Notícias e informação para o povo de Deus, dicas, meditação, reflexão, palavra, devocional, música, conteúdo de qualidade!

Ator de ‘A Paixão de Cristo’ estreia filme sobre cristãos perseguidos no Oriente Médio

Ator de 'A Paixão de Cristo' estreia filme sobre cristãos perseguidos no Oriente Médio

O ator Jim Caviezel, que se tornou famoso na cena de Hollywood em 2004, com seu papel icônico como Jesus em “A Paixão de Cristo”, é um cristão católico sincero, que expressa abertamente sua fé e devoção a Deus.

"A maneira como Deus nos vê é o que traduz quem realmente somos", disse Caviezel recentemente ao podcast 'Edifi’, apresentado pelo escritor e jornalista cristão Billy Hallowell, falando sobre uma série de questões, incluindo seu novo filme, “Infidel”.

O longa-metragem, que estreia nos cinemas dos EUA em 18 de setembro, é descrito como um "thriller contemporâneo do Oriente Médio", em torno de um "americano sequestrado enquanto participava de uma conferência no Cairo, que acaba preso no Irã sob a acusação de espionagem".

Caviezel disse que o enredo de "Infidel" aborda a perseguição aos cristãos no Oriente Médio, uma questão generalizada que tragicamente ainda está ocorrendo em vários países do mundo.

“A perseguição bárbara aos cristãos é algo que ainda acontece hoje”, disse o ator, revelando a intenção do filme. “O objetivo seria criar um senso de urgência e relevância para os cristãos e não-cristãos que deveriam estar engajados nesta questão”.

Caviezel disse que é essencial para os cristãos, prestar atenção a esses atos perturbadores de perseguição e agir.

“Quando li os evangelhos, nunca vi um Jesus que se sentasse lá e dissesse:‘ Que pena para ele ’”, disse ele sobre a apatia que às vezes pode surgir da parte de alguns a um cristão perseguido. “E esse não é o Evangelho que eu conheço”.

Aborto

Caviezel também passou a discutir sua experiência de interpretar Jesus em “A Paixão de Cristo” e suas opiniões sobre uma série de questões, incluindo o aborto.

“Eu observei a barbárie do aborto. Eu vi um deles ... não há mais como se esconder", disse ele. “Mesmo que eu realmente não soubesse quem é Jesus... algo em mim, minha própria consciência me atingiria, me dizendo: 'Isso é imoral. Isto é errado. Por que estamos fazendo isso?'".
Fonte: Guiame

Postar um comentário

[blogger][disqus][facebook][spotim]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget