Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Militar ganha o apelido de “Policial Pregador” por usar a Bíblia em suas abordagens

Militar ganha o apelido de "Policial Pregador" por usar a Bíblia em suas abordagens

William Sifuna é um policial militar que se destaca nas ruas de Maralal, no Quênia, um país no leste da África conhecido também por seu baixo índice de desenvolvimento humano e violência urbana. Todavia, o agente da lei empregou uma estratégia em suas abordagens que tem se mostrado eficiente: o uso da Bíblia Sagrada.

Na região onde Sifuna atua, o roubo de gado é muito comum. O policial, no entanto, usa os princípios da Bíblia para exortar os ladrões quando são presos. “Devolva o que roubou, peça perdão a quem o roubou e jura nunca mais roubar”, é a sua orientação.

Como resultado, o ladrão tem a opção de permanecer livre, desde que se retrate com a vítima e mostre arrependimento. “Estou preparado para me defender diante de uma ameaça mortal. Mas prefiro usar amor e mediação”, disse Sifuna ao falar do seu trabalho.

Atuando principalmente na delegacia da cidade de Maralal, no condado de Samburu, o militar está convicto de que não basta utilizar a força das leis contra os bandidos, mas também oferecer esperança aos criminosos, mostrando que Deus é capaz de perdoar quando há arrependimento e mudança de atitude.

“Para combater o crime, precisamos de Deus. Não podemos fazer isso sozinhos. Precisamos da intervenção de Deus em tudo o que estamos fazendo como força policial ”, disse ele, que além de policial é ministro da igreja dos Ministérios de Restauração Elshadai em Maralal.

O policial disse em uma entrevista ao The Standard que a maioria dos criminosos capturados por ele, após ouvir suas exortações baseadas na Bíblia Sagrada, mudam de atitude e até frequentam a igreja onde ele faz suas pregações.

“Antes de prendê-los, aproveito a oportunidade para pregar ou aconselhá-los, e quando eles saem das celas frias, a maioria confessa e se afasta do crime”, disse ele, destacando que muitos crimes de pequena gravidade são tratados nas celas da própria delegacia.

“Eu aplico a lei, mas de uma maneira bastante interativa. Prefiro celas menos congestionadas e lido com a maioria dos pequenos infratores dentro das celas. A estratégia é simples: eu escuto o lado deles da história, os aconselho e medio em casos insignificantes”, explica.

Por fim, Sifuna conclui dizendo que respeitar o próximo e se possível acompanhá-lo faz toda a diferença na vida da comunidade. Na prática, o militar que foi apelidado pelos locais de o “Policial Pregador” por usar a Bíblia em suas abordagens, levou para às ruas o ensinamento bíblico do discipulado.

“Como policiais, quando respeitamos as pessoas, eles nos respeitarão de volta. Os policiais só precisam abordar as pessoas com respeito. Somos chamados para proteger e tranquilizar as pessoas”, disse ele. “Eu os acompanho, mesmo que envolva trazer a família, desde que seja alcançada uma solução e o agressor não retorne para a cela”.

Fonte: Gospel+

Postar um comentário

[blogger][disqus][facebook][spotim]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget