes paz e vida Pcdob PEC pecado pecados pediatra pedido de desculpas pedofilia Pedra Beka pensamento Pensão alimentícia Pentateuco Pentecostes Pequim perda do filho perdão perguntas ofensivas Perlla Pernambuco Perseguição perseguição religiosa personagem gay pesquisa Pesquisas Petista Petrobrás Petrolão Pew Research Center Phatrícia Carvalho Philip Metschan Phillip Blair Piauí Pilar do Sul Pilatos pintor preso piscina Pixar Animation Studios Plano de Governo Plano do diabo Plano do diábo PM Pobreza extrema Pode Voar Polêmicas Polícia Polícia Civil Polícia Civil do Rio Polícia Federal Polícia Militar Policiais militares poligamia politica política políticos Pôncio Pilatos Pônico Pilatos população condena pornografia pornografia infantil Porta das Ovelhas porta de igreja Porta dos Fundos Portas Abertas portas dos fundos pós-morte pós-quarentena Posse do Presidente Posse Presidencial Pr Luan Santos praças Prb prefeito prefeitura prefeituras Pregação Pregação Contra Aborto pregador de internet pregador voador Pregadores pregadores modinha Prem Baba Prêmio Nobel Presbiteriana presépio Presépio Satanista Satanismo Presidência presidência no Congresso Presidente presidente da Rússia presidente jair bolsonaro presidente Jovenel Moise presidente Michel Temer presidente norte-americano Preso presos primeira filha Primeira-dama prisão Priscilla Alcantara prisões iranianas pró-vida processo processo judicial Processos judiciais procuradoria geral da república profecia Profecias professor professores Programa Fantástico Progressismo proibir Projeto de Lei Propaganda propina Proposta de Emenda à Constituição prostituição protestantes Protestantismo protestos Provérbio X psicóloga evangélica PSL PT Punjab Pure Flix Puritanismo Pyong Lee quarentena queda de helicóptero Quem é Você? Quênia Qumran R. R. Soares R.R. Soares R$ 28 Rabinos racismo radicais rádio Rádio Estadão FM rádio evangélica Rádio Gospel Rádio Jovem Pan Rádio Vida radios gospel Rafael Novarine Rafael Octavio Rafael Octávio Ramadã Rap Rap Gospel do Brasil ratinho Real Life Church Rebeca Nemer receita federal Recep Tayyip Erdogan Recife record Record News Record TV Rede Bandeirantes rede globo Rede Record Rede TV Redes Sociais reencarnação reforma da previdência reforma tributária refugiados Regensburger Domspatzen regularização rei da matemática Rei Davi Reinhard Bonnke Reino Unido Reis Magos Relacionados Relações exteriores religião religião islâmica religião no futebol religiões religiões de origem africana Religiosidade religiosos Religiosos palestinos Renan Calheiros Renascer Praise Renato Cardoso repartições públicas réplica república centro-africa República Centro-Africana ressucita Ressurreição restaurar Reuel Bernardino Revista Época RFID Ricardo Boechat Ricardo Lewandowski Ricardo Vélez Rodriguez Rio de Janeiro Rio Jordão Riqueza rituais rituais religiosos Roberta Miranda Roberto Requião Rock Cristão Rock in Rio 2019 Rodolfo Abrantes rodovia Castelo Branco Rodrigo Duterte Rodrigo Maia rodrigo silva Roma Romualdo Panceiro Ronald McDonald’s Ronaldo Caiado Ronaldo Ésper Rosa de Saron Rosânia Rocha Roubo Rua Azusa Rumores de Guerras Russia Rússia ryan coleman Sabrina Bittencourt Salmo 91 Salmos Salvador Sam Henrique Samuel Malafaia Sandra Terena Sandro Frederico da Silva Sandy Santa Catarina Santiago Chile Santo São Paulo Sarah Farias Sarah Sheeva Satanás satanismo filosófico satanistas Saul SBT SBT Silvio Santos Schumacher Se Eu Me Humilhar – Discopraise sê tu uma bênção Secularismo Secularismo na Igreja seguidores de Cristo Segunda Instância segundo casamento segundo sol Segurança pública Sei Que Estás Comigo seita seita Cientologia seminários Senado Senado Federal senador estadual Senegal sente as pessoas Separação sequestrado Sérgio Cabral Sergio Knust Sergio Moro Sérgio Moro Séries de Tv Sermão sertanejo Sertãozinho Sharran Sheikh Hasina signos Silas Câmara Silas Malafaia Silvio Santos símbolos nazistas símbolos religiosos Simone Simone e Samaria Sindicalistas síndrome de down sinos Sionismo Síria Smartphones sobrenatural socialismo Sociedade Bíblica do Brasil Sodoma e Gomorra Solstício de Inverno Som da Minha Vida Sony Music Gospel Sorocaba Southern Baptist Convention Stan Lee startup DVFLIX Steve Campbell STF sucesso Suicídio Suicído Super Drags Super Interessante Super-herói Superação Supernatural Superpop suplica Suprema Corte Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal (STF) Surdos Surf Suzano Switchfoot Talita Cipriano Tamrazyan tanque de Betesda Tatá Werneck tatuagem Teatro Teleton Templo de Salomão Templo dos Anjos Téo Hayashi Teocracia teólogas feministas Teologia teologia da prosperidade teólogo Ricardo Velez Rodriguez Teoria da Conspiração Teoria da Evolução Terceiro Gênero Terceiro Templo Teresinha Neves Teresópolis Terra Santa Terrorismo Terrorismo Islâmico Terrorista Terroristas Testemunha de Jeová testemunhar Testemunhas de Jeová Testemunho Testemunho Cristão Testemunho de Fé Testemunhos Tetelestai Thaila Ayala Thalles Roberto Thammy Gretchen The Noite The noite. SBT The send The Send Brasil Theodore McCarrick Theresa Thor Tijuca timidez tipos de testemunhas tiririca Tiroteio no Templo TJ-SP Tocantins Tom Cruise Tony Ramos Top trabalho trabalho escravo Tradição tradução Tradução da Bíblia tragédia Trans especie Transexuais Transexual Transexualidade transfusão de sangue Transgênero transgêneros Transição de Gênero Transplante de útero Tribo queniana Tribunal de Justiça Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tristeza Trump Tubarão tumor Turismo turistas Turma da Mônica Turquia Tv Bandeirantes TV Gazeta TV Globo TVI Twitter Ucrânia Ufc UFO Uganda última tribo Umbandistas unasp Unção Unesco União das Igrejas Cristãs da Venezuela União Europeia Universal Universidade de Liverpool Universidade de Sheffield universidades Uzbequistão Valdemiro Santiago Valdomiro Santiago Vale Valerie Gatto vandalização Vanessa Grazziotin Vanilda Bordieri Vasco da Gama Vasos Quebrados Vaticano Veganismo Veganos velho testamento vendedor Thiego Amorim Venezuela verdades secretas Vereador Vermelho versículo Veruska Seibel Viagem Missionária vice-presidente vice-presidente dos EUA vício vida Vídeos Viktor Orban Violência violência contra cristãos violência sexual Viral Virgindade visão limitada visita histórica Visões Vissarion Vítima vítimas vítimas de tragédia Vitor Santos Viva de Aline Barros Vladimir Brichta Vladimir Putin voador voto aberto Walter Hoye whastapp Whindersson Nunes White Magazine Wilian Nascimento Wilson Witzel X-Men Xi Jinping Xuxa Ygor Siqueira Yitzel Roman Yoga Yossi Shelley Youseff Youtube Youtube Kids Youtuber Zezé de Camargo e Luciano Zona Norte do Rio

Presidente da Turquia promete proteger os cristãos na Síria e diz que suas igrejas serão reconstruídas

O presidente da Turquia, Tayyip Recep Erdogan, disse à imprensa na Casa Branca na quarta-feira que a Turquia restaurará igrejas sírias danificadas, já que as comunidades cristãs ao longo da fronteira no nordeste da Síria estão se sentindo vulneráveis ​​devido à incursão turca.

Erdogan se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e um grupo de senadores do Partido Republicano na quinta-feira, em uma reunião amplamente divulgada que teria sido realizada para ” elucidar as coisas” em meio a críticas do Congresso à operação militar da Turquia no nordeste da Síria.

A Operação Paz Primavera, lançada no mês passado depois que Trump anunciou uma retração das tropas americanas da região em questão, tem como alvo combatentes curdos, uma vez apoiados pelos EUA na batalha contra o Estado Islâmico. O governo turco acusou as forças democráticas sírias lideradas por turcos de serem terroristas por causa de vínculos com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, também conhecido como PKK

Desde o início da operação, dezenas de milhares de sírios foram deslocados de suas casas e as forças árabes apoiadas pela Turquia foram acusadas de atacar civis.

Durante uma conferência de imprensa na Casa Branca, Erdogan foi perguntado especificamente por um repórter se ele poderia garantir que a Turquia protegeria os cristãos no nordeste da Síria em meio a esse “realinhamento”.

Em setembro, na Assembléia Geral das Nações Unidas, Erdogan propôs um plano para controlar um grande pedaço de território no lado sírio da fronteira, que percorre 18 milhas de profundidade por quase 300 milhas de comprimento, na esperança de reinstalar milhões de refugiados sírios que vivem na Turquia. De acordo o analista de assuntos externos da NBC News, Brett McGurk , o tamanho da “zona segura” inclui “todas as áreas cristãs e curdas da Síria”.

O repórter disse a Erdogan que grupos no terreno estão relatando que os ataques contra cristãos aumentaram e que os cristãos não se sentem mais seguros na área anteriormente protegida pelo SDF.

O repórter chegou a mencionar o fato de que um padre armênio e seu pai foram assassinados enquanto um diácono foi ferido em um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria, apenas nesta semana.

Erdogan agradeceu ao repórter pela pergunta e garantiu que seu governo é “especialmente sensível” e tem “planos” para ajudar os cristãos que permanecem no lado sírio da fronteira que viram suas igrejas e santuários destruídos pela violência.

“[Eles] verão seus santuários sendo revividos e suas igrejas serão reconstruídas para que possam voltar e começar a orar lá novamente”, disse Erdogan, de acordo com seu tradutor.

“Esses são os planos que estamos fazendo para eles. Como eu disse antes, as minorias cristãs – aramaico, católico, caldeu, yazidi – que vivem no nosso lado da fronteira não têm problemas. Mas os que permanecerem no lado do território sírio verão suas práticas de culto restauradas e revividas de uma maneira especial. ”

Erdogan também garantiu que as comunidades cristãs também estão “recebendo assistência médica e ajuda humanitária em todos os aspectos possíveis”.

Enquanto Erdogan afirma que protegerá as comunidades cristãs no nordeste da Síria, as ações passadas de seu governo mostraram um nível de hostilidade aos cristãos, incluindo a prisão de dois anos do missionário americano Andrew Brunson. Brunson afirmou no início deste ano que o governo de Erdogan deportou dezenas de líderes cristãos estrangeiros e suas famílias.

O presidente turco Erdogan afirma que trabalhará para proteger os cristãos no Oriente Médio. Entre os numerosos crimes turcos ao longo dos anos, as ações recentes de Erdogan no nordeste da Síria provam que suas palavras são mentiras ”, twittou In Defence of Christians, uma organização líder em defesa de perseguições cristãs. O tweet incluiu a hashtag #TurkeyisNOTourfriend.

A reunião de Trump com Erdogan foi recebida com críticas por ativistas de direitos humanos e outros que condenam as operações militares da Turquia no nordeste da Síria.

“É tão difícil assistir curdos, cristãos e yazidis sendo atacados pela Turquia na NE #Syria enquanto o presidente #Edogan está em nosso país”, twittou Nadine Maenza, comissária da Comissão Americana de Liberdade Religiosa Internacional . “Eles são culpados de crimes de guerra contra civis. Hora de sanções e uma zona de exclusão aérea. ”

Cinco senadores republicanos se encontraram com Erdogan no Salão Oval na quarta-feira. O senador Ted Cruz, do Texas, pressionou Erdogan, dizendo que “não queremos que a Turquia se envolva em ações ofensivas contra os curdos”, segundo a CNN .

No entanto, Erdogan supostamente recuou alegando que a Turquia está perseguindo “organizações terroristas” que são ramificações do PKK

Erdogan teria mostrado aos senadores em um iPad o que a mídia está chamando de um vídeo de “propaganda” que descreve as Unidades de Proteção do Povo Curdo, que lidera o SDF, como terroristas.

“Você quer que eu vá pedir aos curdos que façam uma sobre o que você fez?” disse a senadora Lindsey Graham , RS.C., após a conclusão do filme, disse uma fonte com conhecimento do encontro à Axios .

Graham também recuou na afirmação de Erdogan de que a Turquia havia feito mais para contribuir para a luta contra o Estado Islâmico.

“Informei à Turquia que 10.000 combatentes do SDF, principalmente curdos, sofreram, morreram ou se machucaram na luta contra o ISIS, e os EUA não esquecerão isso e não os abandonarão”, disse Graham ao Axios.

Durante a conferência de imprensa, Trump elogiou Erdogan e até disse que ele é um “grande fã”. Em um ponto, Trump chegou a afirmar que acha que Erdogan tem um “ótimo relacionamento com os curdos”.

“Muitos curdos vivem atualmente na Turquia, e são felizes, e são atendidos, incluindo assistência médica – estávamos falando sobre isso antes – incluindo assistência médica e educação e outras coisas, então isso é realmente um nome impróprio”, Trump disse.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Post

Jogador Felipe Anderson: "Vale a pena você falar de Deus e demonstrar com a sua vida"

A fama e o sucesso financeiro no mundo do futebol podem levar os jogadores a diferentes caminhos. Enquanto uns se entregam às drogas e a um estilo de vida desregrado em todos os aspectos, outros se voltam para Deus e reconhecem que nada poderiam fazer se não tivessem recebido o dom da vida. Esse é o caso do jogador Felipe Anderson.

“Eu sempre pedi a Deus para me abençoar e mostrar os caminhos que eu tinha que trilhar, e Deus sempre foi me dando a direção certa. Graças a Ele eu pude realizar esse sonho”, disse o jogador do West Ham, um dos maiores destaques da Premier League, na Inglaterra.

Membro da Igreja Bola de Neve, Felipe iniciou a carreira no Coritiba Futebol Clube, no Paraná, mas já passou por times como Santos, no litoral paulista, Lazio, na Itália e o atual West Ham, na Inglaterra, além da Seleção Brasileira Sub-23, que disputou os Jogos Olímpicos RIO 2016.

Dentro e fora dos campos, é a fé em Deus do jogador que lhe mantém seguro do caminho a seguir, algo que se tornou referência para os parentes, que hoje lhe chamam de “pastor da família”.

“Comecei a aprender bastante sobre Deus e ficar muito curioso. A partir daí, eu comecei sempre a ir em cultos e estar em contato com pessoas da igreja”, disse ele durante entrevista ao Guiame. “A partir daí eu vi que tudo começou a mudar na minha vida, a forma que eu enxergava as coisas também.”, completou.

Como todo cristão, Felipe Anderson também enfrentou dificuldades em sua caminhada de fé, mas não desistiu e hoje é um exemplo para muitos. “Lógico esse processo de caminhar com Deus é muito longo”, disse ele.

“Você tem que aprender, você tem que batalhar todos os dias e não é fácil. Mas eu creio que, assim que eu comecei a me apegar mais, aprender mais, a minha vida começou a mudar”, completou.

Apesar das vitórias em campo, a maior conquista do jogador está no mundo espiritual, pois foi através do seu testemunho que a sua família se voltou para Deus e hoje o acompanha nos cultos.

“Eles acabam indo [para a igreja] e agora, depois de tanto tempo, eles estão me motivando também. Eu vi que vale a pena você falar de Deus e demonstrar com a sua vida”, conclui Felipe.

Fonte: Gospel+

Estado Islâmico mata 9 e fere 71 em ataques a cristãos na Síria

O Estado Islâmico está assumindo a autoria de dois ataques a cristãos no nordeste da Síria, que deixou nove mortos e 71 feridos.

Os ataques acontecem um mês depois que as forças turcas lançaram uma campanha de bombardeio na Síria, após a retirada das tropas americanas da região.

Na segunda-feira (11), um padre armênio, Hovsep Petoyan, e seu pai, Abraham Petoyan, foram mortos em um carro-bomba enquanto dirigiam de Qamishli para Deir ez-Zor, no nordeste da Síria. Um diácono foi ferido no ataque, segundo a International Christian Concern (ICC).

O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou o ataque e obteve imagens de vídeo, disse a ICC.

Em um segundo ataque na segunda-feira, sete pessoas morreram e 70 ficaram feridas em três explosões de carros-bomba perto da igreja caldeia em Qamishli. O Estado Islâmico também reivindicou autoria, segundo o ICC.

“Os cristãos há muito tempo têm alertado que o Estado Islâmico buscará todas as oportunidades para continuar seu genocídio contra minorias religiosas”, disse Claire Evans, gerente regional da ICC para o Oriente Médio.

“Enquanto isso, as ações da Turquia na região geraram um ambiente de instabilidade. Os cristãos armênios, cujos ancestrais foram mortos no genocídio da Turquia, se vêem presos entre atores da violência em toda a Síria”.

As recentes explosões são consideradas um claro sinal de que o Estado Islâmico está novamente mirando os cristãos, depois que os EUA declararam que o grupo terrorista foi derrotado na região. Os ataques também são considerados retaliação pelo assassinato do líder do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, em outubro.

Enquanto isso, os cristãos sírios continuam fugindo de aldeias nas regiões de Tal Tamir e Khabour, perto da zona de segurança proposta, que a Turquia está usando para justificar sua invasão. Das 33 aldeias cristãs da região, apenas 18 continuam povoadas com poucas famílias, afirmou o ICC.

Somente na vila de Tal Cedaya, por exemplo, 20 famílias cristãs foram evacuadas, restando apenas uma família cristã lá. “Devemos manter a comunidade cristã da Síria em nossas orações e insistir pelo fim desse conflito sem sentido”, disse Evans.

Fonte: Guia-Me

"Não se deve impor que cristãos aceitem o que a Bíblia não aceita", diz esposa de Pence

Karen Pence fez uma analogia para defender a liberdade religiosa dos cristãos que mostra o direito de cada um professar a fé que desejar.

Em entrevista ao USA Today, a segunda-dama americana foi questionada sobre sua decisão de retomar o ensino de arte na Escola Cristã Immanuel, que não permite professores ou alunos gays.

O repórter sugeriu que "um gay pode dizer que sua fé os está atacando por quem eles são". A esposa de Mike Pence respondeu: "Eu não faço essa conexão. Este país foi fundado sob a liberdade religiosa. E acho que precisamos ter cuidado ao infringir as crenças de outras pessoas. Eu acho que se você tem alguém com uma certa crença, isso não significa que eles estejam necessariamente julgando você."

Ela ilustrou seu argumento de forma eficaz: “Por exemplo, existem pessoas que têm certas restrições alimentares por causa de sua fé. Eu não sinto que eles estão me julgando se eu comer essa comida."

Ela acrescentou: "É lamentável que alguém se sinta julgado. Certamente nunca seria minha intenção que alguém se sentisse julgado por mim. Definitivamente não. Mas sou apenas uma pessoa que acredita na Bíblia, por isso não deve ser certo alguém me atacar por minhas crenças."

“O site Dallas Kosher lista um grande número de restaurantes que servem comida kosher em nossa cidade. Se eu passar por um desses restaurantes enquanto como um hambúrguer com queijo (violando a interpretação ortodoxa judaica de Êxodo 23:19 e Deuteronômio 14:21), não consigo imaginar que me sentiria julgada por aqueles que estão lá dentro”, disse.

“Se eles são judeus observadores, estão simplesmente seguindo os ensinamentos de sua religião. Como cristã gentia, estou seguindo os meus ensinamentos (cf. Atos 15: 19-20)”, declarou.

“Mas imagine que eu entre em um desses restaurantes e exija que eles cozinhem um cheeseburger para mim. Peço que violem suas crenças religiosas por causa de minha preferência pessoal. Eu poderia pedir um cheeseburger no McDonald's, mas insisto que, como esse restaurante kosher serve ao público, ele deve fornecer o que o público deseja”, disse Karen.

“Se eles recusarem, eu proponho uma ação legal e os tribunais concordam comigo. Como resultado, um restaurante kosher precisa preparar comida não-kosher, violando as crenças e práticas religiosas de seu proprietário ou fechar suas portas”, analisou.

“Esse cenário parece ridículo porque é. Não conheço simpatizantes nazistas que pediram com êxito os tribunais para forçar os padeiros judeus a produzir bolos com suásticas sobre eles. Ou não-muçulmanos que exigiram com sucesso padeiros muçulmanos para fazer bolos difamando o Profeta Muhammad”, diz Karen.

“Mas os cristãos evangélicos são regularmente solicitados a violar nossas crenças religiosas por aqueles que afirmam que nossos direitos estão violando os deles”, explicou.

Fonte: Guia-Me

Igreja Católica pede diálogo para restaurar a paz na Bolívia

Os protestos não cessam na Bolívia, onde nesta segunda-feira a Igreja Católica pediu diálogo para encerrar uma crise que se tornou mais violenta após a renúncia de Evo Morales à presidência e que soma 23 mortos em quase um mês.

Os bispos bolivianos, em coordenação com a União Europeia e as Nações Unidas, pediram ao governo, partidos políticos e representantes da sociedade civil que iniciem um diálogo a partir desta segunda-feira para pacificar o país.

“O diálogo é a maneira apropriada de superar as diferenças entre os bolivianos”, disse o secretário-geral da Conferência Episcopal Boliviana, Aurelio Pesoa, em uma coletiva de imprensa, na qual considerou que “realizar eleições transparentes é a melhor maneira de superar as diferenças”.

Os bispos discutem desde a semana passada com o governo interino de Jeanine Áñez e setores ligados a Morales, que renunciou há uma semana e se asilou no México depois que foram desencadeados protestos denunciando fraudes nas eleições de 20 de outubro.

O Movimento ao Socialismo (MAS, de Morales), que é maioria no Congresso, também está tentando reunir grupos legislativos minoritários “para trabalhar, conversar, discutir a situação política e pacificar o país”, segundo anunciou no domingo.

A ministra da Comunicação, Roxana Lizárraga, acusou nesta segunda-feira o ex-presidente Morales de tentar dividir os bolivianos.

“O que ele está causando é apreensão. Ele não é um pacificador… ele está nos chantageando”, acusou.

No México, Morales usou o Twitter para fazer suas críticas.

“Em vez de pacificação (as novas autoridades) ordenam difamação e repressão contra irmãos do campo que denunciam o golpe de Estado”.

Moradores de El Alto convocaram um ato na vizinha de La Paz a partir dessa segunda-feira para forçar “a renúncia imediata” de Áñez.

Em outra tentativa por acalmar os ânimos, a presidente interina disse no domingo que anunciará em breve a convocação de novas eleições “transparentes”.

Para essa convocação, seu governo deverá se colocar de acordo com o partido de Morales já que, segundo a Constituição, o Congresso é o encarregado de eleger seis dos sete titulares do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

Os membros anteriores dessa instituição estão em prisão preventiva por irregularidades nas eleições presidenciais de outubro, que deram a reeleição a Morales, mas que ele mesmo anulou horas antes de renunciar.

Jean Arnault, enviado do secretário geral da ONU, e um delegado da União Europeia se reuniu nos últimos dias com o governo de Áñez e organizações sociais em uma tentativa de restaurar a paz.

– “Grupo criminoso” -O governo boliviano denunciou nesta segunda-feira a existência de um “grupo criminosa” que planeja um atentado contra a vida da presidente interina, Jeanine Áñez, que suspendeu uma atividade oficial na região amazônica de Beni.

“Identificamos um grupo criminosos que quer atentar contra a presidente, por isso hoje tivemos que cancelar sua viagem à sua terra natal” na cidade de Trinidad, capital de Pando, disse em coletiva de imprensa, o ministro de Governo, Arturo Murillo.

Sem dar mais detalhes, informou que os órgãos de inteligência ainda estão processando a informação e que “há gente, claro, venezolana, cubana, colombiana metida nisso” e que “o narcotráfico está por trás”.

– Bloqueios de vias -Os chamados de diálogo não acabaram, contudo, com os protestos de rua.

As manifestações mais violentas se concentraram nos últimos dias em Cochabamba (centro). Ali, camponeses cocaleros entraram em choque na sexta-feira com o Exército e a Polícia, com um saldo de nove mortos, segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), que elevou para 23 o saldo de vítimas desde o começo da crise.

Para pressionar mais, seis sindicatos cocaleros do Chapare, reduto de Morales em Cochabamba, exigiram na noite deste sábado “a renúncia da autoproclamada” Áñez “em um prazo de 48 horas” e pediram ao Legislativo aprovar uma lei “que garanta as eleições nacionais em um prazo de 90 dias”.

No domingo, o governo e a polícia asseguraram que a intensidade dos protestos na região simpática ao ex-presidente está “diminuindo”.

Os bloqueios de rodovia pelas manifestações em várias regiões começaram a gerar desabastecimento de comida e combustível em La Paz.

Para enfrentar a situação, o governo decidiu importar 100 cisternas de gasolina e diesel de Chile e Peru e enviou 60 toneladas de carne e frango à cidade. Além disso, tenta dialogar com aqueles que bloqueiam a estrada que une La Paz com uma importante refinaria, onde instalou um cerco militar dissuasivo.

– Polêmico decreto -Morales usa constantemente Twitter para se pronunciar sobre o que acontece no país, e no domingo denunciou “crimes contra a humanidade” que “não devem ficar impunes” e criticou a repressão aos protestos.

O ex-presidente fez várias vezes referência em seus tuítes a um polêmico decreto do governo interino, divulgado extraoficialmente no sábado, que exime de responsabilidades penais as Forças Armadas na conservação da ordem pública e que foi considerado “grave” pela CIDH.

O ministro da presidência, Jerjes Justiniano, defendeu o decreto no final de semana e assegurou que “não é uma licença para matar”.

Fonte: AFP via UOL

"É proibido orar, mas não matar", questiona homem preso por orações em clínica de aborto

Um homem cristão que foi preso e processado por orar pacificamente do lado de fora de uma clínica de aborto em Londres. Ele só teve as acusações retiradas pelo Serviço de Promotoria da Coroa, graças ao apoio do Centro Jurídico Cristão.

A prisão e o caso levantam a questão de se orar em um espaço público agora constitui "assédio" e se "zonas de amortecimento" nas clínicas de aborto violam a liberdade de expressão, religião e pensamento.

Christian Hacking, 29 anos, que passou a andar sobre cadeira de rodas depois de um acidente, foi preso pela polícia em agosto de 2019 por não cumprir uma Ordem de Proteção de Espaços Públicos (PSPO) do lado de fora de uma clínica de aborto Marie Stopes em Ealing.

A polícia foi chamada inicialmente depois que um membro da equipe relatou dois homens orando na grama do lado de fora.

As imagens da câmera da polícia mostram dois agentes se aproximando de Christian e um amigo que estava com ele, dizendo que pareciam duas pessoais legais, mas que não poderiam ficar em oração.

A polícia alertou Christian e seu amigo que apenas estar do lado de fora da clínica era uma violação do PSPO.

Depois disso, seu amigo saiu, mas Christian ficou e disse: "Vou continuar orando. Eu estou neste lugar porque eles estão matando seres humanos dentro desta clínica, é ilegal proibir qualquer pessoa que ore em qualquer lugar desta terra”.

Christian alegou que o PSPO foi construído com base em argumentos falsos, assédio falso, notícias falsas, e que não o respeitaria. “Eu não acho que você tenha o direito constitucional de impedir alguém de orar, então vou continuar orando aqui até que você me remova, à força ou o que for, porque o mais importante é que a lei de Deus seja confirmada nesta nação e não a lei daqueles que governam esta nação e não essa lei ridícula que diz que as pessoas não podem orar.”

Christian então pediu esclarecimentos ao policial sobre se era uma ofensa criminal orar naquele local. O policial disse: “Estou dizendo que você está violando a ordem judicial.”

Christian respondeu: “Portanto, é uma ofensa criminal orar, de acordo com a ordem judicial, é uma ofensa criminal orar fora de um lugar onde crianças estão sendo mortas?”

O oficial então declarou: “Acredito que lhe dei a resposta”.

Preso por orar

As imagens da câmera do corpo policial mostram uma van da polícia chegando ao local.

Não advertindo Christian com um aviso oficial, a polícia prendeu Christian, dizendo: "Levante-se, Christian, você está preso".

Christian respondeu: "Não consigo me levantar, estou em uma cadeira de rodas. Não estou me mexendo, estou orando. Não vou capitular suas demandas. Estou autorizado a orar aqui. Esta terra era do Senhor antes de ser do Conselho de Ealing."

Quatro policiais então carregaram Christian pelos braços e pernas, colocando-o na van da polícia. Quando Christian é levado para a van, ele grita: "Eu não fiz nada errado além de orar".

Ele foi levado para a delegacia de Acton, onde ficou preso por oito horas antes de ser libertado sob fiança.

Fé cristã

Christian comentou sua experiência: “Ser tratado como um criminoso e preso por oito horas por orar é ridículo. Minha fé cristã me chama para defender os que não têm voz e de que maneira mais pacífica posso alcançar isso do que através da oração. Se os provedores de aborto não quiserem que eu ore fora da clínica, eles devem comprar a terra e cercá-la. Não prender pessoas por fazerem o que não gostam em propriedade pública”.

“Não me arrependo do que fiz e exorto a Igreja a orar mais, não menos fora das clínicas, até que o assassinato pare. Certamente nós, como nação, podemos dar às mulheres em crise algo melhor que o aborto”, disse.

“Eu me preocupo profundamente com todas as famílias que frequentam clínicas de aborto e continuarão fazendo o que for preciso, não importa o que seja, até que esse genocídio silencioso de crianças inocentes termine”, avisou.

Julgamento

Apoiado pelo Christian Legal Center, Christian foi julgado em 5 de novembro. No entanto, uma carta foi enviada afirmando que o caso não seria mais levado adiante porque não havia "evidências suficientes para fornecer uma perspectiva realista de condenação".

O PSPO em torno da clínica de aborto de Ealing foi o primeiro de seu tipo a ser introduzido no Reino Unido. A zona de exclusão, mantida pelo Tribunal de Apelação em outubro de 2019, proíbe uma série de atividades em um raio de 100m da clínica, até mesmo proibindo a oração.

O documento afrima que “[as pessoas não devem se envolver] em nenhum ato de aprovação / desaprovação ou tentativa de ato de aprovação / desaprovação, com relação a questões relacionadas aos serviços de aborto, por qualquer meio. Isso inclui, entre outros, meios gráficos, verbais ou escritos, oração ou aconselhamento.”

A Christian Concern já havia feito campanha contra as 'zonas de amortecimento do aborto' que proíbem a oração nas clínicas. No ano passado, a criação de "zonas livres de protesto" foi revisada por Sajid Javid MP, com o ex-secretário do Interior e atual chanceler concluindo que a medida "não seria uma resposta proporcional".

A liberdade de expressão e a livre circulação devem ser restauradas

Andrea Williams, diretora executiva do Christian Legal Center, comentou: “É surpreendente que recursos policiais vitais tenham sido usados ​​para prender e deter um homem em uma cadeira de rodas por orar pacificamente fora de uma clínica de aborto”.

Ela diz que “o suposto objetivo da legislação da PSPO era impedir o assédio, apesar de nunca haver evidências de que as mulheres foram assediadas. As autoridades agora parecem pensar que até a oração é assédio. Christian não assediou ninguém, e sua prisão estava completamente errada”.

“As filmagens de quatro policiais carregando um homem com deficiência e sua cadeira de rodas em uma van, simplesmente por orar, são profundamente perturbadoras. Seu efeito pretendido é silenciar qualquer oposição ao que está acontecendo na clínica. A prisão de Christian terá o resultado oposto”, afirmou.

Em defesa de Christian, ela disse que o rapaz “assumiu uma posição corajosa fora da clínica motivada pelo amor de Deus por todos e cada um de nós, especialmente pelas mulheres em gravidez de crise e seus filhos. O que diz sobre a nossa sociedade quando a compaixão pacífica pela vida é tratada por prisão e prisão?”

A defesa pede ao “Conselho de Ealing que reveja sua política em torno da zona-tampão e que a liberdade de expressão e a livre circulação sejam adequadamente restauradas na área".
Fonte: Guia-Me

Travesti vive mudanças após oração de vizinha: "Eu nunca olhei para trás"

As dificuldades na infância de Daniel Delgado influenciou suas escolhas futuras. Depois de ser abandonado pelo pai aos 2 anos, ele teve que conviver com um padrasto alcoólatra e violento até os 11 anos. Ele sofreu abuso sexual quando ainda era criança, e não pode contar com o apoio de sua mãe, que sofria com uma depressão profunda.

A confusão de gênero começou cedo. “Eu não gostava de ser menino”, disse ele, segundo o site God Reports. “Eu fantasiava como era ser uma garota. Eu não sabia que estava desapegado do meu sexo. Eu não falava sobre isso”.

No ensino médio, em Chicago (EUA), Daniel começou a se envolver com outros adolescentes gays e, mais tarde, com homens mais velhos. “Isso não parecia errado. Não sabia que era considerado abuso”, comentou.

Depois de se mudar com sua família para o Texas, aos 16 anos, Daniel se tornou alvo de zombaria por usar calça jeans e sapatos femininos. Uma vizinha chamada Patti, que é cristã, sentiu compaixão por Daniel quando viu o que os outros adolescentes estavam fazendo.

Então Patti começou a orar com alguns intercessores em sua varanda do vizinho, estendendo as mãos para a casa de Daniel.

Noite de impacto

Certo dia, Daniel estava no banheiro de sua casa pensando em cometer suicídio, quando Patti bateu na porta e sugeriu à sua mãe: “Quero saber se seu filho gostaria de ir comigo à igreja hoje à noite, ao nosso grupo de jovens?”

“Patti foi obrigada a vir à minha casa, porque o Espírito Santo disse a ela para fazer isso. Ela estava relutando com o Senhor. Mas ela cheirava algo podre, um espírito de suicídio vindo da minha casa. Ela foi obrigada a vir porque ela queria que eu experimentasse vida”, conta Daniel.

Durante o culto, a esposa do pastor convidou todos os homens da igreja a cercarem Daniel em oração. “Senti tanto amor e carinho naquele momento que comecei a chorar. Eu não queria chorar. Algo surgiu dentro do meu ser. Abri os olhos e me perguntei: ‘O que está acontecendo?’”, lembra Daniel.

“Havia uma conexão com outros homens que era boa e santa, e eu nunca havia experimentado algo assim. Os outros homens e adolescentes estavam chorando”, acrescentou.

Daniel ouviu o Evangelho naquela noite, mas ainda não estava pronto para entregar seu coração a Jesus. Os pensamentos suicidas desapareceram, mas ainda havia um buraco em seu coração e tentou preenchê-lo com a decisão de se tornar mulher, aos 18 anos.

Nos dois anos seguintes, Daniel mudou sua identidade de gênero e começou a competir em concursos de drag queen. Mas ele nunca optou por realizar a cirurgia de mudança de sexo, devido às complicações que muitos de seus colegas sofreram.

Aos 20 anos, Daniel viu alguns amigos adoecerem e falecerem — seja por causa da Aids, drogas ou complicações após a mudança de sexo. Ele reconheceu que havia um “espírito de morte” nesta situação. “Eu não queria que essa fosse minha história”, disse.

Enquanto isso, Deus continuava atraindo seu coração. “Ele enviou cristãos para mim. Eles começaram a conversar comigo e descobri que eles eram da igreja da minha vizinha”, lembra Daniel.

“Você não é homossexual”

Finalmente, aos 20 anos, ele voltou à Abundant Grace Community Church e entregou sua vida à Jesus, após uma chamada ao altar. Naquele instante, ele recebeu amor e orações dos membros da igreja.

“Chorei tanto, foi uma experiência santa. Eu sabia que Jesus estava bem ao meu lado. Eu podia sentir o cheiro de fragrâncias no ar. Dentro de mim, eu sabia”, relata Daniel, acrescentando que sentiu o cheiro da rosa de Saron. “Foi tão bonito. Eu estava de joelhos. Me lembro de estar no chão, prostrado diante do Senhor”.

Daniel ficou surpreso quando ouviu a voz de Deus, dizendo: “Você não é homossexual”. Sua reação foi: “O que? Mas Senhor, eles não vão acreditar em mim. Meus amigos não vão acreditar em mim”.

Ele se afastou dos pecados do passado e começou uma nova jornada. “Eu renunciei as coisas. Eu limpei meu quarto, coloquei as coisas nas sacolas, fui para um campo e queimei meus vestidos e perucas”, disse ele. “Eu precisava fazer uma declaração e prometer minha lealdade a Cristo. Eu não queria ser um filho do diabo. Eu não quero mais isso. Eu nunca olhei para trás”.

Hoje Daniel tem 37 anos de idade e já caminha com Jesus há 17 anos. Ele enfrentou tentações, mas sempre foi convicto de sua transformação. “Eu posso ser aberto sobre minhas lutas para ser o homem que Ele quer que eu seja”, disse ele.

Com o tempo, Deus mudou suas atrações, mesmo que esse não fosse seu objetivo principal. “O objetivo era Jesus, crescer e experimentar a liberdade no Senhor, mas no meio disso encontrei paz dentro de mim”, revela. “Eu me senti atraído por mulheres e me apaixonei por uma mulher”.

“Percebi que o amor é uma peça que complementa o homem e a mulher. Todas as outras coisas eram luxúria e pecado”, acrescenta. “Eu não estaria aqui se não fosse pela igreja orando por mim. Quero poder oferecer esperança a outras pessoas”.

Fonte: Guia-Me

Gari fez oração com colegas momentos antes de ser morto por bala perdida, no Rio

O gari Francisco Paulo da Silva, de 61 anos, morreu na tarde de quarta-feira (13) ao ser atingido por uma bala perdida em Vicente de Carvalho, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Momentos antes de ser baleado, Francisco reuniu os colegas da Companhia de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb) para uma oração. Ele era conhecido pelos companheiros como uma “pessoa de muita fé”, segundo gerente da área de Irajá, Carlos Alberto Bezerra.

“Era um ótimo trabalhador. Um cara que sempre retribuiu os trabalhadores com a religião dele. Trabalhava o dia inteiro cantando hino de igreja”, disse o gerente, que convivia com Francisco há quatro anos, ao jornal O Globo.

Francisco fazia o serviço de capina na rua Cambuci do Vale quando foi atingido por uma bala perdida às 11h45. Ele foi levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos.

O gari foi vítima de uma bala perdida durante um assalto a Mateus Fernandes Félix da Silva, que teve a moto roubada e também foi atingido. De acordo com a Polícia Militar, Mateus segue internado no hospital.

Francisco trabalhava na Comlurb há 21 anos, era casado e deixa um filho de 18 anos. A empresa divulgou uma nota lamentando o ocorrido e decretou luto oficial de três dias.

Sua morte está sendo apurada pela Polícia Civil, que instaurou inquérito na Delegacia de Homicídios.

Em menos de 24 horas, foram registrados três casos de bala perdida no Rio. Além de Francisco, a menina Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, morreu após ser baleada próxima à escola onde estudava em uma suposta execução de um adolescente envolvido com o tráfico por milicianos em Realengo.

Uma mulher identificada como Claudia Parreira Santos, 49 anos, também foi atingida durante um tiroteio no Jacarezinho, na manhã desta segunda-feira.

Fonte: Guia-Me

Papa Francisco compara políticos contra gays a Hitler

O papa Francisco declarou nesta sexta-feira, 15, que políticos que se enfurecem contra homossexuais, ciganos e judeus o fazem lembrar de Hitler.

“Não é coincidência que, às vezes, haja um ressurgimento de símbolos típicos do nazismo”, disse Francisco em um discurso aos participantes de uma conferência internacional sobre direito penal.

“E preciso confessar a vocês que, quando ouço um discurso de alguém responsável pela ordem ou pelo governo, penso nos discursos de Hitler em 1934, 1936”, afirmou ele, saindo de seu discurso preparado.

“Com a perseguição de judeus, ciganos e pessoas com tendências homossexuais, hoje essas ações são típicas (e) representam ‘por excelência’ uma cultura de desperdício e ódio. Foi o que foi feito naqueles dias e hoje está acontecendo novamente.”

Durante o regime nazista de 1933 a 1945 na Alemanha, 6 milhões de judeus foram mortos e homossexuais e ciganos estavam entre os enviados para campos de extermínio.

O papa Francisco não citou nenhum político ou país nominalmente como alvo de suas críticas.

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro fez declarações públicas homofóbicas e sexistas antes de assumir o cargo em 1º de janeiro. Ele disse em uma entrevista que preferia ter um filho morto do que um filho gay.

Fonte: Reuters via UOL

Professor é afastado após pedir a crianças redação sobre masturbação e sexo anal, no DF

Na quarta-feira (13), um professor de português de uma escola pública do Distrito Federal foi afastado por ter dado uma aula, na qual escreveu no quadro termos obscenos, relacionados a sexo oral, anal, masturbação e outras posições sexuais, além de pedir que os alunos fizessem uma redação usando tais palavras de baixo calão.

As expressões de sexo explícito foram expostas a alunos de 11 a 12 anos, da 6ª série do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 104, da Asa Norte.

Segundo informações da Secretaria de Educação do DF, o professor Wendel Santana, de 25 anos, era temporário. Ele reconheceu que escreveu expressões de conotação sexual no quadro da escola e tentou se justificar, dizendo que a ideia era “mostrar a diferença entre maneiras formais e informais de falar sobre sexo".

Reação
As próprias crianças fotografaram o conteúdo escrito pelo docente na lousa e trocaram mensagens, gravando áudios durante a aula. A corretora de seguros Vanessa Damares é mãe de um dos alunos e disse que ficou chocada com o teor do conteúdo exposto pelo professor.

"Primeiro que aquilo ali não é educação sexual. Eu acho que aquilo é pornografia, uma coisa vulgar coisa que criança nenhuma merece passar por isso", afirmou.

Já a administradora Adriana Sarino explicou que até então, o filho desconhecia as expressões.

"Fiquei perplexa porque o meu filho só tem 12 anos e dessas palavras quase nenhuma ele conhecia ainda", disse a mãe.

Pelo menos cinco famílias - acompanhadas pelo próprio diretor do CEF - registraram queixa contra o professor na Polícia Civil.

"O professor de português do 6º ano havia ministrado aula com conteúdos e palavreados completamente inadequados e fora do currículo escolar", diz a ocorrência.

Depoimentos
Wendel Santana afirmou que "não recebeu treinamento adequado". Segundo ele, não houve qualquer instrução por parte da escola e o que propôs foi um exercício de linguagem.

"A linguagem que eles trazem pra mim é uma linguagem totalmente informal. Foi isso que eu vi. O exercício que eu propus foi trazer essa informação de linguagem informal e adaptá-la para uma linguagem formal, que é a linguagem da educação de fato", afirmou Wendel.

Já a Secretaria de Educação do Distrito Federal disse que vai rescindir o contrato do professor, que é temporário.

"As autoridades policiais já foram comunicadas pela direção da escola e os estudantes receberão o devido apoio do Serviço de Orientação Educacional", informou a pasta.

Fonte: Guia-Me

Igreja Universal sob risco de expulsão de país africano após denúncias de escravização

A Igreja Universal do Reino de Deus vem enfrentando uma crise sem precedentes em São Tomé e Príncipe, na África. Desde que um adolescente morreu num dos protestos populares contra a denominação, a situação só se deteriorou, e políticos agora debatem a expulsão da instituição do país.

Todo o problema foi iniciado quando o pastor são-tomense Iudumilo da Costa Veloso foi preso na Costa do Marfim após usar um perfil falso nas redes sociais para denunciar práticas da denominação que entendia serem erradas. A Universal moveu um processo para que as autoridades encontrassem o proprietário do perfil falso, acusando-o de promover fake news, e o autor – pastor da própria igreja – foi descoberto e preso.

Veloso virou pastor da Universal em seu país natal, mas foi transferido há 14 anos para a Universal da Costa do Marfim. Em seus textos publicados no perfil falso, ele acusava a denominação de privilegiar pastores brasileiros e discriminar os sacerdotes africanos.

Além disso, apontava uma denúncia recorrente contra a Universal: a imposição da realização de vasectomia, para que os pastores não tivessem filhos e pudessem se dedicar integralmente à denominação fundada pelo bispo Edir Macedo.

Em algumas de suas publicações com a conta falsa, Veloso afirmava que os pastores e bispos brasileiros da Universal se apropriavam de dízimos, além de terem o hábito de “humilhar, insultar, esmagar e escravizar os [pastores] africanos”.

Expulsão
“Éramos muito pacientes, humildes demais, educados demais. Agora é hora de agir sem piedade!”, diz um dos textos de Veloso.

Diante disso, o Parlamento de São Tomé e Príncipe está discutindo a expulsão da Universal do país, segundo informações da BBC.

A parlamentar Alda Ramos, uma das principais líderes da oposição, disse que a Universal deveria repatriar o pastor preso em Costa do Marfim ou lidar com as consequências da revolta popular: “Acionaremos outros mecanismos para não existir mais esta igreja cá em São Tomé e Príncipe”, disse ela.

Estima-se que 2% da população são-tomense frequente a Universal. O país, ex-colônia portuguesa, tem no catolicismo a principal religião, com 55,7% da população adepta à denominação romana.

O embaixador brasileiro em São Tomé e Príncipe, Vilmar Júnior, estava em férias e retornou ao país para tentar apaziguar os ânimos e assim evitar a expulsão da Universal do país. A ameaça também mobilizou a cúpula da igreja no Brasil, que enviou o deputado federal Márcio Marinho (Republicanos-BA), bispo licenciado, ao país para se reunir com autoridades locais.

Marinho disse a jornalistas logo após visitar a Assembleia Nacional, em outubro, que a igreja tinha o interesse “em resolver o mais rápido possível a questão”, e que uma comissão formada por políticos são-tomenses e dirigentes da Universal viajaria à Costa do Marfim para visitar o pastor Veloso e oferecer-lhe suporte.

Imbróglio
A mobilização internacional pela soltura do pastor Veloso resultou em sua libertação, mas ele continua impedido de deixar a Costa do Marfim, segundo sua advogada, Celiza de Deus Lima.

Ela afirmou que o pastor pediu proteção à embaixada de Angola na capital marfinense, Abidjã, por se sentir sob risco e porque não há representação diplomática de seu país na Costa do Marfim. Após conseguir abrigo junto à representação angolana, aguarda a obtenção de autorização para deixar o país.

Na Justiça, Veloso admitiu ser o autor das publicações com perfil falso “porque lhe disseram que, se confessasse, a igreja retiraria a queixa”. Durante o processo, a Universal não respeitou o suposto acordo, manteve a acusação contra o pastor e ele terminou condenado.

Segundo Celiza, o ex-presidente são-tomense Miguel Trovoada teria telefonado ao presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, para tratar do tema e pedir a soltura de Veloso, que se queixa de ter sido condenado num “processo sumário”.

Em sua defesa, a Universal enviou nota à BBC alegando que não denunciou o pastor Iudumilo Veloso, “até porque não sabia quem era o autor” das mensagens críticas à igreja. “Mas foram, sim, praticados os crimes que a Universal denunciou às autoridades da Costa do Marfim, com graves ameaças e ataques sob o anonimato de perfis falsos no Facebook e em contas criadas em aplicativos de mensagens, como o Telegram, conforme comprovou a Justiça do país africano”, afirma a igreja.

Sobre a acusação de que obrigaria seus pastores a fazerem vasectomia, a nota argumenta que essa alegação é “facilmente desmentida pelo fato de que muitos bispos e pastores da Universal, em todos os níveis de hierarquia da igreja, têm filhos”, e acrescenta: “O que a Universal estimula é o planejamento familiar, debatido de forma responsável por cada casal”.

Fonte: Gospel+

A pedido de Bolsonaro, advogado-geral da União faz oração pelo Brasil na porta do Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro apresentou o advogado-geral da União, André Mendonça, como pastor ao público que o aguardava na saída do Palácio da Alvorada na manhã desta quarta-feira (13).

“Ele vai fazer uma oração pelo nosso Brasil e por todos nós, tá ok?”, avisou o presidente, momentos após ter perguntando se havia algum evangélico entre as pessoas que o aplaudiam na grade.

“Obrigado pela missão que vocês me deram, por estar aqui. A gente vai fazer o possível com essa equipe maravilhosa”, disse Bolsonaro, que, além de Mendonça, também estava acompanhado por Roberto Campos, presidente do Banco Central, e Paulo Guedes, ministro da Economia.

Durante a oração, Mendonça, que é pastor da Igreja Presbiteriana, agradeceu pela vida, pelo País e “por essas mulheres”, em referência ao público majoritariamente feminino na saída do Alvorada.

“Que o senhor traga justiça, paz e prosperidade. Em nome de Jesus”, finalizou o advogado-geral da União.

Em 10 de julho, após o Supremo Tribunal Federal ter equiparado a discriminação com base em orientação sexual e identidade de gênero ao crime de racismo, Bolsonaro afirmou que indicaria para a Corte um novo ministro “terrivelmente evangélico”. Cinco dias depois, ele usou o mesmo termo para referir-se a André Mendonça, durante evento na Câmara dos Deputados.

Dentre as pautas já defendidas por Mendonça, estão a realização de operações policiais em universidades públicas, a prisão após condenação em segunda instância e uma apuração sobre o depoimento do porteiro nas investigações da execução de Marielle Franco. É dele também o estudo de um projeto que visa posicionamento mais incisivo do governo contra a suposta “ideologia de gênero” nas escolas.
Fonte: Guia-Me

Israel entra em cessar fogo após interceptar cerca de 400 foguetes da Jihad Islâmica

O Egito intermediou um cessar-fogo entre Israel e o grupo terrorista da Jihad Islâmica de Gaza nesta quinta-feira (14), pondo fim a dois dias de intensos combates que mataram 34 palestinos e danificaram partes do Estado judeu.

O acordo entrou em vigor às 17h30 (horário local) e o comando da Frente Interna de Israel suspendeu algumas restrições de segurança aos cidadãos israelenses que moravam perto da fronteira com Gaza.

Na última quarta-feira, o atual líder da Jihad Islâmica, Ziad al-Nakhalah, anunciou três condições para o cessar-fogo: o fim dos assassinatos direcionados a líderes terroristas, a interrupção dos tiroteios israelenses contra manifestantes palestinos em manifestações semanais na fronteira israelense e a facilitação do bloqueio de 12 anos imposto por Israel sobre Gaza.
 
Israel impôs o bloqueio depois que o grupo terrorista Hamas, que busca a destruição violenta de Israel, assumiu o controle de Gaza em 2007.

A Jihad Islâmica disparou cerca de 400 foguetes contra o Estado judeu - grande parte deles interceptados pelo domo de ferro de Israel - em retaliação às forças israelenses por terem conduzindo um ataque aéreo direcionado que resultou na morte de um comandante sênior do grupo terrorista.

Israel respondeu ao ataque de foguetes atingindo dezenas de alvos ligados à Jihad Islâmica na Faixa de Gaza.

O porta-voz da IDF, coronel Avichay Adraee, disse em um tweet na manhã desta quinta-feira que Israel atacou 25 terroristas de Gaza, a maioria deles, integrantes da Jihad Islâmica. Ele disse que os ataques aéreos visavam "infra-estrutura terrorista" acima e abaixo do solo, bem como posições navais da Jihad Islâmica.

Autoridades palestinas relataram 34 mortes, incluindo duas crianças de 7 anos e seis membros da mesma família. Um porta-voz da IDF em língua árabe disse que Rasmi Abu Malhous, um alto comandante da Jihad Islâmica, estava entre os seis membros da família que foram mortos.

O tenente-coronel Jonathan Conricus disse a repórteres na quinta-feira que os comandantes da Jihad Islâmica armazenavam armas em suas casas e usavam suas famílias como escudos humanos.

"Todas as nossas operações foram medidas, proporcionadas e focadas apenas em ativos militares pertencentes à Jihad Islâmica", afirmou Conricus.

No geral, pelo menos 18 dos mortos nos ataques aéreos eram membros de organizações terroristas.

Não houve vítimas israelenses, mas o serviço de ambulâncias de Magen David Adom de Israel relatou ferimentos leves sofridos por vidro quebrado, estilhaços ou queda enquanto corria para abrigos de bombas.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse que as ações de Israel na Faixa de Gaza "provaram ser eficazes" e que continuariam, apesar da palavra do cessar-fogo.
 
"Todo mundo que era um alto oficial militar, que estava pronto para executar e estava envolvido em terrorismo ou foguetes contra Israel foi eliminado", disse ele à Rádio do Exército de Israel. "E pretendemos continuar com isso".

"Israel prejudicará quem tentar prejudicá-lo", continuou Kantz.

Fonte: Guia-Me

Mudanças no Uzbequistão ainda não significam mais liberdade aos cristãos

Com a eleição do Presidente Shavkat Mirzivoyey no final de 2016, muitas mudanças aconteceram no Uzbequistão.

Alguns estrangeiros que visitaram o país notaram as melhorias; um deles foi ouvido pela organização Portas Abertas.

“Eu estive no país muitos anos atrás. E agora que o visitei de novo, posso ver uma enorme diferença, senti que há mais liberdade – não existe o controle da polícia, a atitude com os estrangeiros tem mudado, é mais respeitosa e os serviços estão melhores em todo lugar”.

Segundo o turista, há uma nova polícia para tratar de assuntos relacionados ao turismo. Esses oficiais do governo falam bem o inglês e parecem mais focados em ajudar os visitantes.

“Isso é realmente útil porque dá um sentimento de segurança. Eu penso que a liberdade religiosa tem crescido, e os cristãos locais devem sentir certo alívio”. 

Porém, a versão dos locais é um pouco diferente: “Realmente parece que existe mais liberdade, uma atmosfera de conforto, sem uma forte pressão, mas isso é apenas aparência. Para criar uma melhor infraestrutura, nossas autoridades estão tentando atrair mais turistas, empresários e investimentos. Mas os cristãos ainda são perseguidos”, conta um uzbeque.

As consequências das mudanças no país têm melhorado em alguns aspectos a vida das pessoas. Os policiais, por exemplo, têm mais limites, e não são mais permitidos levar qualquer pessoa até uma delegacia sem uma razão plausível.

Entretanto, os cristãos que deixaram o islamismo não participaram dessa mudança que parece consequência da liberdade religiosa. Nem as igrejas que lutam para terem o direito de existir legalmente. Apenas duas conseguiram o aval para funcionamento nos últimos dois anos. A maioria das igrejas é secreta e enfrenta ataques, buscas domiciliares, prisões, multas e ódio da comunidade muçulmana.

A única Bíblia permitida no país é a edição especial uzbeque, aprovada pelo comitê religioso do Estado. Mas para possuir uma, é preciso ser de família etnicamente uzbeque e passar por questionamentos sobre a origem, o motivo e a finalidade de possuir a literatura religiosa. A Constituição do Uzbequistão prevê a liberdade religiosa, mas esse direito ainda não é realmente claro e obedecido.

O Uzbequistão ocupa o 17º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019, com apenas 349 mil cristãos. A maioria da população de 32,4 milhões de pessoas é muçulmana, favorecendo a opressão social e a existência de grupos radicais islâmicos. Como resultado, os governantes utilizam o argumento da presença de jihadistas no país para manter o controle sobre a sociedade.

Fonte: Portas Abertas

Advogado vai à Justiça contra tratamento dentário de R$ 157 mil para Marco Feliciano

O advogado mineiro Douglas Henrique Valente pediu à Justiça que anule o reembolso de R$ 157 mil pagos pela Câmara dos Deputados ao deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) por causa de um tratamento odontológico. O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo, em agosto.

No ultimo dia 31 de outubro, Valente ajuizou uma ação civil pública alegando que o reembolso seria “imoral” e configuraria desvio de finalidade uma vez que o tratamento do deputado seria, na verdade, estético.

A ação foi apresentada à Vara Federal de Ituiutaba em fase da mesa Diretora da Câmara – representada pelo presidente, Rodrigo Maia – o deputado Pastor Marco Feliciano, a União e a própria Casa Legislativa.

Além da anulação do ressarcimento dos R$ 157 mil, o advogado pede que a Justiça impeça o segundo vice-presidente e a Mesa Diretora da Câmara de autorizarem reembolsos por possíveis novos tratamentos odontológicos do deputado Feliciano.

Como divulgado pelo Estado, em agosto, o deputado argumentou à Câmara que precisava corrigir um problema de articulação na mandíbula e reconstruir o sorriso com coroas e implantes na boca. Feliciano disse que sofria de dores crônicas relacionadas ao bruxismo.

O pedido de reembolso do parlamentar foi apresentado em abril à área de perícia da Casa Legislativa, mas foi rejeitado pela equipe técnica. Na avaliação do setor, havia uma incompatibilidade entre os valores apresentados e os preestabelecidos pela Casa, além de problemas na descrição de parte dos procedimentos.

Com um laudo de seu dentista, Feliciano recorreu da decisão. A Mesa Diretora, formada por sete parlamentares, acabou aprovando o gasto.

Na avaliação de Valente, o reembolso seria “cristalinamente imoral e ilegal” uma vez que se trataria de um tratamento estético. Em tais casos, o ressarcimento é vedado por um ato da Mesa Diretora publicado em 2013.

O advogado pede que a Câmara informe sobre a justificativa e os pareceres que embasaram a decisão que aprovou o reembolso, juntando aos autos todos os documentos emitidos pela equipe técnica da Casa inerentes ao procedimento.

Desde junho, o Estado pediu, via Lei de Acesso, detalhes do tratamento, mas todas as solicitações foram negadas.

Defesas

Em nota, o Pastor Marco Feliciano afirmou: “A ação ajuizada contra mim pelo vereador do PTB Douglas Henrique Valente é uma aventura jurídica, e certamente acarretará sua condenação por litigância de má-fé. A ação escandalosamente se baseia em uma falsa reportagem do ‘O Sensacionalista’ – conhecido noticiário satírico -, como ‘prova’ de que o tratamento médico-odontológico para bruxismo severo pelo qual eu passei seria de natureza estética. O autor, de maneira criminosa, usa o Poder Judiciário com fins políticos, usando de uma fakenews para produzir outra fakenews. Repito aqui que não me intimidarei e continuarei a combater a esquerda e defender o governo Bolsonaro. Tenho certeza absoluta da minha inocência e confio na Justiça.”

Fonte: Estadão via UOL

"Abriram-se os portões do inferno", diz grupo terrorista ao atacar Israel

Sirenes de foguetes que tocam em todo o sul e centro de Israel estão enviando civis israelenses para seus abrigos antiaéreos nesta terça-feira (12). As Forças de Defesa de Israel (IDF) ordenaram que todos os residentes de Israel fiquem em ambientes fechados e se preparem para uma forte chuva de foguetes de terroristas na Faixa de Gaza.

Os militares dizem que os terroristas de Gaza dispararam pelo menos 50 foguetes contra Israel desde as primeiras horas da manhã.

Os foguetes estão sendo lançados em retaliação pelo fato da forças israelenses terem matado o terrorista sênior da Jihad Islâmica Baha Abu Al-Ata em um ataque aéreo de precisão em Gaza na manhã desta terça-feira.

A morte de Baha Abu Al-Atta em sua casa em Gaza parece ter suscitado um novo desafio para a facção dominante do Hamas, que tenta principalmente manter uma trégua com Israel desde a guerra de 2014.

O grupo terrorista apoiado pelo Irã disse que montaria uma "resposta sem precedentes" à medida de Israel.

"Abriram-se os portões do inferno", diz o grupo terrorista.

A mídia israelense relata que pelo menos uma outra pessoa foi morta e outras duas ficaram feridas no ataque. Fontes sírias também informam que um ataque aéreo israelense atingiu o líder da Jihad Islâmica Akram Ajuri em sua casa em Damasco. Relatórios dizem que o líder sobreviveu ao ataque aéreo. O ataque em Damasco ocorreu poucos minutos depois do ataque aéreo que matou Al-Ata em Gaza.

Segundo fontes de notícias de Gaza, o líder da Jihad Islâmica Ziad al Nakhaleh prometeu retaliar os ataques israelenses.

"Nós estamos indo para a guerra. Netanyahu cruzou todas as linhas vermelhas pelo assassinato de Abu al-Ata. Nós responderemos fortemente", disse o Nakhaleh.

As Brigadas Al-Quds, ala militar da Jihad Islâmica, pediram a todos os seus combatentes que atacassem Israel.

"Anunciamos a mobilização geral de nossos combatentes e unidades e afirmamos que a resposta a esse crime não terá limites e será equivalente ao tamanho do crime cometido pelo inimigo", disseram as Brigadas Al-Quds em comunicado. .

A mídia israelense relata que o sistema de Defesa da Cúpula de Ferro interceptou vários foguetes na cidade de Ashdod, Sderot e Ashkelon, no sul da cidade. Enquanto isso, as sirenes tocam por todo o centro do país e até Rishon LeTsiyon, Holon e Tel Aviv.

Os militares ordenaram que todas as escolas israelenses próximas à Faixa de Gaza, incluindo Sderot e Ashkelon, fossem fechadas e se preparassem para retaliação da Jihad Islâmica. As aulas nas escolas de Rishon LeTsiyon, Holon e Tel Aviv também foram canceladas. Todos os agricultores são instruídos a não irem para seus campos e todos os moradores próximos a Gaza devem ficar perto de seus abrigos antiaéreos.

"Estamos preparados para vários dias de batalha, com um escudo de defesa aérea, inclusive no centro do país", disse o porta-voz da IDF ao Times de Israel.

Al-Ata era conhecido como o poderoso líder do ramo norte da ala militar da Jihad Islâmica e era responsável por lançar muitos foguetes contra cidadãos israelenses.

“Al Ata foi diretamente responsável por centenas de ataques terroristas contra civis e soldados israelenses. Seu próximo ataque foi iminente ”, afirmou o exército.

Acredita-se que Al-Ata esteja envolvido em vários ataques com foguetes contra Sderot em 1º de novembro e em uma rodada anterior de foguetes contra a cidade em agosto.

"Ele foi responsável por muitos ataques terroristas e pelo lançamento de foguetes contra Israel nos últimos meses e pretendia realizar ataques iminentes", afirmou o gabinete do primeiro-ministro Netanyahu em comunicado. Funcionários e Diretor da Agência de Segurança de Israel (ISA) e foi aprovado pelo Primeiro-ministro e o Ministro da Defesa depois de ter sido apresentado ao - e aprovado - pelo Gabinete de Segurança”.

A IDF disse que al-Ata era uma "bomba-relógio".

Oficiais militares de alto escalão disseram à rádio de Israel que a IDF tinha como alvo exatamente o quarto onde al-Ata estava dormindo e não destruíram o prédio inteiro. Uma autoridade também disse que Israel evitou mortes de espectadores.
Fonte: Guia-Me

Comediante cristão John Crist é acusado de má conduta sexual

O famoso comediante cristão John Crist foi acusado de má conduta sexual e de ter relações sexuais com mulheres casadas.

Taylor Berglund, do site cristão Charisma News, relatou esta semana que outras alegações contra o comediante incluíam doar ingressos para seus shows em troca de favores sexuais e sexting (envio de mensagens com conteúdo sexual/erótico através do celular).

A denúncia mostra depoimentos de cinco mulheres que tiveram seus nomes alterados por motivo de segurança.

Muitas das histórias seguem um padrão semelhante de comportamento: Crist iniciaria o contato através da mídia social, cultivaria um relacionamento de glamour e iniciaria (ou tentaria iniciar) sexting e outras atividades sexuais, além da manipulação emocional.

Crist negou todas as alegações, mas mesmo assim cancelou o resto das datas da sua turnê.

Em um e-mail para Charisma News, ele admitiu tratar “os relacionamentos com as mulheres de maneira casual demais, em alguns casos até de forma imprudente”.

Mas ele disse que “não é culpado de tudo pelo que fui acusado”.

Ele disse: “Meu comportamento tem sido destrutivo e pecaminoso. Pequei contra Deus, contra as mulheres e as pessoas que mais amo. Violei minhas próprias crenças, convicções e valores cristãos e magoei muitas pessoas no processo. . “

Ele continuou dizendo que havia pedido perdão às mulheres que machucou e que recebeu tratamento profissional por dependência e pecado sexual, o que ele disse que sua família e parentes próximos estavam cientes.

“Sinto muito pela mágoa e dor que causei a essas mulheres e continuarei buscando seu perdão. Também magoei o nome de Jesus e busquei Seu perdão”, disse ele.

“Os que estão mais próximos de mim – minha família, equipe e amigos íntimos – conhecem essa batalha há algum tempo, e agora você também”, continuou ele.

“Agora, humildemente, busco perdão, misericórdia e amor – não apenas por mim, mas por aqueles que magoei ao longo do caminho. Sinto muito.”

A denúncia vem apenas algumas semanas depois que Crist anunciou que havia garantido um especial de comédia chamado “Eu não estou orando por isso”, que deverá ser exibido na Netflix no Dia de Ação de Graças, que este ano será no dia 28 de novembro.

Quem é John Crist

Filho de um pastor de Vineyard, John Crist é mais conhecido por sua comédia stand-up e vídeos populares do YouTube que saturam a cultura cristã – incluindo “Church Hunters” e “Christian Mingle Inspector”. Seu site diz que seus vídeos foram vistos mais de um bilhão de vezes. Ele tem 2 milhões de seguidores no Facebook e outro milhão no Instagram.

Ele viaja por todo o Estados Unidos se apresentando em clubes de comédia e igrejas sempre com ingressos esgotados. Segundo Pollstar, ele é um dos 100 principais artistas de turnê do mundo. Em 2018, ele se tornou o primeiro comediante de stand-up a se juntar à popular turnê Winter Jam, dividindo o palco com artistas cristãos como Jordan Feliz, Skillet, Kari Jobe e o evangelista Nick Hall.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Today

Igreja é forçada a pagar por abortos em seus planos de saúde, nos EUA

Um grupo jurídico que defende a liberdade religiosa está investigando uma mobilização da gigante abortista dos EUA, Planned Parenthood na Califórnia, para forçar organizações religiosas a fornecerem cobertura e contribuição para o aborto.

O caso gira em torno de uma igreja da Califórnia que entrou com uma ação federal contra uma agência de saúde estadual por força-los a pagarem por abortos eletivos em seus planos de saúde.

Em agosto de 2014, uma Igreja Wesleyana do Skyline em La Mesa foi notificada pelo Departamento de Assistência Médica da Califórnia (DMHC) da Califórnia, que oferece planos de seguro de saúde que oferecem aos funcionários que incluem cobertura para abortos eletivos.

Lisa Amann, uma pastora da igreja em questão, disse: "Como cristãos, somos fundamentalmente contra a morte e o destino de uma pessoa".

A igreja apresentou uma queixa contra o departamento, mas um tribunal distrital da Califórnia rejeitou o pedido. A congregação apelou e está pedindo para reverter a decisão do tribunal distrital.

O caso da igreja foi ouvido na segunda-feira no Tribunal de Apelações dos EUA pelo 9º Circuito em Pasadena.

A Alliance Defending Freedom representa a Skyline e argumenta que essas ações violam os direitos e as liberdades da igreja sob a Lei de Procedimentos Administrativos de Estado e como constituições federais e estaduais.

"As igrejas têm liberdade de definir políticas internas alinhadas com os ensinamentos bíblicos sobre a importância da vida, desde a concepção até a morte natural", disse a assessora jurídica da ADF, Denise Harle.

"Um Suprema Corte dos EUA declarou consistentemente o direito das leis de conduta dos seus sujeitos internos formados com sua fé. E há muito tempo que a hostilidade do governo em relação às pessoas de fé é inconstitucional e não tem lugar na nossa sociedade" , continuou ela.

O Departamento de Assistência Médica da Califórnia supostamente mudou sua política depois de ter sido pressionado por defensores do aborto, ligados à Planned Parenthood.

Os advogados da ADF podem enviar e-mails da rede de clínicas de aborto para o DMHC, exigindo que os funcionários da agência "corrigida" aceitem as recomendações para organizações religiosas que discordam do aborto.

Uma igreja foi representada pelo procurador da ADF, Jeremiah Galus, que sustentou que o DMHC "está equivocado em suas tentativas de forçar uma igreja a pagar por abortos eletivos".

Fonte: Guia-Me

Igrejas serão cadastradas para ter isenção de impostos no DF

O Governo do Distrito Federal (GDF) criou o Cadastro dos Templos Religiosos (CTR). Instituições listadas terão o direito de imunidade de impostos automaticamente garantido. Ou seja, não pagarão mais tributos.

Nesta terça-feira (06/11/2019), o Diário Oficial do DF (DODF) publicou a lei para a elaboração da ferramenta, de autoria do deputado distrital Rodrigo Delmasso (PRB).

“Está na Constituição Brasileira: igreja tem imunidade tributária. Não é benefício. Esse cadastro desburocratiza o acesso ao direito constitucional”, assinalou o parlamentar. A lei será regulamentada dentro de 90 dias. Segundo Delmasso, atualmente, templos recebem cobranças indevidas de impostos.

“Existem casos de ICMS na conta de luz. E templos alugados recebem cobrança de IPTU. Está errado. No entendimento do Supremo Tribunal Federal, a imunidade é para o serviço, a atividade religiosa. Por isso, não importa se ocorre em imóvel alugado ou não”, citou.

De acordo com o parlamentar, a legislação é válida para livrar de impostos todas as matizes religiosas.

O projeto começou a tramitar na Câmara Legislativa em 2016. Os detalhes da regulamentação ainda serão definidos, mas Delmasso pretende sugerir o cadastramento virtual. Após o envio digital dos documentos, o governo emitirá a certidão de imunidade tributária.

Conforme o texto da lei, a imunidade no DF vai valer para o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), oImposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis por Natureza ou Acessão Física e de Direitos Reais sobre Imóveis (ITBI) e o Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCD). Os demais tributos incidentes sobre patrimônio, serviços e renda também terão a dispensa reconhecida.

Requisitos
Para ter acesso ao CTR, a instituição deverá cumprir cinco passos. Em primeiro lugar, deve estar constituída como pessoa jurídica. Também não pode distribuir qualquer parcela de patrimônio ou renda, com exceção de compromissos contidos no estatuto da entidade.

A instituição deve ter previsto no estatuto a transferência exclusiva de patrimônio para outra entidade religiosa, devidamente inserida na legislação, caso tenha as atividades encerradas. O templo precisa da escrituração das receitas e das despesas em registros exatos. Por fim, é exigida a certidão negativa de débitos fiscais para com a Secretaria de Economia.

“O prazo de validade do CTR é de 3 anos, prorrogáveis por tantos períodos quantos se façam necessários, mediante renovação do respectivo cadastro”, diz o texto da lei. Caso o pedido entrada na lista ou renovação seja negado, a instituição terá prazo de 30 dias para recorrer. Caso ocorra qualquer alteração na situação do templo, as entidades terão também 30 dias para comunicar ao GDF as mudanças.

Fonte: Metrópoles

Lucas Moura ora por adversário que fraturou tornozelo durante jogo

Uma grave lesão ofuscou o confronto entre Tottenham e Everton no último domingo (3) pela Premier League. Mas foi a reação dos jogadores que chamou a atenção do público.

Quando o Tottenham vencia por 1 a 0, o sul-coreano Heung-Min Son deu um carrinho no português André Gomes, que se desequilibrou e teve o pé preso ao gramado, ocasionando uma fratura no tornozelo direito.

Son imediatamente ficou chocado ao ver a gravidade do lance e começou a chorar em campo, antes de levar um cartão vermelho. O jogo acabou empatado em 1 a 1, com gols de Dele Alli e Cenk Tosun.

Quando os médicos entraram em campo, algo notável aconteceu — os jogadores dos dois times começaram a orar.

O brasileiro Lucas Moura, estrela do Tottenham, foi visto esticando o braço em direção ao adversário enquanto era socorrido pela equipe de emergência e deixava o gramado em uma maca.

“Lesão terrível no jogo esta tarde, mas eu amo que a reação de Lucas Moura foi orar #féemação”, disse no Twitter o pastor Neil Young, da igreja Causeway Coast Vineyard, na Irlanda do Norte.

Moura, que é cristão, já falou abertamente sobre sua fé. “Quero ser lembrado principalmente pelo meu exemplo como pessoa, quero ser lembrado como um homem de Deus”, disse ele segundo o site Evangelical Focus. “Acredito que é o que mais importa, o caráter, o bom exemplo de uma pessoa que ajuda outros a encontrarem a Deus. Eu quero ser lembrado por isso”.

André Gomes foi operado com sucesso nesta segunda-feira (4) e permanecerá alguns dias no hospital antes de prosseguir com a reabilitação no CT USM Finch Farm, segundo um comunicado oficial do Everton.

O clube inglês não divulgou um prazo para o retorno do jogador aos gramados.

Fonte: Guia-me com informações de Faithwire

Atriz de 'Pantera Negra' critica mídia por tirar Deus de suas entrevistas

A atriz britânica Letitia Wright, estrela do filme “Pantera Negra” e parte do elenco de “Vingadores: Guerra do Infinito”, da Marvel, criticou a imprensa por ignorar sua fé cristã durante as entrevistas.

Wright, que foi a maior estrela de bilheteria em 2018, fez sua crítica no Twitter na segunda-feira passada (28) — dois dias antes de ser nomeada pela revista Harper's Bazaar como uma das “Mulheres do Ano”, sem ter sua fé mencionada.

“É super fofo quando jornalistas/entrevistadores de revistas deixam de fora a parte pesada em que dou a Deus a glória pelo sucesso/realizações em minha vida”, escreveu Wright.

“Eu ainda amo vocês e Deus continuará sendo louvado”, ela acrescentou.

Não é a primeira vez que a atriz fala abertamente de sua fé. Falando no talk show “This Morning”, transmitido pela ITV no Reino Unido, ela disse que só conseguiu o papel de Shuri em “Pantera Negra” depois de entregar sua vida a Deus.

“Eu precisava dar uma pausa na atuação porque realmente idolatrava isso. Então, eu saí de lá e comecei uma jornada para descobrir meu relacionamento com Deus e me tornei cristã”,  disse Wright na entrevista que foi ao ar em fevereiro do ano passado.

“Isso realmente só me encheu de amor e luz. Eu me senti segura e senti que não precisava de aprovação de ninguém. Minha felicidade não dependia mais disso, dependia do meu relacionamento com Deus”, acrescentou.

Nas profundezas da depressão, a atriz britânica se entregou a Cristo depois de participar de um estudo bíblico de atores em Londres. Convencida de colocar Deus em primeiro lugar, Wright chegou a recusar um papel que a colocaria ao lado de Nicole Kidman e Elle Fanning.

“Lembro que Deus disse: ‘Desista do emprego. Eu posso te dar mais do que isso; Eu só preciso de você agora. Desista do trabalho’”, disse a atriz à revista Vanity Fair. Depois de obedecer a Deus, ela recebeu o papel gigantesco em Pantera Negra.

Embora Wright esteja programada para estrelar uma sequência de “Pantera Negra” em 2022, ela diz que está focada em projetos menores que fazem as pessoas refletirem.

Fonte: Guia-Me

"A profecia está sendo cumprida", diz arqueóloga sobre a antiga cidade de Jerusalém

Uma série de descobertas arqueológicas chamaram atenção da arqueóloga Anarina Heymann, que atua como coordenadora de divulgação da “Cidade de Davi”, em Israel. Ela acredita que profecias bíblicas estão se cumprindo diante dos seus olhos.

Até então, arqueólogos e turistas em geral acreditavam que a Cidade Velha de Jerusalém atual seria o mesmo lugar onde o rei Davi estabeleceu sua capital, há mais de 3.000 anos. Todavia, a arqueóloga explicou que descobertas recentes revelaram que existe outra cidade abaixo do local que até então acreditava-se se tratar da antiga cidade.

“Todos pensaram que a antiga Jerusalém bíblica estava dentro dos limites da Cidade Velha, logo atrás de vocês, dentro destes muros”, disse a arqueóloga para uma equipe de reportagem da CBN News, que foi até o local onde trabalha a cientista, em Israel. “Então a questão é: O que aconteceu 150 Anos atrás e onde está a antiga Jerusalém bíblica?”, perguntou.

Anarina explicou para os jornalistas que escavações iniciadas por um arqueólogo britânico, décadas atrás, revelou a existência da verdadeira antiga Jerusalém. “Estamos em um lugar mágico agora”, continuou Heymann.

“Este é o lugar ao qual Charles Warren chegou através dos resquícios que ele encontrou. Ele viu alguma coisa. E quando Charles Warren viu isso, ele percebeu que estava redescobrindo a antiga Jerusalém bíblica”, disse ela.

“A maioria dos visitantes pensavam que o que eles viam na Cidade Velha, era a antiga Jerusalém bíblica. Mas só quando Warren fez suas descobertas, comprovou que a antiga Jerusalém está fora do que hoje chamamos de Cidade Velha”, completou.

Cumprimento de profecia

Anarina Heymann acredita que a revelação da antiga Jerusalém é um cumprimento profético. A arqueóloga explicou que a própria Bíblia é utilizada diversas vezes como uma espécie de guia arqueológico, a fim de orientar os cientistas. Ela sugere que a descoberta da antiga Jerusalém só foi possível graças a isso.

“Muitas vezes, quando fazemos escavações, também não sabemos o que estamos procurando e então temos de ir à Bíblia e é ela mesma quem começa a nos explicar. Então, a Bíblia vem primeiro e depois as escavações. Quando juntamos os dois fatores, isso nos dá a imagem completa sobre a antiga Jerusalém”, destacou.

“A maioria dos reis de Israel foram ungidos exatamente onde estamos de pé agora. Estamos de pé no lugar da unção. E Isaías diz que você irá tirar água com alegria das origens da salvação”, disse ela.

Finalmente, Anarina lembra da passagem que se encontra no livro de Isaías 62:10, a qual vislumbra a ocorrência de um período futuro, onde a “velha” Jerusalém será reerguida em sua glória, possivelmente como preparação para o estabelecimento do reinado definitivo de Jesus Cristo, segundo a tradição escatológica cristã.

Diz o trecho bíblico: “Passai, passai pelos portões! Preparai um caminho para o meu povo. Construí, construí a estrada, removei as pedras. Erguei uma bandeira para as nações!”.

“Algo incrível está acontecendo, porque você vê que agora estamos escavando esta estrada e a profecia novamente está sendo cumprida. Em Isaías diz ‘Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplanai, aplanai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai a bandeira aos povos”, lembrou a arqueóloga, segundo a CBN News.

“Você pode ver exatamente como ela (Jerusalém) desapareceu lentamente da civilização, justamente porque uma cidade foi construída sobre a outra, e você podia ver como provavelmente a cidade poderia ter perdido a esperança, pensando: ‘quem vai me descobrir de novo?’. Mas isso é até que Deus diga: ‘Mas em um momento de favor, nada pode detê-lo’ e é isso que vemos em Giviti. Jerusalém está sendo revelada lentamente “, conclui ela.

Fonte: Gospel+

Grupo terrorista islâmico Boko Haram já destruiu 900 igrejas cristãs na Nigéria

Conhecido como o “Estado Islâmico da África“, o grupo terrorista muçulmano Boko Haram vem desde 2015 -quando jurou lealdade aos radicais situados no Oriente Médio – atacando a comunidade cristã do continente, especificamente em países como a Nigéria, onde um verdadeiro genocídio cristão está em curso.

Segundo a Comissão dos Estados Unidos para a Liberdade Religiosa Internacional, a Nigéria possui 180 milhões de habitantes, sendo divididos igualmente entre muçulmanos e cristãos. Todavia, existe uma ala extremista no meio islâmico que vem desequilibrando essa proporção através da violência.

Até mesmo os muçulmanos considerados moderados são vitimas dos pares radicais. Eles também são atacados e mortos por não aderirem ao extremismo do Boko Haram, segundo informações da organização Internacional Christian Concern (ICC).

Entretanto, “os cristãos continuam a ser o alvo principal e constante de radicais islâmicos, como o Boko Haram e os militantes Fulani sem qualquer esperança de serem protegidos e verem a justiça agir com firmeza contra esses crimes”, disse o ICC em uma nota.

De fato, líderes cristãos já denunciaram massivamente o descaso por parte das autoridades nigerianas quanto à proteção contra os ataques do Boko Haram, os quais incluem também, além dos assassinatos, sequestros, mutilação e abuso sexual.

Em setembro passado, através de uma decisão equivocada, o governo da Nigéria expulsou do país duas organizações humanitárias, à Ação Contra a Fome e o MercyCorps. Ambas prestavam auxílio nas regiões mais pobres do país, no nordeste, onde boa parte dos cristãos refugiados buscam proteção.

A justificativa do governo foi a de que tais ONGs estariam ajudando o Boko Haram, o que não foi provado. “Essas alegações acontecem pouco antes do Boko Haram lançar uma execução em vídeo de um dos seis trabalhadores humanitários que sequestraram há dois meses”, informou o ICC.

Na prática, o que ficou subentendido é que o próprio governo estaria compactuando com os radicais, e não o contrário.

“Esses seis trabalhadores humanitários faziam parte da Ação Contra a Fome. O Boko Haram afirmou no vídeo que o governo mantém negociações secretas com o grupo terrorista há meses, mas as enganou”, acrescenta o comunicado.

Enquanto o descaso permanece, 900 igrejas cristãs já foram destruídas pelo Boko Haram desde a escalada de ataques iniciada no país, segundo à Associação Cristã da Nigéria (‘CAN’). A ICC conclui seu relatório fazendo um apelo internacional:

“Em vez de perseguir o próprio grupo [terrorista] e interromper sua capacidade de recrutar entre os pobres, eles [governo] impedem grupos externos [ONGs] de ajudar os necessitados. Por favor, ore pelas famílias daqueles que foram sequestrados pelo Boko Haram e que o governo nigeriano está claramente deixando de ajudar”.

Fonte: Gospel+

Flashmob evangélico simulando crimes dá errado e moradores acionam a PM por medo

Um flashmob ousado de uma igreja evangélica terminou em confusão na capital potiguar. A PM interviu após moradores ficarem assustados com o evento, que simulava uma ação criminosa em um dos bairros de Natal.

Jovens da Igreja Evangélica Kerigma, sediada em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal (RN), simularam um arrastão nas ruas e espaços públicos. O roteiro, inclusive, previa “troca de tiros” com balas de festim.

Os integrantes do grupo usavam armas de airsoft, sem o lacre que identifica que se trata de um equipamento esportivo, rádios comunicadores e simulacros de tornozeleira eletrônica. Tamanha parafernália assustou moradores, que ligaram para a Polícia Militar.

A câmera de uma viatura mostrou o momento que uma equipe de policiais aborda os jovens, até então, suspeitos de estarem praticando crimes. Após abordagem a parte do grupo, os policiais constataram que se tratava de um flashmob para divulgar o trabalho do “Teen Impacto”, projeto de jovens da igreja.

As imagens mostram que depois que os integrantes da simulação de crime são rendidos pela PM, uma pessoa aparece com um cartaz avisando que tratava-se de uma encenação, segundo informações do portal Uol.

O evento do “Teen Impacto” envolveu mais de 300 jovens no bairro Jardins, e a organização do flashmob, feita pela Agência Missionária Impacto Radical, comentou o episódio descrevendo a ação como um “teatro evangélico” com o propósito de conscientizar jovens sobre problemas sociais e combate à violência.

Em sua defesa, os organizadores disseram ter avisado aos moradores, autoridades policiais, prefeitura e outros órgãos sobre a ocorrência do “evento”, além de ter colocado cartazes ao longo de trechos onde o grupo passou, conscientizando que tratava-se de uma encenação.

“O Teen Impacto se dá num formato de teatro evangélico que tem como plano de fundo a guerra entre grupos de traficantes e milicianos, com a simulação e encenação em locais públicos e privados, e a participação de pessoas cristãs caracterizadas (não são bandidos) e, como tal, portando simulacros de armas de fogo inofensivas, drogas falsas, interpretações de violências e gangues”, diz a nota.

Um dos jovens que encenou um bandido na ação estava usando um moletom da torcida organizada do ABC de Natal, o que motivou uma manifestação de repúdio da Garra Alvinegra. Em nota, os torcedores afirmaram que a ação demonstrava um “estereótipo ridículo e preconceituoso de que nossa torcida está associada à imoralidade e criminalidade”.

“Ao contrário da suposta ‘agência’, o nosso grêmio recreativo não age com preconceito e irresponsabilidade em sua comunicação. Nunca, em hipótese alguma, precisamos diminuir ou rebaixar a imagem de A ou B para promover nossas benfeitorias. Pelo contrário: somos capazes de fazer o bem como nosso próprio esforço”, diz outro trecho da nota emitida pela torcida organizada do ABC.

Fonte: Gospel+

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *