Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Dezembro 2019
'Momo' "Eu quero ir" “Aguardo o Dia” “Casa na Rocha” “Em Casa” “Mais Alto” “Quem é esse?” “Quero Te Adorar” “We magnify his name” 10 Mandamentos 19ª edição do Grammy Latino 2018 2019 22 anos 3 Palavrinhas 360 Wayup 6 milhões 60 Minutes A Bíblia Kingstone Abaixo-assinado abandona Abílio Santana Abin abortistas aborto abortos abrigo para dependentes químicos Absolvida abusador abusar dos membros abuso infantil abuso sexual abusos sexuais Academia Acadêmicos do Sossego acampamento evangélico ação judicial Ação popular Ação social Acertou Mizerávi Achado Arqueológico ACI Digital acidente acidente de trânsito Acioli acordo de paz Acre acusação ad belenzinho ADAI Music Adão e Eva Adaulto Lourenço Adauto Lourenço Adilson Gigante ADO 26 adolescente adolescentes Adolf Hitler Adolf Hittler adventistas do Sétimo Dia advogados Afeganistão Africa África Africa do Sul Agenda Lgbt Airbnb Al-haram Al-sharif Al-qaeda Al-Rashid Aladdin Alagoas Alan Rick Albert Einstein Alcoolismo aldeia Kamayurá Alemanha Alerta aos pais Alex Passos Alexandra Abrantes alexandre frota Alexandre Isquierdo Aline Barros Alison Redmond-Bate alma altares Amazon ambulância América América Latina Amor Amor de Deus Amor e Sexo amor incondicional Ana Paula Ana Paula Valadão Anápolis Anayle Sullivan Anderson Freire André Aquino André Balada Andre Fernandes André Valadão Andrea Long Chu Andrew Brunson Anel Pilatos anencefalia Anglicana Angola Anitta aniversário de casamento Anjo Anne Graham Anne Graham Lotz Anny Theyler Anti-Balaka anti-Israel anti-judaico anticristãs Anticristo Antigo Testamento Antissemitismo apanhar aplicativo Apocalipse apóstolo apóstolo Paulo App apresentador Árabe Araguaína Arca da Aliança Arca de Noé Argentina Argentinos arma arma de fogo Armas Armênia armênios Arqueologia arqueólogia arqueologia bíblica Arqueologia na Bíblia arqueólogo Arquidiocese da Paraíba Arrebatamento arrependimento Artistas Asia Asia Bibi AsiaNews asilo assalto assassinada assassinado assassinato do pastor assassino assédio sexual Assembleia de Deus Assembléia de Deus Assembleia de Deus no Brasil Assembleia de Deus Vitória em Cristo ataque ataque cardíaco Ataque Contra Cristãos ataque de ódio Ataque no Egito Ateísmo Atentado Atentado Terrorista Atentados Ateu Ateus Ativismo Ativismo Gay Ativismo Lgbt ativista gay Ativistas ato profético Ator Atos dos Apóstolos atriz atriz Chrissy Metz audiência Augusto Cury Augusto Heleno Ribeiro Pereira Augustus Nicodemus Augustus Nicodemus Gomes Lopes Austrália Autoajuda automutilação Autoridade Palestina auxílio-mudança avivamento Azerbaijão azul e rosa babalorixá Baby do Brasil Bahia Baleado baleou Bancada Evangélica Band Band News Banda 4Life banda Livres Banda novo som Banda Resgate banda Rosa de Saron Bangladesh Banheiro Transgêneros banheiros únicos barragem Barroso bate boca bateria de escola de samba Batismo batismo infantil Batismo nas Águas Batista Peniel Batista Soul batistas do Sétimo Dia batistas independentes batizado bbb Bebê é abandonado bebê Jesus bebês bebida alcoólica Beit Chabad Beka Belém Belford Roxo Bélgica Belíssima Belo Horizonte Benjamin Netanyahu Bernardino Beth Moore Bethel Bibi Bíblia Bíblia Antiga Bíblia e Ciência Bíblia Mais Antiga bíblia sagrada Bíblias. África bicicleta Big Brother Brasil Billy Graham Bird Box Bispo Bispo Edir Macedo Bispo Julian Henderson bispos Blasfêmia blasfêmia. Cristão Boas Notícias Boko Haram Bola de Neve Bolsa do Samaritano Bolsonaro bombeiros boneco Ken Sereia brad dacus Brad Hoylman Brasil Brasil Sem Aborto Brasil Urgente Brasil x Israel Brasília Brian Houston briga de casal Britney Spears Brittni De La Mora Brumadinho Bruna Drews Bruna Marquezine Bruxa bruxaria bruxos cristãos Budismo Bulgária Bunda Mole buscar a Deus Butão cabo Daciolo Cabo de Santo Agostinho Cabul caçadores de cabeça CADETINS café da manhã de oração por Jerusalém Caio Fábio calçados Hello Kitty. calçados Ipanema calçados Melissa Califórnia caloteira Câmara de Vereadores de Porto Alegre câmara dos Deputados Camarões câmera câmeras de vigilância Caminhada Caminho da Graça Campanha Campinas Canadá canal Metaforando câncer Candomblé cantor Anderson Freire cantor Eli Soares cantor gospel cantor Juliano Son Cantor Leonardo Gonçalves Cantor Robério Lima e Silva Cantor Samuel Mariano cantor Wellington Camargo Cantora cantora Daniela Araújo cantora Flordelis Cantora Gospel capeta escondido Caridade Carlos Apolinário Carlos Bolsonaro Carlos Nadalim carnaval cartão de crédito Casa Branca Casa Civil casal gay casal pastoral casamento Casamento de Célia Sakamoto casamento gay casamentos cristãos Casos de Milagre Cassiane cassino Castidade Catedral da Fé Cativeiro Catolicismo católicos Cazaquistão Ceará Ceia de Natal celebridades Célia Soul Céline Dion celular celulares censura Centro Nacional de Exploração Sexual Centro Pentecostal Jovem Resgate Cepal cerveja Cesare Battisti céu Chance The Rapper Charles Darwin Chico Wehmuth chifres Chile China chineses Chris Pratt Christian Bale Christyan Leão Cia Nissi Ciclone Cid Moreira Cidade bíblica ciência Cinema Circulo de oração Cisjordânia Ciúmes clamor Clínica Abortista clinica de aborto Clínica de Aborto clip CNBB CNN cnpj Coaching Coaf cobertura espiritual Coletes Amarelos Colômbia coluna Comandante Moisés comando vermelho Combate à Corrupção combate à pedofilia combater Comercial Comerj Comics comodoro MT comunismo Condenada conectados a Cristo Conectando Gerações Conexão Repórter Confiabilidade da Bíblia Confiança na Bíblia Conflito Congo Congrega Church congregar congresso internacional de arqueologia bíblica Congresso Nacional consagração Conselho Apostólico Brasileiro Conselho Mundial de Igrejas Conselho Tutelar Conselhos de Psicologia Conservadorismo Consumo de Maconha Contra Ideologia Contra Ideologia de Gênero Convenção Batista do Sul Conversa Com Bial Conversão Coordenação de Assuntos Religiosos COORPIN Coptas coral Coral Kemuel Coreia do Norte Coréia do Norte Coreia do Sul corinthianismo Corinthians Corrupção cova CPAD CPI crê em Deus Crente Bom de Bíblia 2018 Crescimento das Igrejas Criacionismo crianças Crime crime organizado Crimeia Crimes criminalidade criminalização da homofobia Cris Cyborg cristã perseguida cristão cristão homofóbico Cristão Perseguido Cristão Perseguidos Cristão. Lista Mundial da Perseguição 2019 cristãos Cristãos Copta Cristãos de Jos Cristãos no Egito Cristãos no Trabalho cristãos perseguidos Cristianismo Cristo para Todas as Nações Cristóvão Colombo criticada críticas Crocodilo crucificado Crueldade Animal cruz Cruz das Almas-AL cruzada Cuba cuide de sua família culto culto ao ar livre Culto na Rua cultos Cultura de Estupro Cúpula Conservadora das Américas cura Cura de Doenças Cura de Tumor Cerebral Cura do Câncer cura gay Cura Milagrosa curandeiro Cursos Cybercensura Daciolo Damares Alves dança Daniel e Samuel daniela mercury Danielle Favattoigreja Danilo Gentili Darlene Zschech Darwinismo Datafolha Datena Dave Williams. microchips Davi Davi se escondeu David Cerqueira David Owuor Dc Comics Deadpool Debate Deborah Secco decote Decreto Defesa dos Animais Deise Cipriano Deise Jacinto Delegacia de Investigações Gerais delegada Luciane Bachir Deltan Dallagnol Demolidor demônio Demônios Denis Mukwege Denise cerqueira Dennis Christensen dependência quíimica ex-bruxo ex-ocultista libertação do ocultismo libertação espiritual ocultismo sair do ocultismo testemunho de conversão testemunho de fé vício em drogas deportação depressão deputada federal Flordelis Deputada Lauriete deputado federal deputado Hidekazu Takayama deputado Sóstenes Cavalcante Descoberta Arqueológica Descobertas Científicas Desconfinados Descriminalização da Maconha Desigrejados Deus Deus capacita os escolhidos Deus Criador Deus é Mais Deus é Mulher Deus Não Está Morto Deus Salvador deusa robô Devocional Dez Mandamentos DHPP Dia da Bíblia diabo Diante do trono dicas de suicídio dicas no casamento Dilma Rousseff dilúvio Dinheiro diploma de mestre diplomação no TSE Diplomacia Direitos Humanos Disforia de Gênero Disney disparo Distrito Federal Ditadura Dívida Divisão Divórcio dízimo DJ DJ PV DNA Doação doação de imóvel Dom Orani Tempesta Domingão do Faustão domingo Donad Trump Donald Trump Douglas Gonçalves Doutor Estranho doutrinação Dr. Milagre drag queens drogas Dudu Camargo Dupla Dupla Alisson e Neide DVD comemorativo eclipse Ecologia Edificante Edir Macedo Editora de quadrinhos Eduardo Bolsonaro Eduardo Costa Eduardo Paes Eduardo Sterblitch Educação educação domiciliar Efatá Egito El Chapo Elaine Martins Eleições 2018 Eleitoras eletrocutado Eli Soares Ellen Page Elson de Assis embaixada Embaixada Brasileira Embaixador de Israel Emerson Orofino Emerson Pinheiro Emirados Árabes Unidos Emmanuel Macron empresas encontros religiosos Enem enredo ensinamentos budistas Ensino Religioso Entrevista com Deus equipe de transição Erich von Däniken eritreia Ernesto Araújo erotização precoce escândalo Baby Squillo Escatologia Escavação Escócia Escola Cristã Iraque escola de samba Escola Dominical escola sem partido escolas Escolas de elite Escolas de Samba escravas sexuais escravizar fiéis esfaqueador esfaqueia espetáculo Espirito Santo Espírito Santo esposa esposa de bolsonaro esposa do presidente esquerda Esquerdismo Estadão Estado Islâmico Estado laico Estados Unidos Estatísticas esterilizações Estrada Estrela de Belém estudo estupro Etiópia Eu Não Estou Só EUA Eunício Oliveira evangelho evangélica Evangelicaorto Evangélicas evangélico Evangelicos evangélicos evangelismo Evangelismo na Rua Evangelismo Urbano evangelista Evangelização Evangéllicos Evento evento evangelístico Evidências do Cristiainsmo Evo Morales ex-atriz porno Ex-bruxa ex-cantor ex-feminista Ex-gay Ex-governador Ex-homossexual Ex-islâmico ex-líder ex-marido ex-Miss Pensilvânia Ex-muçulmano ex-muçulmanos ex-ocultista Ex-padre ex-padre Wagner Augusto Portugal Ex-pastor ex-pastor evangélico Ex-presidente Lula ex-satanista ex-vocalista da Banda IdeALL excesso de barulho Êxodo exploração sexual extraterrestre extremismo Extremismo Religioso extremistas Extremistas Islâmicos Extremistas Muçulmanos Eyshila Fabio Faria Fábio Pannunzio fábrica de tortura Fabrício da Silva Pimentel Facebook Faixa de Gaza Fake News FakeNews Fala Que Eu Te Escuto falar em público falsa igreja Falso Falso Milagre Falso pastor família Família e Direitos Humanos Fantástico Fat Family Fausto Silva favorecimento Fazer Aborto Fé cristã Fé Irresistível Feira de Santana feitiços felicidade Felipe Moura Brasil feliz FM Feminismo Fenômeno fenômeno da natureza fenômeno evangélico Fernanda Brum Fernanda Lima Fernandinho Fernando Haddad Fernando Pesão Fernando Pessoa feto Fica Tranquilo fichas escolares fiéis Filadélfia Filho filhos Filipinas Filme Filme Cristão Filmes Filmes adultos Filosofia de Vida filósofo Fim dos Tempos financiamento Finlândia fiscalização igrejas físico brasileiro Flávia Alessandra Flávio Bolsonaro Flordelis Floresta Amazônica fofoca Fofocalizando Folha de São Paulo Forças Armadas Fórmula 1 Fortaleza Fórum Desembargador Mendes Wanderley Fórum Econômico Mundial Foundation França Francis Chan Francisco Razzo Frank Aguiar Frank Houston Franklin Graham Fred Instagram Freedom Freiras frente parlamentar evangélica From Religion Funai funk funkeira Ludmilla Futebol Gabinete de Segurança Institucional Gabriel Guedes Gabriel Medina Gabriela Gomes Gabriela Hardt Gabriela Rocha gafanhotos Game of Thrones Gana Gaviões da fiel General Heleno Gênero nas Escolas gênero neutro genética Geografia Bíblica Ghar Wapsi Gideões Missionários Gideoes Missionários da Última Hora Gideões Missionários da Última Hora Gilberto Carvalho Gisele Bündchen Gleisi Hoffmann global Globo Globo News Globo Rural GloboNews Glória a Deus Gogue e Magogue Goiânia Google gospel Gospel for Asia governador do Distrito Federal governadores governo Governo Bolsonaro Governo do DF governo do Egito Grã-Bretanha Grammy Latino gravadora Musile Records grazi massafera Gregório Duvivier Grendene Gretta Vosper Greves Grupo de Lima Grupo dos 77 Grupo Especial do Rio de Janeiro Grupo Lgbt Grupo pró-aborto Grupo Record Grupos religioso Guanambi guerra Guerra interna Guerras Guilherme de Sá guitarrista Haia Hailey Hailey Baldwin Haiti Hamas Hamilton Mourão Hank Hanegraaff Harpa Cristã HB Hebrom Heidi Crowter Henrique Fogaça heresia Hillsong Hinduísmo Hino História do Cristianismo Hitler Holanda Hollywood Holocausto homem Homem de Ferro Homem-Aranha homeschooling Homicídio homofobia homoparentalidade homossexuais homossexual Homossexualidade Hong Kong horóscopo hospital de Brejo Santo Hulk humor Humorista Ibaneis Rocha Ibope Idai identidade de gênero ideologia Ideologia de Espécie ideologia de esquerda ideologia de gênero IEQ igreja Igreja Adventista Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia Igreja Anglicana igreja anti-LGBT igreja Apostólica Acolhidos por Cristo Igreja Assembleia de Deus Igreja Batista Igreja Batista da Lagoinha Igreja Batista Getsêmani igreja Bethel Igreja Brasil para Cristo Igreja Catedral do Avivamento Igreja Católica Igreja Católica Apostólica Romana (icar) Igreja Cidade de Refúgio Igreja Comunidade das Nações Igreja Contra o Aborto Igreja da Cientologia Igreja da Graça Igreja da Inglaterra Igreja de Bethel igreja destruída igreja do distrito de Iara Igreja do Evangelho Quadrangular Igreja Episcopal Igreja Evangélica igreja Hillsong Igreja holandesa Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Luterana Igreja Mananciais da Barra Igreja Metodista Igreja Metodista Unida Igreja Mundial Igreja Mundial do Poder de Deus Igreja Ortodoxa Igreja Ortodoxa Ucraniana Igreja Pentecostal Tempo de Milagres igreja perseguida Igreja Presbiteriana Igreja Presbiteriana de Cruzeiro do Sul Igreja Profetizando as Nações Igreja Quadrangular Igreja Renascer Igreja São Thomas Igreja Universal Igreja Universal do Reino de Deus igrejas Igrejas alemãs Igrejas domésticas igrejas evangelica Igrejas Evangélicas Igrejas evangélicas Alemanha igrejas licença Igualdade Racial ilegais ilustrações do reino de Deus imã Ahmed al-Tayeb Imagem de Cristo imagem de Jesus imbecil IMPD impostos Imran Khan Incêndio incesto indenização Índia indígenas índios Indonésia infância Inglaterra Insetos instituto Barna Instituto de Templo Instituto do Templo Inteligência e Fé intercessão Internacional International Christian Concern internet intolerância religiosa investigação Irã Iranianos Iraque Irlanda Irmandade Muçulmana Isabella Chow Isadora Pompeo Isaias Jr Islã Islâmicos islamismo Islamização Israel Israel Salazar Israel x Palestina Italia Itália Itamaraty IURD Ivanir dos Santos J.d. Greear Já Ouço o Rugido Jacarezinho Jacira Cabral Jair Bolsonaro Jair Bolsonro Jair Messias Bolsonaro James Cowan James Faulkner Jamie Shupe jandira feghali Japão Jay Santana Jean Wyllys Jenna Presley Jerry Falwell Jr. Jersualém Jerusalém Jesus Jesus Copy Jesus Cristo Jezabel Jihad Jim Caviezel Jim Howard Jimmy Evans Jó – Midian Lima João Campos João de Deus Joaquim Alves joel dahl Johan Huibers John Allen Chau John Bolton John Chau Joice Hasselmann Jojo Todynho Jonathan Nemer Jordânia Jorge Viana Jornada Mundial da Juventude jornal Jornal Nacional jornalista Milly Lacombe José de Abreu Josimar Salum Josué Valandro Jr. Jovem jovem cristã Jovem Pan Jovens Jovens Cristãos Joyce Meyer Juan Guaidó juanribe pagliarim Judaismo Judaísmo Judeus Judith Butler Juiz Juiz Marcelo Bretas Juiz Sérgio Moro Juíza juíza Diana Brunstein juíza Maria Lucinda da Costa juízes Julgo Juliana Paes Junior Trovão Justiça Justiça do Trabalho justiça federal Justin Bieber Justin Welby Kantar Ibope Kanye West Kauã Salles Kemilly Santos ken hickam Kevin Sorbo Kingstone kit gay Kleber Lucas lacração ladrões Lady Gaga Lagoinha Lançamentos Lanna Holder laos Las Vegas Latino Lauriete Lauriete Leonel Ximenez Lava Jato Léa Mendonça Leandro Karnal Legalização da Maconha Legalização do Aborto Lei Lei Civil Lei Rouanet lenços verdes Léo Áqulia Leo Dias leões Leonardo Gonçalves LGBT LGBTI LGBTI+ LGBTQ LGBTs libanês Líbano Liberação da Maconha Liberalismo Teológico Liberdade de Expressão Liberdade religiosa libertação Líbia Líder de seita líder do islã Líder Evangélico liderança Líderes Evangélicos Líderes Religiosos Liga Árabe Lindbergh Farias Língua Portuguesa linguagem corporal de Flordelis linguagens de sinais Línguas Estranhas Linhares lista de livros evangélicos 2018 Lista Mundial da Perseguição Lista Mundial da Perseguição 2019 Lito Atalaia livramento Livro Livros Liz Lane Loja Londres Lotz Louie Giglio Louvor e Adoração lua de sangue Luã Freitas Luanda Lucas Luciana Gimenzes Luciano Huck LUCIANO SUBIRÁ Lúcifer Ludmila Ferber Lugar Secreto Luiz Inácio Luiz Inácio Lula da Silva Luiz Sayão Lula Luma Elpidio luteranos Mackenzie Maçonaria Maconha Maconha Não macumba Maduro mãe Mãe de El Chapo Magno Malta Magno Malta e Lauriete Maioridade Penal mais lido 2018 Mais médicos Malásia Malhação mandato mandato ilegal mansão Manuela D'ávila Manuscritos do Mar Morto Maomé Mar Morto Mara Maravilha Maranhão marcelo calero Marcelo Crivella Marcelo Freixo Marcelo Gleiser Marcha Marcha na Argentina Marcha para Jesus Marcha pela Vida marchas Marco Feliciano Marcos Freire Marcos Madaleno Marcos Mion Marechal Cândido Rondon Mariana Valadão Maricá marido Mario Bramnick Mario de Oliveira Marisa Lobo Marisa Lobo Psicóloga Marisa Papen Marrocos marroquino Marvel Marxismo Cultural marxistas MasterChef Mauricio de Souza Maurício de Souza Mauro Souza maus tratos Max Lucado MBL MC Pocahontas McDonald’s MEC meca medicina Mediunidade medo megaigreja meio cristão Melhor Álbum de Música Cristã Melissa Joan Hart membro Menina rosa Menino azul menores menores de 14 anos mensagem mercado de streaming mesquita Messias Mianmar Michel Temer Michele do Carmo de Souza michelle bolsonaro michelle de paula bolsonaro Migração Mike Pence Mike Vieira Mikkelson milagre Milagres ministério “Underground Resistance” Ministério da Cidadania Ministério da Mulher Ministério das Relações Exteriores ministério de louvor da Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (SP) Ministério dos Direitos Humanos Ministério Mananciais Ministério Nova Jerusalém Ministério Portas Abertas Ministério Público Ministério Público Federal ministérios. ministra da Mulher Família e Direitos Humanos Ministra Damares Ministra Damares Alves Ministro ministro Augusto Heleno Ministro Dias Toffoli ministro evangélico Ministro Marco Aurélio Mello ministro Marcos Pontes Ministros Mirele Peixoto Souza Teodoro Missão Portas Abertas Missionária Missionária Camila Barros Missionário Missionários Missões Missouri miticismo Mitologia MK Music Mobile Moçambique Mogi das Cruzes Moisés Mongólia monte Monte do Templo Moradores de rua Moro Morreu morte morte de pastor mortos Moscou Movimento Lgbt MPES muçulmano muçulmanos Mudança da Embaixada Mudança de sexo Mulher mulher cega Mulheres mulheres cristãs Música Musica Gospel Música Gospel Musical Musile Records Nações Unidas Namibe não se meta com meus filhos Nascimento de Jesus Nasrat Mohamed Jamil Natal Natália Araújo National Geographic Native Tongue naxalitas Nazaré NCOSE Neal McDonough Neemias Nego do Borel neopentecostais NetFlix neto de Billy Graham Nevada Neymar Nicolás Maduro Nicole Kidman Níger Nigéria Nigeriano Nívea Soares Nobel da Paz nota oficial Nova Friburgo Nova York novela Novelas Novo Testamento O Milagre da Fé o outro lado do paraíso O Seredo dos Deuses Oakland obras ou pela graça Obreiro obrigações fiscais de igrejas ocorrência policial ofensa oferta Oklahoma Ong Cristã Ongs ONU ONU Mulheres Onxy Lorenzoni Onyx Lorenzoni OPBB-SP Operação Lava Jato opositora oração orações Ordem dos Pastores Batistas Organização das Nações Unidas Oriente Médio Os Incríveis os Pingos nos Is Ousado Amor – Isaías Saad outros deuses Pabllo Vittar Paciência pacific justice institute Pacto de Migração pacto diabo padre Padre Alessandro Campos Padre católico gay padre Marcelo Rossi Padre Quevedo padres Paganismo páginas da vida pai pai de vítima pais biológicos Palácio da Alvorada Palácio do Planalto Palavra de Deus Palestina palestinos Panamá Pânico panos ungidos Pantera Negra pão diário Papa Francisco Papai Noel Paquistão Paquistãom Suprema Corte do Paquistão Parada do Orgulho LGBT Parada Gay parada LGBTQ Paraíba paralisia facial Paranoá paris parlamento britânico Parlamento e Fé Partido Comunista Partido Comunista Chinês Partido dos trabalhadores partidos de esquerda passaporte diplomático Passion Pastor Pastor Adir Neto Teodoro pastor Alph Lukau pastor Anderson do Carmo pastor Anderson do Carmo de Souza Pastor Antonio Rocquemore pastor e advogado Adir Neto Teodoro pastor Felippe Valadão Pastor George Pastor Geraldo Mangela pastor Hueslen Santos pastor isidório pastor Jim Jones Pastor Joaquim Barbosa pastor Leonardo Sale Pastor Lucas Pastor Manuel Marcos Pastor Marco Feliciano pastor Melqui Gomes Pastor Reuel pastor Rinaldi Digílio pastor Robert Hood pastor Rusty George Pastor Samuel Mariano Pastor Samuel Olson Pastor Silas Malafaia pastor Takayama Pastor Tiago Brunet pastora Pastores pastores de cabra fulanis Paternidade Patriarca Kirill Patricia Lelis patrimônio da humanidade Paula Fernandes Paulo Freire Paulo Guedes pauta de costumes paz e vida Pcdob PEC pecado pecados pediatra pedido de desculpas pedofilia Pedra Beka pensamento Pensão alimentícia Pentateuco Pequim perda do filho perdão perguntas ofensivas Perlla Pernambuco Perseguição perseguição religiosa personagem gay pesquisa Pesquisas Petista Petrobrás Petrolão Pew Research Center Phatrícia Carvalho Philip Metschan Piauí Pilar do Sul Pilatos pintor preso piscina Pixar Animation Studios Plano de Governo Plano do diabo Plano do diábo PM Pobreza extrema Pode Voar Polêmicas Polícia Polícia Civil Polícia Civil do Rio Polícia Federal Polícia Militar Policiais militares poligamia politica política Pôncio Pilatos Pônico Pilatos população condena pornografia pornografia infantil Porta das Ovelhas porta de igreja Porta dos Fundos Portas Abertas portas dos fundos pós-morte Posse do Presidente Posse Presidencial Pr Luan Santos praças Prb prefeito prefeitura Pregação Pregação Contra Aborto pregador de internet pregador voador pregadores modinha Prem Baba Prêmio Nobel presépio Presépio Satanista Satanismo Presidência presidência no Congresso Presidente presidente da Rússia presidente jair bolsonaro presidente Jovenel Moise presidente Michel Temer Preso presos primeira filha Primeira-dama prisão Priscilla Alcantara prisões iranianas pró-vida processo processo judicial Processos judiciais procuradoria geral da república profecia Profecias professor professores Programa Fantástico Progressismo proibir Projeto de Lei Propaganda propina Proposta de Emenda à Constituição prostituição protestantes Protestantismo protestos Provérbio X psicóloga evangélica PSL PT Punjab Pure Flix Puritanismo queda de helicóptero Quem é Você? Quênia Qumran R. R. Soares R.R. Soares R$ 28 Rabinos racismo radicais rádio Rádio Estadão FM rádio evangélica Rádio Gospel Rádio Jovem Pan Rádio Vida radios gospel Rafael Novarine Rafael Octavio Rafael Octávio Rap Rap Gospel do Brasil ratinho Real Life Church Rebeca Nemer receita federal Recep Tayyip Erdogan Recife record Record News Record TV Rede Bandeirantes rede globo Rede Record Rede TV Redes Sociais reencarnação reforma da previdência reforma tributária refugiados Regensburger Domspatzen regularização rei da matemática Rei Davi Reinhard Bonnke Reino Unido Reis Magos Relacionados Relações exteriores religião religião islâmica religião no futebol religiões religiões de origem africana Religiosidade religiosos Religiosos palestinos Renan Calheiros Renascer Praise Renato Cardoso repartições públicas réplica república centro-africa República Centro-Africana ressucita Ressurreição restaurar Reuel Bernardino Revista Época RFID Ricardo Boechat Ricardo Lewandowski Ricardo Vélez Rodriguez Rio de Janeiro Rio Jordão Riqueza rituais rituais religiosos Roberta Miranda Roberto Requião Rock Cristão Rock in Rio 2019 Rodolfo Abrantes rodovia Castelo Branco Rodrigo Duterte Rodrigo Maia rodrigo silva Roma Romualdo Panceiro Ronald McDonald’s Ronaldo Caiado Ronaldo Ésper Rosa de Saron Rosânia Rocha Roubo Rua Azusa Rumores de Guerras Russia Rússia ryan coleman Sabrina Bittencourt Salmo 91 Salmos Salvador Sam Henrique Samuel Malafaia Sandra Terena Sandro Frederico da Silva Sandy Santa Catarina Santiago Chile Santo São Paulo Sarah Farias Sarah Sheeva Satanás satanismo filosófico satanistas Saul SBT SBT Silvio Santos Schumacher Se Eu Me Humilhar – Discopraise sê tu uma bênção Secularismo Secularismo na Igreja Segunda Instância segundo casamento segundo sol Segurança pública Sei Que Estás Comigo seita seita Cientologia seminários Senado Senado Federal senador estadual Senegal sente as pessoas Separação sequestrado Sérgio Cabral Sergio Knust Sergio Moro Sérgio Moro Séries de Tv Sermão sertanejo Sertãozinho Sharran Sheikh Hasina signos Silas Malafaia Silvio Santos símbolos nazistas símbolos religiosos Simone Simone e Samaria Sindicalistas síndrome de down sinos Sionismo Síria Smartphones sobrenatural socialismo Sociedade Bíblica do Brasil Sodoma e Gomorra Solstício de Inverno Som da Minha Vida Sony Music Gospel Sorocaba Southern Baptist Convention Stan Lee startup DVFLIX Steve Campbell STF sucesso Suicídio Suicído Super Drags Super Interessante Super-herói Superação Supernatural Superpop suplica Suprema Corte Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal (STF) Surdos Surf Suzano Switchfoot Talita Cipriano Tamrazyan tanque de Betesda Tatá Werneck tatuagem Teatro Teleton Templo de Salomão Templo dos Anjos Teocracia teólogas feministas Teologia teologia da prosperidade teólogo Ricardo Velez Rodriguez Teoria da Conspiração Teoria da Evolução Terceiro Gênero Terceiro Templo Teresinha Neves Teresópolis Terra Santa Terrorismo Terrorismo Islâmico Terrorista Terroristas Testemunha de Jeová testemunhar Testemunhas de Jeová Testemunho Testemunho Cristão Testemunho de Fé Testemunhos Tetelestai Thaila Ayala Thalles Roberto Thammy Gretchen The Noite The noite. SBT Theodore McCarrick Theresa Thor Tijuca timidez tipos de testemunhas tiririca Tiroteio no Templo TJ-SP Tocantins Tom Cruise Tony Ramos Top trabalho trabalho escravo Tradição tradução Tradução da Bíblia tragédia Trans especie Transexuais Transexual Transexualidade transfusão de sangue Transgênero transgêneros Transição de Gênero Transplante de útero Tribo queniana Tribunal de Justiça Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tristeza Trump Tubarão tumor Turismo turistas Turma da Mônica Turquia Tv Bandeirantes TV Gazeta TV Globo TVI Twitter Ucrânia Ufc UFO Uganda última tribo Umbandistas unasp Unção Unesco União das Igrejas Cristãs da Venezuela União Europeia Universal Universidade de Liverpool Universidade de Sheffield universidades Uzbequistão Valdemiro Santiago Valdomiro Santiago Vale Valerie Gatto vandalização Vanessa Grazziotin Vanilda Bordieri Vasco da Gama Vasos Quebrados Vaticano Veganismo Veganos velho testamento vendedor Thiego Amorim Venezuela verdades secretas Vereador Vermelho versículo Veruska Seibel Viagem Missionária vice-presidente vice-presidente dos EUA vício vida Vídeos Viktor Orban Violência violência contra cristãos violência sexual Viral Virgindade visão limitada visita histórica Visões Vissarion Vítima vítimas vítimas de tragédia Vitor Santos Viva de Aline Barros Vladimir Brichta Vladimir Putin voador voto aberto Walter Hoye whastapp Whindersson Nunes White Magazine Wilian Nascimento Wilson Witzel X-Men Xi Jinping Xuxa Ygor Siqueira Yoga Yossi Shelley Youseff Youtube Youtube Kids Youtuber Zezé de Camargo e Luciano Zona Norte do Rio

STF libera show de cantora gospel no Réveillon do Rio

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, decidiu na noite de segunda-feira (30) liberar o show da cantora gospel Anayle Sullivan no Réveillon da cidade do Rio de Janeiro. O ministro atendeu pedido da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Pela programação divulgada pela Prefeitura do Rio, a cantora abrirá a programação no palco principal da festa de réveillon, às 19h desta terça (31).

No dia 19 de dezembro, a 5ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro atendeu pedido da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea) e suspendeu o show de Anayle Sullivan.

A magistrada concordou com o argumento de que o show violava o princípio da laicidade do Estado e da liberdade religiosa.

A juíza Ana Cecília Argueso Gomes de Almeida também estabeleceu uma multa de R$ 300 mil em caso de descumprimento. “Em respeito aos princípios constitucionais da laicidade do Estado e da garantia da liberdade religiosa, que determinam ‘a promoção da tolerância e do respeito mútuo entre os adeptos de diferentes concepções religiosas e não religiosas, de modo a prevenir a discriminação e assegurar o pluralismo religioso’, concedo a tutela de urgência requerida”, decidiu.

A segunda instância, o TJ do Rio, havia mantido a decisão da juíza.

O pedido da Prefeitura do Rio para derrubar a liminar é de competência do presidente da Corte. Ou seja, ele decidiria sobre o tema mesmo que o Supremo não estivesse de recesso.

No recurso, a Prefeitura pediu para realizar o show para impedir preconceitos e argumentou que o evento já estava contratado e, inclusive, com divulgação realizada. Segundo a prefeitura, outras crenças, como candomblé, por exemplo, também terão espaço. E que proibir o show seria cercear a manifestação artística.

Em decisão de 10 páginas, Toffoli afirmou que impedir o show seria uma forma de discriminação. “É fato público e notório que foram contratados para se apresentarem no evento diversos profissionais, de variadas expressões artísticas e culturais apreciadas no país, não se admitindo que a categorização em determinado estilo musical seja usado como fator de discriminação para fins de exclusão de participação em espetáculo que se pretende plural.”

Para o presidente do Supremo, a liberdade de expressão, segundo o próprio Supremo já decidiu, “compreende não somente as informações consideradas como inofensivas, indiferentes ou favoráveis, mas também as que possam causar transtornos, resistência, inquietar pessoas”.

Toffoli citou, como exemplo, a decisão na qual impediu a censura de livro com temática LGBT na Bienal do Rio, em setembro último.

Fonte: JM Notícia

Ataque durante festa judaica em Nova York deixa 5 feridos

Um homem de 37 anos foi acusado, neste domingo, de tentativa de homicídio após esfaquear e ferir cinco pessoas na casa de um rabino no norte de Nova York durante uma festa para celebrar o Hanukkah judaico na noite de sábado.

Grafton Thomas compareceu a um tribunal de Nova York neste domingo. Na véspera, ele teria entrado na casa do rabino em Monsey, no condado de Rokland, durante a festa judaica e esfaqueou várias pessoas antes de fugir.

A polícia prendeu-o horas depois do ataque, a cerca de 50 km do local do crime.

O suspeito foi preso após comparecer ao tribunal, onde negou as acusações.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, que se dirigiu à localidade do crime, definiu o ataque como “um ato de terrorismo”.

“Este é um ato de terrorismo. Acho que são terroristas domésticos. Eles estão tentando infligir medo”, disse o Cuomo à imprensa.

As autoridades não deram mais informações sobre as vítimas, que foram levadas a hospitais próximos, mas um veículo de imprensa local informou que uma delas estava em estado grave.

Todo mundo gritando

“Todo mundo estava gritando, em pânico, e pedia ‘saiam, saiam’. Foi caótico”, contou pa imprensa Joseph Gluck, de 30 anos.

“Eu rezei por minha vida”, contou Aron Kohn, 65 anos, ao New York Times, descrevendo a faca usada pelo agressor como “do tamanho de uma vassoura”.

Kohn laçou cadeiras e mesas no agressor para detê-lo. “Vi como apunhalava as pessoas”, acrescentou. “Feriu um cara, a mão estava sangrando”.

Yossi Gestetner, cofundador do Conselho de Assuntos Públicos Judaicos Ortodoxos (OJPAC) para a região do Vale do Hudson, disse ao New York Times que uma das vítimas era filho do rabino.

Ataques antissemitas nos EUA

Em Israel, o presidente Reuven Rivlin expressou seu “choque e indignação” em relação ao ataque.

“A ascensão do antissemitismo não é apenas um problema judaico, e certamente não é apenas o problema do Estado de Israel”, disse ele em comunicado.

“Devemos trabalhar juntos para enfrentar esse mal, que está erguendo a cabeça novamente e é uma ameaça genuína em todo o mundo”.

A polícia americana está enfrentando uma série de ataques contra alvos judeus nos últimos anos.

Seis pessoas, incluindo dois suspeitos, foram mortas em um tiroteio em Jersey City em uma lanchonete kosher no início deste mês, o que, segundo as autoridades, é alimentada em parte pelo antissemitismo.

“O ataque antissemita em Monsey, Nova York, durante a sétima noite de Hanukkah, é terrível. Todos devemos nos unir para combater, desafiar e erradicar a praga nefasta do antissemitismo”, tuitou o presidente americano, Donald Trump.

Após o ataque de sábado, o prefeito Bill de Blasio tuitou que conversou com amigos judeus de longa data que temem mostrar sua fé publicamente.

“Não permitiremos que isso se torne o novo normal”, escreveu ele.

“Usaremos todas as ferramentas necessárias para impedir esses ataques de uma vez por todas”, concluiu.

Na sexta-feira, ele já havia anunciado que o departamento de polícia de Nova York implantaria patrulhamento em três bairros e aumentaria sua presença perto dos locais de culto.

De acordo com um relatório publicado em abril pela ADL (Liga Antidifamação), em 2018 houve quase tantos ataques antissemitas quanto em 2017, quando se bateu um recorde de 1.879 incidentes.

Jonathan Greenblatt, diretor nacional da ADL, reclamou mais proteção para a comunidade judia.

Fonte: AFP

Para "restaurar a criação", igreja plantará 1.500 árvores

Uma igreja presbiteriana de Ohio (EUA) planeja plantar 1.500 árvores nos próximos cinco anos no Condado de Licking como parte de uma campanha ambiental com foco em restaurar a natureza.

A Igreja Presbiteriana de Granville escolheu John Weigand como coordenador do projeto e, segundo ele, o desafio ousado servirá para as próximas gerações.

A igreja desde sua inauguração, em 1805, sempre teve preocupação com o meio ambiente, tanto que é uma das seis igrejas do estado a ter o selo de “Congregação para o Cuidado da Terra”

Para se tornar certificada e receber uma designação de “Congregação para o Cuidado com a Terra” dentro da PCUSA (Igreja Presbiteriana dos EUA), a igreja de cumprir uma promessa e “rastrear seus compromissos com o cuidado com a terra nas áreas de culto, educação, instalações e divulgação”, de acordo com a página de missão da denominação.

A igreja começou sua iniciativa de cinco anos de plantio de árvores em um culto de 24 de novembro, onde o autor do livro “O Evangelho Segundo a Terra: Por que o Bom Livro é um Livro Verde”, o Dr. Matthew Sleeth, pregou.

No mesmo dia foram plantadas 25 árvores jovens que haviam sido doadas por um viveiro local. As árvores foram plantadas ao longo da estrada de acesso ao novo Complexo de Serviços de Granville Village e Township em 1554 Columbus Road.

“Queríamos aprender com um plantio menos ambicioso”, disse Weigand sobre o esforço, “antes de lançarmos a agressiva campanha comunitária em 2020”, completou o autor ao Newark Advocate.

Fonte: Gospel Prime

Onze cristãos são decapitados pelo Estado Islâmico, na Nigéria

Uma facção nigeriana do grupo jihadista Estado Islâmico divulgou, no Natal, vídeo de quase um minuto no qual 11 homens são executados, um a tiro e os restantes decapitados.

O grupo afirmou que se tratava de cristãos e a intenção com as execuções foi, segundo um dos islamitas, “uma mensagem para os cristãos do mundo inteiro”.

O grupo nigeriano responsável pelas mortes seria proveniente de uma cisão no grupo islamista nigeriano Boko Haram, que mudou de campo e assumiu o nome Província da África Ocidental do Estado Islâmico (Iswap na sigla em inglês).

O vídeo de 56 minutos, gravado “nas últimas semanas” numa localidade do estado de Borno, no nordeste nigeriano, foi produzido e publicado dia 26 de dezembro à noite, pela agência Amaq, o órgão de propaganda do Estado Islâmico.

De acordo com a mensagem, os cristãos foram executados para vingar a morte do líder do grupo, Abu Bakr al-Bagdhadi, e do seu porta-voz, Abul-Hasan Al-Muhajir, numa operação norte-americana na Síria.

A operação dos EUA, que resultou na morte dos dois líderes, ocorreu em outubro de 2019. Quase dois meses depois, em 22 de dezembro, o Estado Islâmico anunciou nova campanha para “vingar” as mortes. Desde então, uma série de ataques ocorreu em vários países.

Um pastor nigeriano que é parceiro da Portas Abertas, organização que apoia cristãos perseguidos no mundo, descreveu o ambiente atual na região norte como uma cultura de sobrevivência. “Você deita a cabeça à noite, sem saber se vai acordar”, diz ele.

No entanto, mesmo durante a violência e a ameaça de futuros ataques do Estado Islâmico, os pastores do além de pastores de cabra Fulanis e do Boko Haram, que já se manifestou como braço do EI na região – a esperança em Cristo ainda está presente na igreja.

O pastor Marco, outro parceiro da Portas Abertas em campo na Nigéria, está ajudando a reconstruir uma igreja e restaurar uma vila que foi atacada pelo Boko Haram. Suas palavras para a igreja são inspiradoras e encorajadoras – lembrando que viver é Cristo e morrer é ganho.

Na África, os principais alvos têm sido as forças militares e as comunidades cristãs, procurando conversões forçadas ao islamismo e executando quem se recusa.

Em sua mensagem de Natal, o papa Francisco denunciou esses ataques. O pontífice desejou conforto àqueles que são perseguidos pela fé religiosa, especialmente missionários e membros dos grupos de fiéis que foram raptados, além das vítimas dos ataques de grupos extremistas, particularmente em Burkina Faso, no Mali, Níger e na Nigéria.

A Nigéria ocupa o 12° lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019, que classifica os 50 países que mais perseguem cristãos no mundo.

Fonte: Agência Brasil, UOL e Portas Abertas

Justiça do Rio suspende show gospel, mas permite exaltação a orixás no réveillon

Mesmo após decisão judicial que suspendeu a apresentação de uma cantora gospel, a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou na última quinta-feira (26), detalhes do evento, com todas atrações (incluindo a cantora cristã) da festa de réveillon em Copacabana e nos outros palcos espalhados pela capital. Somente em Copacabana serão quatro palcos.

Segundo o presidente da Riotur, Marcelo Alves, a Prefeitura do Rio vai recorrer da decisão da Justiça para manter o show gospel com a cantora carioca Anayle Sullivan, que havia sido anunciado inicialmente como a atração de abertura na programação do palco principal.

“Vamos recorrer, junto à Procuradoria Geral do Município, e a decisão que vier da Justiça nós vamos acatar”, disse Alves.

A ação contra o show foi movida pela Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea), que havia feito um pedido à Procuradoria e alegou violação aos princípios de laicidade do Estado e da liberdade religiosa.

A suspensão do evento foi determinada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que atendeu à ação da Atea.

Se a prefeitura descumprir a decisão, deve pagar uma multa de R$ 300 mil, estabelecida pela juíza Ana Cecília Argueso Gomes de Almeida.

“Em respeito aos princípios constitucionais da laicidade do Estado e da garantia da liberdade religiosa, que determinam ´a promoção da tolerância e do respeito mútuo entre os adeptos de diferentes concepções religiosas e não religiosas, de modo a prevenir a discriminação e assegurar o pluralismo religioso´, concedo a tutela de urgência requerida para determinar a suspensão da realização do show religioso gospel da cantora Anayle Sullivan ou de qualquer outro cantor ou grupo religioso na festa de Réveillon de Copacabana”, diz um trecho da decisão da juíza.

Incoerência

Apesar da ação movida pela Atea e a posterior decisão do Tribunal terem como alvo a apresentação da cantora gospel Anayle Sullivan por “violação aos princípios de laicidade do Estado e da liberdade religiosa”, nada foi dito pela organização sobre as outras apresentações, que acontecerão na festa da virada de ano.

Sabe-se que grande parte das músicas apresentadas exaltam orixás e outras entidades de religiões de origem africana, como Candomblé e Umbanda.

A disparidade de critérios para analisar esta situação tem gerado polêmica e chamado a atenção até mesmo de estudiosos, como no caso do pesquisador Claudemiro Soares, que tem se aprofundado no estudo sobre religiões africanas.

“No Estado ‘laico’ brasileiro, o culto a orixás ‘não’ é religião, mas ‘cultura popular’ e, por isso, pode receber proteção legal especial e financiamento com recursos públicos!”, disse o escritor em uma publicação do Facebook.

Fonte: Guia-Me

Apresentadora da Fox News relata milagre sobre doença "incurável": "Senti Deus falar"

Ela é destaque na Fox News e em seu primeiro livro, "Finding the Bright Side", a apresentadora Shannon Bream se abre sobre sua vida, fé e alguns dos altos e baixos que ela experimentou ao longo do caminho.

Assim como muitos de seus convidados na Fox News, Shannon está sempre no meio da ação com o que muitos chamariam de um emprego dos sonhos.

"Adoro o que faço", disse ela à CBN News. "Parece uma enorme bênção e um presente".

Shannon conversou com Jenna Browder, da rede cristã de notícias 'CBN News' no Museu da Bíblia dos EUA para falar sobre seu livro e como ela chegou aonde está hoje.

Ela cresceu na Flórida (EUA), frequentando a igreja e a escola cristã, eventualmente escolhendo a Universidade Liberty para seu curso superior. Foi onde ela conheceu seu marido, Sheldon Bream.

"Tínhamos amigos que tentavam nos juntar", explicou Shannon. "Estávamos sempre namorando outras pessoas e tínhamos uma amiga em comum, que finalmente veio a mim um dia e disse: 'Você está aqui neste jogo de futebol. Ele está aqui neste jogo de futebol. Vocês vão se encontrar agora'".

Concurso de Beleza e Faculdade de Direito

Enquanto estava na Liberty, Shannon assumiu a coroa como Miss Virginia. Ela estudou direito na Universidade do Estado da Flórida e em mais concursos, ganhando o título de Miss Flórida.

Foi nessa época que Sheldon a pediu em casamento, mas não muito tempo depois do noivado, Shannon escreve sobre o que ela chama de "A Nuvem Mais Escura", quando os médicos diagnosticaram Sheldon com um tumor no cérebro.

"Eu tinha 24 anos e estávamos noivos e planejando nossa vida juntos. Mas receber essas palavras, essas notícias, era totalmente fora do campo visão, tão inesperado", disse Shannon.

A igreja foi um grande apoio, desde o diagnóstico e a cirurgia até a difícil recuperação de Sheldon.

"Recebíamos cartas, notas ou telefonemas de pessoas, de igrejas das quais nunca ouvimos falar, nunca visitamos, não conhecíamos ninguém, mas eles diziam: 'Ouvimos falar da sua história e só queríamos que você soubesse que estamos orando por você '", lembrou Shannon, em lágrimas. "Como cristã, era tão impressionante saber que havia pessoas que simplesmente eram o corpo de Cristo conosco, mas que nunca encontraríamos".

Recém-casada e fora da faculdade, Shannon aprendeu rapidamente que o Direito não era para ela e começou a trabalhar em uma estação local de notícias.

"Acabei decidindo, em alguns meses, que amava tanto aquilo - os scanners da polícia e as últimas notícias e apenas a imprevisibilidade da televisão ao vivo - que decidi dar este salto", contou.

O caminho para a Fox News

Ela acabou sendo contratada na filial da CBS em Charlotte, Carolina do Norte. Depois de uma curta passagem por lá, a NBC em Washington, DC a pegou. Foi em uma conferência de palestras onde ela conheceu Britt Hume, da Fox News, que lhe foi oferecido um emprego quando soube sobre sua formação jurídica.

Não demorou muito para Shannon começar a se mudar para a Fox, preenchendo a mesa de âncora e, eventualmente, recebendo seu próprio programa.

Outro desafio médico

Outro grande desafio com o qual ela teve que lidar foi a perda parcial da visão.

"Por volta dos 40 anos, comecei a sentir uma dor extraordinária nos olhos e isso só acontecia da noite para o dia e eu não conseguia descobrir qual era a fonte disso, mas eu literalmente saltava da cama com uma dor enorme, dobrada", Shannon explicou.

A dor excruciante durou quase dois anos, até que um médico pudesse diagnosticá-la, embora ele lhe dissesse que não haveria cura.

"Eu apenas fiquei lá chorando no meu carro e dizendo ao Senhor: 'É isso. É o fim para mim. Não há mais nada que eu possa fazer'", disse Shannon.

"Eu explico no livro como não sou alguém que parece ter ouvido audivelmente a voz de Deus, mas eu O senti falar em meu espírito e o ouvi dizer-me naquele momento: 'Estarei com você'. Eu vou curá-la. Vou tirar isso de você. Você nunca terá essa dor novamente." Apenas 'eu estarei com você'. E senti que essa promessa me sustentava e sabia que era verdade. Sabia que a presença Dele estaria comigo, apesar do fato de não haver cura".

Com o mesmo médico, Shannon foi capaz de controlar a dor e, eventualmente, passou por uma cirurgia. Hoje ela diz que seus olhos não são perfeitos, mas estão "95% melhores".

Fonte: Guia-Me

Turismo cristão em Jerusalém bate recorde neste Natal

Os hotéis em Jerusalém, Nazaré e Belém estão com 100% de lotação. Às vésperas do Natal, o turismo na Terra Santa registra o maior recorde de todos os tempos, com festividades e celebrações de sobra entre árvores de Natal gigantes, mercados natalinos e cerimônias tradicionais nas Igrejas da Natividade e do Santo Sepulcro.

A expectativa é a de que, em 2019, cerca de 4,5 milhões de visitantes -a maioria cristãos- andem pelas ruas de Israel, entre cidades bíblicas e a moderna Tel Aviv. Só em Jerusalém, 165 mil peregrinos são esperados na semana do Natal. Em Nazaré, 80 mil.

Os números são 10% maiores do que os de 2018. Mas a comparação com o começo do século 21 é que impressiona. Em 2002, por exemplo, apenas 860 mil pessoas visitaram Israel durante todo o ano -pouco mais do que se espera receber apenas em novembro e dezembro deste ano (660 mil).

A cidade de Belém, na Cisjordânia, onde, segundo a tradição cristã, nasceu Jesus, não registrou turismo algum durante o Natal de 2002. Dezessete anos depois, Belém receberá mais de 100 mil peregrinos só para a época do Natal e 1,5 milhão de janeiro a dezembro.

Como, de um local considerado extremamente perigoso, Israel (e a adjacente Cisjordânia) se tornou um dos destinos mais procurados por turistas de todo o mundo, incluindo famílias inteiras em busca da experiência natalina?

Por incrível que pareça, a resposta é: segurança. Não que israelenses e palestinos tenham chegado à furtiva paz. Mas, em comparação com o aumento da violência e de atentados terroristas pelo mundo, a Terra Santa se tornou um dos lugares mais tranquilos para turistas.

– Os visitantes percebem Israel como um destino seguro, ao contrário da imagem das últimas décadas. O número de atentados diminuiu e não aparecemos mais tanto nos noticiários internacionais. Fora isso, há violência em todos os lugares. Os europeus, por exemplo, já se acostumaram com atentados terroristas por lá- diz Raed A. Leil, gerente geral do Hotel da Associação Cristão de Moços (YMCA) de Jerusalém.

Amir Halevi, diretor-geral do Ministério do Turismo de Israel, também falou sobre o tema.

– No mundo, entenderam que, se há terrorismo em qualquer lugar, é melhor estar em Israel. Há países que não sabem lidar com casos de ataques. Nós sabemos – explicou.

Poucos se aventuravam a desbravar locais históricos e religiosos em meio à Segunda Intifada palestina (2000-2005), um dos mais violentos e duradouros confrontos do conflito entre israelenses e palestinos, quando carros e ônibus-bomba explodiam nas ruas de Jerusalém e de Tel Aviv. Nos mais de quatro anos da intifada (revolta, em árabe), mil israelenses morreram em ataques terroristas cometidos por palestinos e 3 mil palestinos nas reações militares israelenses.

A partir de 2005, com o fim da intifada, o turismo na Terra Santa patinou entre 2 e 3 milhões de visitantes por ano. Até que, em 2016, começou a crescer exponencialmente até o resultado recordista de 2019. Além da queda do número de incidentes violentos e do aumento do terrorismo em outros países, há outros motivos. Um deles é a queda no preço das passagens aéreas com a entrada em massa de companhias low-cost no mercado israelense. Hoje, quem procura encontra passagens por apenas US$ 80 de alguns pontos da Europa para Tel Aviv.

Voos diretos como o da Latam para Israel (com saída em Santiago, no Chile, e escala em São Paulo) também fizeram a diferença. Desde a inauguração da rota, em dezembro de 2018, mais de 83 mil passageiros viajaram da América do Sul para Israel. Talvez tenha sido um dos motivos para o aumento do turismo do Brasil. De janeiro a novembro, 77 mil brasileiros desembarcaram no país, 32% a mais do que 2018 (58,2 mil).

Outro motivo da explosão turística israelense é uma mudança na imagem do país como um local apenas de conflitos para um destino de diversão. Se Jerusalém, Belém e Nazaré são as cidades preferidas de turistas religiosos, Tel Aviv passou a se destacar como destino cultural, principalmente gay-friendly, com bares, restaurantes, festivais e eventos o ano inteiro.

– Fizemos uma mudança estratégica mercadológica nos últimos três anos. Sabemos que há discussões pelo mundo sobre a quem pertence a Terra Santa, a palestinos ou israelenses. Não lidamos com isso. Queremos apenas fomentar o turismo, que, no final das contas, traz benefício a todos – diz Amir Halevi, do Ministério do Turismo.

Para Israel, o benefício é claro. O país deve obter receita de mais de US$ 6 bilhões com o turismo este ano. Os palestinos, apesar do ranço político, também colhem frutos, pelo menos no caso da Cisjordânia. A indústria hoteleira de Belém anunciou a construção de mais hotéis com mil leitos para visitantes. Aliás, Jerusalém e Belém, a apenas 10 km de distância, cooperam quando se trata de peregrinos e fiéis. Há vans e ônibus gratuitos que levam turistas de uma cidade até a outra, facilitando a passagem na fronteira.

No caso da Faixa de Gaza, a 100 km de Jerusalém, a situação é bem menos amigável. Os moradores de Gaza, que nunca receberam um grande influxo de turistas estrangeiros, certamente não colhem os frutos do crescimento turístico na Terra Santa. E as atuais explosões de violência na fronteira passam quase desapercebidas desde 2014, quando houve o último grande conflito.

As fronteiras de Gaza com Israel e com o Egito estão praticamente fechadas há 12 anos, depois da subida do poder do grupo islâmico Hamas. Este ano, Israel chegou a ameaçar negar visto de entrada ao país a palestinos cristãos que desejam visitar Jerusalém e Belém no Natal. Mas, diante da má repercussão da medida, anunciou nesta segunda-feira (23) que vai deixar que cerca de 200 dos 1.000 cristãos de Gaza visitem os locais sagrados. É possível que o número aumente para 500 até o Natal. No ano passado, 700 receberam a permissão.

Fonte: Pleno News

Congregação católica no México abusou de cerca de 175 adolescentes, indica relatório

Pelo menos 175 menores de idade foram vítimas de abusos sexuais cometidos por membros da congregação Legionários de Cristo entre 1941 e 2019, de acordo com um relatório interno do grupo católico divulgado neste sábado (22).

Os abusos foram cometidos por 33 religiosos, sacerdotes ou diáconos, segundo o relatório elaborado pela Comissão de Casos de Abuso Infantil do Passado e Atenção às Pessoas Envolvidas. O documento abrange desde a fundação da congregação, em 1941, até 16 de dezembro deste ano.

“A maioria das vítimas era formada por crianças e adolescentes com idades entre 11 e 16 anos”, detalham os papéis divulgados no site zeroabusos.org.

O relatório foi publicado depois de o papa Francisco tirar o segredo pontificio para denúncias de abuso sexual, um pedido das vítimas que dará maior transparência diante de uma realidade escandalosa que abalou a Igreja Católica.

A congregação, fundada em 1941 pelo mexicano Marcial Maciel (1920-2008), responsável pelo abuso de 60 dos 175 menores de idade, de acordo com o relatório, argumenta que trabalhou junto a 45 das vítimas num processo de “reparação e reconciliação”, embora reconheça a necessidade de facilitar esse trâmite a outras pessoas agredidas.

O documento indica que dos 33 padres abusadores, sem considerar Maciel, 18 ainda fazem parte dos Legionários de Cristo, mas estão afastados de obras públicas ou que envolvam contato com menores.

Catorze desses religiosos foram vítimas na própria congregação, o que evidencia a existência de “cadeias de abuso” onde “a vítima de um legionário, com o passar dos anos, se tornou agressor”.

“Nesse sentido, é emblemático que 111 dos menores abusados na congregação tenham sido vítimas de Maciel ou de uma de suas vítimas”, afirmou.

A comissão, criada em 20 de junho pelo superior geral dos Legionários de Cristo, padre Eduardo Robles-Gil, afirmou que “não acredita que seu estudo tenha sido capaz de descobrir todos os casos”.

Fonte: Folha de S. Paulo

Templo da Assembleia de Deus desaba após temporal em Goiânia

Uma igreja evangélica desabou após uma forte chuva que atingiu o Jardim Ipiranga, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia (GO).

Não havia ninguém no local quando o incidente ocorreu. Para os fiéis, o fato de ninguém ter ficado ferido foi um “livramento” de Deus pois um culto estava marcado para 3h depois.

O temporal caiu na tarde de domingo (22). A Igreja Assembleia de Deus Esperança ficou completamente destruída. Assim como o teto, as paredes não resistiram à força do vento e também foram ao chão. A estrutura metálica ficou retorcida e as cadeiras se perderam em meio aos escombros.

No terreno, além da sede, os fiéis estavam construindo em anexo, há mais de um ano, a nova sede da igreja. Todo trabalho já realizado até então foi perdido.

O pastor Maurício Alves de Oliveira disse que toda a comunidade está pronta para reerguer o templo.

“A gente está aqui de coração aberto para receber ajuda. Ajuda sempre é bem-vinda”, afirma.

Apesar do cenário de destruição, a sensação de quem frequenta o local foi de alívio, principalmente porque não havia ninguém lá dentro no momento do desabamento. Um culto estava marcado para às 19h30, horas depois da tragédia.

“Creio que foi um grande livramento. Porque aconteceu 16h30. Poderia cair a igreja em cima dos irmãos, mas Deus é fiel e não tinha ninguém dentro da igreja neste momento”, agradece a cantora Mara Martins.

Fonte: G1 Goiás

Igreja Mórmon é investigada pelo desvio de US$ 100 bilhões de doações

A Receita Federal dos Estados Unidos denunciou os líderes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mais conhecida como Igreja Mórmon, pelo desvio de cerca de 100 bilhões de dólares de doações destinadas à caridade para sustentar negócios lucrativos.

Os líderes se aproveitavam da isenção tributária reservada a organizações religiosas.

A denúncia foi publicada pelo jornal The Washington Post, que teve acesso ao documento enviado ao Fisco americano.

A igreja Mórmon foi denunciada por um seguidor de 41 anos, David Nielsen, que trabalhou como gerente da divisão de investimentos da instituição, a companhia Ensign Peak Advisors, até setembro passado.

A empresa era registrada como organização religiosa sem fins-lucrativos e estava, por isso, isenta de imposto sobre a renda em suas operações. Segundo o depoimento de Nielsen, a firma não atuava exclusivamente com propósitos de caridade.

Lars Nielsen, irmão de David, ajudou a montar o processo, que deve resultar em uma ampla investigação da sede da igreja Mórmon, em Salt Lake City, no estado de Utah.

“Depois de ver dezenas de bilhões em contribuições e em pontuações de ganhos de investimento chegarem e de não ver nada (para a caridade), com exceção de duas distribuições ilegais para firmas com fins lucrativos, ele (David) ficou muito abatido, e eu também”, escreveu Lars Nielsen para o Post.

Conforme a queixa apresentada pelos irmãos Nielsen, a igreja arrecada cerca de 7 bilhões de dólares por ano de seus 15.000 seguidores, a título de dízimo. Desse montante, 6 bilhões são usados nos custos operacionais e 1 bilhão de dólares é transferido para a Ensign.

O documento informa que o portfólio da firma aumentou de 12 bilhões, em 1997, para 100 bilhões, em 2019, e que a companhia não desembolsou nenhum centavo em obras de caridade.

Esse volume de recursos coloca a Ensign entre as companhias e entidades de caridade mais ricas dos Estados Unidos, mencionou Nielsen ao Washington Post. Seus ativos superam os da Fundação Bill & Melinda Gates e os da Universidade Harvard.

A queixa à Receita Federal americana menciona uma declaração do presidente da Ensign, Roger Clarke, de que os fundos gerenciados pela firma seriam usados na segunda vinda de Jesus Cristo. Mas 1,4 bilhão de dólares desses fundos foram destinados em negócios como a reforma do shopping City Creek Center.

Fonte: Veja.com

A história de homens que foram mortos para que o mundo tivesse acesso à Bíblia

A fascinante história de como a Bíblia alcançou leitores comuns começou antes da Reforma Protestante, através de homens que foram torturados e mortos por causa de sua missão.

O Guiame foi até Londres, na Inglaterra, para explorar a história da tradução da Bíblia para o inglês, uma das línguas de maior impacto no mundo.

Após o estabelecimento da igreja cristã primitiva, a Bíblia foi traduzida para muitas línguas a partir do hebraico, aramaico e grego. Até que, em 600 d.C, as Escrituras Sagradas foram restritas pela Igreja Católica Romana a apenas um idioma: o latim. Com isso, a Palavra de Deus tornou-se propriedade exclusiva dos líderes religiosos.

John Wycliffe

Os primeiros manuscritos bíblicos escritos à mão em inglês, idioma falado por pessoas comuns na Inglaterra, foram produzidos em 1380 d.C. por John Wycliffe, teólogo e professor da Universidade de Oxford. Wycliffe era conhecido em toda a Europa por sua oposição ao ensino da Igreja Católica da época, que ele acreditava ser contrário à Bíblia.

Com a ajuda de seus seguidores, Wycliffe produziu dezenas de cópias das Escrituras em manuscrito em inglês. Elas foram traduzidas da Vulgata Latina, que era a única fonte disponível para Wycliffe.
Wycliffe morreu em dezembro de 1384, devido a um derrame cerebral, sem concluir a tradução completa da Bíblia.

Mas em 1428, 44 anos depois de sua morte, seus ossos foram desenterrados e queimados por ordem do Concílio de Constança. As cinzas foram espalhadas no rio Swift, na cidade de Lutterworth.

John Hus

Um dos seguidores de Wycliffe, John Hus, promoveu ativamente suas ideias. Hus foi queimado na fogueira em 1415, com as Bíblias manuscritas de Wycliffe usadas como material para o fogo.
As últimas palavras de John Hus foram: “Em 100 anos, Deus levantará um homem cujos pedidos de reforma não poderão ser suprimidos”.

Quase exatamente 100 anos depois, em 1517, Martin Luther afixou suas famosas 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, na Alemanha.



John Colet

No meio do percurso das traduções para o inglês, John Colet, outro professor de Oxford e filho do prefeito de Londres, traduziu o Novo Testamento do grego para o inglês para seus alunos, e mais tarde para o público da Catedral de São Paulo em Londres, em 1496.

As pessoas estavam com tanta fome de ouvir a Palavra de Deus em seu idioma que, dentro de seis meses, havia mais de 20.000 pessoas na igreja e muitas outras do lado de fora, tentando entrar. Por se relacionar com pessoas influentes, Colet conseguiu evitar a execução.

William Tyndale

Também formado em Oxford, William Tyndale sabia falar sete idiomas, entre eles hebraico e grego. Em 1523, ele pediu permissão ao bispo de Londres para traduzir o Novo Testamento, mas foi negado.
Para encontrar um ambiente hospitaleiro, ele viajou para Worms, no sudoeste da Alemanha.

Lá, em 1525, surgiu a primeira tradução do Novo Testamento do grego para o inglês. As primeiras cópias chegaram à Inglaterra por contrabando, deixando o rei Henrique VIII e os líderes religiosos furiosos.

Tyndale começou a trabalhar na tradução do Antigo Testamento, mas foi capturado em uma emboscada em Antuérpia, na Bélgica, antes de ser concluída. Em agosto de 1536, Tyndale foi condenado como herege e levado à cruz em praça pública, onde teve a chance de se retratar.

Nesse momento, segundo o historiador inglês John Foxe, ele gritou: “Senhor, abra os olhos do rei da Inglaterra!”

Sua oração foi respondida três anos depois, em 1539, quando o rei Henrique VIII autorizou a primeira edição da Bíblia em inglês, que ficou conhecida como a Grande Bíblia (Great Bible). A Grande Bíblia inclui parte do trabalho de Tyndale, mas também inclui traduções da Vulgata Latina. Esta versão das Escrituras passou a ser lida em todas as igrejas da Inglaterra.

King James

Quase cem anos depois, o príncipe James VI da Escócia se tornou o rei James I da Inglaterra. Dada a necessidade para uma nova tradução autorizada — já que suas edições anteriores continham várias inconsistências — James tomou para si o projeto.

Em 30 de junho de 1604, o rei James convocou 47 estudiosos e teólogos para traduzir os diferentes livros da Bíblia, em grande parte baseados no trabalho de Tyndale. Eles foram organizados em seis empresas, distribuídas entre Westminster, Oxford e Cambridge, tendo como superintendente o arcebispo de Canterbury, Richard Bancroft. A King James Bible, como é conhecida no inglês, foi publicada em 1611.

A Bíblia King James acabou sendo uma tradução excelente e precisa. Devido à riqueza de recursos dedicados ao projeto, foi a tradução mais fiel e acessível até o momento da história.
A versão King James continua sendo influente até os dias atuais.

De acordo com um estudo orientado pelo historiador Mark Noll, cerca de 55% dos americanos costumam ler a Bíblia na versão King James, ao invés de outras versões modernas.
Fonte: Guia-Me

Ator de Star Wars, John Boyega diz que seu maior patrimônio é a fé em Deus

Um papel na famosa franquia do cinema Star Wars (Guerra nas Estrelas) lançou o cristão John Boyega no centro das atenções de Hollywood. Apesar disso, o ator diz que seu patrimônio financeiro não é a coisa mais importante em sua vida, mas o relacionamento dele com Deus, que vem primeiro.

John Boyega representa o personagem Finn nos filmes de Guerra nas Estrelas “O despertar da força” e “O último Jedi”. Mas a celebridade insiste que a fama instantânea não mudou muito sobre ele.

O patrimônio líquido de John Boyega, pelo menos pelos padrões normais, certamente disparou ao fazer parte de uma das franquias de cinema mais bem-sucedidas da história. Mas John, que é filho de um pregador, afirma que conhece a verdadeira fonte de seu valor e identidade, que é Jesus Cristo.

Tornar-se uma estrela da noite para o dia pode parecer um sonho que virou realidade e conseguir um papel de liderança em um filme tão bem-sucedido quanto Star Wars é uma grande mudança na carreira de um ator como John Boyega.

Para muitos, a fortuna e a fama têm um preço. Até o diretor J.J. Abrams recomenda cautela para quem ingressa no reino de Guerra nas Estrelas.

"Isso não é parte do filme", ​​alertou Daisy Ridley, que trabalha ao lado de John Boyega em Star Wars. "[Star Wars] é uma religião para as pessoas. Isso muda as coisas em um nível inconcebível".

Educação cristã

A educação cristã de John Boyega lhe deu a base para poder evitar as armadilhas de Hollywood.

"Eu não bebo", explicou a celebridade cristã. “Fui criado apenas por pais que nunca beberam. É mais difícil se você é uma grande festa antes de se tornar famoso, porque quando a fama chegar, você não quer deixar isso para trás.”

John Boyega e seus dois irmãos, Blessing e Grace, cresceram em Londres com seus pais imigrantes nigerianos. E como ministro pentecostal, o pai de John, Samson Adegboyega, ensinou aos filhos que Jesus estava acima de tudo.

De fato, um dos professores de teatro de John compartilhou que não ficou claro por um tempo se seus pais dariam a bênção ao filho para seguir uma carreira de ator.

"Seu pai era pregador e ele queria que ele também fosse pregador", explicou ela.

Quando John Boyega tinha cerca de 12 ou 13 anos, o professor conversou com os pais de John sobre o talento dado por Deus para atuar.

"Enquanto John permanecia sem problemas, eles eram muito felizes", disse ela. "E enquanto John seguia em frente, seu pai começou a pensar que havia alguma sabedoria nisso".

E, na verdade, crescendo em uma parte difícil de Londres, atuar serviu para ajudar a manter John longe de problemas.

"Você nunca via John na rua ou andando com gangues", disse Daniel Ross, um vizinho e amigo de infância. "Eu só o vi na igreja ou na escola de teatro."

Foco

Anos depois, a carreira de ator de John Boyega está em alta. Ele estava na lista dos atores com maior bilheteria da Forbes em 2017, após o lançamento de “O último Jedi”.

John não se apega à sua fama e fortuna. Ele se concentra nos frutos do Espírito modelado pelo próprio Jesus.

"Eu venho de uma família que tem forte fé", diz o ator. “Você percebe que esta vida é passageira e que a paz interior é a coisa mais importante, e meu caminho é definitivamente a oração e eu medito também. Dinheiro e fama não são tão poderosos para mim a ponto de mudar minha personalidade."

John Boyega conta que começa e termina seu dia lendo as Escrituras e a fazendo orações.

"Foi assim que fui criado", disse ele.

Assim como a celebridade cristã Letitia Wright, do filme Pantera Negra da Marvel, John Boyega não tem medo de falar sobre sua fé.

Fonte: Guia-Me

Jovem levanta da cadeira de rodas durante culto: "Deus não está morto"

“Milagre”. Assim Vanessa Sousa, de 22 anos, define o culto realizado na Catedral Vale da Bênção, em Camaçari (BA) no último domingo (15). Através da oração dos membros da igreja, ela levantou da cadeira de rodas pela primeira vez, depois de uma paralisia que a tornou cadeirante nos últimos 11 meses.

Vanessa teve paralisia dos membros inferiores em 2 de janeiro de 2019, depois de ter um mal-estar e desmaiar durante a virada do ano. Ela foi diagnosticada com discopatia degenerativa de D5 – D6 e D7 – D8; doença que atinge o disco localizado entre duas vértebras da coluna.

A estudante de engenharia civil ficou internada por 23 dias e, desde então, vinha se adaptando a uma nova vida. Até que a oração através da igreja mudou seu destino.

“O dia que meu milagre aconteceu. O dia que eu jamais esquecerei. Dia 15 de dezembro foi o dia escolhido por meu Deus para me fazer levantar da cadeira, daquela que, por muitas vezes me deu asas, mas também me aprisionava”, disse Vanessa nesta terça-feira (17) em seu perfil no Instagram.

“Não consigo mensurar o que estou sentindo. Esse momento está sendo único e eu só consigo chorar e agradecer ao meu Pai por ter me curado, por ter sarado todas as minhas dores. Por ter não ter desistido de mim. Deus não está morto. E eu sou testemunha viva das inúmeras maravilhas que Ele faz. Eu sou um milagre”, celebrou a jovem.

O milagre também foi celebrado pelos bispos da Catedral Vale da Bênção, Ary e Naely. “Os médicos declararam paraplégica, o servo de Deus disse: ‘Levanta!’ Ela entrou no culto sentada numa cadeira de rodas, mas Jesus Cristo fez ela sair diante de todos de pé, sem sequelas e ajuda”, disseram nas redes sociais.

“Esse é o meu Deus. Toda honra, toda a glória e toda a adoração seja para Ti, Yeshua. Deus ainda faz milagres absurdos!”, celebraram os líderes.

Fonte: Guia-Me

Proprietário de bar fecha estabelecimento para abrir uma igreja, em Minas

Depois de receber uma cura e prometer servir a Deus, Osvaldo Henrique da Costa, de 65 anos, decidiu fechar o bar no qual era proprietário e transformar o espaço em uma igreja no bairro Bandeirinhas, no município de Betim, em Minas Gerais.

Por causa do consumo do cigarro nos últimos 40 anos, Osvaldo passou a ter problemas de saúde. Até que um dia recebeu um convite de um amigo em seu bar: “Você quer parar de fumar? Estou indo a um curso e já parei”.

Osvaldo aceitou e participou do curso “Como deixar de fumar”, promovido na casa de um membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

“Pedi a Deus que me livrasse do cigarro naquele dia. Deus ouviu minha oração e nunca mais fumei. Convidei um outro amigo, que também foi. Nós conseguimos abandonar o cigarro a partir daquele dia”, diz Osvaldo ao site Notícias Adventistas.

Com o passar dos anos, o grupo cresceu e surgiu a necessidade de um espaço maior. Então encontraram um local disponível ao lado do bar — ambos os pontos eram, coincidentemente, de Osvaldo. Cultos começaram a acontecer semanalmente ao lado do bar de Osvaldo, mas o proprietário não frequentava as reuniões.

Diagnóstico que provocou uma mudança

No início de 2019, Osvaldo foi diagnosticado com uma úlcera, que provocou uma hemorragia intensa. “Minha úlcera estourou. Fui fazer o exame, o médico disse que eu tinha arritmia cardíaca e que não poderia tomar o remédio para o coração, por causa da hemorragia. Ele falou que eu deveria contar com a sorte”, relembra.

No mesmo período em que descobriu a doença, Osvaldo soube que estava acontecendo o evangelismo de Semana Santa, promovido anualmente pela igreja na praça do bairro. Ele sentiu o desejo de participar e chamou a esposa, Luciene Felipe Rafael Costa, de 60 anos.

“Eu vou lá nessa programação e sei que, pela fé em Deus, serei curado”, disse ele à Luciene, na época.

Luciene se alegrou com a iniciativa de Osvaldo. “Meu marido orou a Deus e falou que se fosse curado daquela enfermidade, ele O serviria. Há 19 anos eu frequentava outra denominação religiosa, mas como esposa, decidi acompanhá-lo. Foi uma benção. E pela fé em Deus, ele foi curado”.

Em setembro de 2019, Osvaldo e a esposa decidiram fechar o bar e no mês seguinte foram batizados. “Eu vendia bebida alcoólica para as pessoas. Isso não fazia bem. Entendi o chamado de Deus. Decidi fecha o bar e hoje a igreja ficou maior, com mais espaço para as crianças durante a Escola Sabatina”, conta com orgulho.


Fonte: Guia-Me

Achado navio romano do tempo de Jesus com milhares de potes para vinho e azeite

Dois mil anos atrás, um navio estava cruzando o Mediterrâneo com cerca de 6 mil ânforas - potes de argila usados no Império Romano para o transporte de vinho e azeite de oliva. Por alguma razão, a embarcação não conseguiu chegar ao destino desejado.

O navio, contemporâneo da época de Jesus Cristo, ficou no fundo do mar por dois milênios, até que foi descoberto por arqueólogos. Grande parte de carga ainda está lá. A embarcação é considerada a maior já encontrada no Mediterrâneo.

Com 35 metros de comprimento, a embarcação romana foi descoberta durante uma pesquisa com sonar na costa de Cefalônia, uma das ilhas do Mar Jônico (Grécia). A maioria dos navios daquela época tinha cerca de 15 metros de comprimento.

A pesquisa foi realizada pela rede Oceanus, da Universidade de Patras (Grécia), usando técnicas de processamento de imagens de inteligência artificial. A pesquisa foi financiada pelo programa Interreg, da União Europeia.



O naufrágio é considerado de "importância arqueológica significativa", segundo George Ferentinos, da Universidade de Patras, que juntamente com nove de seus colegas acadêmicos revelou a descoberta na revista "Journal of Archeological Science".

"A carga de ânforas, visível no fundo do mar, está em muito bom estado de conservação e o naufrágio tem o potencial de fornecer uma riqueza de informações sobre rotas de navegação, comércio, estiva de cascos de ânforas e construção de navios durante o período relevante", escreveram os autores da descoberta.

O navio está a cerca de 2,4km da entrada do porto de Fiskardo - a única vila da ilha a não ser destruída na Segunda Guerra Mundial. Os arqueólogos acreditam que a descoberta indica que Fiskardo foi uma parada importante nas rotas comerciais romanas.

A descoberta foi feita em 2013, ano em que os estudos do achado começaram. Só recentemente eles foram concluídos.

Fonte: Extra

Com 60 membros, igreja no sertão da Bahia arrecada mais de R$ 10 mil para missões

Uma igreja do sertão da Bahia está sendo citada pela Junta de Missões Nacionais como exemplo de engajamento na obra missionária. Com 60 membros, a igreja Igreja Batista do Sertão, na Zona Rural de Juazeiro (BA), aceitou o desafio de mais uma vez investir na obra missionária, com a realização da Campanha de Mobilização 2019.

Porém, o missionário da JMN e líder da igreja, pastor Ralison Endrigo e sua família estabeleceram um alvo bem desafiador para a congregação nesta campanha. O valor a ser arrecadado, conforme a meta estabelecida por ele foi de R$ 8.000,00 - quatro vezes maior do que sua entrada mensal.

Segundo um relato da própria Junta de Missões, o engajamento da igreja na campanha foi um exemplo de perseverança.

"Com muita coragem e confiando em Deus, toda igreja se juntou para realizar bazar, venda de quitutes e refeições e ainda uma linda feira missionária", diz o texto publicado pela JMN em sua página do facebook.

O relato ainda destacou que em cerca de dois meses, a meta foi superada, com a igreja arrecadando mais de
R$10.000,00.

"E assim, com o envolvimento de todos, em 62 dias de campanha eles alcançaram o valor de R$ 10.849,75, que significam cinco vezes mais que as entradas da igreja por mês. Que grande bênção!", finalizou o texto.

A Campanha de Mobilização 2019 foi realizada Junta de Missões Nacionais em todo o país, com o tema "Minha Razão de Viver: Multiplicar". Igrejas participaram, levantando suas ofertas para serem investidas em missões. Agora, a quantia total, arrecadada por todas as igrejas, deve ser enviada à JMN até o último dia de expediente bancário deste ano, sexta-feira, 27 de dezembro de 2019, para constar no balanço financeiro e na Revista 'Gratidão'.

Para mais informações, mande um email para falecom@missoesnacionais.org.br.

Fonte: Guia-Me

Filme "Mais Que Vencedores" supera público de "Quarto de Guerra" no Brasil

Em sua quarta semana de exibição, o filme "Mais Que Vencedores" continua a ocupar a liderança no ranking dos filmes com melhor desempenho das últimas semanas, com base na bilheteria.

O filme já foi assistido por mais de 600 mil pessoas e bateu o recorde de um dos filmes mais conhecidos dos irmãos Kendrick, “Quarto de Guerra”. Mais de 390 cinemas estão exibindo o longa em diversas cidades brasileiras.

Ygor Siqueira, CEO da 360 WayUp, comemora o avanço do cinema cristão no Brasil e enfatiza a importância do apoio dos líderes, pastores, padres e influenciadores, assim como de todos os que têm ido assistir ao longa-metragem.

“Houve um crescimento muito relevante nos números de bilheteria dos filmes cristãos lançados nos cinemas nos últimos anos. E a relevância do Brasil nesse cenário é tão grande que o país foi o único território que passou o Quarto de Guerra; o restante fez a metade do que esse filme fez”, declara o diretor.

“O Brasil, principalmente depois desse resultado, se consolida, depois dos Estados Unidos, como o principal país para filmes cristãos. Mas ainda é muito importante que os grupos continuem se unindo, as caravanas se formando, porque precisamos que este fim de  semana o filme continue forte nos cinemas, para que permaneça nas semanas seguintes”, acrescenta.

O filme conta a história do técnico de basquete, John Harrison (Alex Kendrick), que vê sua vida ao avesso quando a escola onde ele e sua esposa, Amy Harrison (Shari Rigby), ensinam é impactada pelo fechamento da maior fábrica da cidade.

Em meio às incertezas e forçado a treinar um esporte do qual ele não gosta, John é inspirado por uma amizade surpreendente e uma atleta improvável, Hannah (Aryn Wright- Thompson). Rumo a uma jornada de desafios e descobertas, John e Hannah seguem na maior corrida de suas vidas.

Fonte: Guia-Me

Prefeita é criticada por pedir remoção de enfeite que remete à Estrela de Davi, na Noruega

Uma polêmica envolve a prefeitura do município de Strand na Noruega e a Igreja Pentecostal de Klippen.

A prefeita Irene Heng Lauvsnes pediu à igreja para substituir uma grande Estrela de Davi iluminada, posta em um parque municipal como decoração natalina, por uma estrela de Natal tradicional, informou o jornal norueguês Strandbuen.

“O parque em nossa cidade deve permanecer neutro”, disse Lauvsnes ao jornal, após denúncias de que a decoração está “associada a Israel e judeus”.

A igreja está considerando conceder o pedido porque “não quer provocar de forma alguma”, disse o representante da igreja, Tom Øystein Angelsen, ao jornal Strandbuen.

Em seu artigo “Feliz Natal sem Natal”, o editor do jornal local Dagen-dag, Vebjørn Selbekk contesta a interferência da adminsitração municipal.

Selbekk defende a liberdade de a igreja representar o Natal como deseja. “A igreja pentecostal local quer fazer algo positivo por seu lugar. Por isso, durante vários anos organizaram uma festa de Natal ao ar livre para toda a comunidade, com centenas de participantes. Em conexão com as festividades, uma grande estrela de Natal é acesa em cima de um mastro”, disse.

O editor também defende o símbolo judaico a frequentemente atrelado ao cristianismo:

"Esse feriado é marcado pelo fato de um menino judeu nascer de mãe judia em um estábulo judeu em uma cidade judia em um país judeu. Não havia europeus loiros e de cabelos claros deitados na manjedoura enquanto ‘boi e cinzas estavam’”.

Selbekk continua: “Era um Salvador judeu da casa e linhagem de Davi. E pela grande graça de Deus, nós pagãos aqui no extremo posto avançado da civilização ao norte também fizemos parte do milagre salvador que a encarnação, nascimento, morte e ressurreição de Jesus representam.”

Fonte: Guia-Me

Cristãos são presos em hospitais psiquiátricos por causa de sua fé

Recentemente um funcionário do Departamento de Segurança Pública de Shandong, província do leste da China, revelou ao Bitter Winter uma das atuações da política chinesa, que consiste em aprisionar cristãos em hospitais psiquiátricos.

Ele revelou que essas pessoas são tratadas como um incômodo por instituições de segurança pública, porque leva tempo para lidar com elas. Enviá-los para hospitais psiquiátricos acaba sendo uma das maneiras eficazes de demonstrar aos seus superiores que eles trabalham efetivamente.

Segundo o homem, muitos dos hospitais psiquiátricos da China são dissidentes, peticionários e religiosos, que nunca tiveram problemas mentais, e esse fato é bem conhecido. Aqueles que passaram por essa provação descrevem os hospitais psiquiátricos da China como um inferno.

“Pessoas que nunca tiveram problemas mentais deixam hospitais severamente afetados. Alguns até desenvolvem psicoses graves devido ao medicamento que foram forçados a tomar todos os dias”, disse.

Bitter Winter conversou com um cristão da igreja doméstica que foi trancado em um asilo mental duas vezes por evangelizar, passando 248 dias no total.

"O hospital nem me examinou nem me diagnosticou. Eu fui meramente ordenado a tomar medicação. Quando eu resistia, eles amarravam minhas mãos e pés na cama”, lembrou o crente.

"Eu disse a essas pessoas que o que estavam fazendo era ilegal, mas elas me ignoraram totalmente", continuou o cristão. “Eles continuaram me forçando a tomar pílulas. Essa foi uma experiência horrível.

Os danos físicos e mentais causados ​​por esse "tratamento médico" eram evidentes: o homem sentiu e agiu letárgico mesmo um ano e meio após a sua libertação.

Um membro da Igreja do Deus Todo-Poderoso da província de Hunan, no centro da China, também foi preso em um hospital psiquiátrico por 154 dias por causa de sua fé.

“Batidas eram comuns. Qualquer desobediência levaria a socos, chutes e repreensões”, lembrou o crente, acrescentando que “os membros da equipe teriam paus ou bastões elétricos na mão quando nos forçassem a tomar remédios. Se recusássemos, eles nos espancariam”.

Certa vez, ela testemunhou como uma garota de 20 anos resistiu a tomar seus remédios e seis membros da equipe começaram a espancá-la violentamente com seus sapatos de couro.

“Eles a seguraram com força para forçá-la a tomar os comprimidos. A garota chorou por ajuda, mas ninguém fez nada para impedir essa tortura. Foi um inferno”, lembrou a mulher.

“Disseram-me que alguns morriam no hospital psiquiátrico todos os anos como resultado de maus-tratos e drogas. Os cadáveres seriam enviados ao crematório e queimados imediatamente”, continuou a mulher.

“Ninguém se atreveu a pronunciar uma palavra, muito menos resistir, com medo de ser espancado ou receber um longo período de detenção. Todo mundo lá dentro parecia um morto-vivo”, disse.

A mulher recebia seus remédios duas vezes por dia, e esses eram os momentos mais assustadores para ela. Temendo que eles afetassem seu estado mental, a mulher decidiu fingir ter tomado os comprimidos, escondendo-os acima das gengivas superiores, cuspindo-os mais tarde. Seu segredo foi logo descoberto, e ela recebeu os comprimidos com força por cinco funcionários.

"Senti os efeitos do medicamento naquela mesma noite", lembrou o crente. "Eu me senti tonta e sem graça e não conseguia parar de tremer. Meu cérebro parecia estar fora de controle; eu não sabia a diferença se era dia ou noite, mesmo quando abria meus olhos. Foi uma agonia insuportável. Eu queria morrer”, contou.

Durante anos, dissidentes, denunciantes e outros prisioneiros de consciência, rotulados como "maníacos políticos", foram presos nos hospitais de Ankang na China - instituições mentais de alta segurança administradas diretamente pelo Ministério da Segurança Pública. Mas o policial revelou que não apenas hospitais estatais, mas também instituições psiquiátricas privadas estão envolvidas no esquema para prender pessoas inocentes.

Fonte: Guia-Me

Alisson Becker: "Sinto-me abençoado e grato pelo que Deus faz na minha vida"

Pela primeira vez, a revista France Football, que organizava a Bola de Ouro todos os anos, criou o Yachine Trophy, em homenagem ao ex-goleiro da União Soviética Lev Yashin, para premiar o melhor goleiro do ano.

O vencedor deste novo prêmio foi Alisson Becker, atual goleiro do FC Liverpool e da seleção brasileira, que é cristão.

“Agradeço a minha família e minha esposa, que me apoiam onde quer que eu vá, meus pais, eles estão no Brasil e acho que estão me observando, e Deus . É uma grande honra que Ele está dando neste 2019, vencendo a Liga dos Campeões e alguns prêmios individuais”, disse Alisson ao receber o prêmio.

“Não tenho sorte, sinto-me abençoado e agradecido pelo que Ele fez na minha vida e na minha família”, acrescentou.

O goleiro também postou sua foto no Yachine Trophy no Instagram, com o hastag #Godisgood.



Esta não é a primeira vez que Alisson Becker testemunha veementemente sobre sua fé cristã nos principais eventos de sua carreira.

Após a vitória do Liverpool sobre o Tottenham na UEFA Champions League, o craque brasileiro arrancou sua camisa para revelar uma camisa branca com um desenho que mostra uma cruz e um coração: “Cruz = Love”.

Ele também elogiou Deus nas mídias sociais quando teve sua primeira chance de jogar em uma Copa do Mundo.

“Se você acredita em Deus, você coloca amor em tudo o que faz”

Em uma entrevista para o site de sua equipe anterior, Roma, ele apontou que não tem rotinas antes da partida, “a única coisa que faço é apontar para o céu. Eu sou cristão, então não sou uma pessoa supersticiosa ”.

Quando perguntado se ele tinha algum conselho para futuros goleiros, ele disse: “Se você quer ser um grande goleiro, precisa trabalhar muito. Isto é o que eu faço. E acho que a fé também é importante. Se você acredita em Deus, sabe que precisa fazer o seu melhor em campo e colocar amor em tudo que faz na vida ”.

Fonte: Folha Gospel com informações de Evangelical Focus

Mais de 180 mil pessoas exigem que Netflix retire filme do Porta dos Fundos com "Jesus gay"

Uma petição online na Change.org está exigindo que a Netflix retire o filme “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo” de seu acervo. A petição já conseguiu mais de 180 mil assinaturas em apenas 5 dias após sua criação. O objetivo é atingir 200 mil. (às 15:25 a petição já estava em mais de 204 mil assinaturas e o objetivo já era 300 mil)

“Pelo impedimento do filme de Natal da Netflix e porta dos fundos, por ofender gravemente os cristãos”, diz a descrição do abaixo-assinado.

Vários internautas que assinaram a petição deixaram comentários manifestando repúdio ao Porta dos Fundos por seu escárnio ao cristianismo e também à Netflix por promover o filme.

Em um texto publicado no Facebook, o ator comentarista de Cinema Carlos Vereza fez duras críticas ao Porta dos Fundos pelo lançamento do novo filme, com uma temática que apresenta Jesus como um homossexual.

“Porta dos Fundos. Vocês são lamentáveis como viventes. Embora Jesus não precise de defesa, principalmente a minha, vocês imaginam que podem debochar, não do Mestre, que é perdão antecipado, mas do maior país católico do planeta e dos que creem num Ser que modificou a história, antes e depois Dele”, escreveu o ator.

“Vocês são safos, descolados, sub imitação dos filmes trash- refuse-pornô, supostos pós-modernos num país em eterno subdesenvolvimento”, acrescentou. “Idiotas pretensiosos, estafetas da Nova Ordem Mundial, que têm como pauta, desde a Escola de Frankfurt, a desconstrução da família e da religião”.

O filme

Em síntese, o filme conta que ao regressar de uma viagem de 40 dias pelo deserto, Jesus é surpreendido com uma festa de aniversário para celebrar os seus 30 anos. A certa altura, seus pais, Maria e José, revelam que ele foi adotado e que seu verdadeiro pai é Deus. Um dos convidados para a festa é uma prostituta chamada Telma, provavelmente fazendo menção à Maria Magdalena.

No filme, os pais de Jesus (Gregório Duvivier), José (Rafael Portugal) e Maria (Evelying Castro), são retratados como corno e maconheira. Jesus tem o estereótipo de um estudante universitário militante gay de esquerda e fã de boy bands, que tem um relacionamento amoroso com Orlando (Fábio Porchat). Durante o desenrolar do filme, Deus Pai (Antonio Tabet) é apresentado como um “tarado”. Deus dá a missão à Jesus para espalhar sua palavra pelo mundo. No entanto, o Jesus do filme escolhe a vida de um típico jovem esquerdista, longe de responsabilidades e do trabalho.

No ano passado, o grupo Porta dos Fundos também mostrou sua acidez profana contra os cristãos em seu especial de Natal “Se Beber, Não Ceie”. A sátira copiou o enredo de “Se Beber, Não Case!”, mostrando os apóstolos de Cristo depois de uma ressaca pós-a Última Ceia da Páscoa, percebendo que Jesus havia desaparecido.

Fonte: Guia-me e Change.org

China monitora celulares para bloquear termos como "Deus Todo-Poderoso"

Um ex-funcionário de uma das maiores empresas de tecnologia da China revelou como o regime comunista está manipulando a opinião pública, monitorando os telefones celulares dos cidadãos, bloqueando quaisquer palavras consideradas “sensíveis ao estado” – como “Deus Todo-Poderoso”.

Li, um ex-funcionário da ‘China Mobile Online Services Company’, uma subsidiária da ‘China Mobile Limited’, maior estatal prestadora de serviços de telecomunicações da China continental, disse à revista de liberdade religiosa ‘Bitter Winter’ que “simplesmente não há privacidade na China”, Com autoridades monitorando mídias sociais, chamadas e mensagens em telefones celulares.

“Se alguém disser algo considerado desfavorável ao Partido Comunista Chinês, será punido. Todas as pessoas são monitoradas e controladas sob o pretexto de reprimir o assédio”, disse Li.

Antes de deixar o cargo, Li trabalhou como “censor”, juntamente com cerca de 500 outros funcionários, monitorando as ligações e mensagens dos usuários da empresa.

O programa de vigilância, que abrange todos os usuários da China Mobile nas 31 unidades administrativas em nível de província, excluindo Hong Kong, Macau e Taiwan, está programado para detectar automaticamente qualquer coisa relacionada a políticas e crenças religiosas.

Uma vez que informações “prejudiciais” são descobertas – como comentários críticos ao PCC e desfavoráveis ​​aos líderes estaduais – os funcionários da empresa são designados para analisá-las completamente, revelou Li.

“Se algum desses ‘censores’ não fosse cuidadoso o suficiente e perdesse uma informação sensível, isso resultaria no desconto do salário mensal e bônus de final de ano”, ele lembrou. “Normalmente, eu precisava lidar com mais de dez mil informações todos os meses. Era inevitável cometer erros, pelo menos um ou dois por ano”.

Palavras e frases relacionadas à religião, como “Deus Todo-Poderoso” e “Falun Gong”, estão entre as palavras consideradas “sensíveis”, além de qualquer menção à revogação da associação ao Partido Comunista ou à Liga da Juventude Comunista.

“Qualquer coisa considerada desfavorável ao PCC é rotulada como ‘política'”, explicou Li. “Por exemplo, medidas imediatas serão tomadas para interceptar mensagens que mencionam a extração de órgãos do PCC de praticantes do Falun Gong para evitar vazamentos”.

“Se quaisquer palavras confidenciais fossem deduzidas durante chamadas telefônicas, em MMS, SMS ou mensagens em sites de redes sociais como o WeChat, o sistema interceptaria automaticamente as informações e os serviços dos usuários seriam desativados instantaneamente, desabilitando essas pessoas para fazer ligações ou enviar mensagens”, continuou Li. “Se os usuários desejam reativar o serviço, eles precisam ir a um centro de serviço da China Mobile com seu cartão de identificação e escrever uma declaração prometendo nunca mais compartilhar nenhuma informação sensível”.

Comentários considerados particularmente “inapropriados” podem ter penalidades mais severas, revelou Li. Ele compartilhou como, em maio, um residente na província de Fujian, no sudeste, foi interceptado na fronteira, e seu passaporte foi destruído por guardas de fronteira que lhe disseram que ele estava proibido de viajar para o exterior porque já havia feito comentários criticando o PCCh e o Estado. líderes.

Seus comentários foram considerados “insultuosos ao governo” e “perturbadores da ordem pública”.

“Os critérios de censura foram atualizados constantemente nos últimos anos, resultando em mais censura pesada e menos brechas”, acrescentou Li.

Outro funcionário de uma empresa de censura na Internet disse ao Bitter Winter que piadas e comentários satíricos ou vídeos sobre o governo e seus líderes devem ser excluídos imediatamente. Uma pequena supervisão do funcionário resulta em punições severas, disse o funcionário.

Registros

A censura do governo chinês à atividade online está bem documentada.

Quaisquer referências ao ‘Ursinho Pooh’ foram banidas das plataformas de mídia social da China, incluindo Weibo e WeChat. Além disso, o compartilhamento de informações sobre o ursinho de pelúcia ficcional é considerado ilegal desde que o presidente Xi Jinping foi comparado a ele em 2013.

No ano passado, a China proibiu varejistas on-line de vender a Bíblia em esforços para controlar o crescente cenário religioso do país.

Esta semana circularam nas mídias sociais imagens de um homem algemado a uma cadeira de metal sendo interrogado pela polícia chinesa por criticar a polícia de trânsito nas mídias sociais. O homem, chamado Luhua, foi forçado a confessar que está falando mal da polícia em várias plataformas de mídia social. Ele então pede desculpas por seus comentários.

No dia 1º de dezembro, o governo chinês lançou planos exigindo que todos os novos proprietários de smartphones se registrassem nas varreduras de reconhecimento facial, informou a Radio Free Asia.

A medida foi descrita pelo ministério da indústria e da informação da China como uma maneira de “proteger os legítimos direitos e interesses dos cidadãos no ciberespaço”. No entanto, a nova regra facilita o rastreamento de usuários chineses de telefones celulares e internet, refletindo a crescente repressão do governo central sobre os direitos dos cidadãos, alertam os ativistas.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post

Cristãos ganham direito de ir à igreja aos domingos, no Sudão

Nos países islâmicos, as folgas semanais acontecem na sexta-feira e no sábado. No Sudão, por exemplo, os cristãos estavam se sentindo discriminados pela dificuldade de cultuar e celebrar as datas importantes do calendário religioso.

Já os muçulmanos têm direito de parar o trabalho nos horários das orações e guardar os dias sagrados. Apenas os empregadores cristãos poderiam escolher se davam ou não a folga para os funcionários irem à igreja no domingo.

Em 2016, uma lei proibiu que as escolas cristãs funcionassem aos sábados, então se os alunos e funcionários quisessem guardar o domingo, teriam que trabalhar apenas de segunda a quinta-feira.

No dia 11 de novembro, o escritório do novo primeiro-ministro instruiu diversas instituições públicas a organizarem as horas de trabalho dos não muçulmanos, para dar a eles o direito de realizarem ritos e cerimônias religiosas.

Com a decisão, as instituições acadêmicas ficaram proibidas de organizarem exames em 25 de dezembro e 7 de janeiro (Natal copta). Agora os que não professam a fé islâmica podem deixar o trabalho às 10h da manhã aos domingos para irem à igreja. As mudanças aconteceram a pedido do ministro de Assuntos Religiosos.

Em resposta ao fato, um líder da igreja no Sudão, que prefere o anonimato, diz: “O ministro de Assuntos Religiosos prometeu começar mudando as leis contra cristãos feitas pelo antigo regime. Nós agradecemos ao Senhor pela humildade dele e abertura para trabalhar conosco”.

Porém, mais ações são necessárias. “Líderes das igrejas no Sudão têm falado com o ministro de Assuntos Religiosos para formalizar e nos chamar de cristãos, não de não muçulmanos. Nós pedimos também todos os feriados cristãos, o Natal, a Páscoa e os domingos”, explica.

Ainda não há informação sobre alterações nos funcionamentos das escolas cristãs.

Fonte: Portas Abertas

Evangélicos etíopes são presos e forçados a deixarem cidade

A polícia da Etiópia prendeu estudantes e líderes da igreja durante uma reunião da Irmandade Etíope de Estudantes Evangélicos (IFES) em Debark, cidade com população estimada em cerca de 25.000 habitantes, que é um território religioso contestado.

As autoridades da região de Amhar compareceram à reunião da IFES e prenderam um número não revelado de participantes, de acordo com fontes locais.

Em seguida, pressionou os estudantes presos a assinar um acordo para nunca mais se reunirem em Debark e os libertou.

Sete líderes da igreja que participaram da reunião também foram detidos por três dias e liberados após a assinatura de um acordo semelhante.

A Igreja Ortodoxa Etíope dominante considera a região de Debark santa, e a pressão sobre os cristãos protestantes na área vem crescendo há anos.

Em 2008, incendiários destruíram uma igreja e a maioria dos protestantes se mudou para Gonder, uma cidade muito maior, com mais de 150.000 pessoas.

Em maio passado, os membros da igreja em Debark foram ordenados a se mudarem Gonder, que fica a 80 km de distância.

No entanto, a comunidade não se mexeu; eles apresentaram uma reclamação e permaneceram em Debark.

A constituição etíope garante a liberdade religiosa, o que parece proibir a polícia de ordenar que a irmandade evangélica pare de se reunir. Mas a política da Etiópia é cobrada por divisões étnicas e religiosas pronunciadas.

Fonte: Guia-Me

Versículo mais lido da Bíblia em 2019 é Filipenses 4:6

O popular aplicativo da Bíblia YouVersion anunciou que Filipenses 4: 6 é o “Versículo do ano de 2019”. Os usuários do aplicativo se envolveram com ele mais do que qualquer outro versículo da Bíblia.

O YouVersion disse, em comunicado, que Filipenses 4: 6 foi o mais marcado, destacado e compartilhado entre seus cerca de 400 milhões de usuários do aplicativo.

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.”, diz o versículo na versão Almeida Revista e Atualizada.

O YouVersion também relatou um aumento de 30% a mais neste ano do que no ano passado, no uso do aplicativo, com “5,6 bilhões de capítulos ouvidos e 35,6 bilhões de capítulos lidos”.

“Nosso desejo é ajudar as pessoas a crescer em seu relacionamento com Deus, incentivando-as a ler a Bíblia e procurá-Lo todos os dias”, disse o fundador da YouVersion, Bobby Gruenewald.

“Somos encorajados a ver tantas pessoas se voltando para a Bíblia em resposta às suas preocupações, lembrando o que Deus fez em suas vidas e escolhendo confiar em Sua fidelidade.”

Os usuários também gastaram o equivalente a 11,1 bilhões de dias em seus Planos Bíblicos, que o YouVersion descreveu como “recordistas”, além de compartilhar 478 milhões de versos.

“Todo ano, quando analisamos esses números, ficamos impressionados com o modo como Deus está usando esse aplicativo para entregar Sua mensagem de esperança e amor a um mundo que está sofrendo”, disse Gruenewald.

“Também não podemos deixar de reconhecer quanto mais trabalho deve ser feito juntos como Igreja global para alcançar todas as nações.”

O YouVersion também relatou grandes aumentos no envolvimento da Bíblia em sua comunidade em todo o mundo. Isso incluiu um aumento de 75% no engajamento de usuários na Polônia e um aumento de 51% no engajamento de usuários na Índia, ambos em comparação com o ano passado.

O engajamento da Bíblia por meio do aplicativo também cresceu no sudeste da Ásia, com o Camboja experimentando um aumento de 36% e o Vietnã 37%.

“O que estamos vendo no engajamento global é emocionante para nós, porque com todos os versos destacados, o dia do plano concluído ou o capítulo em áudio ouvido, é uma pessoa que está sendo transformada por conhecer a Deus mais intimamente ao passar o tempo na Bíblia”, disse Gruenewald

Em 2018, o versículo mais lido foi Isaías 41:10 : “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”.

Em 2017, o YouVersion relatou que o verso mais popular foi Josué 1:9: “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.”

Lançado em 2008, o YouVersion ofereceu inicialmente 15 versões da Bíblia em dois idiomas. Atualmente, o aplicativo relata ter cerca de 2.000 versões da Bíblia em mais de 1.350 idiomas.

A popularidade do aplicativo continua forte, com mais de 1 milhão de novas assinaturas sendo adicionadas apenas no dia de ano novo, um aumento considerável em relação ao total de 1º de janeiro de 2018.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Post

Cristã é homenageada por salvar judeus italianos durante o Holocausto

Setenta e seis anos depois que os nazistas prenderam o rabino Nathan Cassuto e a cristã Matilda Cassin, eles foram homenageados em uma cerimônia em Jerusalém pelo Comitê de Reconhecimento de Heroísmo dos Judeus.

Cassuto e Cassin eram membros de um grupo antinazista em Florença, na Itália, estabelecido pelo rabino-chefe da cidade, juntamente com o arcebispo Elia Angelo Dalla Costa. Com o apoio do grupo, eles salvaram centenas de judeus que seriam deportados para campos de concentração, os escondendo em instituições católicas e com famílias italianas.

As homenagens foram apresentadas ao filho de Cassin, Asher Varadi Cassin, e ao filho de Cassuto, David.

“Cassuto e outros membros de seu grupo de resgate [judaico-cristão] foram presos pela Schutzstaffel (organização paramilitar ligada a Adolf Hitler) na sede da Azione Cattolica em Florença, enquanto planejavam futuras atividades de resgate, devido a um informante”, explicou a organização B'nai B'rith International.

“Cassuto foi deportado para Auschwitz, onde ele morreu. Cassin se entregou à polícia para libertar sua família que havia sido presa, permanecendo sob custódia até janeiro de 1944, quando foi libertada, fugindo mais tarde para a Suíça”, acrescentou.

A Igreja e o Holocausto

O arcebispo Pierbattista Pizzaballa, chefe do Patriarcado Latino de Jerusalém, sentiu-se grato pela oportunidade de falar no evento, “já que não é habitual que um representante da Igreja Católica seja convidado a falar em um evento em memória da Holocausto”.

“Quando nos aproximamos do Holocausto, nós, europeus de origem católica, não podemos deixar de sentir desconforto”, disse ele. “A questão da Igreja e do Holocausto — e de maneira mais geral, a Igreja e o Judaísmo — nunca foi um assunto fácil, mas cheio de mágoas e feridas profundas”.

O arcebispo explicou que a Igreja ainda não concluiu “sua leitura do que aconteceu durante o Holocausto”.

“Mesmo se for discutido menos hoje, esse período permanece como uma pedra em nosso relacionamento”, continuou Pizzaballa. “Enquanto alguns cristãos — entre eles católicos, incluindo clérigos — cooperaram com judeus para resgatar judeus da deportação, devemos reconhecer o silêncio de muitos outros católicos”.

Ele ressaltou que, embora a Igreja não fosse diretamente responsável pelo Holocausto, “devemos reconhecer que o ‘ensino do desprezo’ que emanou por centenas de anos também era da Igreja e influenciou a mentalidade das populações europeias — o que contribuiu, infelizmente, ao que aconteceu”.

O embaixador italiano em Israel, Gianluigi Benedetti, disse aos participantes que “é hora de corrigir o equívoco comum de que os judeus não ajudaram significativamente a resgatar outros judeus durante o Holocausto”.

“As ações do rabino Cassuto e Matilde Cassin foram luzes na escuridão que nunca serão esquecidas”, disse Benedetti.

Fonte: Guia-Me

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *