Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Maio 2020
'Momo' "Eu quero ir" “Aguardo o Dia” “Casa na Rocha” “Em Casa” “Mais Alto” “Quem é esse?” “Quero Te Adorar” “We magnify his name” 10 Mandamentos 19ª edição do Grammy Latino 2018 2019 22 anos 3 Palavrinhas 360 Wayup 6 milhões 60 Minutes A Bíblia Kingstone Abaixo-assinado abandona Abílio Santana Abin abortistas aborto abortos abrigo para dependentes químicos Absolvida abusador abusar dos membros abuso infantil abuso sexual abusos sexuais Academia Acadêmicos do Sossego acampamento evangélico ação judicial Ação popular Ação social aceitaram a Jesus Acertou Mizerávi Achado Arqueológico ACI Digital acidente acidente de trânsito Acioli acordo de paz Acre acusação ad belenzinho ADAI Music Adão e Eva Adaulto Lourenço Adauto Lourenço Adilson Gigante ADO 26 adolescente adolescentes Adolf Hitler Adolf Hittler adventistas do Sétimo Dia advogados Afeganistão Africa África Africa do Sul Agenda Lgbt Airbnb Al-haram Al-sharif Al-qaeda Al-Rashid Aladdin Alagoas Alan Rick Albert Einstein Alcoolismo aldeia Kamayurá Alemanha Alerta aos pais Alex Passos Alexandra Abrantes alexandre frota Alexandre Isquierdo Aline Barros Alison Redmond-Bate alma Alphaville altares Amazon ambulância América América Latina Amor Amor de Deus Amor e Sexo amor incondicional Ana Paula Ana Paula Valadão Anápolis Anayle Sullivan Anderson Freire André Aquino André Balada Andre Fernandes André Valadão Andrea Long Chu Andrew Brunson Anel Pilatos anencefalia Anglicana Angola Anitta aniversário de casamento Anjo Anne Graham Anne Graham Lotz Anny Theyler Anti-Balaka anti-Israel anti-judaico anticristãs Anticristo Antigo Testamento Antissemitismo AoVivoPelaVida apanhar aplicativo Apocalipse apóstolo apóstolo Paulo App apresentador apresentadora Angélica Árabe Araguaína Arca da Aliança Arca de Noé Argentina Argentinos arma arma de fogo Armas Armênia armênios Arqueologia arqueólogia arqueologia bíblica Arqueologia na Bíblia arqueólogo Arquidiocese da Paraíba Arrebatamento arrecadar alimentos arrependimento Artistas Asia Asia Bibi Ásia Central AsiaNews asilo assalto assassinada assassinado assassinato do pastor assassino assédio sexual Assembleia de Deus Assembléia de Deus Assembleia de Deus no Brasil Assembleia de Deus Vitória em Cristo ataque ataque cardíaco Ataque Contra Cristãos ataque de ódio Ataque no Egito Ateísmo Atentado Atentado Terrorista Atentados Ateu Ateus Ativismo Ativismo Gay Ativismo Lgbt ativista gay Ativistas ato profético Ator Atos dos Apóstolos atriz atriz Chrissy Metz audiência Augusto Cury Augusto Heleno Ribeiro Pereira Augustus Nicodemus Augustus Nicodemus Gomes Lopes Austrália Autoajuda automutilação Autoridade Palestina auxílio-mudança avivamento Azerbaijão azul e rosa babalorixá Baby do Brasil Bahia Baleado baleou Bancada Evangélica Band Band News Banda 4Life banda Livres Banda novo som Banda Resgate banda Rosa de Saron banda Voz da Verdade Bangladesh Banheiro Transgêneros banheiros únicos barragem Barroso bate boca bateria de escola de samba Batismo batismo infantil Batismo nas Águas Batista Peniel Batista Soul batistas do Sétimo Dia batistas independentes batizado bbb bebê Bebê é abandonado bebê Jesus bebês bebida alcoólica Beit Chabad Beka Belém Belford Roxo Bélgica Belíssima Belo Horizonte Benjamin Netanyahu Bernardino Bertioga Beth Moore Bethel Bibi Bíblia Bíblia Antiga Bíblia e Ciência Bíblia Mais Antiga bíblia sagrada Bíblias. África bicicleta Big Apple Big Brother Brasil Bill Johnson Billy Graham Bird Box Bispo Bispo Edir Macedo Bispo Julian Henderson bispos Blasfêmia blasfêmia. Cristão Boas Notícias Boko Haram Bola de Neve Bolsa do Samaritano Bolsonaro bombeiros boneco Ken Sereia brad dacus Brad Hoylman Brasil Brasil Sem Aborto Brasil Urgente Brasil x Israel brasileiros Brasília Brian Houston briga de casal Britney Spears Brittni De La Mora Brumadinho Bruna Drews Bruna Karla Bruna Marquezine Bruxa bruxaria bruxos cristãos Budismo Bulgária Bunda Mole buscar a Deus Butão cabo Daciolo Cabo de Santo Agostinho Cabul caçadores de cabeça CADETINS café da manhã de oração por Jerusalém Caio Fábio calçados Hello Kitty. calçados Ipanema calçados Melissa Califórnia caloteira Câmara de Vereadores de Porto Alegre câmara dos Deputados Camarões câmera câmeras de vigilância Caminhada Caminho da Graça Campanha Campinas Canadá canal Metaforando câncer Candomblé cantor Anderson Freire cantor Eli Soares cantor gospel cantor Juliano Son Cantor Leonardo Gonçalves Cantor Robério Lima e Silva Cantor Samuel Mariano cantor Wellington Camargo Cantora Cantora Anitta cantora Daniela Araújo cantora Eyshila cantora Flordelis Cantora Gospel cantora Léa Mendonça cantora Lydia Moisés capeta escondido Caridade Carlito Paes Carlos Apolinário Carlos Bolsonaro Carlos Moisés Carlos Nadalim carnaval cartão de crédito Casa Branca Casa Civil casal gay casal pastoral casamento Casamento de Célia Sakamoto casamento gay casamentos cristãos Casos de Milagre Cassiane cassino Castidade Catedral da Fé Cativeiro Catolicismo católicos Cazaquistão CBN News Ceará Ceia de Natal celebridades Célia Soul Céline Dion celular celulares censura Centro Nacional de Exploração Sexual Centro Pentecostal Jovem Resgate Cepal cerveja Cesare Battisti céu Chance The Rapper Charles Darwin Chico Wehmuth chifres Chile China chineses Chris Pratt Christ Christian Bale Christyan Leão Cia Nissi Ciclone Cid Moreira Cidade bíblica ciência Cindy Jacobs Cinema Circulo de oração Cisjordânia Ciúmes clamor Claudia Raia Clínica Abortista clinica de aborto Clínica de Aborto clip CNBB CNN cnpj Coaching Coaf cobertura espiritual Coletes Amarelos Colômbia coluna Comandante Moisés comando vermelho Combate à Corrupção combate à pedofilia combater Comercial Comerj Comics comodoro MT comunismo Condenada conectados a Cristo Conectando Gerações Conexão Repórter Confiabilidade da Bíblia Confiança na Bíblia Conflito Congo Congrega Church congregação congregar congresso internacional de arqueologia bíblica Congresso Nacional consagração Conselho Apostólico Brasileiro Conselho Mundial de Igrejas Conselho Tutelar Conselhos de Psicologia Conservadorismo Consumo de Maconha Contra Ideologia Contra Ideologia de Gênero Convenção Batista do Sul Conversa Com Bial Conversão Coordenação de Assuntos Religiosos COORPIN Coptas coral Coral Kemuel Coreia do Norte Coréia do Norte Coreia do Sul corinthianismo Corinthians coronavírus Corrupção cova Covid-19 CPAD CPI crê em Deus Crente Bom de Bíblia 2018 Crescimento das Igrejas Criacionismo crianças Crime crime organizado Crimeia Crimes criminalidade criminalização da homofobia Cris Cyborg cristã cristã perseguida cristão cristão homofóbico Cristão Perseguido Cristão Perseguidos Cristão. Lista Mundial da Perseguição 2019 cristãos Cristãos Copta Cristãos de Jos Cristãos no Egito Cristãos no Trabalho cristãos perseguidos Cristianismo Cristo para Todas as Nações Cristóvão Colombo criticada críticas Crocodilo crucificado Crueldade Animal cruz Cruz das Almas-AL cruzada Cuba cuide de sua família culto culto ao ar livre Culto na Rua cultos Cultura de Estupro Cúpula Conservadora das Américas cura Cura de Doenças Cura de Tumor Cerebral Cura do Câncer cura gay Cura Milagrosa curadas curandeiro Cursos Cybercensura Daciolo Damares Alves dança Daniel e Samuel daniela mercury Danielle Favattoigreja Danilo Gentili Darlene Zschech Darwinismo Datafolha Datena Dave Williams. microchips Davi Davi se escondeu David Cerqueira David Owuor Dc Comics Deadpool Debate Deborah Secco decote Decreto Defesa dos Animais Deise Cipriano Deise Jacinto Delegacia de Investigações Gerais delegada Luciane Bachir Delino Marçal Deltan Dallagnol Demolidor demônio Demônios Denis Mukwege Denise cerqueira Dennis Christensen dependência quíimica ex-bruxo ex-ocultista libertação do ocultismo libertação espiritual ocultismo sair do ocultismo testemunho de conversão testemunho de fé vício em drogas deportação depressão deputada federal Flordelis Deputada Lauriete deputado federal deputado Hidekazu Takayama deputado Silas Câmara deputado Sóstenes Cavalcante Descoberta Arqueológica Descobertas Científicas Desconfinados Descriminalização da Maconha Desigrejados Deus Deus capacita os escolhidos Deus Criador Deus é Mais Deus é Mulher Deus Não Está Morto Deus Salvador deusa robô Devocional Dez Mandamentos DHPP Dia da Bíblia diabo Diante do trono Diário Oficial dicas de suicídio dicas no casamento Dilma Rousseff dilúvio Dinheiro diploma de mestre diplomação no TSE Diplomacia Direitos Humanos Disforia de Gênero Disney disparo distanciamento Distrito Federal Ditadura Dívida Divisão Divórcio dízimo DJ DJ PV DNA Doação doação de imóvel Dom Orani Tempesta Domingão do Faustão domingo Donad Trump Donald Trump Douglas Gonçalves Doutor Estranho doutrinação Dr. Milagre drag queen drag queens drive-in drogas Dudu Camargo Dupla Dupla Alisson e Neide DVD comemorativo eclipse Ecologia Edificante Edir Macedo Editora de quadrinhos Edson Celulari Eduardo Bolsonaro Eduardo Costa Eduardo Paes Eduardo Sterblitch Educação educação domiciliar Efatá Egito El Chapo Elaine Martins Eleições 2018 Eleitoras eletrocutado Eli Soares Ellen Page Elson de Assis embaixada Embaixada Brasileira Embaixador de Israel Emerson Orofino Emerson Pinheiro Emirados Árabes Unidos Emmanuel Macron empresas encontros religiosos Enem enredo ensinamentos budistas Ensino Religioso Entrevista com Deus entubada equipe de transição Erich von Däniken eritreia Ernesto Araújo erotização precoce escândalo Baby Squillo Escatologia Escavação Escócia Escola Cristã Iraque escola de samba Escola Dominical escola sem partido escolas Escolas de elite Escolas de Samba escravas sexuais escravizar fiéis esfaqueador esfaqueia espetáculo Espirito Santo Espírito Santo esposa esposa de bolsonaro esposa do presidente esquerda Esquerdismo Estadão Estado Islâmico Estado laico Estados Unidos Estatísticas esterilizações Estrada Estrela de Belém estudo estupro Etiópia Eu Não Estou Só EUA Eunício Oliveira evangelho evangélica Evangelicaorto Evangélicas evangélico Evangelicos evangélicos evangelismo Evangelismo na Rua Evangelismo Urbano evangelista Evangelização Evangéllicos Evento evento evangelístico Evidências do Cristiainsmo Evo Morales ex-atriz porno Ex-bruxa ex-cantor ex-feminista Ex-gay Ex-governador Ex-homossexual Ex-islâmico ex-líder ex-marido ex-Miss Pensilvânia Ex-muçulmano ex-muçulmanos ex-ocultista Ex-padre ex-padre Wagner Augusto Portugal Ex-pastor ex-pastor evangélico Ex-presidente Lula ex-satanista ex-vocalista da Banda IdeALL excesso de barulho Êxodo exploração sexual extraterrestre extremismo Extremismo Religioso extremistas Extremistas Islâmicos Extremistas Muçulmanos Eyshila Fabio Faria Fábio Pannunzio fábrica de tortura Fabrício da Silva Pimentel Facebook Faixa de Gaza Fake News FakeNews Fala Que Eu Te Escuto falar em público falsa igreja Falso Falso Milagre Falso pastor família Família e Direitos Humanos famílias Fantástico Fat Family Fausto Silva favorecimento Fazer Aborto Fé cristã Fé Irresistível Feira de Santana feitiços felicidade Felipe Moura Brasil feliz FM Feminismo Fenômeno fenômeno da natureza fenômeno evangélico Fernanda Brum Fernanda Lima Fernandinho Fernando Haddad Fernando Pesão Fernando Pessoa Festival The Send feto FIACONA Fica Tranquilo fichas escolares fiéis Filadélfia Filho filhos filhos são herança do Senhor Filipinas Filme Filme Cristão Filmes Filmes adultos Filosofia de Vida filósofo Fim dos Tempos financiamento Finlândia fiscalização igrejas físico brasileiro Flávia Alessandra Flávio Bolsonaro Flordelis Floresta Amazônica fofoca Fofocalizando Folha de São Paulo fome Forças Armadas Fórmula 1 Fortaleza Fórum Desembargador Mendes Wanderley Fórum Econômico Mundial Foundation França Francis Chan Francisco Razzo Frank Aguiar Frank Houston Franklin Graham Fred Instagram Frederico Figueiredo Freedom Freiras frente parlamentar evangélica From Religion Funai Fundação Bill e Melinda Gates funk funkeira Ludmilla Futebol Gabinete de Segurança Institucional Gabriel Guedes Gabriel Medina Gabriela Gomes Gabriela Hardt Gabriela Rocha gafanhotos Game of Thrones Gana Gaviões da fiel General Heleno Gênero nas Escolas gênero neutro genética Geografia Bíblica Ghar Wapsi Gideões Missionários Gideoes Missionários da Última Hora Gideões Missionários da Última Hora Gilberto Carvalho Gisele Bündchen Gislaine e Mylena Gleisi Hoffmann global Globo Globo News Globo Rural GloboNews Glória a Deus Gogue e Magogue Goiânia Google gospel Gospel for Asia governador governador do Distrito Federal governadores governo Governo Bolsonaro Governo do DF governo do Egito Grã-Bretanha Grammy Latino gravadora Musile Records grazi massafera Gregório Duvivier Grendene Gretta Vosper Greves Grupo de Lima Grupo dos 77 Grupo Especial do Rio de Janeiro Grupo Lgbt Grupo pró-aborto Grupo Record Grupos religioso Guanambi guerra Guerra interna Guerras Guilherme de Sá guitarrista Haia Hailey Hailey Baldwin Haiti Hamas Hamilton Mourão Hank Hanegraaff Harpa Cristã HB Hebrom Heidi Baker Heidi Crowter Henrique Fogaça heresia Hernandes Dias Lopes hidroxicloroquina Hillsong Hinduísmo Hino História do Cristianismo Hitler Holanda Hollywood Holocausto homem Homem de Ferro Homem-Aranha homeschooling Homicídio homofobia homoparentalidade homossexuais homossexual Homossexualidade Hong Kong horóscopo hospital hospital de Brejo Santo Hulk humor Humorista Ibaneis Rocha Ibope Idai identidade de gênero ideologia Ideologia de Espécie ideologia de esquerda ideologia de gênero IEQ igreja Igreja Adventista Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia Igreja Anglicana igreja anti-LGBT igreja Apostólica Acolhidos por Cristo Igreja Assembleia de Deus Igreja Batista Igreja Batista da Lagoinha Igreja Batista Getsêmani igreja Bethel Igreja Brasil para Cristo Igreja Catedral do Avivamento Igreja Católica Igreja Católica Apostólica Romana (icar) Igreja Cidade de Refúgio Igreja Comunidade das Nações Igreja Contra o Aborto Igreja da Cientologia Igreja da Graça Igreja da Inglaterra Igreja de Bethel igreja destruída igreja do distrito de Iara Igreja do Evangelho Quadrangular Igreja Episcopal Igreja Evangélica igreja Hillsong Igreja holandesa Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Luterana Igreja Mananciais da Barra Igreja Metodista Igreja Metodista Unida Igreja Mundial Igreja Mundial do Poder de Deus Igreja Ortodoxa Igreja Ortodoxa Ucraniana Igreja Pentecostal Tempo de Milagres igreja perseguida Igreja Presbiteriana Igreja Presbiteriana de Cruzeiro do Sul Igreja Profetizando as Nações Igreja Quadrangular Igreja Renascer Igreja Rocha Eterna Igreja São Thomas Igreja Universal Igreja Universal do Reino de Deus igrejas Igrejas alemãs Igrejas domésticas igrejas evangelica Igrejas Evangélicas Igrejas evangélicas Alemanha igrejas licença Igualdade Racial ilegais ilustrações do reino de Deus imã Ahmed al-Tayeb Imagem de Cristo imagem de Jesus imbecil IMPD impostos Imran Khan Incêndio incesto indenização Índia indígenas índios Indonésia infância Inglaterra Insetos Instagram instituto Barna Instituto de Templo Instituto do Templo Inteligência e Fé intercessão Internacional International Christian Concern internet intolerância religiosa investigação Irã Iranianos Iraque Irlanda Irmandade Muçulmana Isabella Chow Isadora Pompeo Isaias Jr Isis Valverde Islã Islâmicos islamismo Islamização Israel Israel Salazar Israel x Palestina Italia Itália Itamaraty IURD Ivanir dos Santos ivermctina J.d. Greear Já Ouço o Rugido Jacarezinho Jacira Cabral Jair Bolsonaro Jair Bolsonro Jair Messias Bolsonaro James Cowan James Faulkner Jamie Shupe jandira feghali Japão Jay Santana Jean Wyllys jejum islâmico Jenna Presley Jerry Falwell Jr. Jersualém Jerusalém Jesus Jesus Copy Jesus Cristo Jezabel Jihad Jim Caviezel Jim Howard Jimmy Evans Jó – Midian Lima João Campos João de Deus Joaquim Alves joel dahl Johan Huibers John Allen Chau John Bevere John Bolton John Chau Joice Hasselmann Jojo Todynho Jonathan Nemer Jordânia Jorge Viana Jornada Mundial da Juventude jornal Jornal Nacional jornalista Milly Lacombe José de Abreu Josimar Salum Josué Valandro Josué Valandro Jr. Jovem jovem cristã Jovem Pan Jovens Jovens Cristãos Joyce Meyer Juan Guaidó juanribe pagliarim Judaismo Judaísmo Judeus Judith Butler Juiz Juiz Marcelo Bretas Juiz Sérgio Moro Juíza juíza Diana Brunstein juíza Maria Lucinda da Costa juízes Julgo Juliana Paes Junior Trovão Juristas Justiça Justiça do Trabalho justiça federal Justin Bieber Justin Welby Kamille Ribeiro Kantar Ibope Kanye West Kauã Salles Kemilly Santos ken hickam Kevin Sorbo Kim jong un Kim Yo-Jong Kingstone kit gay Kleber Lucas lacração ladrões Lady Gaga Lagoinha Lana Del Rey Lançamentos Lanna Holder laos Las Vegas Latino Lauriete Lauriete Leonel Ximenez Lava Jato Léa Mendonça Leandro Karnal Legalização da Maconha Legalização do Aborto Lei Lei Civil Lei Rouanet lenços verdes Léo Áqulia Leo Dias leões Leonardo Gonçalves LGBT LGBTI LGBTI+ LGBTQ LGBTs libanês Líbano Liberação da Maconha Liberalismo Teológico Liberdade de Expressão Liberdade religiosa libertação Líbia Líder de seita líder do islã Líder Evangélico liderança Líderes Evangélicos Líderes Religiosos Liga Árabe Lindbergh Farias Língua Portuguesa linguagem corporal de Flordelis linguagens de sinais Línguas Estranhas Linhares lista de livros evangélicos 2018 Lista Mundial da Perseguição Lista Mundial da Perseguição 2019 Lito Atalaia livramento Livro Livros Liz Lane Loja Londres Lotz Louie Giglio Louvor e Adoração lua de sangue Luã Freitas Luanda Luca Martini Lucas Lucas Santos Luciana Gimenzes Luciano Huck LUCIANO SUBIRÁ Lúcifer Ludmila Ferber Lugar Secreto Luiz Hermínio Luiz Inácio Luiz Inácio Lula da Silva Luiz Sayão Lula Luma Elpidio luteranos Mackenzie Maçonaria Maconha Maconha Não macumba Maduro mãe Mãe de El Chapo Magno Malta Magno Malta e Lauriete Maioridade Penal mais lido 2018 Mais médicos Malásia Malhação mandato mandato ilegal mansão Manuela D'ávila Manuscritos do Mar Morto Maomé Mar Morto Mara Maravilha Maranhão marcelo calero Marcelo Crivella Marcelo Freixo Marcelo Gleiser Marcha Marcha na Argentina Marcha para Jesus Marcha pela Vida marchas Marco Feliciano Marcos Freire Marcos Madaleno Marcos Mion Marechal Cândido Rondon Mariana Valadão Maricá marido Mario Bramnick Mario de Oliveira Marisa Lobo Marisa Lobo Psicóloga Marisa Papen Marrocos marroquino Marvel Marxismo Cultural marxistas máscara MasterChef Mauricio de Souza Maurício de Souza Mauro Souza maus tratos Max Lucado MBL MC Pocahontas McDonald’s MEC meca medicina médicos Mediunidade medo megaigreja meio cristão Melhor Álbum de Música Cristã Melissa Joan Hart membro Menina rosa Menino azul menores menores de 14 anos mensagem mercado de streaming mesquita mesquitas Messias Mianmar Michel Temer Michele do Carmo de Souza michelle bolsonaro michelle de paula bolsonaro Migração Mike Pence Mike Vieira Mikkelson milagre Milagres ministério “Underground Resistance” Ministério da Cidadania Ministério da Justiça Ministério da Mulher Ministério das Relações Exteriores ministério de louvor da Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (SP) Ministério dos Direitos Humanos ministério Dunamis Ministério Mananciais Ministério Nova Jerusalém Ministério Portas Abertas Ministério Público Ministério Público Federal ministérios. ministra da Mulher Família e Direitos Humanos Ministra Damares Ministra Damares Alves Ministro ministro Augusto Heleno Ministro Dias Toffoli ministro evangélico Ministro Marco Aurélio Mello ministro Marcos Pontes Ministros Mirele Peixoto Souza Teodoro Missão Portas Abertas missas Missionária Missionária Camila Barros Missionário Missionários Missões Missouri miticismo Mitologia MK Music Mobile Moçambique Mogi das Cruzes Moisés Mongólia monte Monte do Templo Moradores de rua Moro Morreu morte morte de pastor mortos Moscou Movimento Lgbt MPES muçulmano muçulmanos Mudança da Embaixada Mudança de sexo Mulher mulher cega Mulheres mulheres cristãs Música Musica Gospel Música Gospel Musical Musile Records Nações Unidas Namibe não se meta com meus filhos Nascimento de Jesus Nasrat Mohamed Jamil Natal Natália Araújo National Geographic Native Tongue naxalitas Nazaré NCOSE Neal McDonough Neemias Nego do Borel neopentecostais NetFlix neto de Billy Graham Nevada Neymar Nicolás Maduro Nicole Kidman Níger Nigéria Nigeriano Nívea Soares Nobel da Paz nota oficial Nova Friburgo Nova York novela Novelas Novo Testamento O Milagre da Fé o outro lado do paraíso O Seredo dos Deuses Oakland obras ou pela graça Obreiro obrigações fiscais de igrejas ocorrência policial ofensa oferta Oklahoma Ong Cristã Ongs ONU ONU Mulheres Onxy Lorenzoni Onyx Lorenzoni OPBB-SP Operação Lava Jato opositora oração orações Ordem dos Pastores Batistas Organização das Nações Unidas Oriente Médio Os Incríveis os Pingos nos Is Ousado Amor – Isaías Saad outros deuses Pabllo Vittar Paciência pacific justice institute Pacto de Migração pacto diabo padre Padre Alessandro Campos Padre católico gay padre Marcelo Rossi Padre Quevedo padres Paganismo páginas da vida pai pai de vítima pais biológicos Palácio da Alvorada Palácio do Planalto Palavra de Deus Palestina palestinos Panamá pandemia Pânico panos ungidos Pantera Negra pão diário Papa Francisco Papai Noel Paquistão Paquistãom Suprema Corte do Paquistão Parada do Orgulho LGBT Parada Gay parada LGBTQ Paraíba paralisia facial Paranoá paris parlamento britânico Parlamento e Fé Partido Comunista Partido Comunista Chinês Partido Comunista da China Partido dos trabalhadores partidos de esquerda Páscoa passaporte diplomático Passion Pastor Pastor Adir Neto Teodoro pastor Alph Lukau pastor Anderson do Carmo pastor Anderson do Carmo de Souza Pastor Antonio Rocquemore pastor Carlos Moyses pastor e advogado Adir Neto Teodoro pastor Felippe Valadão Pastor George Pastor Geraldo Mangela pastor Hueslen Santos pastor isidório pastor Jim Jones Pastor Joaquim Barbosa pastor Leonardo Sale Pastor Lucas Pastor Manuel Marcos Pastor Marco Feliciano pastor Melqui Gomes pastor Odilon Santos Pastor Reuel pastor Rinaldi Digílio pastor Robert Hood pastor Rusty George Pastor Samuel Mariano Pastor Samuel Olson Pastor Silas Malafaia pastor Takayama Pastor Tiago Brunet pastora Pastores pastores de cabra fulanis Pat Allerton Paternidade Patriarca Kirill Patricia Lelis patrimônio da humanidade Paula Fernandes Paulo Freire Paulo Guedes pauta de costumes paz e vida Pcdob PEC pecado pecados pediatra pedido de desculpas pedofilia Pedra Beka pensamento Pensão alimentícia Pentateuco Pentecostes Pequim perda do filho perdão perguntas ofensivas Perlla Pernambuco Perseguição perseguição religiosa personagem gay pesquisa Pesquisas Petista Petrobrás Petrolão Pew Research Center Phatrícia Carvalho Philip Metschan Phillip Blair Piauí Pilar do Sul Pilatos pintor preso piscina Pixar Animation Studios Plano de Governo Plano do diabo Plano do diábo PM Pobreza extrema Pode Voar Polêmicas Polícia Polícia Civil Polícia Civil do Rio Polícia Federal Polícia Militar Policiais militares poligamia politica política políticos Pôncio Pilatos Pônico Pilatos população condena pornografia pornografia infantil Porta das Ovelhas porta de igreja Porta dos Fundos Portas Abertas portas dos fundos pós-morte pós-quarentena Posse do Presidente Posse Presidencial Pr Luan Santos praças Prb prefeito prefeitura prefeituras Pregação Pregação Contra Aborto pregador de internet pregador voador Pregadores pregadores modinha Prem Baba Prêmio Nobel Presbiteriana presépio Presépio Satanista Satanismo Presidência presidência no Congresso Presidente presidente da Rússia presidente jair bolsonaro presidente Jovenel Moise presidente Michel Temer presidente norte-americano Preso presos primeira filha Primeira-dama prisão Priscilla Alcantara prisões iranianas pró-vida processo processo judicial Processos judiciais procuradoria geral da república profecia Profecias professor professores Programa Fantástico Progressismo proibir Projeto de Lei Propaganda propina Proposta de Emenda à Constituição prostituição protestantes Protestantismo protestos Provérbio X psicóloga evangélica PSL PT Punjab Pure Flix Puritanismo Pyong Lee quarentena queda de helicóptero Quem é Você? Quênia Qumran R. R. Soares R.R. Soares R$ 28 Rabinos racismo radicais rádio Rádio Estadão FM rádio evangélica Rádio Gospel Rádio Jovem Pan Rádio Vida radios gospel Rafael Novarine Rafael Octavio Rafael Octávio Ramadã Rap Rap Gospel do Brasil ratinho Real Life Church Rebeca Nemer receita federal Recep Tayyip Erdogan Recife record Record News Record TV Rede Bandeirantes rede globo Rede Record Rede TV Redes Sociais reencarnação reforma da previdência reforma tributária refugiados Regensburger Domspatzen regularização rei da matemática Rei Davi Reinhard Bonnke Reino Unido Reis Magos Relacionados Relações exteriores religião religião islâmica religião no futebol religiões religiões de origem africana Religiosidade religiosos Religiosos palestinos Renan Calheiros Renascer Praise Renato Cardoso repartições públicas réplica república centro-africa República Centro-Africana ressucita Ressurreição restaurar Reuel Bernardino Revista Época RFID Ricardo Boechat Ricardo Lewandowski Ricardo Vélez Rodriguez Rio de Janeiro Rio Jordão Riqueza rituais rituais religiosos Roberta Miranda Roberto Requião Rock Cristão Rock in Rio 2019 Rodolfo Abrantes rodovia Castelo Branco Rodrigo Duterte Rodrigo Maia rodrigo silva Roma Romualdo Panceiro Ronald McDonald’s Ronaldo Caiado Ronaldo Ésper Rosa de Saron Rosânia Rocha Roubo Rua Azusa Rumores de Guerras Russia Rússia ryan coleman Sabrina Bittencourt Salmo 91 Salmos Salvador Sam Henrique Samuel Malafaia Sandra Terena Sandro Frederico da Silva Sandy Santa Catarina Santiago Chile Santo São Paulo Sarah Farias Sarah Sheeva Satanás satanismo filosófico satanistas Saul SBT SBT Silvio Santos Schumacher Se Eu Me Humilhar – Discopraise sê tu uma bênção Secularismo Secularismo na Igreja seguidores de Cristo Segunda Instância segundo casamento segundo sol Segurança pública Sei Que Estás Comigo seita seita Cientologia seminários Senado Senado Federal senador estadual Senegal sente as pessoas Separação sequestrado Sérgio Cabral Sergio Knust Sergio Moro Sérgio Moro Séries de Tv Sermão sertanejo Sertãozinho Sharran Sheikh Hasina signos Silas Câmara Silas Malafaia Silvio Santos símbolos nazistas símbolos religiosos Simone Simone e Samaria Sindicalistas síndrome de down sinos Sionismo Síria Smartphones sobrenatural socialismo Sociedade Bíblica do Brasil Sodoma e Gomorra Solstício de Inverno Som da Minha Vida Sony Music Gospel Sorocaba Southern Baptist Convention Stan Lee startup DVFLIX Steve Campbell STF sucesso Suicídio Suicído Super Drags Super Interessante Super-herói Superação Supernatural Superpop suplica Suprema Corte Supremo Tribunal Federal Supremo Tribunal Federal (STF) Surdos Surf Suzano Switchfoot Talita Cipriano Tamrazyan tanque de Betesda Tatá Werneck tatuagem Teatro Teleton Templo de Salomão Templo dos Anjos Téo Hayashi Teocracia teólogas feministas Teologia teologia da prosperidade teólogo Ricardo Velez Rodriguez Teoria da Conspiração Teoria da Evolução Terceiro Gênero Terceiro Templo Teresinha Neves Teresópolis Terra Santa Terrorismo Terrorismo Islâmico Terrorista Terroristas Testemunha de Jeová testemunhar Testemunhas de Jeová Testemunho Testemunho Cristão Testemunho de Fé Testemunhos Tetelestai Thaila Ayala Thalles Roberto Thammy Gretchen The Noite The noite. SBT The send The Send Brasil Theodore McCarrick Theresa Thor Tijuca timidez tipos de testemunhas tiririca Tiroteio no Templo TJ-SP Tocantins Tom Cruise Tony Ramos Top trabalho trabalho escravo Tradição tradução Tradução da Bíblia tragédia Trans especie Transexuais Transexual Transexualidade transfusão de sangue Transgênero transgêneros Transição de Gênero Transplante de útero Tribo queniana Tribunal de Justiça Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo tristeza Trump Tubarão tumor Turismo turistas Turma da Mônica Turquia Tv Bandeirantes TV Gazeta TV Globo TVI Twitter Ucrânia Ufc UFO Uganda última tribo Umbandistas unasp Unção Unesco União das Igrejas Cristãs da Venezuela União Europeia Universal Universidade de Liverpool Universidade de Sheffield universidades Uzbequistão Valdemiro Santiago Valdomiro Santiago Vale Valerie Gatto vandalização Vanessa Grazziotin Vanilda Bordieri Vasco da Gama Vasos Quebrados Vaticano Veganismo Veganos velho testamento vendedor Thiego Amorim Venezuela verdades secretas Vereador Vermelho versículo Veruska Seibel Viagem Missionária vice-presidente vice-presidente dos EUA vício vida Vídeos Viktor Orban Violência violência contra cristãos violência sexual Viral Virgindade visão limitada visita histórica Visões Vissarion Vítima vítimas vítimas de tragédia Vitor Santos Viva de Aline Barros Vladimir Brichta Vladimir Putin voador voto aberto Walter Hoye whastapp Whindersson Nunes White Magazine Wilian Nascimento Wilson Witzel X-Men Xi Jinping Xuxa Ygor Siqueira Yitzel Roman Yoga Yossi Shelley Youseff Youtube Youtube Kids Youtuber Zezé de Camargo e Luciano Zona Norte do Rio

Projeto de Lei impede fechamento de locais de culto mesmo durante pandemia

O Projeto de Lei 2788/20 proíbe o fechamento total de templos, igrejas e outros locais destinados a cultos religiosos mesmo durante períodos de calamidade pública.

O texto, que tramita na Câmara dos Deputados, autoriza o poder público a definir, por meio do decreto de calamidade pública, apenas o número máximo de fiéis presentes simultaneamente no local.

Autor do projeto, o deputado Manuel Marcos (Republicanos-AC) argumenta que os locais de culto religioso não podem ser fechados por “se destinarem ao exercício de atividade essencial para a população”.

Segundo o autor, os momentos de calamidade são justamente aqueles em que “a sanidade espiritual e mental do crente mais se apoia no conforto da religião”.

Na avaliação de Manuel Marcos, o texto não proíbe as iniciativas do poder público destinadas a enfrentar situações de calamidade pública, como a atual pandemia de Covid-19.

“A proposição apenas estabelece limites mínimos para a interferência nas crenças e práticas religiosas – e o faz assentada em princípios morais e jurídicos sólidos”, diz.

Marcos sustenta que a Constituição Federal, além de consagrar a “liberdade de consciência e de crença” e o “livre exercício dos cultos religiosos”, refere-se explicitamente à “proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

O projeto foi apenas apresentado pelo Deputado Manuel Marcos no dia 20 de maio e não teve nenhuma tramitação até o momento.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Polícia investiga integrante de igreja católica suspeito de estuprar 12 jovens no DF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga um ex-integrante de uma paróquia no Gama, no Distrito Federal, por suspeita de estupro contra pelo menos 12 jovens que frequentavam a igreja.

As vítimas são adolescentes – todos meninos acima de 14 anos – que procuraram a 20ª Delegacia de Polícia (Gama) para denunciar o suspeito. De acordo com as investigações, o homem atuava na igreja há 3 anos.

Em nota, a Arquidiocese de Brasília disse que os fatos estão sendo investigados pelas autoridades competentes. No comunicado, a entidade afirmou ainda que tem auxiliado nas apurações.

De acordo com a polícia, “o suspeito teria se aproveitado da condição de chefe do grupo, pregando a fé e o respeito que tinha dos meninos, e praticado os abusos sexuais”.

As denúncias começaram após uma transmissão na internet ligada à igreja, em que o suspeito aparecia. Uma pessoa que assistia fez um comentário acusando o homem de abuso sexual. A partir daí, religioso marcou uma reunião com os jovens da igreja para falar sobre o assunto.

De acordo com o delegado Renato Martins, durante o encontro, o padre responsável pela paróquia descobriu as denúncias de abusos e procurou a delegacia. A corporação afirma que os crimes não foram cometidos dentro do templo religioso.

“Ele marcava reuniões restritas com os meninos. Esses encontros aconteciam na casa de um deles, ou em chácaras, em retiros, e até mesmo fora do Gama. Após essas reuniões, ele procurava individualmente as vítimas, e aí teriam acontecido os abusos.”

O suspeito foi à delegacia acompanhado do advogado e preferiu ficar em silêncio. Segundo o delegado, ele não tem passagens pela polícia.

O investigador disse que aguarda os resultados de exames feitos pelas vítimas no Instituto de Medicina Legal (IML). Até a quarta-feira (27), 20 pessoas haviam prestado depoimento.

Comunicado da Arquidiocese de Brasília

“A Arquidiocese de Brasília lamenta com grande pesar os fatos noticiados acerca da acusação de abusos […] contra integrantes da comunidade católica da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, no Gama.

Os fatos estão sendo investigados pelas autoridades competentes. A Paróquia Nossa Senhora da Aparecida e o seu pároco não têm qualquer relação com os crimes apontados e o acusado não tem relação jurídica com a paróquia. O próprio, pároco, uma vez tomando conhecimento da acusação, conduzido o [acusado] à 20ª Delegacia de Polícia do Gama.

Para contribuir com as autoridades na apuração de fatos de tamanha gravidade, o pároco já esteve na 20º Delegacia do Gama e apresentou todas as informações que tinha a seu alcance e que possam auxiliar o trabalho de investigação, assim como se colocou à inteira disposição para contribuir no que for necessário.

A Arquidiocese de Brasília esclarece não ter recebido denúncia a respeito dos fatos divulgados e espera a sua rigorosa apuração para a pronta realização da justiça.”

Fonte: G1-DF

Estudo de DNA diz que há descendentes de cananeus entre árabes e judeus atuais

Os cananeus são conhecidos como as pessoas que viveram em uma “terra que mana leite e mel” até serem vencidos pelos antigos israelitas e desaparecerem da história. Mas um relatório científico publicado na quinta-feira (28) revela que a herança genética dos cananeus está presente em muitos judeus e árabes modernos.

Segundo o estudo publicado pela Cell Press, a equipe extraiu o DNA dos ossos de 73 indivíduos enterrados ao longo de 1.500 anos em cinco locais cananeus espalhados por Israel e Jordânia. Eles também levaram em consideração dados de mais 20 indivíduos de quatro sites relatados anteriormente.

“Indivíduos de todos os locais são geneticamente similares”, diz o coautor e evolucionista molecular Liran Carmel, da Universidade Hebraica de Jerusalém. Embora os cananeus vivessem em regiões longínquas e nunca tenham se tornado um império, eles compartilhavam genes e uma cultura comum.

Os pesquisadores também fizeram uma comparação entre o DNA de povos antigos e modernos e descobriram que a maioria dos árabes e judeus da região têm mais da metade de seu DNA vinculados aos cananeus e outros povos que habitavam regiões como Síria, Líbano, Israel, Palestina, Iraque e Irã.

O estudo é resultado de uma colaboração entre o laboratório de Carmel, o antigo laboratório de DNA da Universidade de Harvard — liderado pelo geneticista David Reich — e outros grupos. Suas descobertas são as mais recentes de uma série de avanços na compreensão dos cananeus, que deixou para trás poucos registros escritos.

Marc Haber, geneticista do Wellcome Trust’s Sanger Institute, em Hinxton, no Reino Unido, co-liderou um estudo em 2017 com cinco indivíduos cananeus da cidade costeira de Sídon. Os resultados mostraram que os libaneses modernos podem traçar mais de 90% de sua ascendência genética aos cananeus.

Os textos bíblicos registram que Deus prometeu a terra de Canaã aos israelitas após o êxodo do Egito. A Bíblia diz que os hebreus conquistaram a região, mas as evidências arqueológicas não mostram uma destruição generalizada das populações cananéias. Eles teriam sido gradualmente dominados por invasores posteriores, como os filisteus, gregos e romanos.

O novo estudo demonstra ainda que um número significativo de pessoas, e não apenas mercadorias, se movimentava durante a primeira era de cidades e impérios da humanidade. Os genes dos indivíduos cananeus indicam ser uma mistura de locais e migrantes do Cáucaso, parte da fronteira entre a Europa e a Ásia, no início da Idade do Bronze.

Carmel espera expandir em breve as descobertas coletando DNA dos restos daqueles que podem ser identificados como hebreus, moabitas, amonitas e outros grupos mencionados na Bíblia e em outros textos.

Fonte: Guiame

Brasil e Israel discutem cooperação para combate a coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro telefonou na quarta-feira (27) para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, para cumprimentá-lo pela formação de um novo governo de coalizão no país com o líder da oposição, Benny Gantz, no último dia 17.

Em março, os israelenses foram às urnas pela terceira vez em menos de um ano para eleger um novo parlamento, depois de duas tentativas infrutíferas para formação da governabilidade.

Em conversa acompanhada no palácio do Planalto pelo embaixador de Israel em Brasília, Yossi Shelley, os dois mandatários discutiram ainda sobre o avanço na cooperação científica entre os dois países para o combate ao novo coronavírus.

A ligação ocorreu por volta das 15h30. Shelley foi procurado pela reportagem da CNN ao entrar na sede do governo brasileiro, mas disse que falaria com jornalistas apenas após a reunião.

Israel tem um dos parques tecnológicos mais avançados do planeta, e vem utilizando sua capacidade de pesquisa para conter o avanço da Covid-19 no país.

Recentemente, cientistas israelenses apontam dois medicamentos para tratamento do coronavírus. Os pesquisadores acreditam que os medicamentos podem ser um tratamento temporário para pacientes com coronavírus, enquanto os cientistas continuam trabalhando na vacina e no tratamento.

Aparatos anteriormente usados para vigilância e combate ao terrorismo passaram a ser usados para vigiar os focos de contágio do novo coronavírus. Por exemplo, o serviço de inteligência israelense foi autorizado a acessar os dados de localização de celulares para rastrear aqueles que estiveram próximos de pacientes confirmados.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, Israel tem 16.793 casos da Covid-19, que provocou 281 mortes no país.

Fonte: Guiame

Cientistas israelenses apontam dois medicamentos para tratamento do coronavírus

O Instituto Israelense de Pesquisa Biológica (IIBR), do Ministério da Defesa, diz que dois medicamentos usados para tratar a doença de Gaucher também podem ser usados no tratamento eficaz para pacientes com Covid-19.

A doença de Gaucher ocorre quando o organismo do paciente não consegue eliminar um tipo de gordura chamado glicocerebrosídeo. O acúmulo desta substância nas células causa inchaço em alguns órgãos, em especial o fígado e o baço. Tais células afetadas também se acumulam na medula óssea, enfraquecendo os ossos.

Pesquisadores do IIBR dizem que os dois medicamentos usadas ​​para tratar a doença de Gaucher parecem inibir o vírus. O primeiro medicamento é o Cerdelga, que já foi aprovado pela ‘Food and Drug Administration’, dos EUA. O segundo é o Venglustat, que está em processo de aprovação.

Os cientistas descobriram que, juntos, os medicamentos levaram a "uma redução significativa na capacidade de replicação do coronavírus e à destruição da célula infectada", disse o porta-voz do Ministério da Defesa em comunicado.

"Os dois medicamentos em desenvolvimento estão atualmente sendo testados quanto à sua eficácia no tratamento de animais infectados com coronavírus", continuou o porta-voz.

O tratamento também mostrou ser eficaz contra outros três vírus, o vírus do Nilo Ocidental, o vírus Influenza A e o vírus Neuroinvasivo Sindbis.

"Isso indica seu potencial no tratamento eficaz de várias doenças virais — incluindo futuros surtos de novos vírus — depois de aprovados clinicamente", escreveu o ministério.

Os pesquisadores acreditam que os medicamentos podem ser um tratamento temporário para pacientes com coronavírus, enquanto os cientistas continuam trabalhando na vacina e no tratamento.

“O tratamento de uma nova doença, como a Covid-19, usando um medicamento já aprovado, pode servir como uma solução eficaz a curto prazo, considerando que um dos principais desafios no tratamento de uma pandemia é o tempo que leva para a pesquisa e aprovação de novos medicamentos”, afirmou o ministério.

O IIBR tem se empenhado e trabalhado intensamente nas pesquisas sobre a Covid-19.

No início deste mês, anunciou que havia descoberto um anticorpo específico que neutraliza o coronavírus. O instituto também afirmou que concluiu um teste bem-sucedido de vacina contra o coronavírus em roedores.

Fonte: Guia-Me

TV cristã é multada por vincular coronavírus a tecnologias 5G

O Ofcom (Office of Communications), o escritório governamental encarregado de regular empresas de comunicações no Reino Unido, sancionou a LoveWorld Television Network por espalhar teorias de conspiração relacionadas à expansão da pandemia de coronavírus.

De acordo com o site de notícias britânico Premier Christian News, o LoveWorld foi multado pelo escritório regulador de comunicações do Reino Unido, Ofcom, por transmitir “declarações potencialmente prejudiciais sobre a pandemia de coronavírus” em um programa intitulado “Por que o 5G está vinculado ao Covid-19?” .

De acordo com um documento de 28 páginas emitido pela Ofcom, o repórter disse: “Estamos testemunhando o maior encobrimento global da história. O impacto dos seres humanos com base no avanço tecnológico. Isto não é coronavírus, mas envenenamento celular. Lembre-se de que o 5G começou na China”. No mesmo programa, as palavras do fundador do LoveWorld, o pastor Chris Oyakhilome, foram citadas para apoiar essa ideia.

O órgão regulador do Reino Unido também investigou a promoção do medicamento hidroxicloroquina em outro programa desse canal de TV e a afirmação não comprovada de que ele cura o coronavírus.

Essa afirmação foi ecoada recentemente pelo presidente dos EUA, Donald Trump, durante uma conferência de imprensa em 18 de maio: “Você ficaria surpreso com quantas pessoas estão tomando, especialmente os trabalhadores da linha de frente, muitos, muitos estão tomando. Eu estou tomando”.

A Ofcom diz que a liberdade de expressão legitima “as emissoras a questionar o pensamento dominante sobre uma crise global, as políticas públicas e a lógica por trás dela”. No entanto, “ao fazê-lo, as emissoras (…) devem estar atentas ao potencial de danos significativos ao público relacionado à pandemia de Coronavírus, que podem incluir: alegações de saúde prejudiciais; orientação médica prejudicial ; e declarações enganosas sobre o vírus ou políticas públicas nele”.

O relatório da Ofcom continua dizendo que “afirmações incontestadas e sem provas sobre como o coronavírus se espalhou” foram feitas pela LoveWorld , “lançando sérias dúvidas sobre a necessidade e eficácia do distanciamento social e outras medidas amplamente implementadas pelos governos, inclusive no Reino Unido, em resposta a orientação médica ”.

O regulador de comunicações do Reino Unido impôs uma “sanção à emissora”, exigindo que ela “transmitisse declarações de nossas descobertas”. Eles também consideram a possibilidade de “impor qualquer sanção adicional”.

A LoveWorld Television Network é de propriedade da Christ Embassy, ​​uma igreja nigeriana sediada em Lagos, cidade localizada no sudoeste da Nigéria. A emissora possui dezenas de agências no Reino Unido e exibe seus programas via satélite em muitos outros países ao redor do mundo.

Fonte: Folha Gospel com informações de Evangelical Focus

Mais de 2,1 milhões de pessoas estão curadas do coronavírus em todo o mundo

Na manhã desta segunda-feira (25), dados atualizados do mapeamento em nível mundial da pandemia do coronavírus indicaram que 2.180.016 pessoas estão recuperadas do coronavírus em todo o mundo. As informações estão registradas no site da Universidade Johns Hopkins, criado para acompanhar a disseminação da Covid-19.

O site ainda mostrou que o Brasil é o quarto país com maior número de casos de recuperação, com 149.911 recuperados, atrás da Espanha, com 150.376, Alemanha, com 160.903 e Estados Unidos, com 366.736.

Em nível mundial, o número de casos acumulados atualmente é de 5.432.512, sendo que 345.375 deles resultaram em óbitos.

Brasil

Segundo informou o site do Ministério da Saúde, no Brasil, o número de casos acumulados até o momento é de 363.211, dos quais 190.634 pessoas ainda estão em acompanhamento.

Apesar de toda a preocupação com relação ao contágio, alguns estados brasileiros têm visto um avanço no combate à pandemia, como por exemplo, o Ceará, que registrou 21.488 recuperados do coronavírus no último domingo (24), enquanto o número de mortes permanece em 2.324.

O governador cearense Camilo Santana prorrogou a validade das medidas de lockdown no Estado até o final de maio.

Já em Belo Horizonte, o comércio iniciou uma reabertura gradual nesta segunda-feira (25). De acordo com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Beato, esse processo de reabertura será feito em quatro etapas.

Na primeira etapa, desta segunda-feira (25), podem reabrir salões de beleza, shopping populares e comércios varejistas. As outras três fases ainda não foram detalhadas pela prefeitura.

Fonte: Guia-Me

Pesquisa mostra aumento de depressão e ansiedade durante a pandemia

Uma pesquisa coordenada pelo Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), em parceria com a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) revela alterações de comportamento na população brasileira durante as primeiras semanas do isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Aumento de sintomas depressivos, de ansiedade e de consumo de cigarros e de álcool foram relatados pelos participantes.

O estudo contou com a participação de 44.062 pessoas de todo o território nacional que responderam a um questionário online, entre 24 de abril a 8 de maio.

De acordo com os resultados, 40% dos entrevistados se sentiram tristes ou deprimidos e 54% se sentiram ansiosos ou nervosos frequentemente. Os percentuais foram ainda maiores entre adultos jovens (na faixa de 18 a 29 anos): 54% e 70%, respectivamente.

As questões foram abrangentes, envolvendo itens como frequência de atividade física —que diminuiu—, alimentação e mudanças no quadro sócio-econômico. Mas o que mais chamou a atenção dos pesquisadores foi o aumento de problemas relacionados à saúde mental da população, principalmente entre os jovens.

“Não esperava um percentual tão alto de pessoas que se sentiram tristes ou deprimidas, assim como das que se sentiram ansiosas ou nervosas”, diz a pesquisadora Celia Landmann Szwarcwald, do Icict, coordenadora do trabalho. “Houve também aumento grande dos hábitos relativos ao tabagismo, ao abuso do álcool, e ao consumo de chocolates e doces.”

As mulheres relataram problemas no estado de ânimo com maior frequência que os homens: o percentual das que se sentem tristes/deprimidas frequentemente durante a pandemia foi de 50%, enquanto entre os homens foi de 30%. Já o percentual de quem se sentiu ansioso/nervoso frequentemente foi de 60% entre as mulheres e de 43% entre os homens.

 Segundo Celia, a angústia pode não ser resultado apenas do distanciamento social, já que, mesmo entre os que não estão isolados em casa, que são a maioria, há muitos relatos de depressão. “Entre aqueles que já tinham diagnóstico de depressão, 47% disseram que a saúde piorou”, acrescenta.

Aspectos socioeconômicos também contribuíram para o quadro de angústia e depressão. Em geral, 55% das pessoas relataram diminuição da renda familiar e 7% ficaram sem renda. A população com renda per capita inferior a meio salário mínimo sofreu mais: 64% perderam renda, e 11% ficaram sem renda alguma. Entre os autônomos, 58,6% dos entrevistados disseram ter ficado sem trabalho.

Outro resultado surpreendente foi que, entre os adultos jovens (18-29 anos), 54% se disseram tristes/deprimidos e 70% se sentiram ansiosos/nervosos com frequência, os maiores percentuais por faixa etária. “Em geral são pessoas que têm uma vida social intensa, e na ausência disso, passam horas nas telas de tablet, computador, ou celular”, conta a cientista.

Os pesquisadores afirmam acreditar que haveria uma adesão maior ao isolamento completo. Menos de 15% declararam ter ficado rigorosamente em casa, saindo somente em casos de saúde, enquanto 59,5% saíram apenas para ir ao supermercado ou à farmácia. “Mesmo entre idosos, o percentual de isolamento total fica em 30,1%. Cerca de 24% das pessoas continuam saindo, principalmente os adultos de 30 a 49 anos de idade, que, fora alguns cuidados como manter distanciamento das pessoas e não visitar idosos, continuaram levando uma vida quase normal”, analisa Celia.

O sedentarismo também aumentou. Entre as pessoas que faziam atividade física três ou quatro dias por semana, 46% interromperam os exercícios; entre as que faziam cinco dias ou mais por semana, o percentual é de 33%. O tempo médio assistindo à televisão foi de 3 horas, aproximadamente, representando um aumento de 1 hora e 20 minutos em relação ao tempo médio antes do isolamento.

Durante a pandemia, 24% relataram uso de tablet ou computador por 8 horas ou mais, e o tempo médio de uso desses aparelhos foi de mais de 6 horas, representando um aumento de quase 2 horas em relação ao período anterior às medidas de distanciamento social. “O número de horas em frente à televisão subiu em todos os níveis de escolaridade, o que não é comum. As pessoas ficam mais de 3 horas assistindo à TV. Não em busca de lazer, mas de notícias. E, muitas vezes, as notícias são angustiantes”, alerta a cientista.

A amostra do estudo batizado de ConVid foi calibrada por meio dos dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (PNAD, 2019) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para obter a mesma distribuição por Unidade da Federação, sexo, faixa etária, raça/cor e grau de escolaridade da população brasileira. A pesquisa segue em andamento.

Fonte: Folha de S. Paulo

Trump define igrejas e outros templos religiosos nos EUA como 'serviços essenciais' e pede reabertura

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na sexta-feira (22) que igrejas e outros templos religiosos devem reabrir como "serviços essenciais". Na maior parte do país, locais de culto estão fechados como medida para conter a pandemia do novo coronavírus.
Em rápida declaração a jornalistas, Trump justificou a medida dizendo que esses locais de culto "unem a sociedade e mantêm as pessoas unidas".
Além disso, o presidente dos EUA disse que "passaria por cima" caso governadores não permitissem a reabertura dos templos. "Se eles tiverem algum questionamento, terão de me ligar. Mas não serão bem sucedidos nessa ligação", afirmou.
"Alguns estados definiram clínicas de aborto e lojas de bebidas como essencial, mas mantiveram fechados igrejas e outros locais de culto. Isso não está certo", criticou Trump.
Além de igrejas cristãs, religião predominante nos EUA, Trump também mencionou sinagogas (judaísmo) e mesquitas (islamismo) como locais de culto que poderão reabrir.

Nesta quinta-feira, Trump disse que não pretende "fechar o país" caso ocorra uma segunda onda da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. No lugar, o republicano afirmou que vai mitigar os efeitos da pandemia.

"Vamos apagar os incêndios. Nós não vamos fechar país", disse Trump.

Os Estados Unidos ainda são o país mais afetado pela pandemia de Covid-19, com mais de 1,5 milhões de casos confirmados e mais de 94 mil mortes por causa da doença, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Fonte: G1

Médicos dos EUA alertam que tentativas de suicídio aumentaram 600% durante lockdown

Uma organização dos EUA que tem centenas de médicos associados está dizendo ao país que precisa de uma segunda opinião sobre como lidar com essa pandemia do coronavírus sob o ponto de vista médico e psíquico.

Durante uma teleconferência, vários desses profissionais de saúde falaram de resultados médicos horríveis para as pessoas, devido ao pânico excessivo com o coronavírus. Eles também relataram os danos causados ​​a pessoas doentes ou feridas, porque o mundo da medicina lhes foi amplamente cortado, enquanto quase todos os recursos foram redirecionados para lidar exclusivamente com a COVID-19.

A Dra. Simone Gold é uma médica de pronto-socorro, que está documentando esses danos ao entrar em contato com outros profissionais médicos de todo o país e ajudou a formar esse novo grupo chamado ‘A Doctor A Day’.

Por medo do vírus, "eles estão realmente se machucando"

"As pessoas não estão recebendo assistência médica", compartilhou Gold. "Estamos muito preocupados com o fato de os pacientes acreditarem que ficarão doentes se comparecerem a exames médicos. Mas eles estão realmente se machucando".

Elas estão evitando hospitais, mesmo durante emergências.

“Existem todos esses pacientes por aí que não aparecem nos departamentos de emergência”, afirmou Gold. “O volume de pessoas no departamento de emergência é incrivelmente baixo. Talvez 60% do que normalmente nos procurar. E isso se assemelha em quase todo o país. Todos tiveram a mesma experiência, exceto a região metropolitana de Nova York".

"Na verdade, está bastante vazio", ela relatou, dizendo sobre o hospital onde ela trabalha. "Recebi uma carta na semana passada, informando que estão demitindo 50% de nossos técnicos".

As demissões têm sido generalizadas em hospitais em todo o país desde o pandemia.

Repassando relatórios a Trump

Mais de 600 médicos associados ao programa ‘A Doctor A Day’ enviaram uma carta ao presidente dos EUA Donald Trump, pedindo à força-tarefa de combate ao coronavírus que lembre-se de todas as implicações resultantes de uma medida do lockdown.

Nessa carta, eles alertam que milhões de americanos estão ameaçados por grande parte do mundo da medicina ser separada deles ou por eles se isolarem dele.

A carta diz: “Isso inclui 150.000 americanos por mês que teriam um novo câncer detectado através de uma triagem de rotina que não aconteceu, milhões que perderam atendimento odontológico de rotina para corrigir problemas fortemente ligados a doenças cardíacas / morte e casos evitáveis de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e abuso infantil. As ligações telefônicas para o programa de prevenção ao suicídio aumentaram 600%”.

A carta inclui casos reais das próprias práticas dos médicos, que usaram siglas para se referirem aos pacientes, preservando as identidades destes:

“A paciente A.F. tem condições de saúde crônicas, mas anteriormente estáveis. Um transplante que estava agendado foi adiado, o que a levou a ficar sedentária, resultando em embolia pulmonar em abril", diz o relatório.

“O Paciente R.T. é um paciente idoso que mora em um asilo e teve um pequeno derrame no início de março, mas que se esperava ter uma recuperação quase completa. Desde o início do lockdown, ele não faz fisioterapia ou fonoaudiologia, nem recebe visitas. Ele perdeu peso e está definhando em vez de progredir”.

“Achatar a curva”?

Na teleconferência, Gold falou sobre o objetivo que os Estados Unidos tinham originalmente quando todos disseram a eles que "deveriam achatar a curva". Esse objetivo visava garantir que os hospitais não ficassem sobrecarregados por milhões de pessoas potencialmente infectadas com coronavírus.

Ela concordou com esse objetivo quando foi entrevistada pela primeira vez, dizendo: "Eu sempre fiquei preocupada se teríamos ventiladores e equipe de UTI suficientes. Era o que eu imaginava ser o problema potencial. Por isso, fiquei encorajada quando as pessoas disseram que ‘tentaríamos desacelerar as coisas’ por esse motivo específico. Teoricamente, isso fazia sentido para mim como médica. Mas tudo o que se seguiu desde então não faz sentido cientificamente e é totalmente prejudicial para a sociedade”

"Não posso dizer com força suficiente que o sistema de saúde não apenas não esteja sobrecarregado, mas também desapontado", insistiu Gold. "Posso falar sobre dezenas de enfermeiros que foram demitidos e dezenas de técnicos que foram demitidos. E, na minha especialidade, os médicos de emergência reduziram suas horas em 35%. Nunca vi nada parecido na minha carreira. O que quero dizer é: a curva foi achatada”.

"A realidade é que já passamos do tempo em que ficar trancados faz algum sentido científico ou médico", disse o Dr. Jeff Barke, médico de atendimento primário em Newport Beach, Califórnia.

Imunidade seriamente prejudicada

Ele falou da ideia de imunidade e abordou o que vê como o perigo e a falta de lógica de manter as crianças e os jovens presos em casa.

"Estamos levando as pessoas mais saudáveis (as mais jovens, as mais fortes: nossos filhos) e, na verdade, estamos protegendo o rebanho mais saudável de ser exposto e permitindo que eles obtenham imunidade", argumentou Barke. "Estamos vendo repetidas vezes, especialmente com as estatísticas sobre crianças, que as crianças são quase completamente poupadas da devastação deste vírus".

O pediatra de Santa Monica, Robert Hamilton, acrescentou: “O COVID-19 tem sido uma infecção relativamente benigna para crianças. Em um estudo com cerca de 150.000 pessoas, apenas 1,7% delas estavam na categoria de idade entre zero e 18 anos”.

Ele ressaltou que os poucos jovens infectados eram em sua maioria assintomáticos, o que significa que o pequeno número de doentes foi, como ele disse, "uma minoria minúscula de uma minoria minúscula".

Mas o fato de a maioria das crianças assintomáticas ter causado o medo de que, se as escolas se abrirem novamente e a maioria dos estudantes forem infectados, eles sem querer levarão o vírus para as pessoas que poderiam ser feridas ou até mortas por ele.

Ou, como Hamilton parafraseou aqueles que se preocupam com isso: "Oh meu Deus, são as crianças que vão infectar todos nós e matar a todos nós!".

Hamilton disse: “Houve um estudo recente após uma criança que se tornou positiva nos Alpes franceses. Ela foi exposto a mais de cem pessoas. Nenhuma delas ficou positivo”.

O pediatra também citou um estudo feito na Islândia que mostra basicamente os mesmos resultados. Ele sugeriu o que esses estudos podem mostrar sobre crianças infectadas.

“Elas [crianças] não são o que eu chamo de 'roedores da peste bubônica', como às vezes as consideramos. As crianças não são realmente a causa do problema ... elas não são os super-espalhadores que as pessoas às vezes pensam”, afirmou.

Então, ele defende que as escolas abram mais cedo ou mais tarde, pois o adiamento disso pode causar muitas crises médicas, em razão da diminuição da imunidade.

Fonte: Guia-Me

Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva celebrou na terça-feira (19) o surgimento da pandemia do novo coronavírus, para que a população entenda a importância de um “Estado forte”.

Durante uma entrevista por videoconferência à revista "Carta Capital, Lula sugeriu que o impacto na economia liberal defendida pelo governo de Jair Bolsonaro é algo a ser celebrado, apesar dos 271.628 casos confirmados de Covid-19 e 17.971 mortes até esta terça.

“O que eu vejo? Quando eu vejo os discursos dessas pessoas, quando eu vejo essas pessoas acharem bonito que 'tem que vender tudo o que é público', que 'o público não presta nada'. Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises. Essa crise do coronavírus, somente o Estado pode resolver isso, como foi a crise de 2008”, disse o petista.

Sua declaração foi feita no mesmo dia em que o Brasil chegou à marca de 1,1 mil mortes nas últimas 24 horas, o número recorde de óbitos no País.

Na sequência, Lula mencionou o ex-presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, que comandou o país na época da Segunda Guerra Mundial. “Você acha que ele estava preocupado com orçamento da União? Com déficit fiscal? Se o Tesouro ia falir ou não? Ele tinha que construir armas para vencer a guerra”, disse o petista.

A declaração de Lula foi criticada pelo pastor e deputado federal Roberto de Lucena (PODE-SP), que a classificou como "inacreditável".

O pastor e deputado Marco Feliciano (Republicanos-SP) chamou Lula de “genocida insensível” no Twitter. “E se fosse o presidente Jair Bolsonaro que tivesse dito que gostou de 321.459 mortes no mundo até o momento, apenas para provar sua ideologia política?”, questionou.

A psicóloga cristã Marisa Lobo também fez uma crítica ao ex-presidente. “Como pode um ‘ser humano’ comemorar uma pandemia? Pode, os psicopatas para atingir um opositor, podem matar milhares”, disse.

Fonte: Guia-Me

YouTube volta atrás e permite acesso a vídeo de John Piper sobre o coronavírus

O YouTube restaurou na segunda-feira (18) o acesso ao audiolivro do teólogo reformado John Piper, “Coronavirus and Christ” (“Coronavírus e Cristo”), em seu canal Desiring God, depois de retirá-lo do ar na semana passada por “violar os padrões” da plataforma.

O audiolivro publicado no YouTube pelo canal do Desiring God em 8 de abril, mas foi retirado do ar em 15 de maio, com uma notificação dizendo que o vídeo foi “removido por violar as diretrizes da comunidade”.

Em 7 de abril, o diretor de produtos do YouTube, Neal Mohan, disse que a plataforma havia removido milhares de vídeos que mencionam a Covid-19 “por violar as políticas”. “As políticas do YouTube [sobre o novo coronavírus] são totalmente focadas no conteúdo de um vídeo e não em quem está falando”, disse ao site Axios.

Depois de reintegrado, o audiolivro de Piper no canal Desiring God saltou de mais de 187.000 visualizações para mais de 218.00 visualizações até a manhã desta quarta (20).

A censura do audiolivro pelo YouTube aconteceu após uma ação movida por 22 capelães militares contra um capelão do Exército, por ter enviado a outros capelães um e-mail contendo uma cópia do ebook de John Piper.

Os 22 capelães militares, alguns dos quais pertencem à comunidade LGBT, dizem que "não se incluem na teologia cristã ultraconservadora / reformada / evangélica de John Piper”.

Eles ainda criticaram o livro do pregador por dizer que “algumas pessoas serão infectadas com o coronavírus como um julgamento específico de Deus por causa de suas atitudes e ações pecaminosas”.

Piper comentou o caso em um podcast de 17 minutos e disse que sua visão a respeito do assunto foi deturpada pela organização ateísta ‘Military Religious Freedom Foundation’, que representa judicialmente os 22 capelães.

“Quando digo que ‘algumas pessoas serão infectadas com o coronavírus como um julgamento específico de Deus por causa de suas atitudes e ações pecaminosas’, ele supõe que eu sei quem são essas pessoas”, disse Piper.

“Mas aqui está o que eu escrevo na página 72: ‘O coronavírus nunca é uma punição clara e simples a ninguém. O cristão mais amoroso e cheio de espírito, cujos pecados são perdoados por meio de Cristo, pode morrer de coronavírus. Mas é apropriado que todos nós analisemos nosso próprio coração para discernir se nosso sofrimento é o julgamento de Deus sobre a maneira como vivemos’”, explica.


Fonte: Guia-Me

Maioria acredita que pandemia é 'sinal de Deus' para que a humanidade mude, diz pesquisa

Mais de 60% dos americanos que seguem alguma religião acreditam que a pandemia do novo coronavírus é um sinal de Deus para a humanidade mudar sua forma de viver, de acordo com uma nova pesquisa.

O estudo foi realizado entre 30 de abril e 4 de maio pela Divinity School, a escola de teologia da Universidade de Chicago Divinity School em parceria com a Associated Press-NORC Center para pesquisas de assuntos públicos.

Os evangélicos (43%) são os mais propensos a acreditar que a pandemia é um sinal de Deus, em comparação com 28% dos católicos e protestantes da linha histórica.

O vírus provocou ainda uma pequena mudança na crença dos americanos em Deus — 2% dizem que acreditam em Deus hoje, mas não antes. Menos de 1% diz que não acreditam em Deus hoje, mas acreditavam antes.

Assim como no Brasil, a maioria das igrejas interrompeu os cultos presenciais e passou a fazer cultos online ou reuniões no estilo drive-in. Cerca de 51% acham que os cultos presenciais devem voltar seguindo medidas de segurança, enquanto 9% acham que os cultos devem ser permitidos sem restrições. O apoio para os cultos drive-thru é de 87%.

No geral, 82% dos americanos dizem acreditar em Deus e 26% dizem que sua fé se fortaleceu como resultado do surto. Apenas 1% diz que sua fé está enfraquecida.

Kathryn Lofton, professora de estudos religiosos na Universidade de Yale, interpretou o alto número de americanos que percebem o vírus como uma mensagem divina de mudança como “medo de que, se não mudarmos, essa miséria irá continuar”.

55% dos religiosos americanos sentem que Deus irá protegê-los de serem infectados; sendo os evangélicos sua maioria. No entanto, o entendimento da proteção de Deus pode mudar de pessoa para pessoa.

Marcia Howl, 73 anos, metodista e neta de um pastor, disse que sente a proteção de Deus, mas não a certeza de que está imune ao vírus.

“Acredito que Ele me protegeu, que Ele tem um plano para nós”, disse Howl, de Portales, Novo México. “Não sei o que está em Seu plano, mas acredito que a presença Dele está aqui cuidando de mim. Se eu vou sobreviver ou não, essa é uma outra história”.

Fonte: Guia-Me

Laboratório americano anuncia anticorpo que funciona 100% contra a Covid-19

Uma empresa biofarmacêutica da Califórnia afirma ter descoberto um anticorpo que poderia proteger o corpo humano do coronavírus e liberá-lo do sistema de uma pessoa em quatro dias, segundo informa a Fox News.

Na sexta-feira (15), a Sorrento Therapeutics anunciou a descoberta do anticorpo STI-1499, que a empresa, instalada em de San Diego, disse que pode fornecer "100% de inibição" da Covid-19, acrescentando que um tratamento poderá estar disponível meses antes de a vacina chegar ao mercado.

"Queremos enfatizar que existe uma cura. Existe uma solução que funciona 100%", disse à Fox News o Dr. Henry Ji, fundador e CEO da Sorrento Therapeutics. "Se tivermos o anticorpo neutralizante em seu corpo, você não precisará do distanciamento social. Você pode abrir uma sociedade sem medo".

As indústrias de assistência médica e farmacêutica têm se esforçado para desenvolver vacinas viáveis ​​e tratamentos com anticorpos, já que o número de mortes relacionadas à Covid-19 deve atingir 100.000 nos EUA em 1 de junho.

Tratamentos com anticorpos

Muitos pesquisadores médicos estão se esforçando para encontrar anticorpos, otimistas de que poderiam fornecer um remédio ou atendimento preventivo em menos tempo do que o necessário para desenvolver uma vacina.

Os tratamentos com anticorpos têm sido usados ​​nos últimos 100 anos como forma de evitar infecções, mas sua eficácia teve resultados mistos. Encontrar um anticorpo bem sucedido ou tratamento com plasma convalescente para Covid-19 pode apresentar desafios.

"Os médicos estão recebendo plasma sanguíneo de pacientes que se recuperaram do Covid-19 e injetando-o naqueles que estão gravemente doentes. O plasma está repleto de anticorpos, e a abordagem mostra alguma promessa", escreveu o ex-comissário da Administração de Alimentos e Medicamentos, Scott Gottlieb. um artigo recente do Wall Street Journal. "A restrição: não há plasma suficiente de pacientes recuperados para circular".

Alguns médicos especialistas acreditam que, embora a pesquisa de anticorpos seja promissora, há preocupações quanto ao tempo que os efeitos podem durar no combate ao vírus em um paciente infectado.

"Os anticorpos, em geral, têm sido muito eficazes em reduzir os [níveis] de vírus se você tiver um alto ônus de infecção", Phyllis Kanki, professora de imunologia e doenças infecciosas na Harvard T.H. Chan School of Public Health, disse em uma entrevista recente. "Existem limitações quanto você pode dar e por quanto tempo."

Fonte: Guia-Me

YouTube censura o audiolivro de John Piper, "Coronavírus e Cristo"

O YouTube censurou a versão em audiolivro do novo livro do teólogo reformado John Piper, Coronavirus and Christ (Coronavírus e Cristo) , alegando que violava “padrões da comunidade”.

O livro oferece seis respostas bíblicas para a pergunta: O que Deus está fazendo através do coronavírus?

“Este vídeo foi removido por violar as Diretrizes da comunidade do YouTube”, diz uma mensagem no vídeo agora bloqueado de Piper, o chanceler do Bethlehem College & Seminary, em Minnesota e o fundador do DesiringGod.org.

O vídeo obteve mais de 187.000 visualizações em aproximadamente cinco semanas em que permaneceu na plataforma, de acordo com Disrn . Foi lançado em 8 de abril e bloqueado na última sexta-feira.

Uma versão arquivada do audiolivro ainda está disponível aqui  e no Crossway Podcast aqui .

O YouTube não indicou exatamente por que o vídeo foi banido. No entanto, recentemente, um capelão do exército foi criticado por enviar uma cópia de “Coronavírus e Cristo” por e-mail a 35 outros capelães após a Fundação de Liberdade Religiosa Militar, que defende uma separação estrita da igreja e do estado entre as forças armadas dos EUA, ter problema com seu conteúdo. A fundação chamou a ação de enviar por e-mail o livro de “flagrante”, “deplorável” e “chocante”.

Os capelães militares, alguns dos quais pertencem à comunidade LGBT, tiveram um problema com o livro, porque diz que “algumas pessoas serão infectadas com o coronavírus como um julgamento específico de Deus por causa de suas atitudes e ações pecaminosas”.

A Fundação de Liberdade Religiosa Militar instou o Secretário de Defesa Mark Esper a punir o capelão sênior coronel Moon H. Kim, capelão de comando da guarnição do exército americano Garrison Humphreys na Coréia do Sul, a maior instalação militar dos EUA fora dos Estados Unidos.

Os reclamantes, disse a fundação, “não assinam a teologia cristã ultra-conservadora / reformada / evangélica de John Piper”.

Uma cópia do e-mail de Kim que continha o PDF enviado aos capelães foi revisada pelo The Christian Post. No corpo do e-mail, Kim escreveu aos colegas capelães que queria compartilhar o pequeno livreto com eles.

“Este livro me ajudou a reorientar meu chamado sagrado ao meu salvador Jesus Cristo para terminar forte”, escreveu Kim. “Espero que este pequeno livreto ajude você e seus soldados, suas famílias e outras pessoas a quem você serve”.

A Fundação de Liberdade Religiosa Militar afirma que o livro “foi claramente entendido como um endosso e uma validação completos do que o livro defende e proclama”.

Liderados pelos representantes Doug Collins, Georgia, e Doug Lamborn, Colorado, eles e outros 18 membros da Casa Republicana assinaram uma carta conjunta  pedindo ao Pentágono que protegesse a liberdade religiosa  dos membros do serviço das demandas de um “anti” grupo “religião”.

Piper também respondeu ao problema  em uma entrevista em áudio de 17 minutos  publicada on-line.

“Eu acho que seria justo dizer que algumas das minhas opiniões sobre o que a Bíblia ensina, mesmo entendendo corretamente, o autor dessa carta odeia. Ele odeia o que eu penso”, disse Piper, referindo-se ao fundador da Fundação de Liberdade Religiosa Militar, Mikey Weinstein. “‘Eles são’ incendiários ‘,’ intolerantes ‘,’ vulgares ‘- não apenas porque ele entende mal, mas, em parte, porque ele entende, e é assim que ele pensa e sente sobre algo do que a Bíblia ensina.

Piper afirmou ainda que “a relação homossexual é um pecado” e “o coronavírus é um pedido de arrependimento para todos nós, para colocar nossas vidas em alinhamento com o valor infinito de Jesus”.

“Considero que todas essas visões são verdadeiras porque são o que a Bíblia ensina e, portanto, são muito valiosas para saber”, enfatizou Piper. “Então, acho que não é apenas o fato de ele entender mal, mas ele acertar algumas coisas nessas citações e simplesmente não gostar delas”.

Piper disse que há três áreas em que Weinstein parece deturpar sua posição na carta a Esper ou em uma entrevista anterior  ao The Christian Post. “Por exemplo, quando digo que ‘algumas pessoas serão infectadas com o coronavírus como um julgamento específico de Deus por causa de suas atitudes e ações pecaminosas’, ele assume que eu sei quem são essas pessoas ou pelo menos que tipo de pessoas elas são ”, disse Piper.

“Mas aqui está o que eu escrevo na página 72. … O coronavírus nunca é uma punição clara e simples a ninguém. O cristão mais amoroso e cheio de espírito, cujos pecados são perdoados por meio de Cristo, pode morrer de doença por coronavírus. Mas é apropriado que todos nós procuremos nosso próprio coração para discernir se nosso sofrimento é o julgamento de Deus sobre a maneira como vivemos. ”

Os padrões da comunidade do YouTube declaram o seguinte sobre a homossexualidade:

“Não apoiamos conteúdo que promova ou tolere violência contra indivíduos ou grupos com base em raça ou origem étnica, religião, deficiência, sexo, idade, nacionalidade, status de veterano, casta, orientação sexual ou identidade de gênero ou conteúdo que incite ao ódio com base nessas características principais “.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Post e The Christian Today

Idosa de 101 anos destaca fé ao superar o coronavírus: "Deus ainda não quer me levar"

Nos últimos meses, a pandemia global trouxe medo e incerteza a milhões de vidas. Mas também gerou esperança, principalmente quando pacientes que venceram o COVID-19 testemunham suas conquistas.

Uma mulher de 113 anos, que se acredita ser a pessoa viva mais velha da Espanha, se recuperou do coronavírus.

Maria Branyas testou positivo para o COVID-19 em abril e depois se isolou enquanto se recuperava em um lar para idosos em Olot, na Espanha, segundo o The Daily Mail.

"Em termos de saúde, estou bem, com os mesmos pequenos aborrecimentos que qualquer pessoa pode ter", disse Branyas.

Phil Corio, do Novo México, sobreviveu ao vírus e descreveu seus sintomas "como os mesmos de uma gripe”.

O homem de de 108 anos, que vive em Albuquerque, ficou doente em março, mas não sabia que estava com COVID-19.

"Eu nem sabia que tinha ... acho que, se soubesse, poderia estar com medo", disse Corio.

Connie Titchen, da Grã-Bretanha, é outra centenária que superou o vírus. Ela passou três semanas no hospital com um caso suspeita de pneumonia.

A “jovem” de 106 anos foi internado em um hospital em meados de março e foi diagnosticada com o vírus pouco tempo depois. Ela se recuperou e conseguiu voltar para casa em abril.

"Sinto muita sorte de ter combatido esse vírus", disse Titchen.

“Deus é muito bom para mim”

Já Rose Leigh-Manuel, de Long Island, Nova York, lutou contra o COVID-19 por duas semanas, enquanto sofria de fraqueza, febre e calafrios.

Quando lhe perguntam o segredo de uma vida longa, Rose Leigh-Manuel tem uma resposta rápida.

"É uma combinação de viver bem, ter uma boa atitude e ter sempre em mente que isso também deve passar", disse ela.

Leigh-Manuel é moradora do Centro de Cuidados e Reabilitação 'Good Samaritan', em Sayville. Ela estava se sentindo fraca com febre e calafrios antes, devido coronavírus, mas lutou e venceu o vírus aos 101 anos de idade.

A centenária agora está cheia de sorrisos novamente, totalmente recuperada e de volta ao quarto, desfrutando de seu lanche favorito, Oreos com sabor de baunilha.

"Todo mundo cuida muito bem de mim", disse ela. "Eu estou tão agradecida".

Ela diz que uma parte importante de sua recuperação foi o apoio de sua família, que inclui quatro filhos, 17 netos, 19 bisnetos e vários bisnetos.

"Ela lutou e venceu", disse o filho Gary Leigh-Manuel. "Ela sempre foi muito independente, muito forte. Ela foi mãe viúva. Meu pai faleceu em 1971".

Ele diz que sua mãe não se aposentou até os 95 anos de idade e, a certa altura, trabalhou como despachante de bombeiros.

"Ela é boa em enfrentar crises", disse ele.

Mas, acima de tudo, ela credita sua cura à fé em Deus, destacando a bondade Dele.

"Deus é muito bom para mim", disse ela. "Ele simplesmente ainda não quer me levar".

Fonte: Guia-Me

Por medo do coronavírus, policial pesquisa sobre salvação na internet e se entrega a Jesus

Um policial que estava em casa, em quarentena, levou seus questionamentos espirituais à internet e encontrou respostas que colocaram sua vida em um novo rumo.

David* é policial há 20 anos. Recentemente, ele não estava se sentindo bem e passou a temer que pudesse ter contraído o coronavírus.

Lutando contra o medo e ansiedade, David questionou dispositivo da Apple conhecido como Siri: “Como posso ser salvo?”. Então, sua pesquisa levou a um site operado pelo ministério on-line da Associação Evangelística Billy Graham, “Search for Jesus” (“Procure por Jesus”), onde clicou para conversar com um voluntário.

"Estou lutando, em dúvidas com relação à fé e tudo que acontecendo… agora ainda mais", David digitou.

Gloria, sua atendente de bate-papo, fez uma pergunta simples: "Onde você procura paz em tempos incertos?".

David respondeu que ele olhava para dentro de si e buscava a paz em seu interior.

"Eu posso entender isso", disse Gloria. "O problema disso é que nosso eu interior pode estar realmente perturbado pelo que vemos e ouvimos. Isso pode levar à ansiedade, como você sabe".

"Ainda não estou pronto para ir"

Gloria falou sobre como é possível ter paz com Deus através de Jesus. Porém, ele insistiu que estava distante de Deus.

"Eu não tenho um relacionamento pessoal com Deus há tanto tempo", disse David, explicando que geralmente achava que viver uma vida justa era suficiente para mantê-lo em boa posição com Deus. Então, ele começou a sentir-se doente e fez o teste para COVID-19. Ele estava esperando por resultados e sentindo-se ansioso. Apenas “viver uma de bondade” não parecia mais ser o suficiente.

"Eu ainda não estou pronto para ir", David digitou. "Tenho apenas 48 anos. Ainda sinto que tenho coisas a fazer. Estou tão perdido”

Gloria assegurou-lhe que ele poderia ter paz nesta vida e depois perguntou se ele queria saber como poderia conseguir.

"Não quero se for um discurso de vendas", respondeu David. Mas um minuto depois, o muro que ele havia construído ao seu redor começou a cair.

"Estou tão perdido", disse ele. "E com muito medo."

"Essas são palavras importantes: 'Estou tão perdido'", respondeu Gloria. "Você já deu o primeiro passo em direção a Deus. Você sabe que tem um problema. Parece que você descobriu que seu caminho não é o melhor".

Gloria disse a David que ela fazia uma boa ideia de por que ele estava com tanto medo de estar infectado com o coronavírus. Como tantas pessoas, ele tinha medo da morte. Ela tinha boas notícias sobre isso, mas primeiro compartilhou alguns versículos bíblicos importantes para ajudar David a avaliar como estava seu relacionamento com Deus. Ser uma “boa pessoa” não bastava para David ou qualquer outra pessoa ser salva.

"Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus (Romanos 3:23)", digitou Gloria.

"Você está percebendo a verdade da Palavra de Deus?", continuou ela, "que 'o resultado do pecado é a morte' (Romanos 6:23). É por isso que você está com tanto medo".

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor." Romanos 6:23

"Bem, obrigado por apontar isso", David respondeu com certo sarcasmo, mesmo através da tela. "Agora estou com mais medo ainda".

"Estou rindo do seu último comentário. Por favor, continue lendo", digitou Gloria.

"Esse versículo continua: 'Mas o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor'. A notícia realmente muito boa é que Deus sabe que você não pode alcançá-lo através de seus próprios esforços. Então, ele providenciou o caminho para você fazer isso. Ele te ama muito, David".4

O caminho inusitado

Quando Gloria então compartilhou a passagem João 3:16 com David, ele disse que o verso lhe era familiar. Ele o vira em placas que pessoas seguravam em jogos de futebol. Mas agora aquelas palavras o tocavam pessoalmente.

"Deus enviou seu próprio filho, Jesus, à terra", compartilhou Gloria. "Jesus viveu uma vida sem pecado, mas sofreu uma morte terrível. Ele levou todos os nossos pecados sobre Si, todos os nossos castigos sobre Si".

"Mas então, o que eu devo fazer?", David perguntou.

"Acredite", digitou Gloria. "Eu não posso lhe dar um argumento de vendas sobre isso. Tem que vir do seu coração".

"Agora estou rindo", disse David.

Já aparentando certa proximidade com Gloria, David confessou a forma inusitada como encontrou o site no qual ela trabalha.

"Você quer saber como eu encontrei sua página da web?", David perguntou alguns minutos depois. "Entrei no Google e perguntei à Siri: 'Como posso ser salvo?'. E sua página apareceu".

Depois de conversar com Gloria, ele fez a oração que encontrou no site, pedindo que Jesus fosse seu Salvador.

Gloria então louvou a Deus por ter sido usada para apresentar a David o plano de salvação. Ela também garantiu que Davi entendesse que o poder de ter paz com Deus não vem das palavras da oração, mas da fé em Cristo.

"As palavras da oração não são mágicas", disse Gloria. "O importante é a atitude do seu coração".

Ela incentivou David a dar o próximo passo em seu novo relacionamento com Deus, inscrevendo-se no curso gratuito de discipulado online, chamado “Conheça Jesus”.

A Associação Billy Graham comentou o caso de David, lembrando que muitas vezes, momentos de crise podem se tornar uma oportunidade para que pessoas encontrem o caminho para a vida eterna.

“Quando David iniciou uma quarentena de duas semanas, Deus havia lhe dado um presente que ele não estava procurando: o presente do tempo. O Senhor mais uma vez usou uma crise temporária para levar um de Seus filhos à vida eterna. Neste momento de incerteza, é mais uma razão para acreditar que a Palavra de Deus é sempre verdadeira”, afirmou o site.

*Nome fictício usado para preservar a identidade.

Fonte: Guia-Me

Ateus entram na Justiça contra Bolsonaro por live de Páscoa com religiosos

A celebração de Páscoa que reuniu o presidente Jair Bolsonaro e líderes religiosos, em 12 de abril, está sendo o motivo de uma ação judicial movida pela Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea).

A transmissão ao vivo foi exibida no domingo de Páscoa nas redes sociais do presidente e na TV Brasil. O SBT, emissora de Silvio Santos, chegou a exibir boa parte da videoconferência dentro de sua programação; sua esposa, Iris Abravanel, foi a mediadora do encontro.

A Atea entrou na Justiça contra o governo federal, o presidente da República e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), na qual pertence a TV Brasil. A associação alega que o uso da emissora pública para o encontro virtual com representantes do cristianismo e do judaísmo violou a Constituição.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a Atea pede ainda que Bolsonaro fique proibido de repetir iniciativas do tipo e seja condenado a pagar R$ 100 mil por danos morais coletivos. O caso está na Justiça Federal do Distrito Federal.

A ação, no entanto, foi rejeitada pelo juiz Waldemar Claudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília nesta quarta-feira (13), “pois não se pode confundir laicidade do Estado com ateísmo”.

Para o magistrado, a transmissão feita pela EBC teve caráter ecumênico e o princípio da laicidade exige a separação entre religião e Estado.

“Não requer a negação ou indiferença ao Deus criador ou mesmo impede a manifestação em Sua crença por quem quer que seja, inclusive o Presidente da República. Note-se que o próprio constituinte invocou a proteção de Deus quando da promulgação da Constituição Federal de 1988, conforme se pode ver da parte final de seu preâmbulo”, disse o juiz.

Entre os líderes que participaram da celebração de Páscoa, estavam o pastor Silas Malafaia, o pastor e deputado federal Marco Feliciano (Republicanos-SP), os pastores e cantores André Valadão e Eyshila Santos e o missionário R. R. Soares.

Também foram convidados o casal fundador da Igreja Renascer em Cristo, apóstolo Estevam e bispa Sônia Hernandes, o bispo Robson Rodovalho, da Sara Nossa Terra, o apóstolo Luiz Hermínio, do MEVAM, o padre Reginaldo Manzotti, o bispo católico dom Fernando Antônio Figueiredo, o rabino Leib Rojtenberg, entre outros.

A Atea argumentou que a exibição da live religiosa pela TV Brasil se somou à “sistemática violação da laicidade do Estado” por Bolsonaro. “A utilização da emissora para atender a interesses privados do presidente e de segmentos religiosos fere, indiscutivelmente, o interesse público. Está na hora de o Poder Judiciário frear isso”, diz a entidade.

“Além de uma violação frontal à Constituição, houve uma manifestação de preferência e favorecimento da Presidência por determinadas crença”, afirma Thales Bouchaton, advogado da Atea que ingressou com a ação civil pública.

Fé de maioria

Para estudiosos como Jean Marques Regina, que é especialista em direito religioso e vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Religião, a live de Páscoa não fere a Constituição, porque ela contemplou “a diversidade religiosa cristã” e “a fé é bem conceituada” pela maior parte da população brasileira.

“A laicidade do Estado não é um conceito fechado. Cada país, de acordo com sua história do relacionamento entre poder político e religião, molda institucionalmente as interações. Foi um bate-papo informal, não uma cerimônia religiosa propriamente dita. O presidente se reuniu com líderes para uma palavra de ânimo e encorajamento”, disse Jean.

A Atea foi fundada em 2008 e afirma ter hoje 14 mil membros em todo o país. O grupo defende bandeiras como a preservação do Estado laico e o combate à discriminação contra ateus e agnósticos.

Fonte: Guia-Me

Coreia do Norte tem 50 mil cristãos torturados em campos prisionais, diz ex-prisioneira

A extrema perseguição da Coreia do Norte aos cristãos está além da imaginação. O país classificado como o número 1 pela Portas Abertas, como o lugar mais perigoso para os cristãos, coloca as pessoas no campo de prisões quando seguem Jesus.

Os prisioneiros são forçados ao trabalho com revezamento e horários brutais - um esforço para "quebrar" os prisioneiros, diz Hea.

A ex-prisioneira conta que a morte por fome, trabalho duro e espancamentos acontecem diariamente.

Hea Woo* (cujo nome verdadeiro foi preservado por medida de segurança), que vive na Coreia do Sul, compartilhou sua experiência no campo prisional norte-coreano com a Portas Abertas

"Todos os presos estavam morrendo de fome. Cada pessoa recebeu um punhado de milho podre [e] não havia mais nada para comer ... pegamos algo aguado - não era nem uma sopa. Tivemos isso como alimento o ano inteiro. Nada mais", relatou.

Com esse tratamento, as pessoas são obrigadas a trabalhar mais do que animais. "Como todo mundo é forçado a trabalhar, as pessoas morrem de desnutrição. As pessoas morrem de acidentes enquanto trabalham também", acrescentou.

Segundo ela, o dia típico em um horário de campo de trabalho começa às 5 horas da manhã pela contagem de pessoas dos guardas. Seja no verão ou no inverno, eles trabalham das 8h às 19h. À noite os prisioneiros devem ter duas horas de aula de política.

Se alguém for contra, ficará trancado em uma pequena sala onde as pessoas não podem se deitar nem ficar em pé. Os soldados podem atingir os reclusos sempre que mostrarem desobediência.

O marido de Hea também morreu neste campo de prisão.

Hannah (nome fictícios) lembra como, quando a fé de seus irmãos e irmãs foi descoberta. Ela conta que junto com sua família foi isolada dos outros prisioneiros. Eles foram obrigados a viver em celas onde não podiam se levantar ou deitar.

"Logo após entrarmos no campo, vimos guardas forçarem um prisioneiro a matar um bebê. Quase todos os dias, todos éramos chamados para interrogatório e perguntas. Eles nos espancavam com tanta força. Quando não havia interrogatório, precisávamos nos ajoelhar em nossas celas, das 5h às 12h e não falar", lembra Hannah.

"Depois que meu marido viu o que eles fizeram com o bebê e os guardas ameaçaram matar sua família, ele precisou contar a verdade. [Ele sabia que seria pior para toda a família se descobrissem sua fé mais tarde.] Depois de sua confissão, nós quatro estávamos trancados em confinamento solitário - uma pequena gaiola. Não recebemos comida ou água e não conseguimos dormir", conta.

Atualmente, existem cerca de 50.000 crentes que estão na prisão e 300.000 crentes em igrejas clandestinas na Coreia do Norte, segundo relatório da Portas Abertas. A organização cristã pede oração e apoio para a segurança e libertação dos presos na Coreia do Norte.

"Eu oro para que a idolatria que persiste por gerações desapareça e que as pessoas possam se arrepender. Eu orei para que a prisão se partisse também. Eu também orei para que os cristãos de todo o mundo orassem por nós com sinceridade", diz Hea.

Fonte: Guia-Me

Líderes evangélicos criticam "endeusamento da ciência" durante pandemia

A Coalizão Pelo Evangelho, entidade religiosa que reúne líderes evangélicos de diversas partes do país, divulgou um manifesto intitulado "Pela Pacificação da Nação em Meio à Pandemia. No documento, criticam a politização do momento atual, a mídia e o “endeusamento da ciência”.

“A mídia claramente não goza da credibilidade que outrora desfrutava. Testemunhamos nesses dias, até mesmo, a triste politização e endeusamento da ciência “, afirmam os líderes evangélicos sobre o atual cenário de pandemia do Covid-19.

O manifesto é assinado por 17 líderes religiosos de diversos estados brasileiros e de diferentes igrejas ou entidades evangélicas, entre elas: a Primeira Igreja Presbiteriana do Recife, a Convenção Batista Reformada do Brasil, Visão Nacional para a Consciência Cristão, da Paraíba e o Seminário Martin Bucer, de São José dos Campos (SP).

A entidade também mostra receio pelas consequências das estratégias de contenção da pandemia tomada por líderes políticos. “A estratégia de contenção de propagação do vírus impôs outro grande desafio, que são seus inevitáveis efeitos colaterais sociais, sendo o mais nítido a degradação da economia, que apenas começava a se recuperar após anos de estagnação”.

Eles se preocupam também com questões psicológicas e morais nesse momento de quarentena, como “comprometimento na saúde mental de muitos brasileiros, no aumento da violência doméstica, do consumo de pornografia, e no de perversões, tais como a pedofilia virtual ou intrafamiliar”.

Também criticam o cenário político , devido às lutas ideológicos. Eles afirmam que isso “torna difícil para o brasileiro comum viver ‘vida tranquila e mansa’, em oração, como nos manda a Escritura”.

Confira os líderes evangélicos que assinaram o manifesto:


  • Augustus Nicodemus: é pastor auxiliar na Primeira Igreja Presbiteriana do Recife;
  • Cleyton Gadelha: é pastor titular da Igreja Batista de Parquelândia e diretor executivo da Escola Teológica Charles Spurgeon (Fortaleza/CE);
  • Davi Charles: é pastor da Igreja Presbiteriana Paulistana (São Paulo/SP);
  • Emílio Garofalo: é pastor da Igreja Presbiteriana Semear (Brasília/DF);
  • Euder Faber: é pastor da Igreja O Brasil para Cristo e presidente da Visão Nacional para a Consciência Cristã;
  • Franklin Ferreira: é diretor-geral do Seminário Martin Bucer (São José dos Campos/SP) e presidente do Conselho da Coalizão pelo Evangelho;
  • Hélder Cardin: é chanceler das escolas teológicas Palavra da Vida Brasil, e professor pesquisador no Seminário Bíblico Palavra da Vida;
  • Jonas Madureira: é pastor da Igreja Batista da Palavra (São Paulo/SP), professor no Seminário Martin Bucer e vice-presidente da Coalizão pelo Evangelho;
  • Leonardo Sahium: é pastor da Igreja Presbiteriana da Gávea (Rio de Janeiro/RJ), vice-presidente da Junta de Educação Teológica da Igreja Presbiteriana do Brasil e diretor do Centro de Treinamento para Plantadores de Igrejas (CTPI);
  • Luiz Sayão: é pastor sênior da Igreja Batista Nações Unidas e professor no Seminário Martin Bucer;
  • Mauro Meister: é pastor da Igreja Presbiteriana – Barra Funda (São Paulo/SP);
  • Renato Vargens: é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança (Niterói/RJ), escritor e conferencista;
  • Sillas Campos: é pastor da Igreja Batista Central de Campinas e presidente do Ministério Fiel;
  • Solano Portela: é presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil, servindo na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro (São Paulo, SP), e docente no Centro Presbiteriano de Pós Graduação Andrew Jumper e no Seminário Teológico JMC;
  • Tiago Santos: é um dos pastores da Igreja Batista da Graça (São José dos Campos/SP), co-fundador e diretor do programa de estudos avançados no Seminário Martin Bucer e editor-chefe na Editora Fiel;
  • Valter Reggiani: é pastor da Igreja Batista Reformada de São Paulo e presidente da Convenção Batista Reformada do Brasil;
  • Wilson Porte Jr.: é pastor da Igreja Batista Liberdade (Araraquara/SP) e presidente do conselho e professor do Seminário Martin Bucer;
  • E conta com a colaboração de Warton Hertz, Pastoral Resident em Chicago na Addison Street Community Church em conjunto com Neopolis Network e Holy Trinity Church].


Confira a íntegra do manifesto defendido pelos líderes evangélicos :

“‘Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito.’ (1Timóteo 2.1-2)

Diante da dura realidade imposta durante estes primeiros meses do ano de 2020, os membros da Coalizão Pelo Evangelho abaixo-subscritos vêm a público a fim de encorajar que as igrejas em todo o Brasil continuem em oração pelo nosso país. Os dias são, de fato, difíceis. A pandemia de COVID-19 forçou a população a se confinar dentro de casa. A estratégia de contenção de propagação do vírus impôs outro grande desafio, que são seus inevitáveis efeitos colaterais sociais, sendo o mais nítido a degradação da economia, que apenas começava a se recuperar após anos de estagnação. Também se percebe um crescente comprometimento na saúde mental de muitos brasileiros, no aumento da violência doméstica, do consumo de pornografia, e no de perversões, tais como a pedofilia virtual ou intrafamiliar. Estas mazelas, além de nos entristecerem, devem mobilizar nossos melhores esforços em oração e serviço.

A nação assiste também, ao lado da crise do sistema de saúde e da economia, a um agravamento do conflito político nas últimas semanas. A sociedade civil, diante dos desdobramentos das tensões, está praticamente de mãos atadas, restando-lhe esperar o término dos problemas enquanto, no máximo, consegue se expressar pelas redes sociais – o que, lamentavelmente, acaba por gerar, muitas vezes, mais desentendimento.

Importante refletirmos, ainda, acerca da perceptível crise de autoridade em diversas esferas da sociedade. Faz-se notória a confusão de informações e desinformações acerca de todos esses acontecimentos que nos afligem. A mídia claramente não goza da credibilidade que outrora desfrutava. Testemunhamos nesses dias, até mesmo, a triste politização e endeusamento da ciência. Dentro da comunidade científica, inclusive, que poderia e deveria se apresentar de forma mais objetiva, há conflitos de dados e interpretações sobre como tratar a pandemia. O ambiente político, por sua vez, está contaminado por uma infindável luta ideológica e de poder que torna difícil para o brasileiro comum viver “vida tranquila e mansa”, em oração, como nos manda a Escritura.

Entendemos, contudo, que nada nos obsta, a nós cristãos, que vivamos “com toda piedade e respeito”. E nada há que seja capaz de impedir a igreja, o corpo de Cristo no Brasil, a colocar-se de joelhos a fim de “usar a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor de reis e de todos os que se acham investidos de autoridade”. Desse modo, em vista do exposto, recomendamos que os crentes em Cristo Jesus individualmente e coletivamente com suas igrejas continuem orando pelo nosso país da seguinte maneira:


  • Pelas autoridades públicas que têm a prerrogativa de tomar decisões acerca de políticas para o combate do novo coronavírus. A responsabilidade é grande, afeta milhões de pessoas, e a muita desinformação torna o trabalho dessas autoridades ainda mais difícil.
  • Para que as informações corretas e livres de interpretações duvidosas se sobreponham a fim de auxiliar a sociedade como um todo na luta contra a pandemia.
  • Pelas autoridades constituídas nas esferas federal, estadual e municipal. Independente da posição política e ideológica de cada um, precisamos que haja um mínimo de entendimento e unidade para uma saída célere e eficaz da atual crise de saúde, econômica e política.
  • Pelos profissionais de saúde. Estes estão constantemente expostos ao contágio e necessitam de livramento nesse momento a fim de poderem servir o maior número de pessoas possível.
  • Pelo fim da pandemia no Brasil e no mundo; assim como pelos doentes, infectados com Covid-19, para que sejam curados; pelas famílias enlutadas em razão das mortes de Covid-19; e pelos pesquisadores, para que desenvolvam remédios e vacina eficientes.
  • Pelas forças de segurança, para que Deus os proteja e para que exerçam seu trabalho com responsabilidade, sensibilidade e respeito à lei.
  • Pela situação financeira dos trabalhadores brasileiros, sobretudo dos desempregados.Por pacificação, pois o país precisa que o clima de conflito político e social chegue ao fim.
  • Para que o brasileiro possa ainda viver “ vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito”, vendo logo um fim de todas essas tensões.
  • Pela igreja cristã, para que seja “o sal da terra [e…] a luz do mundo” (Mateus 5.13,14), evidenciando, pelo evangelho, que nossa esperança última se encontra no Senhor Jesus Cristo, que foi crucificado “por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação” (Romanos 4.25) – e somente na promessa dele confiamos: “venho sem demora” (Apocalipse 3.11).
Que o Senhor Jesus Cristo, nosso único Salvador, tenha misericórdia do seu povo no Brasil, e responda às nossas orações para o louvor da glória de Seu nome.

4 de maio de 2020″.

Fonte: Último Segundo e Coalizão Pelo Evangelho

Organização missionária é taxada por governo após tratar pacientes de Covid-19 nos EUA

O governador de Nova York, Andrew Cuomo está exigindo que a organização Samaritan's Purse pague impostos estaduais depois que a organização humanitária cristã deu alta nesta semana ao último paciente com coronavírus que estava internado em seu hospital de campanha instalado temporariamente no Central Park, na capital Nova York. A organização missionária tratou mais de 300 pessoas infectadas nas instalações emergenciais.

"Não estamos em condições de fornecer subsídios no momento, porque temos um déficit de US $ 13 bilhões", disse Cuomo em uma entrevista coletiva nesta semana, informou a Fox News na sexta-feira.

De acordo com uma lei do estado de Nova York, qualquer pessoa que trabalhe no estado por mais de 14 dias tem que pagar imposto de renda, mas organizações e profissionais de saúde vieram ao estado para ajudar a combater o novo surto de coronavírus em seu epicentro após um apelo do próprio governo do estado, que procurou assistência.

“Então, há muitas coisas boas que eu gostaria de fazer, e se conseguirmos financiamento federal, podemos fazer, mas seria irresponsável eu ficar aqui olhando para um déficit de US $ 13 bilhões e dizer que vou gastar mais dinheiro, quando eu não posso nem pagar os serviços essenciais”, disse Cuomo.

O hospital de campanha com 68 leitos do Samaritan Purse tratou 315 pacientes desde a abertura em 1º de abril, adjacente ao Hospital Mount Sinai, no East Meadow (Central Park), para ajudar a atender às necessidades dos hospitais locais que enfrentavam uma onda sem precedentes de pacientes doentes.

Enquanto o reverendo Franklin Graham, que chefia a Bolsa do Samaritano, não respondeu diretamente à declaração de Cuomo, ele disse que seu grupo foi convidado a montar o Monte Sinai em Nova York.

"Foram eles quem nos chamaram originalmente. Nós não ligamos para eles; eles nos ligaram”, disse Graham à Faithwire. “E concordamos em ir e não lhes cobramos um centavo. Todos os nossos serviços foram pagos pelo povo de Deus”.

Quando o hospital temporário estava sendo erguido, o controlador financeiro da Samaritan's Purse havia alertado o grupo sobre a exigência estatal de impostos.

"O que nos preocupa ainda mais do que o dinheiro é a burocracia e a papelada, e acho que, uma vez liberado ... uma vez que você começa a registrar isso, precisa fazer isso por um ano inteiro ou algo assim", disse Ken Isaacs, vice-presidente da organização, disse ao site PIX11 News.

“Mostramos o amor de Deus”

Depois que o último paciente do hospital de campanha recebeu alta, Graham escreveu no Facebook: “Demos a eles assistência médica de nível mundial e mostramos a eles o amor e a compaixão de Deus. Queremos que cada um conheça a esperança que temos em Jesus Cristo”.

Ele continuou: “Vamos retirar as tendas do hospital nos próximos dias, mas deixaremos alguns funcionários para ajudar em outro local dentro do sistema de saúde do hospital Mount Sinai. As pessoas desse hospital têm sido absolutamente ótimas para trabalhar, e agradecemos seu apoio e parceria nesse esforço para salvar vidas”.

No Dia Nacional de Oração da Casa Branca (última quinta-feira, 7) Brittany Akinsola, enfermeira e pastora voluntária no hospital de campanha do Samaritan's Purse, agradeceu ao grupo por lhe dar uma oportunidade de servir.

“E vou lhe dizer que, apenas poder combinar minhas habilidades de enfermagem e o dom de pastorear em um momento como este em nossa nação e servir o povo da cidade de Nova York foi realmente uma das maiores honras de minha vida", disse ela, e citou Gálatas 6: 9, que diz: "E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos".

Intolerância religiosa

O presidente do Conselho da Cidade de Nova York, Corey Johnson, exigiu recentemente que a caridade cristã deixasse a cidade por causa de suas visões bíblicas sobre a homossexualidade.

"Está na hora da Samaritan's Purse sair de Nova York. Esse grupo, liderado pelo notoriamente intolerante e irritante Franklin Graham, chegou em um momento em que nossa cidade não podia, em sã consciência, recusar qualquer oferta de ajuda. Esse tempo passou”, escreveu Johnson no Twitter no último sábado. "A presença contínua deles aqui é uma afronta aos nossos valores de inclusão e é dolorosa para todos os nova-iorquinos que se preocupam profundamente com a comunidade LGBTQ".

O palestrante abertamente gay disse que sabia que a batalha contra o coronavírus ainda estava longe do fim e que o sistema de saúde precisava de apoio contínuo: “não podemos continuar permitindo que um grupo com seu histórico permaneça aqui quando estivermos longe do ponto... O Monte Sinai deve cortar seu relacionamento com a Bolsa do Samaritano. Seu líder chama a comunidade LGBTQ de ‘detestável’ e ‘imoral’. Ele diz que ser gay é ‘uma afronta a Deus’ e se refere aos cristãos gays como ‘o inimigo’".

Apoio cristão

Na sexta-feira, o clero cristão de Nova York apareceu para apoiar e elogiar a Bolsa do Samaritano.

“É com o coração agradecido que nós, líderes religiosos e espirituais da cidade de Nova York, somos eternamente gratos à Samaritan's Purse por ter vindo à cidade de Nova York em um de nossos momentos mais desesperados de necessidade, a pandemia da COVID 19”, afirmaram trabalhadores cristãos pertencentes a várias denominações e de todos os cinco distritos de Nova York em comunicado.

Eles agradeceram pelo "grande trabalho abnegado, não discriminatório e incansável da Samaritan’s Purse”.

“Oramos pelas bênçãos contínuas de Deus sobre vocês por seu trabalho aqui na cidade de Nova York e no mundo", disseram.

Muitos, incluindo o comediante Jimmy Fallon, ofereceram apoio e também agradeceram pelo trabalho da Samaritan's Purse.

Fonte: Guia-Me

Judeu torna-se cristão porque "achou difícil ignorar as profecias sobre Jesus"

Erez Soref nasceu em uma família judia praticante do judaísmo. Quando criança frequentou os estudos judaicos, mas quando cresceu fez várias viagens, onde descobriu o que ele chamava de outras “realidades espirituais em uma viagem à Índia ao conversar com budistas e hindus”.

Foi também em outra viagem que Erez conheceu um grupo cristão, em Amsterdã, que o desafiou a ler profecias messiânicas e compará-las com o cumprimento no Novo Testamento.

Erez conta que seu pai era judeu sefardita e sua mãe descendente de judeus da Babilônia. Para ele, ir à sinagoga parecia chato quando criança. E, mais tarde, a história do povo judeu passada a milhares de anos atrás parecia ter pouca relevância na atualidade.

"Deus estava muito, muito longe", acreditava.

Durante todo o ensino fundamental e médio, ele estudou o Antigo Testamento apenas por seu valor histórico e literário. "Era algo que se precisava saber sendo um judeu, mas não a Palavra de Deus", disse.

Erez viajou pelo mundo ao lado de outros jovens judeus e relata que desembarcou na “Trilha do Misticismo” e, simultaneamente, na “Trilha das Drogas”.

"Eu tenho que entender que existe uma realidade espiritual", acreditava ele. "Essa realidade espiritual era muito assustadora, muito negativa, muito sombria, mas era muito real."

Começando a conhecer Jesus

Em Amsterdã, ao se encontrar com alguns jovens cristãos a visão de Erez começou a mudar: “Eles eram muito vibrantes”.

Erez lembra que explicou aos jovens que ele era judeu. "Nós não acreditamos em Jesus", declarou.

"Por quê?" eles responderam. "Jesus é judeu."

"Não sei por que, mas tenho certeza que não acreditamos em Jesus", respondeu ao grupo. Apesar de sua resposta, uma semente de curiosidade sobre Jesus começou a germinar em seu coração.

Eretz lembra que ficou impressionado com a fé entusiástica daqueles jovens. O modo como eles chamavam de "relacionamento pessoal com Deus" parecia totalmente estranho para ele.

"O que foi ainda mais chocante do que isso foi que alguns deles estavam familiarizados com passagens nas Escrituras Hebraicas com as quais eu não conhecia", diz.

Seus novos amigos as chamavam de passagens "proféticas" ou "messiânicas".

Contato com o Novo Testamento

Erez lembra que ficou “maravilhado” ao descobrir que aquele grupo conhecia tão passagens do Antigo Testamento. “Como vocês conhecem essas passagens? Isso é nosso!”, dizia.

Ele foi pesquisar em sua própria Bíblia em hebraico e constatou que as passagens messiânicas eram legítimas.

A partir daí, Erez aceitou o desafio dos jovens de abrir o Novo Testamento. Ele pensou que, como ele já tinha lido literatura budista e hindu, então o que poderia estar errado com a leitura dos escritos cristãos?

“Fiquei muito surpreso. Primeiro de tudo, [aqueles fatos] aconteceram em Israel e em lugares onde já estive muitas vezes”, disse. “Crescendo em Israel, nunca ouvi nada sobre Jesus de Nazaré.”

"Jesus é o segredo mais bem guardado entre os judeus", disse ele. Parecia incompreensível que ele não tivesse aprendido nada sobre Jesus quando sua família morava perto do mar da Galileia.

"Fiquei muito atraído por Yeshua", relata. "Ele não fez as coisas para tentar conquistar o favor dos homens".

Profecias

Erez embarcou em um estudo comparando as profecias messiânicas no Antigo Testamento com o cumprimento no Novo Testamento.

"Para minha surpresa, cada um correspondia", diz ele. “Fiquei convencido, primeiro na minha mente, depois no meu coração, de que Yeshua é realmente o Messias prometido do nosso povo”.

A partir dalí, Erez devorou ​​as Escrituras. Por nunca ter conhecido outro judeu convertido ao cristianismo, ele acreditava que era o primeiro desde o apóstolo Paulo. Ele se sentiu chamado a retornar a Israel para testemunhar sua família, amigos e nação. Sua alegria foi acompanhada apenas por um senso de urgência em comunicar a verdade ao povo judeu.

Ele diz que sua família não recebeu as notícias de sua conversão com alegria. Seu pai o enviou a uma consulta com o psiquiatra-chefe de Jerusalém.

O psiquiatra, no entanto, o certificou que ele estava completamente sadio.

Sua mãe marcou um encontro com um rabino acreditando que ele provaria ao filho que Jesus não é o Messias. Erez diz que a reunião nunca ocorreu porque o rabino a cancelou.

Tempos depois, Erez conheceu uma congregação de crentes judeus, a qual começou a frequentar.

Ele conta que ansiava estudar a Palavra de Deus, mas em Israel não tinha nada que o ajudasse. Erez acabou se mudando para os Estados Unidos, onde concluiu o doutorado em psicologia.

Hoje Erez dedica sua vida a ganhar judeus para Cristo através One For Israel, um site fundado por ele, onde publica testemunhos de judeus que encontraram o Messias.

Fonte: Guia-me

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *