Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Idosa de 101 anos destaca fé ao superar o coronavírus: “Deus ainda não quer me levar”

Idosa de 101 anos destaca fé ao superar o coronavírus: "Deus ainda não quer me levar"

Nos últimos meses, a pandemia global trouxe medo e incerteza a milhões de vidas. Mas também gerou esperança, principalmente quando pacientes que venceram o COVID-19 testemunham suas conquistas.

Uma mulher de 113 anos, que se acredita ser a pessoa viva mais velha da Espanha, se recuperou do coronavírus.

Maria Branyas testou positivo para o COVID-19 em abril e depois se isolou enquanto se recuperava em um lar para idosos em Olot, na Espanha, segundo o The Daily Mail.

"Em termos de saúde, estou bem, com os mesmos pequenos aborrecimentos que qualquer pessoa pode ter", disse Branyas.

Phil Corio, do Novo México, sobreviveu ao vírus e descreveu seus sintomas "como os mesmos de uma gripe”.

O homem de de 108 anos, que vive em Albuquerque, ficou doente em março, mas não sabia que estava com COVID-19.

"Eu nem sabia que tinha ... acho que, se soubesse, poderia estar com medo", disse Corio.

Connie Titchen, da Grã-Bretanha, é outra centenária que superou o vírus. Ela passou três semanas no hospital com um caso suspeita de pneumonia.

A “jovem” de 106 anos foi internado em um hospital em meados de março e foi diagnosticada com o vírus pouco tempo depois. Ela se recuperou e conseguiu voltar para casa em abril.

"Sinto muita sorte de ter combatido esse vírus", disse Titchen.

“Deus é muito bom para mim”

Já Rose Leigh-Manuel, de Long Island, Nova York, lutou contra o COVID-19 por duas semanas, enquanto sofria de fraqueza, febre e calafrios.

Quando lhe perguntam o segredo de uma vida longa, Rose Leigh-Manuel tem uma resposta rápida.

"É uma combinação de viver bem, ter uma boa atitude e ter sempre em mente que isso também deve passar", disse ela.

Leigh-Manuel é moradora do Centro de Cuidados e Reabilitação 'Good Samaritan', em Sayville. Ela estava se sentindo fraca com febre e calafrios antes, devido coronavírus, mas lutou e venceu o vírus aos 101 anos de idade.

A centenária agora está cheia de sorrisos novamente, totalmente recuperada e de volta ao quarto, desfrutando de seu lanche favorito, Oreos com sabor de baunilha.

"Todo mundo cuida muito bem de mim", disse ela. "Eu estou tão agradecida".

Ela diz que uma parte importante de sua recuperação foi o apoio de sua família, que inclui quatro filhos, 17 netos, 19 bisnetos e vários bisnetos.

"Ela lutou e venceu", disse o filho Gary Leigh-Manuel. "Ela sempre foi muito independente, muito forte. Ela foi mãe viúva. Meu pai faleceu em 1971".

Ele diz que sua mãe não se aposentou até os 95 anos de idade e, a certa altura, trabalhou como despachante de bombeiros.

"Ela é boa em enfrentar crises", disse ele.

Mas, acima de tudo, ela credita sua cura à fé em Deus, destacando a bondade Dele.

"Deus é muito bom para mim", disse ela. "Ele simplesmente ainda não quer me levar".

Fonte: Guia-Me

Postar um comentário

[blogger][disqus][facebook][spotim]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget